Arquivo da Tag: hamburgueria

Receita: Cheddar Mc Melt – hambúrguer com cheddar cremoso e cebola ao shoyu

oferecimento

Pois é meus caros seguidores e seguidoras, estamos sim falando de Mc Donald´s e não adianta reclamar. A receita de hoje é nada mais nada menos que uma reprodução humilde do clássico Cheddar Mc Melt.

Apesar de já termos falado de casas que fazem bons hambúrgueres no Brasil desde os anos 1950, foi só com a popularização do fast food, impulsionada principalmente pelo Mc, que o hambúrguer virou uma comida mainstream por aqui.

Desde o Ronald Mc Donald´s, mascote da marca, invadiu nossa cultura, nós brasileiros elegemos naturalmente algumas combinações preferidas do menu, entre eles o nosso queridinho Cheddar Mc Melt.

Talvez você não saiba, mas essa variação pousou no Brasil em 1994 em uma promoção temporária, só que a campanha fez tanto sucesso que os caras resolveram consolidar o burger no cardápio.

A combinação foi baseada no Cheddar Melt, lançado em uma campanha também sazonal nos Estados Unidos em 1988.

Como somos apaixonados por hambúrguer e respiramos tudo que engloba este universo, nada mais justo que reverenciarmos os clássicos, então “bora” pra receita Cheddar Mc Melt?

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Guia do Hambúrguer (@guiadohamburguer) em


Ingredientes

  • Blend de sua preferência – tente sempre respeitar a regra dos 20-25% de gordura, costumamos utilizar as carnes da Beef Boutique
  • Pão preto com gergelim branco, usamos sempre os da Casa Victoriana Pães
  • Molho de cheddar – a receita completa está aqui
  • 1 cebola de aproximadamente 300g
  • Shoyu (Molho de soja)
  • Manteiga

Modo de Fazer

1- Primeiro vamos começar pela cebola, cortando suas extremidades

1- Primeiro vamos começar pela cebola, cortando suas extremidades

2- Faça um corte ao meio

2- Faça um corte ao meio

3- Tire a primeira camada que envolve a pele da cebola

3- Tire a primeira camada que envolve a pele da cebola

4- Pegue as metades e faça cortes na horizontal

4- Pegue as metades e faça cortes na horizontal

5- Faça agora cortes na vertical

5- Faça agora cortes na vertical

6- Corte em cubinhos

6- Corte em cubinhos

7- Aqueça uma panela no fogo baixo e para cada 200g de cebola, coloque 1 colher de sopa de manteiga

7- Aqueça uma panela no fogo baixo e para cada 200g de cebola, coloque 1 colher de sopa de manteiga

8-   Ainda em fogo médio/baixo refogue a cebola até ela murchar e adicione duas colheres de sopa de molho de soja. Lembrando que o shoyu é à gosto

8-   Ainda em fogo médio/baixo refogue a cebola até ela murchar e adicione duas colheres de sopa de molho de soja. Lembrando que o shoyu é à gosto

9- Hora de irmos para o preparo do hambúrguer e a regra aqui segue sendo a mesma. Coloque um pouco de manteiga clarificada na chapa já quente e deposite o seu burger

10- Tempere com sal e pimenta à gosto

10- Tempere com sal e pimenta à gosto

11- Conte o tempo na chapa para atingir o ponto de sua preferência e vire seu burger

11- Conte o tempo na chapa para atingir o ponto de sua preferência e vire seu <em srcset=burger” width=”600″ height=”599″ />

12- Enquanto isso, chapeie seu pão com um pouquinho de manteiga

12- Enquanto isso, chapeie seu pão com um pouquinho de manteiga

13- Tudo pronto, hora de começar a montagem

13- Tudo pronto, hora de começar a montagem

14- Agora é só se deliciar! Conte para a gente nos comentários como foi sua experiência com a receita

14- Agora é só se deliciar! Conte para a gente nos comentários como foi sua experiência com a receita

Não esqueça de seguir o Guia do Hambúrguer nas redes sociais e ficar ligado nas novidades.

