Arquivo da Tag: itaim

Between Buns faz hambúrgueres focando na produção artesanal com influência do Sul dos EUA e Rio Grande do Sul no Itaim Bibi

oferecimento

O conceito da Between Buns é de uma verdadeira hamburgueria artesanal, que prepara praticamente tudo que serve na própria cozinha. Sempre escolhendo os melhores insumos e focando na alta qualidade de tudo que serve no bairro do Itaim Bibi.

Entrada - Between Buns

Muito antes da hamburgueria existir, precisamos contar a história da Beatriz, idealizadora e dona da hamburgueria. Formada em administração mas com amor pela comida desde criança, passou parte da sua vida morando em uma pequena cidade no sul dos Estados Unidos, com forte influência do churrasco defumado do Texas e comida criolla de New Orleans.

Capacho na entrada - Between Buns

A paixão por comida sempre esteve presente na Beatriz e o sonho dela de empreender no ramo de gastronomia se tornou real após a faculdade. Quando voltou, aprendeu com o pai gaúcho muito sobre carnes – uma tradição do sul do nosso país.

O primeiro negócio foi um delivery para ter contato com a área pela primeira vez e mesmo no meio da correria do dia-a-dia a Beatriz foi montando o plano de negócio de acordo com o objetivo que ela tinha e pouco a pouco foi concretizando.

Ambiente - Between Buns

Enquanto estava com o negócio de delivery a Beatriz fez muita pesquisa em vários bairros da capital, procurando imóveis, analisando cardápios e testando receitas. Mas sempre com o objetivo de fazer a produção quase completa na própria cozinha, desde o blend da carne até as porções, as geleias, molhos e tudo mais.

Até o visual da casa e a parte de decoração ela deu um jeito, com a ajuda dos pais, desenharam o projeto sozinhos. Pensando em iluminação para o dia e para a noite, ambiente aconchegante para um jantar agradável e calmo ou um almoço rápido que acontece na região.

Ambiente - Between Buns

Assim surgiu a Between Buns, em meio a tanta concorrência e hamburguerias no Itaim, é importante saber a história por trás de cada porta que serve o hambúrguer.

Assim que chegamos demos uma olhada no cardápio, a parte da frente é dedicada às entradas e aos burgers.

O verso do cardápio apresenta as bebidas, que são um caso à parte. A Beatriz quando estava pensando no conceito da Between Buns queria fazer alguns drinks não alcoólicos interessantes e conseguiu. O preço também é bem convidativo e vamos apresentar alguns deles durante o texto.

Cardápio - Between Buns

Começamos experimentando a Pink Lemonade por R$ 8,00. Feita com purê de framboesa e suco de limão, é bem docinha e agradável, pode pedir tranquilo.

Pink Lemonade - Between Buns

O primeiro hambúrguer a gente prefere ir em um bem básico, o House Burger, hambúrguer de 160g, queijo Monterey Jack, alface, tomate, cebola roxa e picles no pão brioche por R$ 25.

House Burger, o cheese salada da casa - Between Buns

Todos os burgers da casa são grelhados na char broiler, para dar aquele toque de churrasco.

House Burger - Between Buns

A prova é inevitável.

Belo cheese salada - Between Buns

Um cheese salada super equilibrado, ingredientes fresquinhos, carne veio no ponto que pedimos e com leve sabor de churrasco. O pão estava realmente muito leve e combina perfeitamente com o restante.

Lógico que para acompanhar não podia faltar uma porção de fritas artesanais. Uma das preocupações da Beatriz era poder preparar tudo na casa e as fritas não podiam ser compradas, tinha que ter o DNA da Between Buns.

Belgian Fries - Between Buns

A porção de batatas serve duas pessoas, bem crocantes e quentes, combinaram perfeitamente com a maionese.

Nosso segundo hambúrguer é um clássico que toda hamburgueria tem e sempre está entre os mais vendidos. O nome não podia ser outro, Classic, hambúrguer de 160g, cheddar inglês, cebola caramelizada e bacon artesanal no pão australiano por R$ 26.

A combinação está mais do que consagrada, a cebola bem caramelizada, bacon suave e crocante combinam perfeitamente com o cheddar e o pão australiano levemente adocicado.

O acompanhamento do hambúrguer foi a porção de almôndegas envoltas em bacon chamadas de One More e custam R$ 24.

One More, porção de almôndegas envoltas em bacon - Between Buns

A carne da almôndega é o mesmo blend do hambúrguer e ainda são recheadas de queijo.

Voltando ao Classic, o bacon usado na Between Buns é todo preparado artesanalmente, tanto o dos burgers quanto o das almôndegas.

Classic - Between Buns

É artesanal porque leva 7 dias para ser curado e depois passa por um processo de defumação a quente, sem qualquer tipo de defumação química, tudo natural.

Classic - Between Buns

Para finalizar os burgers, pedimos uma versão de cheese bacon, chamado na casa de OMG, hambúrguer de 160g, cheddar e bacon artesanal por R$ 22, mas acabamos turbinando por mais R$ 10 e montando um duplo.

OMG duplo  - Between Buns

Confessamos que achamos uma obra de arte esse burger, bonito de ver e gostoso de comer, mas só pra quem tem uma fome das grandes.

OMG, vai encarar? - Between Buns

E precisamos tirar mais uma foto pra mostrar como é a pegada de um hambúrguer bem alto mas que se manteve estruturado mesmo depois das mordidas.

OMG - Between Buns

o acompanhamento do OMG foi o queijo coalho com mel, chamado de Cheese and Honey por R$ 18.

Cheese and Honey - Between Buns

Depois do mel por cima é hora de provar a combinação do doce do mel com o queijo grelhado, pra gente ;e a combinação perfeita.

Cheese and honey - Between Buns

Chegamos na parte da matéria que é destinada ao pessoal que ama frango ou prefere um sanduíchinho mais light.

Chickenlicious - Between Buns

O Chickenlicious é um sanduíche de sobrecoxa desossada de frango empanado, queijo Monterey Jack, alface e molho da casa no pão brioche por R$ 24.

Cortamos ao meio para conferir a suculência do frango que é o mais importante num sanduíche destes e passaram no teste.

Chickenlicious - Between Buns

Para acompanhar um pouquinho mais de frango. Quem curte uma porção de frango empanado pode optar pelo Chicken Heaven, pedaços de frango crocantes acompanhados do molho da casa por R$ 16.

