Arquivo da Tag: itaim

Jack Steak lança uma seleção de hambúrgueres no Itaim de dar inveja a qualquer hamburgueria de São Paulo

OFERECIMENTO

Fomos convidados a conhecer o Jack Steak, uma Steak House (restaurante especializado em carnes grelhadas) no Itaim que incluiu o hambúrguer em seu cardápio há pouquíssimo tempo.

Fachada - Jack Steak Itaim

O melhor de tudo é que o novo chef da casa, o Robin Johnston, já está mais do que familiarizado com hambúrguer. Passou por algumas hamburguerias e até criou um evento secreto de hambúrguer, a Sociedade Secreta do Hambúrguer. Agora, está à frente do Jack Steak e incluiu uma carta de hambúrgueres bem variada e caprichada.

O ambiente da Jack Steak é um dos pontos fortes da casa. Super descolado, com uma decoração moderna e que chama muito a atenção. O vermelho vivo das luminárias contrasta com alguns elementos retrô, como esta balança antiga que fica no fundo da casa.

Ambiente - Jack Steak Itaim

O espaço é mega agradável tanto para o almoço, que é muito forte na região, quanto para curtir um jantar agradável.

Ambiente - Jack Steak Itaim

No fundo do salão há um desenho todo estilizado de um boi, que traz ainda a personalidade para a casa especializada em carnes.

Decoração - Jack Steak Itaim

Até o jogo americano traz informações sobre tipos de gados e algumas curiosidades sobre as diferenças das raças bovinas e suas particularidades.

Jogo americano - Jack Steak Itaim

O DNA da Jack Steak é realmente a carne de qualidade, os pratos do menu regular, são preparados com cortes nobres e grelhados na churrasqueira a gás. Os preços para um prato que leva 140g ou 200g de carne bovina fica entre R$ 42 e R$ 60 no almoço que inclui dois acompanhamentos, salada e sobremesa. No jantar, a sugestão é escolher as carnes nobres e os acompanhamentos à parte.

A novidade da casa são os burgers, que foram idealizados levando em conta os cortes de Angus e Wagyu para fazer o blend para o hambúrguer. A casa, por ser especializada em carnes, possui sala refrigerada e todos os equipamentos para a preparação do blend diariamente com carnes nobres e frescas. Uma vantagem muito grande para manter uma qualidade altíssima.

Os hambúrgueres tradicionais custam entre R$ 18 o hambúrguer (pão e carne), R$ 22 o cheeseburger (pão, carne e queijo) e até um hambúrguer de carne de búfalo que custa R$ 32 e promete menos gordura no blend e nos acompanhamentos.

Cardápio - Jack Steak Itaim

Além destas combinações, o chef Robin criou dois hambúrgueres especiais. Um é o Kobe Burger que custa R$ 36 e é feito com um disco de carne 100% wagyu acompanhado de maionese trufada. E outro chamado de Jack Brisket Burger, hambúrguer servido com queijo prato, cebola caramelizada, e o brisket da casa (peito bovino desfiado) por R$ 40.

Cardápio - Jack Steak Itaim

E a gente começou justamente pelo Jack Brisket Burger por R$ 40, um dos mais ogros do cardápio. O diferencial da combinação é unir duas texturas de carne, ambas muito saborosas e o adocicado da cebola caramelizada. O hambúrguer é feito com 180g e ainda vai 80g de brisket desfiado!

Brisket Burger - Jack Steak Itaim

Olhando mais de perto dá para ver que é um hambúrguer que chama a atenção e tem muita carne entre as duas fatias de brioche. Aliás, o pão é super gostoso, macio e levemente amanteigado.

Brisket Burger - Jack Steak Itaim

Para acompanhar este primeiro hambúrguer provamos as Cheddar e Bacon Fries que custam R$ 28 e são cobertas por cheddar e bacon caramelizado. Mas o que chama a atenção desta porção de batata é a crocância e o sabor. As batatas são preparadas na casa e ficam com uma crocância fantástica, umas das melhores batatas que comemos até hoje sem dúvida nenhuma.

Fritas com cheddar e bacon - Jack Steak Itaim

Outro burger que nos chamou a atenção foi o Cheddar Special Burger, hambúrguer bovino, uma fatia generosa de queijo cheddar empanado, maionese trufada, picles, cebola roxa e alface por R$ 30.

Cheddar Special Burger - Jack Steak Itaim

Imagina que este cheddar empanado derrete por cima do seu hambúrguer na primeira mordida.

Hambúrguer que leva cheddar empanado - Jack Steak Itaim


* * * * * CADASTRE-SE E CONCORRA A 50 HAMBÚRGUERES GRÁTIS * * * * *

O Jack Steak em parceria com o Guia do Hambúrguer sortearão 50 VALE HAMBÚRGUER GRÁTIS para quem se cadastrar na promoção:
QUERO CONCORRER


 

Hora de morder - Jack Steak Itaim

Nossa sugestão para comer com este burger é pedir a porção Brisket Special por R$ 28, porção de fritas da casa coberta com o peito bovino desfiado, creme azedo e cebolinha. Dispensa mais comentários.

Brisket Special - Jack Steak Itaim

O hambúrguer que mais se destacou pela simplicidade foi o Kobe Burger que custa R$ 36 e é feito com carne 100% Wagyu e queijo cheddar, servido num pão brioche delicado e levemente adocicado. Para acompanhar, uma maionese de trufas.