Receita: Molho de cheddar para seu hambúrguer e batatas fritas

oferecimento

Receita: Molho de cheddar para seu hambúrguer e batatas fritas

A receita de hoje é um verdadeiro coringa na cozinha da sua casa ou hamburgueria: molho de cheddar. Acompanhando uma porção ou no seu burger, o molho de cheddar divide opiniões por aí, carregando verdadeiros amantes e hatters.

Uma coisa é certa, seu modo de preparo é extremamente simples e fácil. Para começar, precisamos deixar claro que esse molho não é o mesmo que muitas pessoas costumam fazer por aí, que tem como base o clássico molho béchamel da culinária francesa que leva farinha.

O objetivo aqui é obter um molho de cheddar gostoso para hambúrguer e seus acompanhamentos e não reaproveitar os princípios de uma receita de um molho usado para massas. Pensando nisso, para simplificar, optamos em usar ingredientes básicos e apenas derivados do leite.

Como é uma receita bem versátil, você pode reaproveitá-la com diferentes blends de queijos e inclusive trocar o leite integral por creme de leite, isso faz com que o produto fique com uma consistência mais aveludada, é só usar a criatividade!

Aqueça a chapa e vamos à receita:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Guia do Hambúrguer (@guiadohamburguer) em


Ingredientes

  • 200ml de leite integral
  • 200g de queijo cheddar processado
  • 15g de manteiga

Modo de fazer

1. Em uma panela adicione o leite e espere ele alcançar o processo de quase fervura

1. Em uma panela adicione o leite e espere ele alcançar o processo de quase fervura

2. Acrescente o queijo aos poucos para ele ir dissolvendo e vá mexendo até tudo se incorporar

2. Acrescente o queijo aos poucos para ele ir dissolvendo e vá mexendo até tudo se incorporar

3. Não se preocupe com a consistência do molho, o cheddar já tem amido suficiente para encorpá-lo sem precisar acrescentar nada que ajude nesse processo

3. Não se preocupe com a consistência do molho, o cheddar já tem amido suficiente para encorpá-lo sem precisar acrescentar nada que ajude nesse processo

4. Uma vez que os ingredientes estiverem bem incorporados, hora de adicionar a manteiga que vai dar brilho para o molho.

4. Uma vez que os ingredientes estiverem bem incorporados, hora de adicionar a manteiga que vai dar brilho para o molho.

5. Desligue o fogo e note que a consistência do creme ainda estará líquida, é assim mesmo, dê alguns minutinhos para que tudo esfrie e fique firme.

5. Desligue o fogo e note que a consistência do creme ainda estará líquida, é assim mesmo, dê alguns minutinhos para que tudo esfrie e fique firme.

6. Creme na medida para ser usado, seja feliz

6. Creme na medida para ser usado, seja feliz

Não esqueça de seguir o @guiadohamburguer nas redes sociais e ficar ligado nas novidades.

Renzo Garibaldi abre a Osso Smash House em São Paulo

oferecimento

Dono de uma história invejável dentro do mundo gastronômico, o renomado açougueiro Renzo Garibaldi, idealizador e proprietário da butique de carne Osso, em Lima, Peru, é o mais novo dono da Osso Smash House, uma hamburgueria delivery em São Paulo.

Renzo começou sua história descobrindo a paixão pela carne e fez disso sua profissão. Depois de rodar o mundo atrás de ensinamentos, em 2013 abriu a Osso Carnicería & Salumeria, em Lima, Peru, um açougue que comercializa cortes de bovinos e suínos criados em pequenas propriedades rurais, somente a pasto, sem antibióticos, sem hormônios e abatidos sem estresse.

Um ano depois inaugurou um espaço com cozinha escondida atrás das vitrines do Osso, com uma mesa de madeira compartilhada, onde oferecia um menu degustação e toda a vontade de fazer com que as pessoas vivenciassem sua filosofia. Assim o açougueiro conseguiu integrar seu restaurante na butique de carnes onde tudo é reaproveitado.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por renzo_garibaldi (@renzo_garibaldi) em


O princípio de Renzo é simples: para justificar o abate de um animal, tudo nele tem que ter um propósito. Na Osso, as orelhas viram brinquedos para cachorro e as bochechas toucinho. Outra aposta do açougueiro são os cortes de Wagyu maturados, que inclusive são as únicas peças servidas no restaurante por conta dos benefícios que a técnica trás, como por exemplo, sabor e maciez.