Chicken Heaven - Between Buns

A gente provou, deu aquela caprichada no molho e conferiu.

Chicken Heaven - Between Buns

Pra fecha a visita, uma das nossas bebidas favoritas da casa, a Strawberry Mint, chá preto com limão e xarope de morango por R$ 8.

Strawberry Mint - Between Buns

Between Buns

Rua Tabapuã, 804 – Itaim Bibi,
São Paulo, SP
Horário de funcionamento: de segunda a quarta-feira das 12h às 15h30 e das 18h às 22h30 | de quinta a sabado das 12h às 15h30 e das 18h a 0h |domingo fechado
Telefone (11) 4563-0331
delivery sim

ALL IN . burger traz todas as técnicas da defumação para o hambúrguer no Itaim

oferecimento

Quase que simultaneamente terem vencido o prêmio de melhor hambúrguer no Ranking Guia do Hambúrguer 2018, a ALL IN . burger inaugurou um novo endereço na rua João Cachoeira no bairro do Itaim em São Paulo.

Fachada - ALL IN . burger Itaim

A história da hamburgueria começou em um pequeno espaço em Santo André, na rua Marechal Hermes, que cruza a famosa rua das Figuerias, onde são abrigados alguns bares e restaurantes da região e também outra importante hamburgueria de Santo André.

Em sua primeira unidade, tudo começou mais tímido, o espaço é pequeno, há uma mesa coletiva e outras mesas espalhadas. Mesmo assim, há muito cuidado no ambiente e desde o atendimento a gente percebe a preocupação com a satisfação dos frequentadores.

O cardápio é mais enxuto, já conseguimos notar a forte presença dos defumados entre os ingredientes principais da casa – um dos difereciais. Foi nesse ambiente compacto e com um hambúrguer de 180g extremamente artesanal foi que a ALL IN . burger conquistou o prêmio de melhor hambúrguer pelo Ranking Guia do Hambúrguer 2018. No ano anterior, havia ficado em terceiro lugar atrás do Frank & Charles e Z Deli Sandwiches, agora superados. Veja a avaliação que consagrou o ALL IN . burger campeão 2018 aqui.

No novo endereço do Itaim, a ALL IN . burger expandiu, trouxe novidades para o cardápio e manteve a essência de preparar os hambúrgueres na churrasqueira movida a carvão, em uma arriscada cozinha aberta ao público.

Cozinha onde são preparados os hambúrgueres na churrasqueira - ALL IN . burger Itaim

É isso mesmo, a cozinha com todo o preparo é aberta ao salão, todos podem ver o que eles estão preparando. Segundo o Marcos Brito, o idealizador do cardápio e sócio, não há segredos na preparação além do domínio das técnicas do fogo e ingredientes de primeira qualidade.

Salão com a cozinha aberta ao fundo - ALL IN . burger Itaim

Agora, cabem 66 clientes na casa, diferente dos 45 da casa de Santo André. Mas não pense que eles mudaram de endereço. Aos fieis clientes do ABC, podem continuar visitando a primeira casa que a qualidade continua a mesma.

Sãlão do Itaim - ALL IN . burger Itaim

No Itaim, o cardápio é mais completo, principalmente em relação aos defumados. A exclusividade é a degustação de todos os itens defumados da casa, como o bacon, brisket (peito bovino defumado na lenha por 14h), pastrami (peito bovino curado e defumado), presunto acompanhados de picles de pepino e cebola roxa, maionese Dijon e molho BBQ por R$ 80.

Cardápio - ALL IN . burger Itaim

Cardápio - ALL IN . burger Itaim

Nós começamos com uma porção de batatas rústicas com pastrami desfiado, molho de cheddar, sour cream e pimenta jalapeño que custa 26 e serve fácil de duas a três pessoas.

Pastrami fries - ALL IN . burger Itaim

Começando pela batata que é muito saborosa, são feitas inteiramente na casa. Esse fato é bem importante, pois as batatas artesanais tem sempre personalidade e sabor. Por isso, valorizamos as hamburguerias que produzem seus pratos ao invés de comprar prontos e congelados.

O pastrami, para quem não conhece, é uma carne curada. A cura é usar sal e especiarias para conservar a carne e que acaba dando sabor. Tradicionalmente falando, esse processo foi inventado para conservar os alimentos, mas que hoje é feito pelo sabor e suculência que é acrescentado ao corte escolhido. O da ALL IN . burger é feito com peito bovino.

Essa é a razão da carne estar em um tom bem avermelhado e não o ponto da carne. A cura já foi feita entre 5 a 10 dias e a carne ainda foi defumada, então já está mais do que cozida completamente. O sabor é bem característico, para quem não provou, vale a pena.

Não podíamos deixar de provar a degustação dos defumados, para sentir o sabor de cada uma das carnes separadamente preparadas na casa. A bandeja serve facilmente 2 pessoas, mesmo que não peçam entrada.

Bandeja de defumados - ALL IN . burger Itaim

A quantidade de defumados vem mais do que suficiente, acompanhadas de torradas, picles e dois molhos. O bacon é diferente de qualquer coisa que você tenha comido até então. Uma fatia grossa, macia e muito saborosa.

O brisket é o peito bovino defumado por 14h na lenha de macieira. A carne fica muito suculenta e saborosa. Essa é a técnica usada pelos churrasqueiros texanos que está começando a fazer sucesso no Brasil. Nós já viajamos para Austin, Texas há alguns anos atrás e nos apaixonamos pela comida local preparada nos defumadores.

O pastrami é a carne mais avermelhada, mesmo sendo peito bovino, a cura deixa o sabor bem diferente do brisket, vale cada mordida. E olha que já provamos um dos mais famosos pastramis do mundo, lá no Katz de Nova Iorque.

O presunto artesanal não tem comparação com o industrializado que estamos habituados a comer desde criança no misto quente. A textura é completamente diferente, é realmente uma carne rosada, muito mais saborosa, macia e bem temperada.

Bandeja de defumados - ALL IN . burger Itaim

A dica é ir alternando as carnes junto com os acompanhamentos, o pastrami e o brisket vão bem com os picles, que dão contraste de sabores. O molho barbecue é um dos melhores que já comemos, acentua o sabor do defumado e dá um sabor adocicado.

E não podíamos deixar de passar pelos os hambúrgueres. Seguindo na linha dos defumados, pedimos um brisket burger e um hambúrguer defumado. Pois é, eles também preparam nosso hambúrguer de cada dia no defumador à lenha que dá outra vida ao nosso disco de carne.

