Arquivo da Tag: são paulo

Frank & Charles Sandwich Bar é a nova casa especializada em sanduíches e hambúrguer

OFERECIMENTO

Todo mundo sabe que o Frank & Charles faz um hambúrguer incrível e venceu nosso Ranking Guia do Hambúrguer 2016/2017. E eles não param nunca, criaram uma casa completamente nova, em frente ao endereço original: o Frank & Charles Sandwich Bar.

Fachada - Frank & Charles Sandwich Bar

O chef Marcelo Campos, proprietário e responsável pelas criações e conceito de ambas as casas, estudou gastronomia em Londres e por lá trabalhou na área de eventos durante 6 anos, aonde teve contato com a alta gastronomia, inclusive trabalhando dentro do Palácio de Buckingham. Quando voltou ao Brasil, após um tempo longe da gastronomia, abriu uma empresa de catering fazendo eventos de diversos portes e comida contemporânea chamada Soul Kitchen, participou de feiras gastronômicas e, após 3 anos, abriu o Frank & Charles.

A ideia original do Frank & Charles era ser um diner. Aqueles pequenos restaurantes típicos dos Estados Unidos que servem diferentes tipos de comida em um ambiente descontraído. E foi com os hambúrgueres que o Frank & Charles se projetou. Depois do título, eles ampliaram de 26 para 38 lugares e mesmo assim a casa vive lotada. Efeito Guia do Hambúrguer e o melhor é que tudo por mérito deles.

Ambiente - Frank & Charles Sandwich Bar

E então, eles inauguraram o Frank & Charles Sandwich Bar em dezembro de 2017. Uma casa especializada em sanduíches, o que eles fazem muito bem e nós somos apaixonados.

Ambiente - Frank & Charles Sandwich Bar

O cardápio é enxuto, tem entradas surpreendentes e muito autorais. Vão além das tradicionais batatas fritas. Tudo é preparado artesanalmente pela casa, tem alma. Inspiração na alta gastronomia, origem do chef Marcelo Campos.

Prepare-se para descobrir novos sabores, sensações e combinações.

Em nossa visita, provamos um pouco de tudo, para poder contar a vocês.

Começamos com a porção de batata com pastrami que custa R$ 27. Combinação que já está consagrada, mas a do Frank & Charles Sandwich Bar é diferente. As batatas são salteadas com mostarda Dijon Láncienne e maionese de limão siciliano.

Batatas com pastrami - Frank & Charles Sandwich Bar

Por cima, uma porção generosa de pastrami. Ah, se você nunca comeu pastrami, vale provar. O pastrami é uma carne curada e defumada, bem comum nos Estados Unidos, mas que chegou para ficar em nossas terras brasileiras.

Detalhe da batata com pastrami  - Frank & Charles Sandwich Bar

A textura do pastrami pode ser de uma carne desfiada, como você vê na foto, bem condimentada e saborosa com o toque de defumado.

A porção de barriga de porco também leva mostarda Dijon L’ancienne e picles, sai por R$ 28. Ótima escolha para compartilhar e beliscar.

Porçvão de barriga de porcom com um drink - Frank & Charles Sandwich Bar

Os cubos de barriga de porco são bem temperados e suculentos, você come com um pedacinho de pão e mostarda, combinação sensacional.

Barriga de porco - Frank & Charles Sandwich Bar

E como eles também são um bar, o cardápio de bebidas é o outro destaque. Você pode combinar as comidinhas com uma das três torneiras de chopp Gauden Pilsen (refrescante, leve, baixo amargor e aromática) por R$ 13 o half pint. Tem também a Pagan Ipa (inglesa de cor escura, bem lupulada e alcoólica) por R$ 15,50 o half pint ea rotativa, a cada semana uma nova.

Drinks clássicos como Gin Tônica, Dry Martini e Negroni custam entre R$ 26 e 35,50 e são especialidades do Frank & Charles Sandwich Bar.

Agora, nossa porção preferida foi a de camarão, chorizo espanhol, tomate cereja e batata bolinha no azeite de páprica por R$ 56.

Porção de camarão, batata e chorizo espanhol - Frank & Charles Sandwich Bar

Nossa outra paixão além de hambúrguer e carne bovina são os frutos do mar. Essa porção tem sabor marcante, bem temperada, saborosa e diferente de qualquer outra que já comemos antes. Os camarões são cozidos à perfeição, macios e suculentos. Isso é bem importante, qualquer tipo de carne tem seu tempo e método de preparo e, se isso não for respeitado, a qualidade é muito prejudicada.

Porção de camarão - Frank & Charles Sandwich Bar

Antes de falarmos dos burgers, vamos apresentar algumas opções de sanduíches.

O primeiro deles é o Gordy The Pig, sanduíche de barriga de porco, geleia de bacon, rúcula precoce e maionese de sriracha no pão clássico de hambúrguer por R$ 29.

Gordy The Pig - Frank & Charles Sandwich Bar

É uma releitura da porção de barriga de porco em formato de sanduíche. Ótima pedida.

Sanduíche de barriga de porco - Frank & Charles Sandwich Bar

A combinação é saborosa, equilibrada dentro do pão quentinho e macio. Aliás, o pão é um caso à parte. Não é o mesmo que eles usam no Frank & Charles original. Este é mais leve, bem amanteigado e muito bonito – além de gostoso.

Gordy The Pig - Frank & Charles Sandwich Bar

O sanduíche de pastrami, The Original, leva a carne curada e desfiada, mostarda Dijon e picles por R$ 32. Tem que ser simples e ter contraste.

The Original - Frank & Charles Sandwich Bar

E tem, o picles e a mostarda equilibra com o ácido o sabor de defumado e marcante do pastrami. Equilibrio é tudo na gastronomia.

Sanduíche de pastrami, já é um clássico - Frank & Charles Sandwich Bar

O sanduíche que mais chama nossa atenção, mais uma vez é o de camarão. Depois do bacon, camarão é vida!

Prawn Kingdom - Frank & Charles Sandwich Bar

O Prawn Kingdom leva camarão, lardo, maionese de wasabi e crispy de alga no pão de hambúrguer por R$ 44. Até concordamos que o preço fica um pouco acima da média, mas levando em consideração a quantidade e qualidade do camarão é justificável.

Sanduíche de camarão com lardo - Frank & Charles Sandwich Bar

Para quem não conhece o que é lardo explivcaremos. O lardo é a gordura das costas do porco curada por, no mínimo, 6 meses com sal marinho e especiarias dentro de uma caixa de mármore. Isso concentra o sabor pois há um processo de troca de umidade pelo mármore e o resultado final é uma gordura que derrete, muito sabor e textura únicos.

Prawn Kingdom - Frank & Charles Sandwich Bar

Os hot dogs também tem receitas especiais. Esse é o Mexican Dog, salsicha artesanal, cheddar, avocado, tomate, tabasco, cebola roxa e farofa de nachos por R$ 21.

Mexican Dog - Frank & Charles Sandwich Bar

Esqueça as salsichas industrializadas, da mesma forma que existe o hambúrguer vendido no supermercado e o hambúrguer artesanal, a salsicha também pode ser preparada com carnes especiais e temperos específicos.

Hot dog inspirado na culinária mexicana - Frank & Charles Sandwich Bar

O Mexican é servido em um pão amanteigado assim como o dos outros sanduíches, mas em formato adequado para a salsicha.

O ponto tão esperado são os burgers. E a primeira coisa que precisamos revelar é que são diferentes do Frank & Charles que vocês já conhecem.

A primeira mudança é o pão. Nesta casa, eles optaram em usar o mesmo pão dos outros sanduíches, o que muda completamente o conjunto. Como já dissemos, o pão é leve e bem amanteigado. Chega quentinho e chapeado.