Garibaldi, que integra a lista de 2015 do Latin America´s 50 best restaurants, chegou ao Brasil como sócio do Cór Gastronomia junto com o empresário Alexandre Mora. A parceria deu tão certo, que seus filhos Gustavo e Guilherme Mora resolveram ampliar a parceria com a Osso abrindo uma filial em São Paulo a Osso Smash House, uma hamburgueria especializada em smash burgers usando carne 100% dry aged.

Há algumas semanas, seus idealizadores aqueceram as chapas pela primeira vez em uma dark kitchen, cozinha compartilhada com outros restaurantes visando apenas delivery, pelos arredores de Pinheiros. Dela, saem burgers feitos de carnes maturadas a seco por pelo menos 21 dias, em processo dry aged, mesmo método adotado por Renzo em seus restaurantes.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por renzo_garibaldi (@renzo_garibaldi) em


A casa é especializada em smash burger, aquele conhecido estilo americano de carnes amassadas que acabou ganhando fãs aqui no Brasil. A ideia é simplicidade e preço baixo. Na Osso Smash House você vai encontrar buges entre R$ 14,90 a R$ 19,90 em apenas 4 versões, todos duplos e no pão tradicional com a possibilidade de acompanhar batatas fritas. Lembrando que os pedidos podem ser feito pelo iFood e atendem um raio de 7km. O horário de funcionamento é de domingo à quinta-feira, do 12h até às 23h. Confira o cardápio:

 

Nós recebemos o delivery da Osso Smash House e mostramos tudo em nosso Instagram @guiadohamburguer, então confere lá como são os burgers e o que achamos: Osso Smash Burger

Desafio da caixa misteriosa no Dia Mundial do Hambúrguer, descubra quem venceu esse combate

oferecimento

Desafio da caixa misteriosa no Dia Mundial do Hambúrguer, descubra quem venceu esse combate

Pão, carne, queijo, o acompanhamento da preferência do cliente e o Dia Mundial do Hambúrguer, não há quem não ame essa combinação.

Em tempos de isolamento social, o hambúrguer tornou-se o queridinho dos delivery´s que pousam na mesa dos brasileiros, oferecendo todo conforto que anda em falta nesse momento. A criação dessa receita tão democrática faz aniversário todo 28 de maio e aqui no Guia, é claro, não podíamos deixar passar em branco.

Para celebrar esta data tão importante para todos nós que amamos um bom hambúrguer, lançamos o Desafio da Caixa Misteriosa!

Se você segue a gente nas redes sociais (se não segue, aproveite @guiadohamburguer), notou que no dia 25/05 soltamos as instruções da competição que rolaria ao longo da semana:

O primeiro passo foi estruturar suas regras: escolhemos 4 chef´s que comandam as chapas de hamburguerias renomadas em São Paulo. A caixa continha 3 ingredientes: maçã, açúcar e pastrami. O objetivo? Cada um deles deveria criar uma receita inédita e autoral utilizando obrigatoriamente esses produtos. Claro, preferimos não limitar o blend, pão e outros acompanhamentos.

O prêmio? Nada mais nada menos que o prestígio de celebrarmos uma data tão especial produzindo conteúdo e entretenimento para toda a galera que acompanha o Guia do Hambúrguer e o trabalho dos chef´s:

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Guia do Hambúrguer (@guiadohamburguer) em


No dia seguinte, divulgamos os nomes de peso que integraram o desafio: Marcelo Campos (@frankcharles1885), Thiago Gil (@burgerhappens), Paulo Yoller (@eatmeats) e Marcos Brito (@all_in_br):

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Guia do Hambúrguer (@guiadohamburguer) em


Controlando a ansiedade, botando a cabeça pra pensar, exercitando a criatividade e mostrando todo o talento hamburgueiro do Brasil, todo mundo estava contando as horas para o resultado final:

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Guia do Hambúrguer (@guiadohamburguer) em


Finalmente no Dia Mundial do Hambúrguer, divulgamos as receitas que os chef´s prepararam para competir:

Thiago Gil (@burgerhappens)

  • Pão brioche
  • Angus britânico 150g
  • Queijo cheedar inglês
  • Pastrami
  • Geléia de pimenta
  • Picles de maçã empanado
  • Maionese da casa

Marcelo Campos (@frankcharles1885)

  • Pão Brioche
  • Blend da casa
  • American cheese (cheedar inglês maturado, cheedar nacional, muçarela, e queijo grana padano) com maça caramelizada no whisky Jim Beam Black
  • Pastrami
  • Maionese de mel trufado

Marcos Brito (@all_in_br)

  • Pão Brioche
  • Chutney de maçã defumada
  • Blend da casa
  • Pastrami
  • Queijo Raclette

Paulo Yoller (@eatmeats)

  • Mostarda com gengibre (ál´Ancienne)
  • Blend da casa 180g (acém, peito e pescoço)
  • Queijo catupiry
  • Tuile de caramelo salgado
  • Vinagrete de maçã
  • Pastrami

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Guia do Hambúrguer (@guiadohamburguer) em


Dentro dos protocolos do Ministério da Saúde de segurança e prevenção contra o novo coronavírus (Sars-Cov-19), os burgers foram enviados no mesmo dia e horário para o especialista e chefão do Guia, Marcos Vigorito. Por meio de uma live no Instagram no Dia Mundial do Hambúrguer, 28/05, ele provou cada receita, trocou uma ideia com os chef´s responsáveis por cada criação e bateu o martelo naquele que cumpriu e se destacou em todos os requisitos.

O critério utilizado para a escolha do vencedor pairou entre sabor do conjunto, criatividade e apresentação. Ficou curioso para saber quem levou o título de campeão? Confira:

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Guia do Hambúrguer (@guiadohamburguer) em


Como vimos, o chef Thiago que comanda as chapas da Burger Happens foi o grande vencedor desse desafio. Lembrando que a hamburgueria resolveu adotar o burger no cardápio por tempo limitado, até sábado 13/6, então corra e peça já o seu nas plataformas de delivery!


Crunch Apple: Burger de Angus Britânico de 150g, Maionese da Casa, Cheddar Inglêsc Pastrami Chapeado, Picles de Maçã empanado e Geleia de Pimenta no Pão de Brioche.

Endereço: R. Alcindo Guanabara, 27 – Jardim da Gloria, São Paulo – SP
Telefone: (11) 3578-2613, iFood ou Uber Eats
Instagram: @burgerhappens

Jamie Oliver inaugura hamburgueria delivery em São Paulo e Curitiba

oferecimento

Jamie Oliver inaugura hamburgueria delivery em São Paulo e Curitiba

Um dos chef´s mais renomados e conhecidos no mundo e na gastronomia britânica, Jamie Oliver, inaugurou no começo do mês, em São Paulo e Curitiba, mais uma casa que leva seu nome. Conhecido pelo uso de alimentos naturais, orgânicos e pela sua filosofia de mudança de hábitos alimentares nas escolas do Reino Unido, o Oliver já conta com um restaurante na capital paulista, o Jamie´s Italian, em sociedade com o empresário Lisandro Lauretti.

Jamie Oliver inaugura hamburgueria delivery em São Paulo e Curitiba

Seu novo empreendimento leva o nome de Jamie Oliver’s Diner e conta com um menu só de hambúrgueres baseados nos fast food´s americanos. A unidade é a terceira espalhada pelo mundo, as outras estão em Londres e Roterdã.