Brisket Burger - ALL IN . burger Itaim

O brisket burger é um hambúrguer de 180g preparado na churrasqueira com uma fatia generosa de brisket por cima. Nossa, por que tanta carne? A mistura de textura e sabores é o segredo do sucesso. O picles de cebola roxa vem para contrastar e limpar o paladar.

Brisket Burger - ALL IN . burger Itaim

O Smoked é o hambúrguer preparado no defumador, a uma temperatura bem mais baixa que o de uma churrasqueira, a carne ganha o sabor de defumado e ;é servida sempre no mesmo ponto.

Smoked Burger - ALL IN . burger Itaim

Além do queijo derretido, esse burger leva um molho barbecue rústico, você vê metades do tomate quase que inteiras e uma fatia generosa do bacon da casa.

Smoked - ALL IN . burger Itaim

O sabor é realmente impressionante, mistura de doce do molho com o bacon e a carne, que toma uma proporção completamente de um hambúrguer convencional.

Smoked - ALL IN . burger Itaim

Sem dúvida vale a pena experimentar todas essas receitas especiais da ALL IN . burger.

Smoked - ALL IN . burger Itaim

Mas se preferir ir na linha tradicional, o cheeseburger da casa com 180g, preparado na churrasqueira com cheddar inglês custa R$ 22.

ALL IN . burger – Itaim

R. João Cachoeira, 289 – Itaim
São Paulo, SP
Telefone (11) 2738-3878
delivery sim

All IN . burger – Jardim

R. Mal. Hermes, 315 – Jardim
Santo André, SP
Telefone (11) 4468-1728
delivery sim

Pão com Carne – Itaim, São Paulo – SP

oferecimento

Se existe uma hamburgueria pequena e com uma fama enorme é a Pão com Carne que fica no Itaim. Já avaliamos a casa antes (veja aqui), mas chegou a hora de retornarmos e conferirmos o que o pessoal está preparando atualmente.

Fachada - Pão com Carne

Aos que não conhecem ainda, a hamburgueria Pão com Carne é uma pequena portinha na R. Joaquim Floriano com 9 lugares e que prepara seus burgers grelhados na churrasqueira a gás.

Ambiente - Pão com Carne

A micro hamburgueria duela com gigantes em um endereço onde a clientela hamburgueira pode escolher entre Joakin’s, New Dog, General Prime Burger e Moo Hamburgueria. Sem contar o Classic Burger Haus, Katz Burger e The Fifties que ficam nas imediações. E, lógico, que agora mesmo deve ter uma nova hamburgueria inaugurando por lá, então não dá para colocar todas aqui.

Mas qual seria o segredo do sucesso da Pão com Carne? Na nossa opinião, o maior trunfo da casa foi diferenciar-se de todos os concorrentes, sendo uma ótima opção no quesito custo-benefício. Leia-se “custo-benefício” como o melhor produto possível dentro de um preço pré-estabelecido.

E o cardápio oferece um hambúrguer de aproximadamente 180g de carne a R$ 16 grelhado na churrasqueira, cheeseburger a R$ 18 e a mais cara das opções é o cheese bacon que custa R$ 22 e já vem com cebola caramelizada. Esses preços fixam na cabeça dos clientes, dando a impressão de ser um produto barato. Por outro lado, a porção de fritas custa R$ 9.

Cardápio - Pão com Carne

Mas não basta ser barato, tem que ser realmente bom. E o Pão com Carne caiu nas graças do público porque entrega um produto de encher os olhos, sabor de churrasco e artesanal.

O charme do lugarzinho pequeno, escondido e muito bem decorado, aproveitando cada espacinho também é parte determinante da experiência.

O sócio fundador da casa, o argentino Pedro Valsas, antes de ser hamburgueiro profissional era arquiteto. Então tá aí a explicação para muita coisa em relação ao cuidado no ambiente e nos mínimos detalhes, embalagens e design.

Apesar de que todos os elementos fazem parte, o que interessa pra gente é realmente o hambúrguer, na nossa nota que leva as hamburguerias para o Ranking Guia do Hambúrguer é apenas isso que conta.

Nosso pedido foi um cheesebacon sem cebola caramelizada, o padrão da casa leva cebola. A carne foi pedida ao ponto para mal passada e acompanhada de uma porção de fritas e refrigerante – Coca KS por R$ 5. O total da conta deu R$ 34. Um pouco mais caro que as redes de fast-food mais conhecidas, por conta da batata principalmente.

Tudo é pedido no balcão e depois você aguarda ficar pronto. A prioridade para sentar-se é de quem está com o hambúrguer na mão, vale o bom senso.

Balcão - Pão com Carne

Para cada ponto, existe um tempo médio esperado, pro pessoal ter uma ideia da saída dos pedidos.

Tempos dos pontos - Pão com Carne

Enquanto esperávamos o hambúrguer, assistíamos o pessoal numa cozinha muito pequena moldando os burgers. A coisa lá é bem, mas bem apertada mesmo.

Por volta de 15 minutos depois, chegou nosso “combo”. Apresentação impecável, burger ostentando a carne, queijo derretido e bacon por cima.

Visual é muito importante - Pão com Carne

A porção de batatas fritas são mais do que suficientes para uma pessoa, dá até para dividir. Estavam razoavelmente crocantes, palitos finos, mas não são artesanais. Faltou sabor. Estão no mesmo nível das batatas servidas nos fast-foods mais populares.

Porção de fritas - Pão com Carne

O hambúrguer vem embrulhado em um papel personalizado e dentro de uma caixinha de papelão em pé. O que facilita muito na hora de comer.

Mais um foco no pedido - Pão com Carne

Nem todos têm o privilégio de sentar dentro da hamburgueria. Na hora que o almoço, horário de muito movimento, tem gente se amontoando até na porta. Qualquer cantinho é útil para devorar o hambúrguer.

Cheesebacon - Pão com Carne

Desde a primeira mordida, sentimos o sabor de grelhado do hambúrguer, a carne não é muito alta, mas conseguem preparar no ponto que pedir.

Hora de devorar - Pão com Carne

Sentimos uma textura mais grossa na moagem, provavelmente o hambúrguer é feito com carne moída apenas uma vez. O ponto estava muito mais próximo do ao ponto, carne bem rosada no centro. Mas não dá para considerar o erro.