Kobe Burger acompanhado de maionese trufada - Jack Steak Itaim

Sem dúvida, foi a combinação que a gente mais gostou (somos fãs de cheeseburger). Dá para sentir nitidamente o sabor da carne, queijo derretido e a maionese é um caso à parte.

Cheeseburger feito com carne de Wagyu - Jack Steak Itaim

O sabor de trufas da maionese é intenso e equilibrado e ainda vem com pedaços de trufa por cima, aqui não tem enganação.

Maionese de trufas - Jack Steak Itaim

O hambúrguer é do tamanho certo, a relação entre tamanho da carne e pão é perfeita. Quantidade ótima de queijo derretido.

Cheeseburger - Jack Steak Itaim

Lógico que nossa recomendação é pedir esse com a carne ao ponto ou ao ponto para mal passada. Assim você vai aproveitar o máximo do sabor e suculência da carne.

Ponto do cheeseburger - Jack Steak Itaim

Aos que gostam de hambúrguer com dois andares, o Bacon BBQ Burger duplo que custa R$ 34 e soma 360g de carne, queijo cheddar ou prato e bacon artesanal de pernil cozido no molho barbecue acompanhado de maionese de Sriracha.

Bacon BBQ Burger - Jack Steak Itaim

Confira o “tamanhinho” do hambúrguer.

Monstrinho - Jack Steak Itaim

O Jack Steak realmente veio para estar entre os melhores lugares para comer hambúrguer em São Paulo. Cardápio diferente, muitas opções de maioneses, que é uma das especialidades do chef e tem um diferencial incrível: carne de qualidade preparada na casa. Vale muito experimentar e se sobrar um espaço, peça esse milkshake de pipoca.

Milkshake de pipoca - Jack Steak Itaim


* * * * * CADASTRE-SE E CONCORRA A 50 HAMBÚRGUERES GRÁTIS * * * * *

O Jack Steak em parceria com o Guia do Hambúrguer sortearão 50 VALE HAMBÚRGUER GRÁTIS para quem se cadastrar na promoção:
QUERO CONCORRER


 

Jack Steak

R. Pedroso Alvarenga, 935 – Itaim Bibi
São Paulo, SP
Telefone (11) 3073-1480
delivery não

Este post é um publieditorial em que a qualidade do hambúrguer foi testada e aprovada. Nos comprometemos com a verdade em TODAS as nossas matérias – só falamos a verdade. Para convidar o Guia do Hambúrguer a conhecer e apresentar seu negócio, envie uma mensagem pelo nosso formulário ou para o e-email contato@guiadohamburguer.com.

New Dog inova no Burger Fest com hambúrguer de 200 gramas: o Black Aust chegou

OFERECIMENTO

É um prazer visitar uma hamburgueria das antigas. O New Dog foi inaugurado em 1967 e completa 50 anos no próximo dia 7 de julho. E tudo fica ainda melhor quando existe espaço para inovação depois de todos esses anos de tradição.

O Burger Fest, maior festival de hambúrguer do Brasil, recebe pela primeira vez no roteiro o New Dog. Hamburgueria clássica e tradicional pelos seus burgers fininhos, cheese saladas, fritas feitas na casa e maionese verde. Um autêntico clássico de São Paulo.

Para entrar no Burger Fest, os participantes precisam criar uma receita exclusiva para ser oferecida durante o festival. E, para nossa surpresa, o New Dog resolveu inovar completamente. Esqueceu a zona de conforto dos burgers clássicos e fininhos para trazer um hambúrguer de 200g no pão australiano.

Não é fácil chegar em um bom resultado. A equipe do New Dog precisou criar um novo blend de carnes especial para esse hambúrguer, que fosse mais suculento e gostoso em um disco de carne deste porte.

Quando tudo estava acertado, fomos convidado para experimentar o hambúrguer novo e ainda acompanhamos o preparo de tudo desde a cozinha.

Primeiro, eles colocam o hambúrguer alto e moldado na chapa, carne bem vermelhinha com boa quantidade de gordura no blend. O disco de carne, além de ser alto, é bem largo.

Disco de 200g de carne do Black Aust - New Dog no Burger Fest

Assim que o chapeiro vira a o hambúrguer nós vemos aquela crosta marrom que deixa o hambúrguer mais saboroso. Chapeado à perfeição.

Hambúrguer na chapa - New Dog no Burger Fest

Em seguida, são colocadas 4 fatias de queijo cheddar sobre a carne, até que derreta.

Muito queijo cheddar - New Dog no Burger Fest

Na montagem, o hambúrguer vai por cima da base do pão australiano que foi previamente selado e está quentinho. Os outros ingredientes da receita são: onion rings e maionese tradicional New Dog com um toque de manjericão.

É possível também dar um UP na receita e acrescentar bacon, mas sabe, desta vez fomos de receita original.

Hambúrguer pronto para receber as onion rings e a maionese - New Dog no Burger Fest

Calma calma, antes de mostrarmos o Black Aust por inteiro, pedimos aquela porção clássica de batatas fritas da casa.

Porção de fritas - New Dog no Burger Fest

Não dá para ir ao New Dog sem comer as batatas feitas na casa. Que acompanham uma porção farta de maionese, nada é mais clássico que isso.