Jamie Oliver inaugura hamburgueria delivery em São Paulo e Curitiba

O cardápio traz uma versão reduzida do menu padrão da casa, que deve ser ampliada a médio prazo. São quatro tipos de burgers:

  • Cheese burger (R$ 24) — pão brioche, blend da casa, alface, tomate, cebola crocante e cheddar.
  • Double cheese burger (R$ 29): pão brioche, duplo blend da casa, alface, tomate, cebola crocante e cheddar.
  • Sanduíche de frango cajun (R$ 24): pão brioche, peito de frango grelhado com tempero cajun, alface e vinagrete de jalapeño
  • Hambúrguer vegetariano (R$ 24): pão brioche, burger de quinoa, feijão branco e mix de sementes, tomate caqui temperado, alface, raita de pepino, fatias de picles de pepino e slaw temperada.

Como acompanhamentos o estabelecimento tem:

  • Batata-doce frita com ou sem tempero cajun (R$ 12)
  • Batata frita (R$ 9)

Para adoçar, a casa oferece um brownie com calda de chocolate (R$ 12).

Pelo menos desta vez parece que o Jamie Oliver acertou no preço dos produtos, um dos fatores que fizeram com que o Jamie’s Italian não tenha emplacado por aqui, mesmo depois de tantas filas pós inauguração.

Em se tratando do mercado de hambúrguer, o público não engole pagar um alto valor para uma comida descomplicada e gostosa que todo mundo deve ter acesso.

Lembrando que o restaurante só funciona com pedidos delivery via iFood e atualmente está apenas permitindo retiradas no local no bairro do Itaim Bibi.

Seg. a dom.: 12h às 15h30 e 18h30 às 22h30.

Quem comanda a chapa são elas: mulheres brilham na linha de frente de hamburguerias

oferecimento

O mercado de hamburguerias tornou-se um dos mais competitivos e crescentes Brasil afora, tanto é que, por ano, diversos estabelecimentos abrem suas portas com o propósito de “se destacar entre o público que curte um bom burger” – ou melhor, aqueles que não negam um blend escolhido a dedo, combinado com bons complementos e um pão de qualidade.

Todos sabemos que apesar daquele velho ditado “lugar de mulher é na cozinha”, os homens ainda dominam e ocupam as linhas de frente das chapas por aí, sem considerar todo o universo American Barbecue ainda, infelizmente, tomado pelos altos níveis de testosterona.

Fragilidade? Fraqueza? Delicadeza? Esses adjetivos que um dia foram usados para inviabilizar a competência das mulheres, não combinam mais com o empoderamento feminino adquirido ao longo dos anos. Graças a luta e a discursos de igualdade, elas estão cada vez mais ocupando posições de destaque nos mais diversos nichos profissionais.

Sabendo disso, para comemorar o Dia Mundial do Hambúrguer (28/05), resolvemos contar histórias inspiradoras de mulheres que transformaram e transformam esse universo “hamburgueiro” e provam diariamente que para se fazer um bom burger não é preciso deixar a barba crescer.

Há cinco anos, três irmãs resolveram se aventurar por aí e seguir o sonho de abrir uma hamburgueria. Foi depois de uma viagem enriquecedora, que o Texas Prime Burger abriu suas portas e tornou-se a primeira casa especializada em hambúrguer do Espírito Santo totalmente comandada por mulheres. Batemos um papo com a Daniela, Júlia e Mariana, proprietárias do Texas e trouxemos na íntegra para você, seguidor do Guia, essa entrevista inspiradora:

1- Como surgiu a ideia de abrir uma hamburgueria e qual a história do Texas?

R: Eu (Dani) e minhas irmãs sempre fomos muito apaixonadas por hambúrgueres e sempre gostei dessa área de gastronomia. Assim que me formei em administração, pude contar com a ajuda delas e do meu pai, que sempre deu todo suporte necessário nessa aventura. A partir daí surgiu a ideia de fazermos algo temático e como meu pai viajava bastante para o Texas, ficamos com essa coisa do faroeste na cabeça! Além de adotarmos o nome, viajamos para o estado americano também para absorvermos o máximo de conhecimento.

 

2- Vocês já tinham na família alguma essência que fizeram vocês se interessarem pela culinária ou pelo nicho de hamburgueiro?

R: Nossa família é italiana e temos como tradição sempre nos reunir para comer e beber muito bem. Temos como exemplo nossas avós e nossa mãe que também são apaixonadas por gastronomia. Sempre foi muito comum nos reunirmos para fazer alguma receita diferente tanto de massa, frutos do mar, carne ou hambúrguer antes mesmo de abrimos o Texas.