The Butcher - Frank & Charles Sandwich Bar

O The Butcher é preparado com um hambúrguer de Wagyu e Angus com 150g, cheddar inglês e maionese da casa no pão de hambúrguer por R$ 33. É o clássico cheeseburger com maionese e ingredientes muito bem escolhidos. Nossa sugestão é pedir ao ponto da casa, chega ao ponto para mal. Você vai aproveitar muito mais a suculência e sabor da carne.

Cheese burger com maionese da casa - Frank & Charles Sandwich Bar

A outra opção é o Meat Lover, hambúrguer de 150g de Wagyu e Angus, cheddar inglês, picles, bacon artesanal e pão de hambúrguer por R$ 36.

Meat Lover - Frank & Charles Sandwich Bar

As fatias de bacon artesanal chegam a ser pornográficas.

Cheese bacon com picles - Frank & Charles Sandwich Bar

Bacon gostoso e saboroso, bem diferente dos bacons que estamos habituados que levam uma defumação química.

Preparado para provar? - Frank & Charles Sandwich Bar

O bacon usado nas duas casas é defumado com lenha e curado por 7 dias – o que jamais acontece com o bacon industrial. O resultado é tão diferente quanto o processo.

Melhor você provar - Frank & Charles Sandwich Bar

Quase não deu para provar a sobremesa, mas acabamos escolhendo o brownie que é coberto com mousse de chocolate e chantilly por R$ 23,50 e dá para dividir em duas pessoas.

Brownie - Frank & Charles Sandwich Bar

A massa do brownie é bem densa e com sabor de chocolate. O mousse é delicado e leve, combina com o chantilly e une três texturas em uma só mordida.

Brownie, mousse de chocolate e chantilly - Frank & Charles Sandwich Bar

O Frank & Charles Sandwich Ba é especializado em sanduíches e possui quatro opções de hambúrguer escolhidos e criados com muito cuidado. Sempre usando os melhores ingredientes artesanais é possível agradar muitos paladares em um lugar só. Aos amantes e apaixonados por hambúrguer como a gente, certamente vão aprovar os burgers da casa, que serão avaliados por nós futuramente e como uma casa separada.

Apesar do mesmo nome e o DNA Frank & Charles, a casa nova arrisca com receitas diferentes e sofisticadas, muito além do básico que encontramos nas hamburguerias. A alma da alta gastronomia aparece ainda mais forte e por preços muito acessíveis. É um lugar para provar novos sabores e se apaixonar pela verdadeira boa comida.


* * * * * G R Á T I S: CHOPP DA TORNEIRA ROTATIVA * * * * *

Quem mostrar este post ao garçom do Frank & Charles Sandwich Bar ganha:

  • 1 chopp half pint da torneira rotativa por pessoa

obs. promoção válida até 10/3 ou até o término dos estoques na compra de um dos sanduíches do cardápio. Não acumulativa com outras promoções vigentes.


 

Frank & Charles Sandwich Bar e Café – Higienópolis

R. Alagoas, 852 – Higienópolis
São Paulo, SP
Telefone (11) 99331-3594
delivery não

Este post é um publieditorial em que a qualidade do hambúrguer foi testada e aprovada. Nos comprometemos com a verdade em TODAS as nossas matérias – só falamos a verdade. Para convidar o Guia do Hambúrguer a conhecer e apresentar seu negócio, envie uma mensagem pelo nosso formulário ou para o e-email contato@guiadohamburguer.com.

Holy Burger – Vila Buarque, São Paulo – SP

OFERECIMENTO

O Holy Burger mudou o blend, passou a produzir o próprio pão e incluiu os smash burgers no cardápio. Então, chegou a hora de reavaliarmos a casa e ver do que ela é capaz atualmente.

Fachada  - Holy Burger

Já provamos as novidades do Holy Burger a convite da casa e tudo nos agradou muito. Mas sabe, nós não avaliamos nada que não seja de forma oculta e não agendada, queremos ter a mesma experiência de um cliente comum, ficamos na fila, fazemos o pedido e pagamos a conta.

Entrada - Holy Burger

Fomos em uma noite durante a semana ao Holy Burger, chegamos às 21h e havia muitas mesas na nossa frente. Esperamos por exatamente 1 hora até nos acomodarmos em uma mesinha dentro da hamburgueria.

Ambiente - Holy Burger

No ambiente e decoração da casa, quase nada mudou desde a última avaliação, a maior novidade mesmo é a pink lemonade que agora fica geladinha dentro de uma suqueira automática. E pedimos logo duas pra começar.

Balcão - Holy Burger

Para as entradas, eles oferecem as tradicionais batata fritas da casa e agora a porção de Galinha Flitadinha, um ótimo trocadilho para chamar os nuggets produzidos na casa. Pedimos uma porção pequena de cada.

Cardápio de entrada - Holy Burger

Tão rápido como a chegada das pink lemonades, que custam R$ 10 por um copo de 500ml, chegou a notícia que eles estavam sem Galinha Fritadinha. Pena, é uma porção muito gostosa, mas que não poderemos mostrar para vocês desta vez.

Ficamos com uma porção grande de fritas, são feitas na casa, acompanham maionese e custam R$ 17. Dentre os burgers, novidade mesmo era o hambúrguer do mês, mas como é uma receita especial, não foi nossa escolha.

Cardápio de hambúrguer - Holy Burger

Os smash burgers, aqueles burgers prensados na chapa chegaram pra ficar em três opções diferentes no cardápio. Escolhemos o Smash, dois Burgers de 100g cada, cheddar, picles caseiro cebola roxa e ketchup de curry no pão de brioche por R$ 27. Já fomos avisados que o Smash é sempre servido ao ponto para bem passado e chega rosado por dentro.

A outra escolha foi nada mais, nada menos que um cheesebacon com maionese por R$ 22.

Pouco tempo depois, chegou a porção enorme de fritas com a maionese. São servidas em uma assadeira de bolo inglês e servem facilmente três pessoas. Desde que o Holy Burger foi inaugurado (veja avaliação anterior) as são assim e acertaram em cheio.

Fritas feitas na casa - Holy Burger

Estavam crocantes e quentinhas. As batatas são feitas na casa, o que consideramos sempre um ponto positivo. Saborosas e acompanhadas da maionese da casa fica uma combinação perfeita.

Aliás, a maionese merece destaque, bem temperada e equilibrada, super cremosa e gostosa. Fez toda a diferença.

Em seguida chegaram os hambúrgueres. O Smash chega a ser alto, as duas carnes fazem esse burger chamar a atenção.

Smash - Holy Burger

Fica visível a porção de queijo cheddar bem derretido sobre a carne, a cebola e o ketchup por cima.

Smash - Holy Burger

Vamos aos sabores. O ketchup de curry é muito gostoso e diferente. Fica clara a presença do curry que é o ingrediente inusitado da combinação. Boa escolha.

A carne estava realmente no ponto que prometeram, rosada por dentro, boa quantidade de gordura e bem selada. O problema é que durante as mordidas pegamos uns cinco ou seis pedaços de cartilagem ou nervo no hambúrguer. O que é bem desagradável. Falha na hora de produzir o blend, que acabou deixando passar esses pedacinhos moídos com a carne. Normalmente isso acontece no momento da limpeza da carne, precisam ter mais atenção.

Ponto do Smash - Holy Burger

O picles merece destaque, levemente adocicado e muito saboroso foi um diferencial no conjunto. Ainda mais para quem ama picles como nós, vale provar, pois eles produzem a própria conserva e isso faz toda a diferença em relação aos que compramos pronto no supermercado.