Ponto da carne - Pão com Carne

O hambúrguer estava macio, gostoso de comer e saboroso. Poderia ser uma carne mais suculenta, mas não chega a ser um defeito. O sabor da carne é bom, típico hambúrguer de fraldinha ou com blend que leve esse corte em sua maior parte, uma carne com bastante irrigação de sangue e marcante no sabor.

O pão é levemente aquecido, não chega a ser tostado por dentro. Sabor muito neutro e bem estruturado, suportou bem o hambúrguer até o fim. Um ponto bem positivo do conjunto, pois permanece firme sem desmontar.

O bacon vem em quantidade suficiente, é suave e levemente crocante. Podia ter mais, confessamos.

A Pão com Carne Hamburgueria mostrou-se uma hamburgueria que supera as expectativas. Focada no público apressado do Itaim que precisa comer rápido e sem gastar muito. Oferece um super hambúrguer em comparação a qualquer fast food conhecido que entrega rapidamente seus combos “mágicos”. A qualidade e o tamanho do hambúrguer são o grande sucesso da hamburgueria.

Consegue agradar também os amantes de hambúrguer como a gente, principalmente por ser uma ótima opção em custo-beneficio com hambúrguer artesanal. O conforto não é o ponto forte da casa e as filas nos horários do almoço são gigantes. Então, se estiver com a intenção de conhecer a casa e provar o hambúrguer apenas, fuja dos horários de pico e vai comer hambúrguer gostoso e descomplicado.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3 estrelas
  • maionese3 estrelas
  • porção1 estrelas
  • atendimento2 estrelas
  • espera nenhuma
  • cheese burgerR$ 19,00
  • preçode R$ 30,00 a R$ 40,00 (de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Pão com Carne

R. Joaquim Floriano, 595 – Itaim Bibi
São Paulo, SP
Telefone (11) 3589-6626
delivery não

Jack Steak lança uma seleção de hambúrgueres no Itaim de dar inveja a qualquer hamburgueria de São Paulo

oferecimento

Fomos convidados a conhecer o Jack Steak, uma Steak House (restaurante especializado em carnes grelhadas) no Itaim que incluiu o hambúrguer em seu cardápio há pouquíssimo tempo.

Fachada - Jack Steak Itaim

O melhor de tudo é que o novo chef da casa, o Robin Johnston, já está mais do que familiarizado com hambúrguer. Passou por algumas hamburguerias e até criou um evento secreto de hambúrguer, a Sociedade Secreta do Hambúrguer. Agora, está à frente do Jack Steak e incluiu uma carta de hambúrgueres bem variada e caprichada.

O ambiente da Jack Steak é um dos pontos fortes da casa. Super descolado, com uma decoração moderna e que chama muito a atenção. O vermelho vivo das luminárias contrasta com alguns elementos retrô, como esta balança antiga que fica no fundo da casa.

Ambiente - Jack Steak Itaim

O espaço é mega agradável tanto para o almoço, que é muito forte na região, quanto para curtir um jantar agradável.

Ambiente - Jack Steak Itaim

No fundo do salão há um desenho todo estilizado de um boi, que traz ainda a personalidade para a casa especializada em carnes.

Decoração - Jack Steak Itaim

Até o jogo americano traz informações sobre tipos de gados e algumas curiosidades sobre as diferenças das raças bovinas e suas particularidades.

Jogo americano - Jack Steak Itaim

O DNA da Jack Steak é realmente a carne de qualidade, os pratos do menu regular, são preparados com cortes nobres e grelhados na churrasqueira a gás. Os preços para um prato que leva 140g ou 200g de carne bovina fica entre R$ 42 e R$ 60 no almoço que inclui dois acompanhamentos, salada e sobremesa. No jantar, a sugestão é escolher as carnes nobres e os acompanhamentos à parte.

A novidade da casa são os burgers, que foram idealizados levando em conta os cortes de Angus e Wagyu para fazer o blend para o hambúrguer. A casa, por ser especializada em carnes, possui sala refrigerada e todos os equipamentos para a preparação do blend diariamente com carnes nobres e frescas. Uma vantagem muito grande para manter uma qualidade altíssima.

Os hambúrgueres tradicionais custam entre R$ 18 o hambúrguer (pão e carne), R$ 22 o cheeseburger (pão, carne e queijo) e até um hambúrguer de carne de búfalo que custa R$ 32 e promete menos gordura no blend e nos acompanhamentos.

Cardápio - Jack Steak Itaim

Além destas combinações, o chef Robin criou dois hambúrgueres especiais. Um é o Kobe Burger que custa R$ 36 e é feito com um disco de carne 100% wagyu acompanhado de maionese trufada. E outro chamado de Jack Brisket Burger, hambúrguer servido com queijo prato, cebola caramelizada, e o brisket da casa (peito bovino desfiado) por R$ 40.

Cardápio - Jack Steak Itaim

E a gente começou justamente pelo Jack Brisket Burger por R$ 40, um dos mais ogros do cardápio. O diferencial da combinação é unir duas texturas de carne, ambas muito saborosas e o adocicado da cebola caramelizada. O hambúrguer é feito com 180g e ainda vai 80g de brisket desfiado!

Brisket Burger - Jack Steak Itaim

Olhando mais de perto dá para ver que é um hambúrguer que chama a atenção e tem muita carne entre as duas fatias de brioche. Aliás, o pão é super gostoso, macio e levemente amanteigado.

Brisket Burger - Jack Steak Itaim

Para acompanhar este primeiro hambúrguer provamos as Cheddar e Bacon Fries que custam R$ 28 e são cobertas por cheddar e bacon caramelizado. Mas o que chama a atenção desta porção de batata é a crocância e o sabor. As batatas são preparadas na casa e ficam com uma crocância fantástica, umas das melhores batatas que comemos até hoje sem dúvida nenhuma.

Fritas com cheddar e bacon - Jack Steak Itaim

Outro burger que nos chamou a atenção foi o Cheddar Special Burger, hambúrguer bovino, uma fatia generosa de queijo cheddar empanado, maionese trufada, picles, cebola roxa e alface por R$ 30.

Cheddar Special Burger - Jack Steak Itaim

Imagina que este cheddar empanado derrete por cima do seu hambúrguer na primeira mordida.

Hambúrguer que leva cheddar empanado - Jack Steak Itaim

Hora de morder - Jack Steak Itaim

Nossa sugestão para comer com este burger é pedir a porção Brisket Special por R$ 28, porção de fritas da casa coberta com o peito bovino desfiado, creme azedo e cebolinha. Dispensa mais comentários.