Fritas, vistas bem de pertinho - New Dog no Burger Fest

Então, começamos nossa degustação pelas batatas crocantes junto com a maionese…

Batatas com aquela molhadinha na maionese verde - New Dog no Burger Fest

Até que finalmente chegou nosso Black Aust, hambúrguer de 200g, queijo cheddar, onion rings e maionese New Dog com um toque de manjericão no pão australiano que custa R$ 39,00.

Black Aust, hambúrguer de 200g, queijo cheddar, onion rings e maionese New Dog com um toque de manjericão no pão australiano que custa R$ 39,00 - New Dog no Burger Fest

Olhando de perto, é realmente um hambúrguer bem grande e alto.

Black Aust com 200g de carne - New Dog no Burger Fest

E assim que demos a primeira mordida, encontramos uma carne suculenta, ponto correto (ao ponto para mal passado) e combinação muito agradável. Sentimos o queijo cheddar, o crocante das onion rings e a leveza da maionese com o toque de manjericão.

É difícil segurar com uma mão só - New Dog no Burger Fest

O pão australiano é bem macio e quentinho, sabor característico. Mas o que mais surpreendeu foi a carne. Estava muito suculenta e macia, ótima quantidade de gordura e saborosa. Conclusão? Vale a pena conferir e torcer para que eles continuem com esse hambúrguer no cardápio.

New Dog

R. Joaquim Floriano, 254 – Itaim Bibi
São Paulo, SP
Horário de funcionamento: todos os dias 24h por dia/span>
Telefone (11) 3168-7899
delivery sim

Este post é um publieditorial em que a qualidade do hambúrguer foi testada e aprovada. Nos comprometemos com a verdade em TODAS as nossas matérias – só falamos a verdade. Para convidar o Guia do Hambúrguer a conhecer e apresentar seu negócio, envie uma mensagem pelo nosso formulário ou para o e-email contato@guiadohamburguer.com.

Madero – Itaim, São Paulo por Lelê Gianetti, blogueira do It Yourself

OFERECIMENTO

Oi gente,

Aqui é a Lelê Gianetti do It Yourself com mais um post para a minha coluna aqui no Guia do Hambúrguer. Hoje vou contar todos os detalhes sobre a minha experiência no Madero.

Fachada - Madero por Lelê Gianetti

Fazia tempo que eu queria ir conhecê-los, pois todos os meus amigos que haviam comido lá falaram super bem.

Soma-se à isso o fato deles afirmarem que possuem o melhor hambúrguer do mundo! Definitivamente, eu precisava ver com meus próprios olhos (ou provar com a minha própria boca). Hihihi

The best burger in the world - Madero por Lelê Gianetti

Então, fui almoçar com meu noivo na unidade que fica no Itaim num domingo a tarde para conhecer esse tal “best burger in the world”.

Logo que chegamos no restaurante, o ambiente chamou a atenção pelo espaço interno ser bem amplo e pela decoração mesclar um estilo rústico com um ar mais “moderno” que ficou bem legal.

Ambiente - Madero por Lelê Gianetti

Ambiente - Madero por Lelê Gianetti

Bom, quando sentamos na mesa, percebemos que além dos burgers, o Madero também possui várias opções de carnes, massas e petiscos. Por isso, eu chamo o lugar é um restaurante mesmo, e não somente uma hamburgueria.

Enfim, para começar, pedi uma Pink Lemonade Madero (R$ 5) para beber.

Pink Lemonade - Madero por Lelê Gianetti

Além da pink, há outras 2 opções (maçã verde e maracujá) da Lemonade Madero. Confesso que esperava mais dessa limonada, pois ela é suave demais para o meu paladar. Não que ela seja ruim, mas é que eu gosto de pink lemonades mais ácidas.

E agora, vamos as comidas! De entrada, resolvemos pedir uma linguiça que parecia linda no cardápio, a Linguiça de Pernil Defumada e Grelhada na Churrasqueira (R$ 35, a grande).

Linguiça - Madero por Lelê Gianetti

Essa linguiça é uma especialidade do chef Junior Durski e vem acompanhada de pão crocante, farofa e molho chimichurri.

Ela está disponível em 2 tamanhos: a de 130g (R$ 21) e a de 400g (R$ 35). Pelo preço, vale super a pena pedir a maior.

Linguiça - Madero por Lelê Gianetti

Linguiça de pernil - Madero por Lelê Gianetti

A linguiça é mega saborosa, bem suculenta mesmo, e casou perfeitamente com os acompanhamentos. O pãozinho é super gostoso e o molho chimichurri não tem erro quando o assunto é carne. Agora, o destaque mesmo vai para a farofa!

Ela é bem crocante e tem um temperinho sensacional! 😀

Acompanhamentos - Madero por Lelê Gianetti

Antes de continuar falando sobre o que comemos, preciso destacar o serviço do restaurante. Isto pois, a linguiça demorou bastante para vir.

E aí, quando questionamos a atendente, ela pediu mil desculpas pela demora, explicou que eles haviam tido um problema com a comanda na cozinha e, para compensar, trouxe uma porção grande de batatas fritas com a maionese da casa como cortesia.

Ou seja, erros acontecem em qualquer lugar, mas o atendimento faz toda a diferença. Nota 1000 para o Madero nesse quesito!