O pão da casa estava macio e na medida para o conjunto, o sabor do pão não se destaca, mas abraça todos os ingredientes.

O cheesebacon é o hambúrguer clássico do Holy Burger com 160g, um pouco mais alto e ideal para quem gosta de escolher o ponto da carne. O nosso é sempre ao ponto para mal passado, simplesmente porque nessa temperatura as gorduras da carne derreteram e temos o auge da suculência.

Cheesebacon - Holy Burger

O pão brioche é super macio e gostoso, acertaram em cheio, estão com um produto todo produzido na casa. Exceto pelo queijo, óbvio.

Cheesebacon - Holy Burger

O bacon estava crocante e gostoso, na quantidade certa trouxe crocância e sabor na combinação. A maionese dispensa comentários.

Cheesebacon - Holy Burger

E eles acertaram em cheio o ponto, carne macia e sem nenhum tipo de inconvenientes. Parecia que os blends das carnes não eram os mesmos ou tivemos o azar de receber um Smash “premiado”. Perguntamos ao garçom que disse que os blends são os mesmos.

Ponto do cheesebacon - Holy Burger

Lógico que terminamos com o pudim mais famoso da internet, servido na latinha. Estava simplesmente perfeito, lisinho, cremoso e doce na medida certa.

Pudim na latinha - Holy Burger

Desde nossas últimas visitas, é notória a evolução que a casa passou nos últimos tempos. Principalmente no último ano, quando começaram a produzir o próprio pão e valorizaram os ingredientes artesanais. Esse tipo de movimento, traz personalidade e exclusividade à casa. Não é à toa que está sempre lotada.

Mas tivemos uma falha, os nervos encontrados no blend do smash burger. Esse é um ponto que não pode ser desconsiderado, porque toda hamburgueria precisa ficar atenta à carne, o ingrediente principal.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3,5 estrelas
  • maionese3,5 estrelas
  • porção3,5 estrelas
  • atendimento2 estrelas
  • espera 1 hora
  • cheese burgerR$ 19,00
  • preçode R$ 30,00 a R$ 40,00 (de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Holy Burger – Vila Buarque

R. Dr. Cesário Mota Júnior, 527 – Vila Buarque
São Paulo, SP
Telefone (11) 3214-1319
delivery sim

Z Deli Sandwiches – Pinheiros, São Paulo – SP

OFERECIMENTO

O Z Deli Sandwiches quase dispensa apresentações. É a casa que serve hambúrguer mais premiada que conhecemos. Já ganhou 1° lugar em nosso RANKING GUIA DO HAMBÚRGUER duas vezes e em 2017 ficou em segundo lugar (veja a avaliação anterior).

Fachada - Z Deli Sandwiches

É sagrado avaliarmos anualmente o Z Deli Sandwiches pelaa importância que a casa tem no cenário do hambúrguer no Brasil.

O chef Julio Raw, quando abriu a pequena casa de sanduíches, anexa ao restaurante que pertence a sua vó e que leva o mesmo nome “Z Deli” e serve comida típica judaica, não imaginou em que o hambúrguer representaria na vida dele.

Não é à toa que o Z Deli Sandwiches tem filas de espera inacabáveis. Não foi diferente na tarde do feriado que visitamos e aguardamos 45 minutos para sentar.

Balcão - Z Deli Sandwiches

Nosso lugar preferido na casa é o balcão, para o observarmos os mínimos detalhes do funcionamento e preparação da cozinha. Além de tudo, o cheiro de defumado do pastrami invade o ambiente e da ainda mais fome.

Chapas com hambúrgueres e pães separadas - Z Deli Sandwiches

O cardápio não sofreu quase mudanças desde nossa última visita. A porção ZFC de frango empanado com maionese de cominho por R$ 25 é uma novidade, já provamos e aprovamos.

Cardápio - Z Deli Sandwiches

Neste dia, pedimos as tradicionais Pastrami Fries, batatas fritas artesanais, pastrami, queijo fundido, sour cream e cebolinha por R$ 22. Lembrando que são batatas feitas na casa artesanalmente, assim como todos os ingredientes que a compõe.

Cardápio - Z Deli Sandwiches

O preço também é um dos fatores que faz com que tanta gente escolha o Z Deli. Um produto de primeira linha por preços honestos, os burgers custam R$ 28, exceto o Chilli Burger que custa R$ 35.

As porções, começam em R$ 16 que são as Z Deli Fries e vão até R$ 39, um Steak tratar de cordeiro.

Sem demoras nossa batata chegou, padrão e apresentação excelentes. Na primeira mordida já sentimos a batata super crocante por fora e cremosa por dentro. É a prova que as batatas artesanais são viáveis e sempre a melhor opção.

Pastrami Fries - Z Deli Sandwiches

O molho de queijo cheddar harmoniza com o sour cream azedinho. E o pastrami dá o toque principal, defumado e saboroso. Sem dúvida, uma das melhores batatas que já comemos.

Entre os hambúrgueres, escolhemos o Deluxe, o cheese salada da casa que combina hambúrguer, cheddar, bacon bovino, picles, alface, tomate, cebola e maionese por R$ 28. Pedimos para tirar o bacon bovino, é possível substituir pelo maple bacon por +R$ 3.

O outro hambúrguer é um dos que mais gostamos na casa, o Louis Lunch, receita clássica americana que leva um hambúrguer, cebola tostada, queijo fundido em um pão de forma cortado em fatias grossas por R$ 28.

Vinte longos minutos depois chegaram nossos burgers. Nitidamente o tamanho da carne diminuiu, antes era um burger super alto, desta vez testemunhamos um hambúrguer médio.

Deluxe, o cheese salada da casa - Z Deli Sandwiches

A montagem do Deluxe também não estava das mais caprichadas, e não foi um erro pontual, demos uma olhada nas mesas ao redor e o padrão estava o mesmo. Diferente de outros pratos da casa que são montados à perfeição.

Deluxe, podia estar mais bem montado - Z Deli Sandwiches

O pão é muito bonito e feito na casa, ultra leve, do tamanho da carne e sustentou tudo do inicio ao fim.

Assim ele tá parecendo um hambúrguer enorme - Z Deli Sandwiches

A salada estava fresquinha e fez seu papel no conjunto – refrescar. O hambúrguer estava ao ponto assim como nos avisaram no momento do pedido, bem vermelho por dentro. É assim que gostamos.

Ponto do Deluxe - Z Deli Sandwiches

A carne estava com pouquíssimo sal, tivemos que pedir sal para completar. Mas, neste caso, estava com muito pouco sal mesmo, por isso levaremos em conta na nota final.

O Louis Lunch estava mais bem montado, os dois pães de forma bem tostados na medida certa e ainda sim bem macios por dentro, hambúrguer no mesmo diâmetro do pão, tomate fresquinho e cebola tostada.

Louis Lunch - Z Deli Sandwiches

O queijo fundido é uma delicia, o mesmo usado nas pastrami fries, cremoso e saboroso.

A carne estava bem selada por fora, mas percebemos que o ponto não era o mesmo do Deluxe, um erro nítido. Estava levemente rosada no meio, caminhando para o ponto para o bem passado.

Louis Lunch - Z Deli Sandwiches

Ainda estava suculenta e muito saborosa. É inquestionável a qualidade da carne que o Z Deli usa, mas um erro operacional acabou prejudicando o resultado final. Que infelizmente não é perdoável. Desta vez, não comemos o hambúrguer que esperávamos e nem que estamos acostumados por lá, ainda mais em um dia de avaliação.