Brisket Special - Jack Steak Itaim

O hambúrguer que mais se destacou pela simplicidade foi o Kobe Burger que custa R$ 36 e é feito com carne 100% Wagyu e queijo cheddar, servido num pão brioche delicado e levemente adocicado. Para acompanhar, uma maionese de trufas.

Kobe Burger acompanhado de maionese trufada - Jack Steak Itaim

Sem dúvida, foi a combinação que a gente mais gostou (somos fãs de cheeseburger). Dá para sentir nitidamente o sabor da carne, queijo derretido e a maionese é um caso à parte.

Cheeseburger feito com carne de Wagyu - Jack Steak Itaim

O sabor de trufas da maionese é intenso e equilibrado e ainda vem com pedaços de trufa por cima, aqui não tem enganação.

Maionese de trufas - Jack Steak Itaim

O hambúrguer é do tamanho certo, a relação entre tamanho da carne e pão é perfeita. Quantidade ótima de queijo derretido.

Cheeseburger - Jack Steak Itaim

Lógico que nossa recomendação é pedir esse com a carne ao ponto ou ao ponto para mal passada. Assim você vai aproveitar o máximo do sabor e suculência da carne.

Ponto do cheeseburger - Jack Steak Itaim

Aos que gostam de hambúrguer com dois andares, o Bacon BBQ Burger duplo que custa R$ 34 e soma 360g de carne, queijo cheddar ou prato e bacon artesanal de pernil cozido no molho barbecue acompanhado de maionese de Sriracha.

Bacon BBQ Burger - Jack Steak Itaim

Confira o “tamanhinho” do hambúrguer.

Monstrinho - Jack Steak Itaim

O Jack Steak realmente veio para estar entre os melhores lugares para comer hambúrguer em São Paulo. Cardápio diferente, muitas opções de maioneses, que é uma das especialidades do chef e tem um diferencial incrível: carne de qualidade preparada na casa. Vale muito experimentar e se sobrar um espaço, peça esse milkshake de pipoca.

Milkshake de pipoca - Jack Steak Itaim

Jack Steak

R. Pedroso Alvarenga, 935 – Itaim Bibi
São Paulo, SP
Telefone (11) 3073-1480
delivery não

Este post é um publieditorial em que a qualidade do hambúrguer foi testada e aprovada. Nos comprometemos com a verdade em TODAS as nossas matérias – só falamos a verdade. Para convidar o Guia do Hambúrguer a conhecer e apresentar seu negócio, envie uma mensagem pelo nosso formulário ou para o e-email contato@guiadohamburguer.com.

New Dog inova no Burger Fest com hambúrguer de 200 gramas: o Black Aust chegou

oferecimento

É um prazer visitar uma hamburgueria das antigas. O New Dog foi inaugurado em 1967 e completa 50 anos no próximo dia 7 de julho. E tudo fica ainda melhor quando existe espaço para inovação depois de todos esses anos de tradição.

O Burger Fest, maior festival de hambúrguer do Brasil, recebe pela primeira vez no roteiro o New Dog. Hamburgueria clássica e tradicional pelos seus burgers fininhos, cheese saladas, fritas feitas na casa e maionese verde. Um autêntico clássico de São Paulo.

Para entrar no Burger Fest, os participantes precisam criar uma receita exclusiva para ser oferecida durante o festival. E, para nossa surpresa, o New Dog resolveu inovar completamente. Esqueceu a zona de conforto dos burgers clássicos e fininhos para trazer um hambúrguer de 200g no pão australiano.

Não é fácil chegar em um bom resultado. A equipe do New Dog precisou criar um novo blend de carnes especial para esse hambúrguer, que fosse mais suculento e gostoso em um disco de carne deste porte.

Quando tudo estava acertado, fomos convidado para experimentar o hambúrguer novo e ainda acompanhamos o preparo de tudo desde a cozinha.

Primeiro, eles colocam o hambúrguer alto e moldado na chapa, carne bem vermelhinha com boa quantidade de gordura no blend. O disco de carne, além de ser alto, é bem largo.

Disco de 200g de carne do Black Aust - New Dog no Burger Fest

Assim que o chapeiro vira a o hambúrguer nós vemos aquela crosta marrom que deixa o hambúrguer mais saboroso. Chapeado à perfeição.

Hambúrguer na chapa - New Dog no Burger Fest

Em seguida, são colocadas 4 fatias de queijo cheddar sobre a carne, até que derreta.

Muito queijo cheddar - New Dog no Burger Fest

Na montagem, o hambúrguer vai por cima da base do pão australiano que foi previamente selado e está quentinho. Os outros ingredientes da receita são: onion rings e maionese tradicional New Dog com um toque de manjericão.

É possível também dar um UP na receita e acrescentar bacon, mas sabe, desta vez fomos de receita original.

Hambúrguer pronto para receber as onion rings e a maionese - New Dog no Burger Fest

Calma calma, antes de mostrarmos o Black Aust por inteiro, pedimos aquela porção clássica de batatas fritas da casa.

Porção de fritas - New Dog no Burger Fest

Não dá para ir ao New Dog sem comer as batatas feitas na casa. Que acompanham uma porção farta de maionese, nada é mais clássico que isso.

Fritas, vistas bem de pertinho - New Dog no Burger Fest

Então, começamos nossa degustação pelas batatas crocantes junto com a maionese…

Batatas com aquela molhadinha na maionese verde - New Dog no Burger Fest

Até que finalmente chegou nosso Black Aust, hambúrguer de 200g, queijo cheddar, onion rings e maionese New Dog com um toque de manjericão no pão australiano que custa R$ 39,00.

Black Aust, hambúrguer de 200g, queijo cheddar, onion rings e maionese New Dog com um toque de manjericão no pão australiano que custa R$ 39,00 - New Dog no Burger Fest

Olhando de perto, é realmente um hambúrguer bem grande e alto.

Black Aust com 200g de carne - New Dog no Burger Fest

E assim que demos a primeira mordida, encontramos uma carne suculenta, ponto correto (ao ponto para mal passado) e combinação muito agradável. Sentimos o queijo cheddar, o crocante das onion rings e a leveza da maionese com o toque de manjericão.

É difícil segurar com uma mão só - New Dog no Burger Fest

O pão australiano é bem macio e quentinho, sabor característico. Mas o que mais surpreendeu foi a carne. Estava muito suculenta e macia, ótima quantidade de gordura e saborosa. Conclusão? Vale a pena conferir e torcer para que eles continuem com esse hambúrguer no cardápio.