3- Como foi a viagem para o Texas, o que vocês aprenderam, o que mais gostaram, o que menos gostaram etc.

R: Fomos com o intuito de conhecer a cidade e a cultura, mas com o foco maior na culinária. Logo nos encantamos pelo clima da cidade e organização, sem falar da fartura e o tempero inigualável.

Naquele momento sabíamos que queríamos levar para o nosso Texas tudo aquilo que vivenciamos e que nossos clientes tivessem essa mesma sensação.

Nos inspiramos em 2 restaurantes: Texas RoadHouse e Longhorn Steakhouse. Visitamos suas cozinhas, conhecemos os processos, cortes de carnes, temperos e tudo foi de extrema importância. Levamos o conhecimento para testar no Brasil até que a adaptação estivesse perfeita.

4- Como funciona a dinâmica no Texas sendo comandada só por mulheres? Na sua opinião, o que muda no trabalho, na forma de tratar o cliente ou no carinho com os ingredientes?

R: Pertencemos a mesma família, mas possuímos características bem diferentes, além do fato de que cada uma de nós se especializou em uma área distinta.

A Mari, por ser uma pessoa mais extrovertida e comunicativa lida com os clientes e está sempre nos feedbacks. A Jú já é mais introvertida, então ela toma conta da parte administrativa. Eu (Dani) sou responsável por tudo que envolve a cozinha, que chamo de coração do Texas. Participo do processo de escolha e compra de cada ingrediente, cada fornecedor, cada foto e cada cardápio novo elaborado.

5- Apesar de ainda existir aquela velha frase “lugar de mulher é na cozinha”, o mundo do hambúrguer e american bbq ainda é bem machista. Como vocês encaram isso?

R: Sempre soubemos como mulheres que abrir uma hamburgueria seria um desafio e tanto, mas sempre acreditamos na nossa proposta, garra, vontade de ser melhor, trazer o melhor produto e a melhor experiência para o nosso cliente. O toque feminino faz toda a diferença sim. É o que nos motiva!

6- Em meio essa pandemia, o que vocês têm feito para driblar a situação? Como acha que o mercado vai reagir daqui para frente?

R: Quando abrimos o Texas, nossa ideia era fazer com que o cliente tivesse a mesma experiência que tivemos nos Estados Unidos, já que tudo aqui remete a uma temática de faroeste, por isso fomos tão prejudicadas em tempos de isolamento social.

Nosso maior desafio foi nos reinventarmos para fazer com que o nosso cliente ao receber em casa o seu pedido relembrasse os bons momentos que teve aqui.

Refizemos planilhas de custos, prazos com fornecedores, negociamos com empresas de delivery e tivemos que fazer uma readequação ao cardápio a essa nova ordem, mas tudo se encaixou.

Esperamos um futuro bastante desafiador e com muitas incertezas, porém acreditamos que novas oportunidades vão surgir por acreditar na força de trabalho da nossa equipe.

 

Endereço: Rua Quinze de Novembro, 371 – Centro, Vila Velha – ES

Telefone: (27) 3077-3131 ou iFood

Podemos citar mais alguns grandes exemplos de hamburguerias comandadas por mulheres ao redor do Brasil, como por exemplo:

Comarella Pizza e Burger

A casa existe desde 1994 e sempre trabalhou com pizza e burguer. Em 2015 a hamburgueria surgiu em um local separado e mais gourmetizada, com propostas criativas e legais de hambúrguer e petiscos.

Gabriela Comarella, proprietária, é formada em direito e, além de gerenciar a empresa, atua também como advogada na área trabalhista. A empresa foi criada pelo seu pai Ademir e pela mãe Martha e desde novinha a Gabriela vivia a rotina da Comarela. Em 2012 assumiu os negócios e começou ativamente a se envolver no processo criativo dos hambúrgueres!