Louis Lunch - Z Deli Sandwiches

O Z Deli é um mito em se tratando de hambúrguer, mas desta vez não tivemos uma boa experiência ao nível da casa. É óbvio que, mesmo com os erros, a casa foi muito bem em todos os quesitos, mas um pouquinho mais longe da perfeição que buscamos.

O atendimento também foi um ponto negativo que gostaríamos de comentar, desde a espera, não notamos a atenção e disponibilidade dos funcionários. Sempre demoram para atender ou estão ocupados fazendo outra coisa – a prioridade não ;e o cliente. Entendemos que a fila e o movimento consomem muito deles, mas poderia ser melhor. O mesmo comportamento permanece depois de sentarmos e às vezes temos a sensação que não estão com muita vontade de nos atender.

Independente disso, se você ainda não conhece o Z Deli e é um apaixonado por hambúrguer, precisa conhecer a casa. Nós esperamos muito que tenhamos uma melhor experiência em nossa próxima visita. Como sempre tivemos.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer4 estrelas
  • maionese4 estrelas
  • porção4 estrelas
  • atendimento1 estrela
  • espera 45 minutos
  • cheese burgerR$ 20,00
  • preçode R$ 40,00 a R$ 50,00 (de R$ 40,00 a R$ 50,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Z Deli Sandwiches – Pinheiros

Rua Francisco Leitão, 16 – Pinheiros
São Paulo, SP
Telefone (11) 3044.2757
delivery não

Bullguer – Vila Nova Conceição, São Paulo – SP

OFERECIMENTO

De volta ao Bullguer, a hamburgueria que popularizou o conceito de smash burger no Brasil. Ser pioneiro não garante o título de melhor, então voltamos para uma nova avaliação e saber como anda o hambúrguer da casa.

Fachada  - Bullguer

Depois de nossa avaliação (leia aqui), a Bullguer abriu muitas unidades, totalizando 10 endereços diferentes incluindo cidades como Jundiaí, Barueri e Campinas. Nós confessamos que ainda não acreditamos numa expansão desse porte sem perda de qualidade, algo que seria inédito no Brasil para hamburguerias.

Nos Estados Unidos, a rede Shake Shack (saiba mais), inspiração clara da Bullguer, tem diversas lojas e consegue manter um certo padrão e qualidade em suas diferentes lojas espalhadas pelo país. Mas obviamente existe uma certa perda de padrão.

Aqui no Brasil, ainda não temos um caso de sucesso conhecido, a nossa impressão é que a Bullguer está trilhando este caminho. Porém, isso é um assunto para outra matéria.

Então, escolhemos avaliar a primeira casa da rede Bullguer, para saber se eles mantém a qualidade que conhecemos.

Fomos em uma segunda-feira à noite, depois das 22h, a Bullguer estava completamente lotada, com 15 minutos de fila de espera.

Ambiente - Bullguer

Logo que sentamos, recebemos o cardápio, parece pouquíssima coisa mudou por lá. Decoração, funcionários, cardápio e quantidade de clientes. A ideia deles é manter-se simples e com um cardápio fácil de replicar, para que seja possível a expansão, tudo padronizado. Olhando a cozinha, dá para ver que usam equipamentos das redes de fast food e isso é um ponto positivo.

Para os burgers, não há novidades, o cardápio permanece o mesmo da última nossa visita. O que mudou foi o preço, um aumento de R$ 2 nos burgers. O que não ;e nada demais após 2 anos.

Cardápio - Bullguer

Pedimos uma cheese fries por R$ 14 e uma clássica Berrie Lemonade por R$ 9. Sinceramente, pagar R$ 14 em uma porção de fritas congeladas individuais com queijo por cima não achamos justo, mas precisávamos provar.

Em menos de 5 minutos as fritas chegaram – super quentes. Estavam perfeitamente crocantes por fora e cremosas por dentro. Parece que eles conseguiram chegar o máximo nível de excelência que este tipo de batata pode chegar.

Cheese Fries por R$ 14 - Bullguer

Tempero levemente picante e o queijo derretido completou o sabor. Temos que confessar que estavam gostosas de verdade. E que o tempero ajudou muito no sabor.

Cheese Fries - Bullguer

A Berrie Lemonade sempre foi uma delicia, docinha, refrescante e com frutas de verdade misturadas, não estava diferente.

Berrie Lemonade - Bullguer

Para os burgers, nosso pedido foi um Stencil, pão, carne, queijo, cebola roxa, tomate, alface e molho por R$ 20. O outro, o Lumberjack, pão, carne, queijo, bacon, picles e molho por R$ 20.

Mais uma vez, o tempo foi recorde, em no máximo 10 minutos estávamos servidos. Os burgers vêm dentro de em um saquinho, que deixam eles parecerem menores do que já são. Por outro lado, é uma embalagem prática e clássica que facilita na hora de comer.

Stencil, o clássico cheese salada - Bullguer

O Stencil parece um hambúrguer maior, o tomate e a alface fazem o papel de deixarem o hambúrguer mais alto.

Stencil visto de frente - Bullguer

Pedimos ambos os burgers ao ponto. Essa é a dica principal, hambúrguer fino mal passado não rola, muito menos smash burger. O smash burger precisa ter aquela crostinha na carne que vai dar todo o sabor. E o ponto veio corretíssimo.

Ponto do Stencil - Bullguer

Vamos falar um pouquinho de smash burger. Para quem ainda não conhece, é o hambúrguer prensado na chapa ao invés de ser pré-moldado. Veja como o chapeiro trabalha:

Como fazer smash burger - Bullguer

Depois de virar, basta colocar o queijo e esperar derreter.

Hambúrguer na chapa - Bullguer

O Lumberjack parecia ainda menor que o outro hambúrguer, o bacon crocante que ajudou a dar um pouco de altura para conjunto. Aliás, o bacon estava muito crocante, mas não é tão saboroso.

Lumberjack, pão, carne, queijo, bacon, picles e molho - Bullguer

O queijo estava bem derretido, eles trabalham direitinho com o tipo de queijo processado que usam.

Lumberjack - Bullguer

A carne estava ao ponto, hambúrguer macio e bem leve. Textura boa e bem aerado, você come facilmente. O hambúrguer chega a ser macio e o equilíbrio de sabores é quase perfeito.

Lumberjack pronto para ser devorado - Bullguer

O molho é um tipo de maionese temperada super saborosa, lembra bastante o molho da rede americana In’n’Out, com certeza teve inspiração por lá.

Ponto da carne do Lumberjack - Bullguer

Pedimos como sobremesa a Apple Pie, mas infelizmente não tinha, uma pena, ficamos sem sobremesa.

A Bullguer é uma hamburgueria artesanal que trabalha como um fast food com qualidade. Parece contraditório, o que eles fazem é importar as práticas, equipamentos e padrões das grandes redes. Usam carne fresca para preparar o hambúrguer na hora e isso faz toda a diferença. Assim como trabalham as redes norte americanas Shake Shack e Five Guys.

A entrega é realmente muito rápida e padronizada, com o máximo de qualidade e poucos erros. Tudo se encaixa perfeitamente e o resultado é um hambúrguer gostoso de verdade, por preços bem acessíveis. Mas se tiver com muita fome mesmo, o ideal é pedir o burger duplo e uma porção de fritas só para você, mas aí a brincadeira já começa a ficar mais cara.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3,5 estrelas
  • maionese3 estrelas
  • porção3 estrelas
  • atendimento3 estrelas
  • espera nenhuma
  • cheese burgerR$ 18,00
  • preçode R$ 30,00 a R$ 40,00 (de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Bullguer – Vila Nova Conceição

Rua Diogo Jácome, 606 – Vila Nova Conceição
São Paulo, SP
Telefone (11) 3044.2757
delivery sim

Burger ID é a nova hamburgueria no coração da Vila Olímpia

OFERECIMENTO

No coração da Vila Olímpia, uma nova hamburgueria abre as portas em São Paulo, essa é a Burger ID. E eles vêm com uma missão importante, provar que todo dia é dia de hambúrguer, inclusive no almoço, por que não?