Porção de fritas - Madero por Lelê Gianetti

As batatas deles são deliciosas, com toda certeza, uma das melhores que eu já comi na vida.

O formato do corte delas é um pouco peculiar (é difícil de explicar, só comendo para saber), mas o sabor é incrível. A combinação com a maionese artesanal da casa então… perfeita!

Fritas - Madero por Lelê Gianetti

E agora, vamos as grandes estrelas desse post, o tal “melhor hambúrguer do mundo”. #lelegordinha

Apesar do clássico deles ser o Cheeseburger Madero, como eu sou louca por bacon, acabei pedindo o Cheese Bacon Madero (R$ 40).

Cheese bacon - Madero por Lelê Gianetti

Todos os burgers deles são grelhados e levam alface, tomate, cebola assada, queijo cheddar especial e a maionese artesanal. Eles ainda vêm acompanhados de uma porção pequena de fritas.

O Cheese Bacon Madero é composto por um blend de 180g e bacon servidos no pão francês. A diferença para o clássico da casa é apenas o bacon.

Cheese Bacon Madero - Madero por Lelê Gianetti

Cheese bacon - Madero por Lelê Gianetti

O sabor da carne é extremamente suculento e a combinação dos ingredientes também é excelente. Porém, confesso que preferiria outro pão ao invés do francês.

E, por incrível que pareça, o bacon também não fez tanta diferença no burger. Como diria o Kiko do Chaves: “que coisa não”?!

Cheese Bacon - Madero por Lelê Gianetti

Já meu noivo, optou pelo clássico da casa mesmo, porém na opção “super”.

É que tanto o cheeseburger quanto o cheese bacon possuem uma versão maior que leva 2 hambúrgueres de 180g. O Cheeseburger Madero Super sai por R$ 42.

Cheese Burger Super com dois hambúrgueres - Madero por Lelê Gianetti

Gente, acho que pela primeira vez na vida preferi um burger sem bacon do que com bacon. Esse aqui é o autêntico, que eles chamam de “best burger in the world”.

Não sei explicar, mas a combinação dos ingredientes que eles colocam parecem ficar melhor nessa versão clássica, sem o bacon.

Cheese Burger Super

Cheese Burger Super - Madero por Lelê Gianetti

Bom, antes que eu me esqueça, preciso fazer 2 observações. Primeiro que o cheddar especial deles é um espetáculo, um dos melhores que eu já comi na vida!

Segundo que, o ponto padrão do hambúrguer do Madero é praticamente bem passado. Portanto, se você gosta da carne mais vermelha, precisa pedir para eles no momento do pedido.

Cheese Burger Super - Madero por Lelê Gianetti

Tanto meu noivo quanto eu esquecemos de pedir os burgers ao ponto, e eles vieram no ponto normal da casa. Porém, apesar de não ser rosado, o hambúrguer é super suculento e bem “molhadinho”. Delicioso! #yummy

Gente, para vocês terem uma ideia de como eu gostei, depois de comer tudo isso (não sobrou nadinha), acabei nem aguentando a sobremesa.

Lelê - Madero por Lelê Gianetti

E qual o meu veredicto final? Então, não achei que se trata do melhor burger do mundo, porém, com certeza, é um dos melhores de SP e entrou no meu top 10 fácil, fácil! A experiência valeu super a pena.

Se você ainda não conhece o Madero, vale a pena ir visitar… eles estão em 3 endereços e a unidade que eu fui fica na Rua Bandeira Paulista, 823 – Itaim Bibi.

Para conhecer mais hamburguerias e ver dicas de restaurantes e de gastronomia em geral, não deixe de dar um pulinho no meu blog, o It Yourself, e conhecer a sessão “food stuff”. É só clicar AQUI.

Beijinhos,
Lelê Gianetti

Este post reflete exclusivamente a opinião de nossa colunista Lelê Gianetti do blog It Yourself. Respeitamos a opinião de todos e publicamos o texto produzido pela Lelê na íntegra, garantindo imparcialidade em relação a experiência relatada por ela. Lembrando que esta NÃO é uma resenha ou avaliação do Guia do Hambúrguer, portanto não tem qualquer relação com nosso Ranking das melhores hamburguerias.

Madero

Rua Bandeira Paulista, 823 – Itaim Bibi
São Paulo, SP
Telefone (11) 3079-6558
delivery não

Burger Table – Campo Belo, São Paulo

OFERECIMENTO

De volta ao Burger Table, o vice campeão do nosso Ranking dos Melhores Hambúrgueres 2015/2016.

Fachada - Burger Table

Comemos no Burger Table algumas vezes durante o ano de 2016, umas muito boas e outras com algumas falhas. Nada mais justo do que reavaliar o segundo lugar e nos certificar que tudo continua ótimo como sempre.

Nossa visita aconteceu em uma noite durante a semana, o movimento estava bem alto, quase nem tinha lugar para sentarmos.

Entrada - Burger Table

A casa oferece auto serviço, você escolhe no cardápio, pede no caixa e aguarda ser chamado. A dica é que enquanto isso você fica de olho em um lugar para sentar.

O valor de qualquer hambúrguer é de R$ 27,50, inclui um hambúrguer de 180g. Escolha entre os queijos cheddar inglês, prato, Monterey Jack ou muçarela de búfala. E pode adicionar quantos ingredientes quiser entre: bacon, molho barbecue, cebola roxa, cebola crispy ou caramelizada e salada (alface, rúcula, tomate e picles).