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Comarella Pizza & Burger (@comarellapizzaeburger) em

Endereço: Rua Santa Terezinha, 850 – Cristóvão Colombo, Vila Velha – ES

Telefone: (27) 3340-5600, Uber Eats ou iFood

Matilda Lanches

Quem é Matilda? Essa é a frase que dá as boas-vindas aos clientes que visitam o pequeno endereço no bairro dos Jardins. Comandado por Renata Vanzetto, o empreendimento é o quarto da renomada chefe, que está a frente do Ema, Marakuthai e MeGusta Bar.

A proposta do Matilda Lanches é levar um cardápio gostoso, descomplicado e diferenciado, fugindo do modelo fast-food gorduroso. Com opções veganas e vegetarianas, a casa conquista por seu charme e qualidade dos produtos.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Matilda Lanches (@matildalanches) em

Endereço: Rua Bela Cintra, 1541 – Cerqueira César, São Paulo – SP

Telefone: (11) 3064-9161

RECEITA: O que é e como fazer Ultra Smashed Burger ou Ultra Smash Burger?

oferecimento

Depois da febre dos smash burgers que invadiu a capital paulista e ditou tendência no mundo do hambúrguer brasileiro, a nova moda que surgiu tem nome ultra smashed burger.

Mas o que é o ultra smashed burger ou ultra smash como muitos dizem por aí? São uma versão dos smash burgers extremamente finos, pesando em média 40 a 60g. Mais uma vez, não existe uma regra de ouro, o objetivo agora é uma carne ultra fina com o máximo de crosta possível – reação de Maillard.

Para os ultra smashed burgers podemos afirmar que não é possível escolhermos o ponto, diferente da versão mais popular, pois a carne fica tão fina que é impossível até sentir qualquer suculência. Esse é o motivo que os ultra smashed burgers são servidos com American Cheese ou um creme de queijo e molhos, pois acrescentam umidade e sabor no conjunto.

Para você saber como preparar os ultra smashed burgers na sua casa ou hamburgeuria, assista o vídeo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Guia do Hambúrguer (@guiadohamburguer) em


Ingredientes:

  • Blend escolhido sempre respeitando a porcentagem de 80% de carne, 20% de gordura. No ultra smash recomendamos uma quantidade de 40 a 60g.
  • Pão de hambúrguer da sua preferência
  • Queijo cremoso/processado ou que tenha um bom derretimento.
  • Manteiga clarificada
  • Sal e pimenta do reino
  • Espátula ou raspador
  • Utensílio para prensar a carne na chapa

Modo de fazer:

  • Com a chapa bem quente, coloque um pouco de manteiga onde o hambúrguer vai entrar em contato. Não é obrigatório, porque o blend já vem com uma porcentagem de gordura legal, mas isso agrega um pouco mais de sabor.

RECEITA: Como fazer Ultra Smashed Burgers - com a chapa bem quente

  • Antes de esmagar o burger, despeje mais um pouquinho de manteiga sobre a carne, isso vai ajudar com que não grude no utensílio.

RECEITA: Como fazer Ultra Smashed Burgers - antes de esmagar o burger

 

  • Para esmagar você pode usar tanto uma prensa própria para smash ou uma espátula. Prense e deslize o utensílio sobre a carne. A ideia aqui é que o burger fique bem fininho mesmo, como se fosse uma folha de papel. O resultado que queremos é só a crostinha com uma bela reação de Mailard.

RECEITA: Como fazer Ultra Smashed Burgers - para esmagar você pode usar tanto

  • Com a espátula, faça pequenas marcas na carne para evitar que o hambúrguer encolha.

RECEITA: Como fazer Ultra Smashed Burgers - com a espatula

  • Tempere com sal e pimenta a gosto apenas de um lado do burger.

Tempere com sal e pimenta a gosto apenas de um lado do burger - tempere com sal e pimenta a gosto

  • Observe que a carne fica tão fina, que pequenos orifícios abrem dentro do disco de carne.Use uma espátula ou raspador para virar o burger, mas preste atenção para não perder aquela valiosa crosta de sabor.

Use uma espátula ou raspador para virar o burger, mas preste atenção para não perder aquela valiosa crosta de sabor - use a espatula

  • Coloque o queijo de sua preferência e enquanto ele derrete, sele seu pão na chapa.