Entrada - Burger ID

Fomos convidados a provar os burgers da Burger ID e conhecer o conceito da casa e o cardápio assinado pela chef Cecília Meneguini. Que criou um conceito de receitas dinâmicas em parceria com outros chefs e até mesmo clientes, criando novidades a cada mês.

Vamos começar contando sobre o ambiente, achamos a casa super moderna e decorada com alguns graffitis muito legais criados por um artista local.

Você pode escolher entre a sacada envidraçada ou os sofás vermelhos que ficam no interior da casa. Tudo novinho, a hamburgueria está com as portas abertas desde setembro de 2017.

Graffiti e os sofás vermelhos - Burger ID

Em frente à janela da cozinha, há uma estante com vários elementos de decoração, são esses detalhes que dão um charme ao clima da casa.

Balcão - Burger ID

E o que mais chamou a atenção foi o enorme ucraniano Antonov e as pirações do graffiteiro Marcelo Zuffo, artista reconhecido.

Graffitti de um avião - Burger ID

O cardápio é bem descomplicado e fácil de entender. A ideia da casa é servir hambúrguer no almoço, justamente para o pessoal que trabalha na região e quer comer um burger gostoso por um preço justo – sem ter que cair na armadilha dos fast-foods. Também funciona à noite de quinta a sábado, confira todos os horários no final da matéria.


 

* * * * * G R Á T I S: FRITAS ou LIMONADA ou PORÇÃO DE CHURROS * * * * *

Quem mostrar este post ao garçom na Burger ID pode escolher UM dos prêmios abaixo:

  • Porção de batatas individual tradicional ou lemon pepper
  • Limonada The Lemonator (tradicional ou pink lemonade)
  • Porção de churros

obs. promoção válida até 2/6 ou até o término dos estoques na compra de um hambúrguer ou prato principal. Não acumulativa com outras promoções vigentes.


 

O principal é que a Burger ID quer servir um hambúrguer gostoso, preparado na hora, mas sem demoras. Os hambúrgueres podem ser grelhados na churrasqueira ou o famoso smash burger, aquele amassadinho na chapa.

O cardápio possui 4 opções de hambúrgueres tradicionais, preparados com 160g de carne Red Angus que custam entre R$ 19 e R$ 25. Honestamente, ótimo preço levando em conta que um combo de fast-food com um hambúrguer infinitamente inferior e com menos carne custa R$ 25.

Cardápio - Burger ID

Se você é adepto dos burgers especiais, eles têm também um Dry Aged by DeBetti que custa R$ 35. Este vale a pena para quem é fã desse estilo de carne, hambúrguer alto e no ponto para mal passado – falaremos mais detalhadamente a seguir.

Cardápio - Burger ID

Existe também, opções mais leves para quem não come carne como o Sanduíche Fit Veggie grelhado na churrasqueira com berinjela, abobrinha, cebola, tomate e queijo por R$ 25. Ou o Say Cheese que é um queijo quente com salada por R$ 15.

Começamos mesmo com o que nos chamou mais atenção no cardápio, o New York, burger de 160g grelhado no char broiler, queijo prato, bacon, maionese da casa e picles por R$ 25.

New York com bacon crocante - Burger ID

É um hambúrguer de tamanho médio, que combinado a uma porção de batatas é mais do que o suficiente para ficar satisfeito. Nós combinamos com a limonada da The Lemonator (tradicional ou pink lemonade) que é uma das nossas preferidas e sai por R$ 7.

New York - Burger ID

O ponto alto deste hambúrguer é o bacon super, mega, blaster crocante – faz toda a diferença. A carne grelhada com sabor de churrasco também. E o molhinho completa a receita.

Hora da verdade - Burger ID

Se você é daqueles que só se contenta com hambúrguer duplo, provamos o Arizona com 320g de carne.

Arizona Burger duplo - Burger ID

A receita tradicional leva um hambúrguer de 160g Red Angus, queijo prato, cebola crispy e molho barbecue por R$ 25. Na nossa versão turbinada temos mais R$ 8 da carne e queijo extra, totalizando de R$ 33. Belo custo-benefício.

Arizona duplo - Burger ID

Vale super a pena, 320g de carne dispensa a porção de batatas. As cebolas trazem a crocância ao conjunto e o molho barbecue contrasta com os outros ingredientes. Não dá pra esquecer do pão brioche, bem levinho e adocicado – super importante para termos um pão, carne e queijo gostosos.

Arizona reinando - Burger ID

As batatas fritas são uma atração à parte. No cardápio, existem 4 opções da porção, das simples e individuais por R$ 8 até as especiais como as trufadas ou com cheddar e bacon por R$ 16.

Fritas trufadas, lemon pepper, simples e com cheddar e bacon - Burger ID

A escolha é sua, dá uma olhada em cada uma delas.

Porções de fritas - Burger ID

E veja a porção com cheddar e bacon mais de perto. Todas as porções são feitas com as batatas crinckle, aquelas batatas onduladas. Não são artesanais, mas são crocantes e ideais para comer com molhos e maioneses, pois o acompanhamento fica mais aderido à superfície de cada batatinha.

Batatas cheddar e bacon - Burger ID

Outro ponto que não podemos esquecer é que em todas as mesas há uma bisnaga de maionese artesanal (ervas e alho), você come à vontade e sem pagar nada a mais por isso. Um super agrado a todos os clientes.

Esse outro hambúrguer é o SP Burger (uma homenagem e releitura dos principais hambúrgueres da capital paulistana), também preparado com o blend de Red Angus de 160g, queijo cheddar cremoso, salada, maionese e bacon por R$ 25.

SP Burger - Burger ID

Mais de pertinho - Burger ID

Para completar a carta de hambúrgueres, pedimos o hambúrguer dry aged by DeBetti. Mas primeiro vamos explicar do que se trata.

Hambúrguer dry aged é feito com carne maturada a seco. A maturação a seco traz um sabor mais intenso à carne, pois a peça de carne fica por no mínimo 30 dias em uma câmara fria e ventilada com controles de umidade e temperatura, sofrendo um processo de quebra das fibras e perda de água. Este processo chama-se dry aged ou maturação a seco.

Hambúrguer dry aged - Burger ID

No caso dos burgers DeBetti, é usada a gordura desta carne para dar mais sabor à carne. A carne dry aged normalmente tem um preço muito elevado, pelo alto custo de produção e perda de líquidos, usando a gordura é uma forma de incrementar o blend do hambúrguer e ter um preço final viável. Nós gostamos muito do resultado, experimente.

Burger Dry Aged by Debetti acompanhado de uma cerveja artesanal - Burger ID

Como esse é um hambúrguer especial, é servido ao ponto para mal passado. E não poderia ser de outro jeito, para poder sentir a diferença de sabor e todo o potencial da carne, a Burger ID serve esta carne apenas neste ponto.

Burger dry aged - Burger ID

A gente até pediu para eles fazerem aquela “brincadeirinha”de dar a última selada com o hambúrguer aberto na churrasqueira e exibir essas marquinhas de grelha.

Burger grelhado após ser cortado na metade - Burger ID

Por dentro, estava bem vermelho, suculento e saboroso. Servido com cheddar inglês e cebola caramelizada, o hambúrguer mais cobiçado do cardápio já vem acompanhado da porção de fritas trufadas por R$ 35 (burger + fritas trufadas) – ótima escolha.