Cardápio - Burger Table

Você começa pelo pão, pedimos o com amêndoas, mas não tinha. Uma pena, é o nosso preferido. O hambúrguer era ao ponto para mal passado, mas tivemos que escolher entre mal passado, ao ponto e bem passado. Pela explicação da caixa, para um hambúrguer bem vermelho por dentro o ponto correto era o mal passado, fomos nessa. Além disso, adicionamos apenas o cheddar inglês, bacon, cebola crispy, ketchup e maionese da casa à parte.

A batata também não podia faltar, gostamos muito, pois são artesanais e super crocantes, cortadas com a casca. Vale a pedida e custam R$ 9,50.

Quem nunca visitou o Burger Table, pode estranhar um pouco as acomodações. O conceito da casa é uma mesa única compartilhada em que todos sentam juntos. Para gente, não há nenhum problema nisso, hambúrguer tem que ser descontraído e prático. Mas tem quem reclame.

Ambiente - Burger Table

Aguardamos por volta de 25 minutos nosso pedido, desta vez demorou muito para chegar, achamos que foi devido ao movimento.

Pedido - Burger Table

A apresentação não mudou, hambúrguer embrulhado, ketchup e maionese em um potinho preto. A novidade foi a batata vir dentro de um saquinho de papel kraft, ficou mais charmosa.

Batatas fritas no papel kraft - Burger Table

Desembrulhamos o hambúrguer e, definitivamente, a aparência não é das mais chamativas. Achamos que, se não viesse embrulhado, o hambúrguer poderia ser montado mais cuidadosamente e seria bem mais fotogênico. Embrulhado, só se fosse pedido para viagem.

Hambúrguer - Burger Table

Logo depois da primeira mordida, tivemos certeza de que o sabor estava muito bom. Todos os burgers são preparados na churrasqueira a carvão, o que faz muita diferença.

Hora de morder - Burger Table

O pão estava super macio e leve, a carne alta, o bacon saboroso e crocante, mas veio em pouca quantidade. O crispy de cebola adicionou crocância à combinação e um pouco de sabor.

A carne não estava categoricamente mal passada, veio ao ponto para mal, como gostamos – melhor. Mas não estava vermelha como gostaríamos. Outro ponto negativo foi a suculência, estava muito menos suculenta do que o ideal. Já a textura e moagem estavam corretas. Sentimos que a carne poderia ser mais aerada e suculenta, os líquidos no hambúrguer fazem toda a diferença no conjunto.

Ponto da carne - Burger Table

O que faz a diferença no hambúrguer do Burger Table é a preparação na churrasqueira e o pão artesanal feito na casa. São uma combinação que potencializam muito o sabor e qualidade da casa.

As batatas fritas estavam ótimas como sempre, super crocantes e em corte fino, com casca. Aproveitamos para usar o ketchup e maionese da casa. Maionese bem leve e saborosa, vale a pena. O ketchup artesanal também faz diferença, bem docinho, não tem comparação com os industrializados, vai bem no hambúrguer e, principalmente, com as batatas.

Fritas - Burger Table

O Burger Table é uma hamburgueria que preza pelo artesanal, todos os ingredientes são feitos na casa, exceto os queijos. O ponto alto é a churrasqueira a carvão, realça o sabor da carne e dá aquele gostinho de churrasco. Quem não se incomoda de sentar na grande mesa compartilhada, não terá dor de cabeça. Outra opção é visitar a unidade do Itaim, lá há mesas menores, além da mesa compartilhada e o tipo de serviço é o mesmo.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3,5 estrelas
  • maionese3,5 estrelas
  • porção3,5 estrelas
  • atendimento2,5 estrelas
  • espera nenhuma
  • cheese burgerR$ 27,50
  • preçode R$ 40,00 a R$ 50,00 (de R$ 40,00 a R$ 50,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Burger Table

Rua Gabriele D’Annunzio, 1331 – Campo Belo
São Paulo, SP
Telefone (11) 2478-4055
delivery sim

Pão com Carne – Itaim Bibi, São Paulo

OFERECIMENTO

Não é a primeira vez que visitamos a hamburgueria Pão com Carne que fica no Itaim. Logo após a abertura, fomos conhecer e até publicamos uma matéria, porque gostamos do conceito da casa, confira.

Fachada - Pão com Carne

Desta vez, a ideia é avaliar e saber se realmente estão fazendo um hambúrguer digno dos 50 melhores aqui no Guia do Hambúrguer.

Como dissemos, o conceito da casa agrada muito, é perfeito para uma hamburgueria. Casa pequena, enxuta, poucos itens no cardápio, barato, prático e aconchegante.

Em primeiro lugar, a hamburgueria Pão com Carne tem aproximadamente 12 lugares. A ideia é comer um hambúrguer ou dois e pronto. O negócio é para girar, como num fast food. Isso não significa que o hambúrguer é dos congelados não, pelo contrário, o hambúrguer é fresco e grelhado no char broiler.

O cardápio reflete a simplicidade em 4 tipos de hambúrguer, o pão com carne, cheese burger, cheese salada e bacon. Os preços variam de R$ 15,00 a R$ 21,00. Se quiser incrementar, pode adicionar bacon, salada, cebola caramelizada e queijo por R$ 2,00 cada ou cebola grelhada ou tomate grelhado por R$ 1,00. Bem baratos os preços.