RECEITA: Como fazer Ultra Smashed Burgers - coloque o queijo da sua preferencia

  • Use novamente sua espátula ou raspador, tomando cuidado para não perder a crosta da parte de baixo do seu burger.

 

RECEITA: Como fazer Ultra Smashed Burgers - Use novamente sua espátula ou raspador, tomando cuidado para não perder a crosta da parte de baixo do seu burger.

  • Agora é só montar e comer, divirta-se com os acompanhamentos de sua preferência!

RECEITA: Como fazer Ultra Smashed Burgers - agora é só montar

Mas afinal, qual o segredo dos ultra smashed burgers e o que eles têm que conquistam tanta gente por aí? Além baixo preço e da agilidade no preparo, ideal para quem está com muita fome e não quer esperar, o segredo está na crostinha que dá sabor ao hambúrguer, que é prensado na chapa quente até virar um disco fininho e tostado de pouquíssimos gramas. Para turbinar seu hambúrguer e não ficar muito pão, costuma-se empilhar 2, 3 e até mais carnes.

Agora que você já sabe tudo sobre os ultra smashed burger, hora de arriscar na sua hamburgueria ou hamburgada para amigos/família. Marque a hashtag #guianabocadopovo e seu burger será divulgado pela gente!

EUA registra escassez de carne mas empresas produtoras de hambúrguer vegetal se animam com o cenário

oferecimento

Ultrapassando a marca de mais de dois meses e meio de confinamento, o mundo enfrenta um dos períodos mais complexos da história e é nesse cenário que o hambúrguer vegetal quer entrar em cena. Até o momento, contabilizamos mais de 5 milhões de casos e 350 mil mortes provocadas mundialmente pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Apesar de necessárias, as medidas de restrições para o combate da pandemia têm impactado diversos setores da economia, incluindo o alimentício. No último mês, dezenas de frigoríficos nos Estados Unidos fecharam suas portas para evitar qualquer tipo de contaminação. A prova disso é que o número de bovinos abatidos por lá registrou queda de 35% pela quarta semana consecutiva.

Consequentemente o movimento de crise é sentido nas prateleiras também. Embora muitas redes famosas de supermercados americanos, como Kroger e Costco, não reconheçam publicamente que estão com pouca carne, elas têm limitado a venda da quantidade do produto por cliente.

EUA registra escassez de carne mas empresas produtoras de proteína vegetal se animam com o cenário

O cenário nos restaurantes e redes de fast-food também não é diferente. Na semana passada, a Wendy´s anunciou que seu estoque de carne está esgotado em um quinto de suas unidades e que o fato de trabalharem com o produto fresco só dificulta a operação. Executivos da Shake Shack, sinalizaram esta semana uma preocupação diante ao cenário, já que o preço da carne bovina aumentou significamente.

Mesmo com o novo coronavírus colocando a demanda das carnes bovina e suína em cheque, a oferta menor desses produtos deve acabar beneficiando as exportadoras brasileiras. Por outro lado, algumas empresas de proteína vegetal que tentam cativar o mercado há anos, enxergam no momento uma oportunidade para traçar novos objetivos e conquistar mais espaço.

A foodtech Behind the Foods já divulgou que houve um aumento na demanda por produtos plant-based nos EUA e China. Depois que parte do food service fechou no Brasil por conta da pandemia, a empresa decidiu elevar a aposta em sua linha de hambúrguer vegetal, cujo o foco é o consumidor final, em sua maioria jovem.

EUA registra escassez de carne mas empresas produtoras de proteína vegetal se animam com o cenário

Em estudo publicado em março, o banco holandês Rabobank apontou que os millenials são os principais consumidores dos produtos plant-based. Segundo a consultoria Euromonitor, apenas no varejo chinês as vendas de carnes vegetais movimentaram US$ 10 bilhões em 2019.

Com capacidade produtiva de 50 toneladas por mês à disposição, a Behind prevê atingir sua capacidade máxima ao longo do ano. O faturamento previsto é de cerca de R$ 6 milhões em 2020.