Ponto do burger dry aged - Burger ID

A Burger ID manda bem também nas sobremesas, escolhemos este pudim da latinha, simples, gostoso e muito bem feito. Custa R$ 14 e é ótimo.

Pudim de latinha - Burger ID

A Burger ID, apesar de ter a missão de servir hambúrguer todos os dias no almoço do bairro da Vila Olímpia, aposta na qualidade e nos preços justos para conquistar seu público. E usa a churrasqueira como um grande diferencial de preparo.

Todo mundo curte aquele sabor de grelhado no seu hambúrguer. E nós sabemos que um hambúrguer artesanal com bons ingredientes não tem comparação. Aos que gostam de sair da rotina, escolha o burger dry aged by DeBetti e prove um sabor novo por um excelente custo-benefício.

E o pessoal da Burger ID é extremamente antenado, você pode fazer seu pedido direto pelo sites deles acessando www.deliverydireto.com.br/burgerid/sp e ainda acompanhar as novidades pelo blog blog.burgerid.com/

Banquete completo - Burger ID


 

* * * * * G R Á T I S: FRITAS ou LIMONADA ou PORÇÃO DE CHURROS * * * * *

Quem mostrar este post ao garçom na Burger ID pode escolher UM dos prêmios abaixo:

  • Porção de batatas individual tradicional ou lemon pepper
  • Limonada The Lemonator (tradicional ou pink lemonade)
  • Porção de churros

obs. promoção válida até 2/6 ou até o término dos estoques na compra de um hambúrguer ou prato principal. Não acumulativa com outras promoções vigentes.


 

Burger ID

Av. Dr. Cardoso de Melo, 1150 – Vila Olimpia
Horário de funcionamento: de segunda à quarta-feira das 11h30 às 15h30 | quinta e sexta-feira das 11h30 às 15h30 e das 17h às 23h | sábado da 12h às 22h
São Paulo, SP
Telefone (11) 3805-7672
delivery sim

Este post é um publieditorial em que a qualidade do hambúrguer foi testada e aprovada. Nos comprometemos com a verdade em TODAS as nossas matérias – só falamos a verdade. Para convidar o Guia do Hambúrguer a conhecer e apresentar seu negócio, envie uma mensagem pelo nosso formulário ou para o e-email contato@guiadohamburguer.com.

Burdog – Pacaembu, São Paulo – SP

OFERECIMENTO

Clássico é clássico e o Burdog é uma das mais tradicionais hamburguerias de São Paulo desde 1968 – 50 anos de casa aberta é para poucos. Passou por gerações e preparou muitos hambúrgueres na madrugada.

Fachada - Burdog

Mesmo sabendo que o hambúrguer do Burdog é praticamente o mesmo durante todos estes anos, precisávamos fazer uma avaliação na casa matriz, que fica na Av. Dr. Arnaldo. É uma questão de posicioná-los dentro do cenário do hambúrguer atual, que mudou completamente.

Balcão - Burdog

Imagine que por um grande período as hamburguerias eram muito, muito parecidas. Faziam seus discos de carne fininhos, baixa proporção de gordura. Não é à toa que a maionese foi o grande diferencial as hamburguerias concorrentes. Era muito mais fácil se diferenciar pela maionese do que pela carne, quase sempre o patinho ou coxão mole moídos. E a combinação mais pedida era sempre o cheese salada.

Hoje, o cenário mudou e as hamburguerias como o Burdog continuam de portas abertas. Como eles podem se diferenciar, se o produto que eles oferecem é praticamente o mesmo – e os clientes fieis estão acostumado. Então fomos avaliar, usando os mesmos critérios de qualquer outra hamburgueria para descobrir o que acontece.

Aparecemos por lá por volta de 23h, horário em que poucas hamburguerias estão abertas em São Paulo – por incrível que pareça.

Assim que chegamos, notamos que a casa permanece igual, desde à fachada até o ambiente todo branco, bem iluminado e com pouquíssimos detalhes em verde – a cor oficial do Burdog. O ambiente é tão iluminado por uma luz branca que parecia até um “hospital”. Chega a ser estranho.

Ambiente - Burdog

Sentamos à mesa ao invés do balcão, simplesmente pelo conforto. Recebemos o cardápio, que já conhecíamos de cabo a rabo, mas fizemos questão de conferir.

Cardápio - Burdog

Primeiro, questionamos o garçom sobre as batatas e as onion rings: se eles preparavam ou compravam prontas. O garçom confirmou que não eram feitas na casa, então resolvemos optar pela porção pequena de onion rings por R$ 19,20, a porção grande custa R$ 25,70. As fritas, não artesanais, valem R$ 16,50 e R$ 20,90 respectivamente. Achamos o preço alto.

Porções - Burdog

Os hambúrgueres que escolhemos são o clássico X Burdog, hambúrguer, queijo prato, tomate, alface, picles, cebola crua e maionese por R$ 31,90 e o X Zé Mineiro, hambúrguer, molho especial (pimentão e tomates agridoce) e maionese por R$ 27,90. Imagina que estes hambúrgueres pesam por volta de 120g e custam o mesmo preço ou mais caros que das hamburguerias mais modernas que trabalham com 160g em média.

Cardápio de hambúrguer - Burdog

É inegável que tudo fica pronto muito rápido, parece até que já sabiam o que pediríamos antes de chegarmos. As onion rings vieram servidas em um prato branco de louça, aparência meio desleixada e acompanhada de uma generosa porção de maionese da casa.

Porção de onion rings - Burdog

A maionese é um patrimônio histórico da hamburgueria, bem cremosa e de sabor suave, funciona muito bem com a porção e também para dar personalidade aos hambúrgueres. Mas tem gente que não gosta, principalmente da consistência mais firme.

Na primeira mordida, percebemos que é a velha onion ring de sempre, crocante por fora, quentinha e que até parece artesanal (pode ser que seja, mas não são preparadas na casa). Estavam gostosas, tem uma cebola inteira dentro do anel, esse é o diferencial de um anel de cebola. As marcas industrializadas costumam usar um tipo de creme de cebola empanado por questão de custo.

Os hambúrgueres chegaram em seguida, também ficaram prontos muito rápido. Lógico, a carne é super fininha e com pouca gordura.

O X Zé Mineiro não chama a atenção, hambúrguer baixinho, carne fininha e servido meio tímido dentro do saquinho.

Zé Mineiro  - Burdog

O molho agridoce com tomate e pimentão vem junto com a maionese e por baixo da carne. Esse é um segredo, a maionese e o molho formam uma combinação perfeita e trazem umidade à carne fininha e seca do hambúrguer. São truques que as clássicas hamburguerias sempre usaram para compensar o hambúrguer e o bem passado tradicional.

Zé Mineiro - Burdog

Zé Mineiro - Burdog

O X Burdog não fica atrás, com uma porção de maionese junto ao tomate, faz o ponto alto do hambúrguer. O bacon crocante chama atenção pela crocância e por deixar o hambúrguer com um aspecto mais alto. Assim como as varias folhas de alface lisa que dão vida às cores do conjunto.

X Burdog - Burdog

O picles e a cebola estão longe de ser dispensáveis, acrescentam sabor e contraste ao restante dos ingredientes.

X Burdog - Burdog

A carne do hambúrguer foi provada separadamente, estava bem seca e quase sem gordura. Não dá para exigir ponto de carne num hambúrguer desta altura, vem totalmente bem passado. O sabor é razoável, mas a suculência é quase nula. Esse foi o ponto mais negativo.