Cardápio - Pão com Carne

O ambiente é bem moderninho, bem decorado e parece uma hamburgueria de bairro nos Estados Unidos.

Ambiente - Pão com Carne

Assim que você entra, vê o balcão e o cardápio. Não dá para se confundir com as opções, faz o pedido e depois aguarda ser chamado. Ótima sacada no movimentado bairro do Itaim, que hospeda muitos restaurantes caros e que nem sempre são tão bons quanto cobram.

Caixa - Pão com Carne

Fomos direto ao cheese bacon e pedimos ao ponto para mal passado, uma batata frita e uma Coca-Cola de garrafa, não tem como errar com este trio. O ponto da carne era ao ponto para mal passado.

Pagamos e aguardamos no balcão. Dá para ver o chapeiro operando o broiler, colocando os burgers e cuidando deles enquanto não ficam prontos.

Recebemos o pedido e ainda uma maionese à parte, que não é cobrada.

Nosso pedido servido na bandeja - Pão com Carne

A apresentação é super legal, desde a embalagem super prática, mostrando o hambúrguer e ainda facilitando para comer. Os ingredientes ficam todos visíveis. E por isso percebemos que havia uma cebola caramelizada lá no cheese bacon. Conferimos no cardápio e realmente é normal, mas pensamos que viria só o pão, carne, queijo e bacon.

Cheese bacon, a cebola caramelizada vem mesmo que não pedir - Pão com Carne

As fritas vêm em uma boa quantidade, dá para comer em duas pessoas até. Estavam quentes e crocantes, mas não são tão gostosas, pois são batatas congeladas – preferimos as artesanais.

Batatas fritas, pena que são congeladas - Pão com Carne

A maionese, cortesia da casa, é muito saborosa, textura bem leve e delicada. E ainda você pode comer quantas quiser.

O hambúrguer chama muito atenção, dava pra ver que o ponto estava bem vermelho por dentro, tamanho médio para grande e bem montado.

Cheese bacon - Pão com Carne

Desde a primeira mordida, sentimos todos os ingredientes. Bacon saboroso e crocante, cebola caramelizada levemente adocicada contrastando com o queijo cheddar derretido. Não foi o cheddar que mais gostamos, mas estava bom.

Partindo ao ataque - Pão com Carne

A carne estava muito mais para mal passada, bem vermelha dentro. Nós gostamos, mas deveria estar um pouco mais passada para acertar o ponto que pedimos. Mesmo assim, não dá para considerar um erro de ponto, já que existe uma zona nebulosa entre os pontos que só dá para ter certeza medindo a temperatura.

Ponto do cheese bacon - Pão com Carne

A textura da carne estava um pouco mais grossa do que consideramos ideal. Dá para sentir os pedacinhos, preferimos a carne um pouco mais fina e homogênea. A quantidade de gordura também poderia ser aumentada. O sabor estava bom e a carne suculenta.

O pão é o mais neutro possível, suportou bem o hambúrguer sem encharcar. Carne do tamanho do pão, hambúrguer bem executado, exceto por poucos detalhes.

Não ficamos em um só não, o teste final foi um cheese burger ao ponto. Sabe, o cheese burger não mente, então é com ele que batemos o martelo quando paira alguma dúvida. Desta vez, pedimos ao ponto.

O cheese burger não veio tão bonito quanto o cheese bacon. Pedimos com queijo prato e veio bem derretido por cima. O pão veio selado como no cheese bacon.

Cheese burger - Pão com Carne

Sim, esta foto dá água na boca.

Cheese burger - Pão com Carne

Partimos ao ataque. Preferimos a care do hambúrguer ao ponto, estava mais suculenta, sem nenhuma carne crua dentro. A gordura derreteu melhor e a textura ficou mais gostosa. Deu para sentir claramente o gosto da carne e do queijo. O pão permaneceu um coadjuvante.

Ponto do cheese burger - Pão com Carne

A hamburgueria Pão com Carne é perfeita para quem gosta de um hambúrguer gostoso e barato. É o famoso melhor custo benefício, que você pode montar um combo de R$ 27,00 a R$ 33,00, comerá um hambúrguer artesanal bem grande e com sabor de grelhado. Adeus fast food e hamburguerias caras que entregam muito pouco.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3 estrelas
  • maionese3 estrelas
  • porção2 estrelas
  • atendimento2,5 estrelas
  • espera (nenhuma)
  • cheese burgerR$ 15,00
  • preço(de R$ 20,00 a R$ 30,00 por pessoa) (de R$ 20,00 a R$ 30,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Pão Com Carne

R. Joaquim Floriano, 595 – Itaim Bibi
São Paulo, SP
Telefone (11) 3589-6626
delivery não

Pibus Hamburger – Itaim, São Paulo

OFERECIMENTO

Não faz muito tempo que o Pibus Hamburger renovou seu cardápio e vem mostrando que está se adaptando ao novo cenário dos burgers no Brasil. Já fomos convidados para conferir as novidades e gostamos muito, confira a matéria.

Fachada - Pibus Hamburger Itaim

Voltamos e dessa vez é pra valer, viemos saber como o Pibus Hamburger se comporta preparando seus burgers aos clientes comuns e se merece entrar no nosso Ranking dos melhores hambúrgueres do Brasil.