New Dog

R. Joaquim Floriano, 254 – Itaim Bibi
São Paulo, SP
Horário de funcionamento: todos os dias 24h por dia/span>
Telefone (11) 3168-7899
delivery sim

Este post é um publieditorial em que a qualidade do hambúrguer foi testada e aprovada. Nos comprometemos com a verdade em TODAS as nossas matérias – só falamos a verdade. Para convidar o Guia do Hambúrguer a conhecer e apresentar seu negócio, envie uma mensagem pelo nosso formulário ou para o e-email contato@guiadohamburguer.com.

Madero – Itaim, São Paulo por Lelê Gianetti, blogueira do It Yourself

oferecimento

Oi gente,

Aqui é a Lelê Gianetti do It Yourself com mais um post para a minha coluna aqui no Guia do Hambúrguer. Hoje vou contar todos os detalhes sobre a minha experiência no Madero.

Fachada - Madero por Lelê Gianetti

Fazia tempo que eu queria ir conhecê-los, pois todos os meus amigos que haviam comido lá falaram super bem.

Soma-se à isso o fato deles afirmarem que possuem o melhor hambúrguer do mundo! Definitivamente, eu precisava ver com meus próprios olhos (ou provar com a minha própria boca). Hihihi

The best burger in the world - Madero por Lelê Gianetti

Então, fui almoçar com meu noivo na unidade que fica no Itaim num domingo a tarde para conhecer esse tal “best burger in the world”.

Logo que chegamos no restaurante, o ambiente chamou a atenção pelo espaço interno ser bem amplo e pela decoração mesclar um estilo rústico com um ar mais “moderno” que ficou bem legal.

Ambiente - Madero por Lelê Gianetti

Ambiente - Madero por Lelê Gianetti

Bom, quando sentamos na mesa, percebemos que além dos burgers, o Madero também possui várias opções de carnes, massas e petiscos. Por isso, eu chamo o lugar é um restaurante mesmo, e não somente uma hamburgueria.

Enfim, para começar, pedi uma Pink Lemonade Madero (R$ 5) para beber.

Pink Lemonade - Madero por Lelê Gianetti

Além da pink, há outras 2 opções (maçã verde e maracujá) da Lemonade Madero. Confesso que esperava mais dessa limonada, pois ela é suave demais para o meu paladar. Não que ela seja ruim, mas é que eu gosto de pink lemonades mais ácidas.

E agora, vamos as comidas! De entrada, resolvemos pedir uma linguiça que parecia linda no cardápio, a Linguiça de Pernil Defumada e Grelhada na Churrasqueira (R$ 35, a grande).

Linguiça - Madero por Lelê Gianetti

Essa linguiça é uma especialidade do chef Junior Durski e vem acompanhada de pão crocante, farofa e molho chimichurri.

Ela está disponível em 2 tamanhos: a de 130g (R$ 21) e a de 400g (R$ 35). Pelo preço, vale super a pena pedir a maior.

Linguiça - Madero por Lelê Gianetti

Linguiça de pernil - Madero por Lelê Gianetti

A linguiça é mega saborosa, bem suculenta mesmo, e casou perfeitamente com os acompanhamentos. O pãozinho é super gostoso e o molho chimichurri não tem erro quando o assunto é carne. Agora, o destaque mesmo vai para a farofa!

Ela é bem crocante e tem um temperinho sensacional! 😀

Acompanhamentos - Madero por Lelê Gianetti

Antes de continuar falando sobre o que comemos, preciso destacar o serviço do restaurante. Isto pois, a linguiça demorou bastante para vir.

E aí, quando questionamos a atendente, ela pediu mil desculpas pela demora, explicou que eles haviam tido um problema com a comanda na cozinha e, para compensar, trouxe uma porção grande de batatas fritas com a maionese da casa como cortesia.

Ou seja, erros acontecem em qualquer lugar, mas o atendimento faz toda a diferença. Nota 1000 para o Madero nesse quesito!

Porção de fritas - Madero por Lelê Gianetti

As batatas deles são deliciosas, com toda certeza, uma das melhores que eu já comi na vida.

O formato do corte delas é um pouco peculiar (é difícil de explicar, só comendo para saber), mas o sabor é incrível. A combinação com a maionese artesanal da casa então… perfeita!

Fritas - Madero por Lelê Gianetti

E agora, vamos as grandes estrelas desse post, o tal “melhor hambúrguer do mundo”. #lelegordinha

Apesar do clássico deles ser o Cheeseburger Madero, como eu sou louca por bacon, acabei pedindo o Cheese Bacon Madero (R$ 40).

Cheese bacon - Madero por Lelê Gianetti

Todos os burgers deles são grelhados e levam alface, tomate, cebola assada, queijo cheddar especial e a maionese artesanal. Eles ainda vêm acompanhados de uma porção pequena de fritas.

O Cheese Bacon Madero é composto por um blend de 180g e bacon servidos no pão francês. A diferença para o clássico da casa é apenas o bacon.

Cheese Bacon Madero - Madero por Lelê Gianetti

Cheese bacon - Madero por Lelê Gianetti

O sabor da carne é extremamente suculento e a combinação dos ingredientes também é excelente. Porém, confesso que preferiria outro pão ao invés do francês.

E, por incrível que pareça, o bacon também não fez tanta diferença no burger. Como diria o Kiko do Chaves: “que coisa não”?!

Cheese Bacon - Madero por Lelê Gianetti

Já meu noivo, optou pelo clássico da casa mesmo, porém na opção “super”.

É que tanto o cheeseburger quanto o cheese bacon possuem uma versão maior que leva 2 hambúrgueres de 180g. O Cheeseburger Madero Super sai por R$ 42.

Cheese Burger Super com dois hambúrgueres - Madero por Lelê Gianetti

Gente, acho que pela primeira vez na vida preferi um burger sem bacon do que com bacon. Esse aqui é o autêntico, que eles chamam de “best burger in the world”.

Não sei explicar, mas a combinação dos ingredientes que eles colocam parecem ficar melhor nessa versão clássica, sem o bacon.

Cheese Burger Super

Cheese Burger Super - Madero por Lelê Gianetti

Bom, antes que eu me esqueça, preciso fazer 2 observações. Primeiro que o cheddar especial deles é um espetáculo, um dos melhores que eu já comi na vida!

Segundo que, o ponto padrão do hambúrguer do Madero é praticamente bem passado. Portanto, se você gosta da carne mais vermelha, precisa pedir para eles no momento do pedido.