X Burdog - Burdog

É difícil optar por um cheeseburger no Burdog, é preciso acrescentar pelo menos uma maionese, senão o hambúrguer pode se transformar em pesadelo.

Ponto e suculência da carne - Burdog

O pão dos dois hambúrgueres estavam quentinhos e suportaram bem o conjunto. Chega a ser um pouquinho massudo, mas nada que atrapalhe. É o pão clássico das hamburguerias mais antigas da cidade.

Antes de nos despedirmos, demos uma visitada nas sobremesas e escolhemos uma com a cara do Burdog, Banana do Almirante, uma banana na chapa com canela e açúcar, duas bolas de sorvete de creme polvilhadas com canela por R$ 27,50.

Banana do Almirante - Burdog

Acertamos direitinho no pedido. Banana quentinha e docinha junto com o sorvete de creme e a canela fizeram a combinação perfeita. Curtimos do início até o fim, exceto pelo preço que é meio alto, como todos os outros itens do cardápio.

Banana do Almirante - Burdog

O Burdog está aberto desde 1968 e desde a primeira vez que fomos, tudo é igual. Parece que parou no tempo. Se você é fã de hambúrguer e não conhece a casa, precisa ir, temos que experimentar uma hamburgueria com esta idade e respeitar o produto que ela serve.

Mas fica uma questão, qual será o futuro das hamburguerias clássicas, elas vão se reinventar? Vão permanecer as mesmas? Ou vão ser engolidas por tantos novos concorrentes? Deixe sua opinião nos comentários.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer1 estrela
  • maionese3 estrelas
  • porção2 estrelas
  • atendimento2 estrelas
  • espera nenhuma
  • cheese burgerR$ 21,70
  • preçoacima de R$ 50,00 (acima de R$ 50,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Burdog – Pacaembu

Av. Dr. Arnaldo, 232 – Pacaembu
São Paulo, SP
Telefone (11) 3151-4849
delivery sim

Come On Burger – Vila Mariana, São Paulo – SP

OFERECIMENTO

Seguindo com nossa saga de avaliações, que hoje parece nunca ter fim, de tantas hamburguerias que abrem diariamente, aproveitamos para visitar o Come On Burger na Vila Mariana.

Fachada- Come On Burger

A Come On Burger é uma hamburgueria da nova geração que abriu no ano de 2016. A casa começou engatinhando e hoje já se estabeleceu, ali pertinho da faculdade ESPM.

O local é bem frequentado pelos alunos e tem que concorrer com comidinhas baratas e bares ao redor. Mesmo assim, estão se dando muito bem. No sábado à tarde, rola até burger e cerveja à vontade por R$ 70. Mas nosso objetivo aqui não é quantidade e sim qualidade.

O ambiente é bem pequeno mesmo, no máximo 30 lugares no piso térreo, mas no 1° andar rola mais mesas nos dias de maior movimento. Não era o caso em nossa visita, apesar de estar cheio de gente. Mas a foto a seguir foi tirada apenas quando estávamos indo embora, para não chamar a atenção.

Ambiente - Come On Burger

Para uma segunda-feira, nem tinha lugar pra gente sentar nas mesas, por isso escolhemos o balcão, que é bem charmoso.

Balcão - Come On Burger

Recebemos o cardápio e é muito fácil escolher. Entre as porções, fritas convencionais por R$ 17 (meia por R$ 9), com cheddar e bacon por R$ 22 (meia por R$ 15) e as hot wings, 10 asinhas de frango levemente apimentadas por R$ 32. Para gente hambúrguer e batata frita é o que mais combina, optamos pelas fritas com cheddar e bacon.

Cardapio - Come On Burger

Os hambúrgueres são variados, no total são 12 combinações que podem levar uma carne de 100g, como o Humilde, hambúrguer de 100g, queijo prato, alface americana, tomate e maionese verde caseira no pão de hambúrguer por R$ 17.

Cardápio - Come On Burger

A grande maioria leva um hambúrguer de 160g, como o cheese salada que custa R$ 24 e o Mix Burger, hambúrguer de 160g, cream cheese, cebola crispy, ketchup de maçã com canela no pão de hambúrguer por R$ 30, que é o burger mais caro do cardápio.

Cardápio - Come On Burger

Para quem procura por opções vegetarianas, a Come On Burger oferece a troca de qualquer hambúrguer do cardápio pelo vegetariano (exceto o humilde) ou escolha o Kisere Veggie, hambúrguer de batata com alho poró, cream cheese, mini rúcula e cebola roxa no pão de hambúrguer.

Nossa escolha foi um cheeseburger, hambúrguer de 160g e cheddar inglês no pão brioche por R$ 19 e adicional de bacon por R$ 3, ao ponto para mal passado. Um mix burger ao ponto e uma porção de fritas com cheddar e bacon acompanhando.

Para beber, escolhemos o refrigerante free refil que custa R$ 15 ou R$ 9 se for um copo. A dica é pedir o chá da casa que custa R$ 9 e você ganha o free refil ao pedir um hambúrguer.

A porção de fritas chegou primeiro, bem servida para duas pessoas, vem acompanhada de ketchup com maçã e canela. O cheddar vem cobrindo as batatas e a delicada farofa de bacon completa a apresentação.

Fritas com cheddar e farofa de bacon - Come On Burger

Estavam quentes e crocantes. O molho de cheddar era saboroso e o bacon tava o toque proncipal ao sabor. Mas não eram batatas artesanais, então fica o recado para as hamburguerias. As porções também fazem parte do cardápio de uma hamburgueria completa, é importante cada hamburgueria preparar suas próprias batatas, cebolas e porções artesanais, assim como os burgers são feitos. Os acompanhamentos não devem ficar em segundo plano.

Fritas com cheddar e farofa de bacon - Come On Burger

Os hambúrgueres chegaram em seguida, são servidos num pratinho quadrado de alumínio forrado com o papel personalizado. Apresentação simples e funcional.
O Mix Burger acaba chamando bastante a atenção, pois vem com muuuuito cream cheese e ainda cebolas crispies. O pão era o convencional, nenhum diferencial.

Mix Burger - Come On Burger

O cream cheese contrasta com o ketchup de maçã com canela e a cebola faz seu papel acrescentando crocância ao conjunto. A carne veio ao ponto como pedimos.

Mix Burger - Come On Burger

O cheeseburger é de tamanho mais modesto, na verdade em altura, pois o burger é exatamente o mesmo. O bacon vem tímido embaixo da carne, podia ser por cima do burger para ficar mais vistoso – dica de montagem.

Cheesebacon - Come On Burger

O pão brioche é bem brilhante, leve e gostoso. Estava selado corretamente e se destacou entre os ingredientes. O bacon estava crocante também, aparecia entre uma mordida e outra.

Cheesebacon - Come On Burger

A carne estava no ponto exato, suculenta e vermelhinha. Faltou um pouquinho de sal, mas isso não impacta na nota, pois envolve muito o gosto pessoal.

Ponto do hambúrguer - Come On Burger

O sabor estava bom, porém notamos um suave gosto de carne com maturação maior, o que acaba desaparecendo quando comemos junto com outros ingredientes, mas é um ponto a melhorar no blend.

Para quem não sabe do que estamos falando, assim que o boi é abatido, a carne começa a maturar naturalmente. Mesmo que as peças sejam embaladas a vácuo, quanto mais tempo entre o abate e o consumo, mais acontece a maturação e este processo natural de qualquer carne deixa um gosto residual, que foi o sabor que sentimos levemente. Esse processo deixa a carne mais macia, mas para o hambúrguer isso não é desejável, pois a carne moída fica macia automaticamente.