Fizemos nossa visita em um domingo à tarde, horário aparentemente tranquilo, tinha apenas algumas mesas ocupadas.

Escolhemos um lugar dentro do salão, o tempo estava frio. Mas há muitas mesas e cadeiras ao lado de fora, lugar para sentar não falta.

A decoração remete diretamente aos anos 80, o que acaba sendo interessante. Já que é uma casa mais antiga, fundada em 1983. Mas podiam caprichar mais e realmente entrar no tema de cabeça. Outro ponto é a fachada, foi modernizada, mas deveria seguir a mesma linha – ficaria mais interessante. Até podia rolar uma casa temática – olha a dica aí.

Ambiente - Pibus Hamburger Itaim

Uma curiosidade é que o nome Pibus Hamburger vem da junção da palavra “PIzza” com a palavra “BUrgerS”, deu Pibus. No início, essa era a ideia, servir pizzas e hambúrgueres no mesmo restaurante, mas com o tempo se especializaram nos burger – melhor pra gente.

Enfim, vamos a nossa experiência. Chegamos e sentamos, não houve espera. Recebemos o cardápio, há realmente muitas opções de hambúrgueres, pratos, grelhados e outros. Meio exagerado, fica difícil de escolher à primeira visita.

Cardápio - Pibus Hamburger Itaim

Em seus 33 anos de existência, estava na hora de renovar o cardápio para ir além dos burgers tradicionais, fininhos e com pouca gordura no blend. Nós comíamos lá antigamente, era daquelas hamburguerias que o mais importante era a maionese. Hoje a filosofia mudou, mas sem perder a essência.

Cardápio - Pibus Hamburger Itaim

Os hambúrgueres tradicionais foram mantidos, mais fininhos, junto com a maionese temperada – para manter o publico fiel. E os hambúrgueres mais altos e grelhados atraem novos clientes que procuram pelos hambúrgueres mais modernos.

Cardápio - Pibus Hamburger Itaim

O blend da casa mudou para todos os hambúrgueres. São feitos com a mesma mistura de carne e gordura, segundo o Pibus Hamburger é um blend que usa carnes de Angus e Wagyu.

Cardápio - Pibus Hamburger Itaim

Focamos nas novas receitas, são 5 que estão no cardápio e uma é secreta, o Detonator. Um tipo de “easter egg”, apenas para quem acompanha o Pibus Hamburger nas redes sociais. O Detonator leva dois burgers de 120g, cheddar, 8 fatias de bacon e ketchup de framboesa no pão brioche por R$ 32,90.

Mas não vamos avaliar por esta receita, então escolhemos outros dois hambúrgueres do cardápio para focar principalmente no sabor da carne:

  • Spicy Clone, hambúrguer de 120g, cheddar, cebola crua picada, picles, alface e molho picante no pão tradicional por R$ 22,00.
  • Smokey Pibus, hambúrguer de 180g, cheddar, bacon, cebola grelhada, cogumelo e maionese defumada no pão brioche por R$ 34,00.

O atendimento estava um pouco confuso, as garçonetes estavam “ocupadas” fazendo outras coisas e não atendiam nossa mesa. O gerente da casa foi quem salvou, depois de termos apertado duas vezes o botão para chamar o garçom é que ele veio pessoalmente nos atender.

Depois de um tempinho, nossos hambúrgueres chegaram. O Spicy Clone tínhamos pedido ao ponto e o Smokey Pibus ao ponto para mal passado, bem vermelho dentro.

Spicy Clone - Pibus Hamburger Itaim

A montagem estava ótima, hambúrguer servido em um prato pequeno e branco, dava para ver todos os ingredientes de fora, bem bacana. A apresentação dos tradicionais continua num saquinho, demos uma olhada em outra mesas.

Spicy Clone - Pibus Hamburger Itaim

A combinação dos ingredientes do Spicy Clone é ótima, vem o sabor mais salgado do cheddar, o ácido do picles e da cebola, finalizando com o molho picante, um tipo de maionese de páprica. Bem gostoso e equilibrado.

Spicy Clone - Pibus Hamburger Itaim

A carne veio pouco rosada por dentro, mesmo assim estava gostosa. A textura estava correta, não estava compacto, hambúrguer pequeno e saboroso.

O Smokey Pibus é um hambúrguer maior, 180g de carne preparados na grelha. Estava realmente com o sabor de grelhado.

Smokey Pibus - Pibus Hamburger Itaim

Os ingredientes estavam bem equilibrados, mas notamos que o conjunto estava um pouco mais salgado do que deveria. O bacon vem em boa quantidade, mas não é crocante. A maionese defumada é muito gostosa e estava combinando muito. A cebola grelhada dava o toque adocicado e ainda crocante, combinou perfeitamente. Os cogumelos acabaram sobrando, quase nem sentimos o gosto, achamos desnecessário na receita.

Pibus Hamburger - Pibus Hamburger Itaim

A carne deste hambúrguer estava bem vermelha, assim como pedimos, super suculenta e saborosa. Realmente um hambúrguer muito gostoso, bem diferente do que encontrávamos no passado do Pibus Hamburger. Carne aerada, quantidade de gordura na medida, hambúrguer muito bom.