Cheese Burger Super - Madero por Lelê Gianetti

Tanto meu noivo quanto eu esquecemos de pedir os burgers ao ponto, e eles vieram no ponto normal da casa. Porém, apesar de não ser rosado, o hambúrguer é super suculento e bem “molhadinho”. Delicioso! #yummy

Gente, para vocês terem uma ideia de como eu gostei, depois de comer tudo isso (não sobrou nadinha), acabei nem aguentando a sobremesa.

Lelê - Madero por Lelê Gianetti

E qual o meu veredicto final? Então, não achei que se trata do melhor burger do mundo, porém, com certeza, é um dos melhores de SP e entrou no meu top 10 fácil, fácil! A experiência valeu super a pena.

Se você ainda não conhece o Madero, vale a pena ir visitar… eles estão em 3 endereços e a unidade que eu fui fica na Rua Bandeira Paulista, 823 – Itaim Bibi.

Para conhecer mais hamburguerias e ver dicas de restaurantes e de gastronomia em geral, não deixe de dar um pulinho no meu blog, o It Yourself, e conhecer a sessão “food stuff”. É só clicar AQUI.

Beijinhos,
Lelê Gianetti

Este post reflete exclusivamente a opinião de nossa colunista Lelê Gianetti do blog It Yourself. Respeitamos a opinião de todos e publicamos o texto produzido pela Lelê na íntegra, garantindo imparcialidade em relação a experiência relatada por ela. Lembrando que esta NÃO é uma resenha ou avaliação do Guia do Hambúrguer, portanto não tem qualquer relação com nosso Ranking das melhores hamburguerias.

Madero

Rua Bandeira Paulista, 823 – Itaim Bibi
São Paulo, SP
Telefone (11) 3079-6558
delivery não

Burger Table – Campo Belo, São Paulo

oferecimento

De volta ao Burger Table, o vice campeão do nosso Ranking dos Melhores Hambúrgueres 2015/2016.

Fachada - Burger Table

Comemos no Burger Table algumas vezes durante o ano de 2016, umas muito boas e outras com algumas falhas. Nada mais justo do que reavaliar o segundo lugar e nos certificar que tudo continua ótimo como sempre.

Nossa visita aconteceu em uma noite durante a semana, o movimento estava bem alto, quase nem tinha lugar para sentarmos.

Entrada - Burger Table

A casa oferece auto serviço, você escolhe no cardápio, pede no caixa e aguarda ser chamado. A dica é que enquanto isso você fica de olho em um lugar para sentar.

O valor de qualquer hambúrguer é de R$ 27,50, inclui um hambúrguer de 180g. Escolha entre os queijos cheddar inglês, prato, Monterey Jack ou muçarela de búfala. E pode adicionar quantos ingredientes quiser entre: bacon, molho barbecue, cebola roxa, cebola crispy ou caramelizada e salada (alface, rúcula, tomate e picles).

Cardápio - Burger Table

Você começa pelo pão, pedimos o com amêndoas, mas não tinha. Uma pena, é o nosso preferido. O hambúrguer era ao ponto para mal passado, mas tivemos que escolher entre mal passado, ao ponto e bem passado. Pela explicação da caixa, para um hambúrguer bem vermelho por dentro o ponto correto era o mal passado, fomos nessa. Além disso, adicionamos apenas o cheddar inglês, bacon, cebola crispy, ketchup e maionese da casa à parte.

A batata também não podia faltar, gostamos muito, pois são artesanais e super crocantes, cortadas com a casca. Vale a pedida e custam R$ 9,50.

Quem nunca visitou o Burger Table, pode estranhar um pouco as acomodações. O conceito da casa é uma mesa única compartilhada em que todos sentam juntos. Para gente, não há nenhum problema nisso, hambúrguer tem que ser descontraído e prático. Mas tem quem reclame.

Ambiente - Burger Table

Aguardamos por volta de 25 minutos nosso pedido, desta vez demorou muito para chegar, achamos que foi devido ao movimento.

Pedido - Burger Table

A apresentação não mudou, hambúrguer embrulhado, ketchup e maionese em um potinho preto. A novidade foi a batata vir dentro de um saquinho de papel kraft, ficou mais charmosa.

Batatas fritas no papel kraft - Burger Table

Desembrulhamos o hambúrguer e, definitivamente, a aparência não é das mais chamativas. Achamos que, se não viesse embrulhado, o hambúrguer poderia ser montado mais cuidadosamente e seria bem mais fotogênico. Embrulhado, só se fosse pedido para viagem.

Hambúrguer - Burger Table

Logo depois da primeira mordida, tivemos certeza de que o sabor estava muito bom. Todos os burgers são preparados na churrasqueira a carvão, o que faz muita diferença.

Hora de morder - Burger Table

O pão estava super macio e leve, a carne alta, o bacon saboroso e crocante, mas veio em pouca quantidade. O crispy de cebola adicionou crocância à combinação e um pouco de sabor.

A carne não estava categoricamente mal passada, veio ao ponto para mal, como gostamos – melhor. Mas não estava vermelha como gostaríamos. Outro ponto negativo foi a suculência, estava muito menos suculenta do que o ideal. Já a textura e moagem estavam corretas. Sentimos que a carne poderia ser mais aerada e suculenta, os líquidos no hambúrguer fazem toda a diferença no conjunto.

Ponto da carne - Burger Table

O que faz a diferença no hambúrguer do Burger Table é a preparação na churrasqueira e o pão artesanal feito na casa. São uma combinação que potencializam muito o sabor e qualidade da casa.

As batatas fritas estavam ótimas como sempre, super crocantes e em corte fino, com casca. Aproveitamos para usar o ketchup e maionese da casa. Maionese bem leve e saborosa, vale a pena. O ketchup artesanal também faz diferença, bem docinho, não tem comparação com os industrializados, vai bem no hambúrguer e, principalmente, com as batatas.