A sobremesa não podia faltar, fomos de Big X Nutella, um ‘hambúrguer’ doce feito com pão brioche, recheado de Nutella e banana, polvilhado de açúcar de confeiteiro por R$ 25.

Big X Nutella - Come On Burger

Realmente estava uma delicia, massa do pão super leve, lembra muito um sonho. A Nutella estava em boa quantidade e super combinou com a banana. O açúcar deu o toque final. Não da para ir ao Come On Burger e ficar sem essa sobremesa.

O Come On Burger é uma pequena hamburgueria na Vila Mariana, que começou ainda menor. Hoje o cardápio oferece variados burgers a preços bons. Ambiente descolado, atendimento bacana e jovem. Lugar bem agradável para curtir um burger com um chá gelado refil e uma sobremesa diferente.

Avaliação do Guia do Hambúrguer

    • hambúrguer2 estrelas
    • maionesenão avaliada
    • porção2 estrelas
    • atendimento3 estrelas
    • espera nenhuma
    • cheese burgerR$ 19,00
    • preçode R$ 30,00 a R$ 40,00 (de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa)

As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Come On Burger – Jardim Paulista

Rua Dr. Álvaro Alvim, 193 – Vila Mariana
São Paulo, SP
Telefone (11) 5082-1645
delivery sim

United Burger, conheça o hambúguer de 360g desta hamburgueria temática na zona norte de São Paulo

OFERECIMENTO

Recebemos o convite da United Burger para conhecer essa hamburgueria temática na zona norte de São Paulo, fica ali na conhecida Av. Engenheiro Caetano Álvares, na altura do Imirim. Essa avenida concentra muitos bares e movimento à noite, mas hamburgueria não tinha até agora na região. Então, eles resolveram montar a hamburgueria bem ao lado de uma barbearia estilosa.

Fachada - United Burger

A casa é bem espaçosa, além do piso térreo, quando o salão está cheio, eles abrem a parte superior, que também pode ser usada para confraternizações e mesas maiores.

Piso superior com telão - United Burger

Na fachada, notamos que a temática da casa são os esportes norte americanos, ao passar pela entrada, onde fica um sofá de espera, você visualiza uma bandeira dos Estados Unidos, capacetes e bolas de futebol americano.

Entrada e espera - United Burger

O ambiente é descontraído e confortável. As mesas acomodam quatro pessoas em sofás que ficam próximos à parede e com uma TV no fundo.

Piso térreo - United Burger

O cardápio oferece onze combinações de hambúrguer, sendo que uma delas é com frango desfiado e outra com hambúrguer de salmão. Pra gente, o hambúrguer tradicional de carne bovina é o nosso preferido.

Cardápio - United Burger

Vamos mostrar os maiores sucessos da casa que todo mundo vai curtir. Os preços variam de R$ 18, o cheeseburger clássico de 100g acompanhado de batatas smiles até R$ 34, o Raiders, com dois burgers de 180g cada, queijo, alface americana, bacon, cebola marinada no molho shoyu.

O padrão das carnes são 180g, mais do que suficientes para o cenário atual em que vemos a maioria das hamburguerias diminuírem o tamanho da carne para conseguir não aumentar o preço.

A primeira coisa que fizemos foi acompanhar a preparação do hambúrguer, gostamos de visitar a cozinha e ver como nosso hambúrguer é feito. Escolhemos o Brooklyn, um dos carros-chefe da casa que leva um burger de 180g, cheddar e cebola caramelizada por R$ 26.

Preparando o Broklyn - United Burger

Essa é a sequência de preparação, depois que o hambúrguer é virado e está bem selado, eles acrescentam o queijo cheddar e a cebola caramelizada, agora é só esperar dar o ponto na carne.

Brooklyn com batatas rústicas - United Burger

Pedimos esse hambúrguer junto com uma porção de batatas rústicas que custam R$ 22 e servem fácil duas pessoas.

Batatas rústicas servem 2 pessoas - United Burger

As batatas vem temperadas com alecrim, peça uma porção de maionese para completar.

O hambúrguer fica com a carne bem alta pelos 180g, disco de carne do tamanho do pão e queijo bem derretido. Mas a pergunta que não quer calar é se eles acertaram nosso ponto.

Brooklyn - United Burger

Olhando a lateral do burger nosso palpite é que está do jeito que gostamos.

Hora de provar, vamos? - United Burger

Então vamos olhar por dentro, carne bem rosada, suculenta e macia. Achamos o hambúrguer bem saboroso e equilibrado.

Ponto do hambúrguer - United Burger

Se gostar de pepperoni, nossa sugestão é o Lakers, hambúrguer de 180g, pepperoni, queijo prato, cebola roxa, pesto de manjericão e molho de tomate rústico por R$ 32.

Lakers - United Burger

Essa receita é uma mistura de ingredientes tipicamente italianos no hambúrguer, o que fica muito bom. O pepperoni é o destaque de sabor e levemente picante.

Lakers com pepperoni - United Burger

Na United Burger rola pedir uma cerveja para tomar com o hambúrguer e fritas. A porção que veio como Lakers foi das batatas crinckle, batatas onduladas.

Fritas onduladas, as crincke fries - United Burger

Voltando aos clássicos, pedimos também o Miami, hambúrguer de 180g, cheddar, barbecue e onion rings. Como acompanhamento, uma porção de crinckle fries, as batatas onduladas, com cheddar e bacon.

Miami com onion rings - United Burger

Aliás, a grande sacada desta batata é comer com molhos por cima, por conta das ondulações, elas ficam cheias de cheddar, o que dá muito sabor à batata.

Fritas com cheddar e bacon - United Burger

Estavam bem fritas e crocantes, o molho de cheddar com bacon dispensa comentários. Servem duas a três pessoas e também sugerimos a maionese à parte.

Fritas com cheddar e bacon - United Burger

O Miami é também uma combinação clássica no pão australiano, a cebola traz a crocância e o molho barbecue levemente adocicado o contraste com o cheddar e a carne.

Miami - United Burger

Dá só uma olhadinha mais de perto e vê se vai escolher esse?

Miami com onion rings e molho barbecue - United Burger

Deixamos a surpresa sempre para o final e um dos burgers mais procurados é o Raiders, porque ele é o maior hambúrguer da casa com 360g de carne! E ainda leva os ingredientes mais pedidos, o queijo cheddar duplo, bacon e cebola. A alface vem só para dar um pouco de refrescância no monstro que é servido no pão brioche por R$ 34.

Raiders com 360g de carne - United Burger

Para encarar o monstro tem que estar realmente com fome, porque é muuuuuito hambúrguer. As carnes estavam bem suculentas, veja na foto.

Raiders - United Burger

E esse combina também com as batatas com cheddar e bacon, mais uma maionese, né? Quem sabe se você estiver com mais fome ainda eles não façam com mais burgers ainda, desafie o pessoal da United Burger.

Raiders - United Burger

A United Burger é uma hamburgueria nova na zona norte de São Paulo, mas vem com uma proposta de servir hambúrguer com qualidade e até em versões mais ogras. Na nossa opinião é terem o cardápio básico bem alinhado e bem produzido por um preço acessível e eles mostraram que sabem o que estão fazendo.

United Burger

Av. Eng. Caetano Álvares, 5695 – Imirim
São Paulo, SP
Telefone (11) 3213-8670
delivery sim

Este post é um publieditorial em que a qualidade do hambúrguer foi testada e aprovada. Nos comprometemos com a verdade em TODAS as nossas matérias – só falamos a verdade. Para convidar o Guia do Hambúrguer a conhecer e apresentar seu negócio, envie uma mensagem pelo nosso formulário ou para o e-email contato@guiadohamburguer.com.