Fritas - Burger Table

O Burger Table é uma hamburgueria que preza pelo artesanal, todos os ingredientes são feitos na casa, exceto os queijos. O ponto alto é a churrasqueira a carvão, realça o sabor da carne e dá aquele gostinho de churrasco. Quem não se incomoda de sentar na grande mesa compartilhada, não terá dor de cabeça. Outra opção é visitar a unidade do Itaim, lá há mesas menores, além da mesa compartilhada e o tipo de serviço é o mesmo.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3 estrelas
  • maionese3 estrelas
  • porção3 estrelas
  • atendimento2 estrelas
  • espera nenhuma
  • cheese burgerR$ 27,50
  • preçode R$ 40,00 a R$ 50,00 (de R$ 40,00 a R$ 50,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Burger Table

Rua Gabriele D’Annunzio, 1331 – Campo Belo
São Paulo, SP
Telefone (11) 2478-4055
delivery sim

Pão com Carne – Itaim Bibi, São Paulo

oferecimento

Não é a primeira vez que visitamos a hamburgueria Pão com Carne que fica no Itaim. Logo após a abertura, fomos conhecer e até publicamos uma matéria, porque gostamos do conceito da casa, confira.

Fachada - Pão com Carne

Desta vez, a ideia é avaliar e saber se realmente estão fazendo um hambúrguer digno dos 50 melhores aqui no Guia do Hambúrguer.

Como dissemos, o conceito da casa agrada muito, é perfeito para uma hamburgueria. Casa pequena, enxuta, poucos itens no cardápio, barato, prático e aconchegante.

Em primeiro lugar, a hamburgueria Pão com Carne tem aproximadamente 12 lugares. A ideia é comer um hambúrguer ou dois e pronto. O negócio é para girar, como num fast food. Isso não significa que o hambúrguer é dos congelados não, pelo contrário, o hambúrguer é fresco e grelhado no char broiler.

O cardápio reflete a simplicidade em 4 tipos de hambúrguer, o pão com carne, cheese burger, cheese salada e bacon. Os preços variam de R$ 15,00 a R$ 21,00. Se quiser incrementar, pode adicionar bacon, salada, cebola caramelizada e queijo por R$ 2,00 cada ou cebola grelhada ou tomate grelhado por R$ 1,00. Bem baratos os preços.

Cardápio - Pão com Carne

O ambiente é bem moderninho, bem decorado e parece uma hamburgueria de bairro nos Estados Unidos.

Ambiente - Pão com Carne

Assim que você entra, vê o balcão e o cardápio. Não dá para se confundir com as opções, faz o pedido e depois aguarda ser chamado. Ótima sacada no movimentado bairro do Itaim, que hospeda muitos restaurantes caros e que nem sempre são tão bons quanto cobram.

Caixa - Pão com Carne

Fomos direto ao cheese bacon e pedimos ao ponto para mal passado, uma batata frita e uma Coca-Cola de garrafa, não tem como errar com este trio. O ponto da carne era ao ponto para mal passado.

Pagamos e aguardamos no balcão. Dá para ver o chapeiro operando o broiler, colocando os burgers e cuidando deles enquanto não ficam prontos.

Recebemos o pedido e ainda uma maionese à parte, que não é cobrada.

Nosso pedido servido na bandeja - Pão com Carne

A apresentação é super legal, desde a embalagem super prática, mostrando o hambúrguer e ainda facilitando para comer. Os ingredientes ficam todos visíveis. E por isso percebemos que havia uma cebola caramelizada lá no cheese bacon. Conferimos no cardápio e realmente é normal, mas pensamos que viria só o pão, carne, queijo e bacon.

Cheese bacon, a cebola caramelizada vem mesmo que não pedir - Pão com Carne

As fritas vêm em uma boa quantidade, dá para comer em duas pessoas até. Estavam quentes e crocantes, mas não são tão gostosas, pois são batatas congeladas – preferimos as artesanais.

Batatas fritas, pena que são congeladas - Pão com Carne

A maionese, cortesia da casa, é muito saborosa, textura bem leve e delicada. E ainda você pode comer quantas quiser.

O hambúrguer chama muito atenção, dava pra ver que o ponto estava bem vermelho por dentro, tamanho médio para grande e bem montado.

Cheese bacon - Pão com Carne

Desde a primeira mordida, sentimos todos os ingredientes. Bacon saboroso e crocante, cebola caramelizada levemente adocicada contrastando com o queijo cheddar derretido. Não foi o cheddar que mais gostamos, mas estava bom.

Partindo ao ataque - Pão com Carne

A carne estava muito mais para mal passada, bem vermelha dentro. Nós gostamos, mas deveria estar um pouco mais passada para acertar o ponto que pedimos. Mesmo assim, não dá para considerar um erro de ponto, já que existe uma zona nebulosa entre os pontos que só dá para ter certeza medindo a temperatura.

Ponto do cheese bacon - Pão com Carne

A textura da carne estava um pouco mais grossa do que consideramos ideal. Dá para sentir os pedacinhos, preferimos a carne um pouco mais fina e homogênea. A quantidade de gordura também poderia ser aumentada. O sabor estava bom e a carne suculenta.

O pão é o mais neutro possível, suportou bem o hambúrguer sem encharcar. Carne do tamanho do pão, hambúrguer bem executado, exceto por poucos detalhes.

Não ficamos em um só não, o teste final foi um cheese burger ao ponto. Sabe, o cheese burger não mente, então é com ele que batemos o martelo quando paira alguma dúvida. Desta vez, pedimos ao ponto.

O cheese burger não veio tão bonito quanto o cheese bacon. Pedimos com queijo prato e veio bem derretido por cima. O pão veio selado como no cheese bacon.

Cheese burger - Pão com Carne

Sim, esta foto dá água na boca.

Cheese burger - Pão com Carne

Partimos ao ataque. Preferimos a care do hambúrguer ao ponto, estava mais suculenta, sem nenhuma carne crua dentro. A gordura derreteu melhor e a textura ficou mais gostosa. Deu para sentir claramente o gosto da carne e do queijo. O pão permaneceu um coadjuvante.

Ponto do cheese burger - Pão com Carne

A hamburgueria Pão com Carne é perfeita para quem gosta de um hambúrguer gostoso e barato. É o famoso melhor custo benefício, que você pode montar um combo de R$ 27,00 a R$ 33,00, comerá um hambúrguer artesanal bem grande e com sabor de grelhado. Adeus fast food e hamburguerias caras que entregam muito pouco.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3 estrelas
  • maionese3 estrelas
  • porção2 estrelas
  • atendimento2,5 estrelas
  • espera (nenhuma)
  • cheese burgerR$ 15,00
  • preço(de R$ 20,00 a R$ 30,00 por pessoa) (de R$ 20,00 a R$ 30,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Pão Com Carne

R. Joaquim Floriano, 595 – Itaim Bibi
São Paulo, SP
Telefone (11) 3589-6626
delivery não