Smokey Pibus - Pibus Hamburger Itaim

O pão suportou o burger do início ao fim, sabor leve de manteiga, um brioche bem gostoso. Faltou aquela chapeada na manteiga nos pães dos dois burgers.

O Pibus Hamburger mostrou que está no caminho certo, preparando hambúrguer diferenciado, suculento e de qualidade. Ainda precisa corrigir alguns detalhes, mas a essência está boa. Os preços é que, algumas vezes, causam um estranhamento, tem cheese burger de 180g que custa R$ 23,50 e receita com o mesmo hambúrguer adicionando bacon e onion rings que custa R$ 41,00.

Nossa dica é prestar a atenção no cardápio e escolher hambúrgueres bem gostosos pagando pouco. Principalmente os burgers de 180g, são realmente muito bons.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3 estrelas
  • maionese4 estrelas
  • porção(não avaliada)
  • atendimento2 estrelas
  • espera (nenhuma)
  • cheese burgerR$ 17,50
  • preço(de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa) (de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Pibus Hamburger

Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 819 – Itaim Bibi
São Paulo, SP
Telefone 3845-4627
delivery sim

Joakin’s – Itaim por Lelê Gianetti, blogueira do It Yourself

OFERECIMENTO

Oi gente,

Hoje vou falar sobre o Joakin’s, uma das hamburguerias mais tradicionais de São Paulo e que possui burgers super clássicos, daqueles bem servidos e deliciosos.

Quem me acompanha no meu blog, o It Yourself, sabe o quanto eu amo esse tipo de hambúrguer.

Fachada - Joakin's

Fui jantar lá com meu noivo numa sexta-feira e confesso que não lembrava exatamente como eram os burgers. Isso é pra vocês terem uma ideia de como fazia tempo que eu não ia no Joakin’s.

Antes de falar do que comemos, preciso falar do ambiente. Hoje em dia, não é muito comum ver restaurantes com a decoração desta forma. A sensação que tive quando entrei no Joakin’s foi de estar de volta no tempo.

Ambiente - Joakin's

Eles foram fundados em 1965, 51 anos atrás… É muita história pra contar, já que eles foram uma das primeiras lanchonetes da cidade especializada em burgers! Mas o que eu acho mais legal é que a hamburgueria sempre esteve presente na R. Joaquim Floriano.

Inclusive, o nome Joakin’s foi escolhido como homenagem ao nome da rua onde eles ficam sediados.

Ambiente - Joakin's

Eu amo esse lado histórico das coisas e, olhando o cardápio deles, adorei quando vi que há um texto escrito pelo fundador do Joakin’s contado um pouco das origens da hamburguerias. Há também algumas fotos antigas. Meu lado nerd amaaaa!

Texto no cardápio - Joakin's

Bom, depois de ressaltar esse lado histórico, vamos ao que realmente interessa, as gordices! #yummy

Começamos logo de cara com a porção de fritas (R$ 20,00). Pra acompanhar, pedimos a clássica Maionese Kin’s (R$ 4,50).

Porção de fritas - Joakin's

Fritas e maionese kins - Joakin's

Tanto as fritas quanto a maionese são super bem servidas e o preço é bem justo. Quanto ao sabor, as fritas estavam bem crocantes, do jeito que eu gosto e a maionese é excelente.

Quem gosta desta combinação pode pedir sem medo de ser feliz, pois é satisfação garantida.

Fritas - Joakin's

Depois dessa entrada deliciosa, vamos aos burgers! Nesse tipo de hamburgueria clássica é muito difícil eu sair do que sempre peço. Ou seja, praticamente sempre acabo indo no Cheeseburger Bacon Salad (R$ 28,50).

Cheese bacon salada - Joakin's

O hambúrguer em si não é grande, tendo 120g. O hambúrguer leva queijo que envolve o hambúrguer, (muito) bacon, alface, tomate verde e maionese kin’s.

Como eu disse, estamos falando de um hambúrguer clássico. Não espere nada gourmet ou super sofisticado.

Cheese bacon salada - Joakin's

Eu amoo esses burgers tradicionais. O sabor da carne é bom e a proporção de bacon e queijo também casa bem. Como eu disse anteriormente, a maionese é deliciosa e enriquece ainda mais o sabor do cheeseburger bacon salad. #lelegordinha

Já meu noivo, também costuma ser bem previsível. A escolha dele quase sempre é igual a minha, com a diferença que ele gosta de acrescentar ovo. Ou seja, ele optou pelo Cheeseburger Bacon Salad Egg (R$ 31,00).

Cheese bacon salada com ovo - Joakin's

Cheese bacon salada com ovo - Joakin's

Esse monstrinho aí é delicioso e ficou mais visual do que o meu. Pra quem gosta de ovo, eu super recomendo provar a opção com egg, ainda mais por que o acréscimo é só de R$ 2,50.

Registrei até no meu Instagram @lelegianetti.

A única coisa que me “arrependo” foi que não aguentei pedir uma sobremesa. Vendo o cardápio, fiquei com uma super vontade de provar o mousse de chocolate.

Só que comi tanto que infelizmente não aguentei. Pensando bem, isso é um bom sinal né gente?! Sinal de que estava tudo delicioso.

Cardápio - Joakin's

Enfim, se você estiver na região do Itaim Bibi e gostar de um burger tradicional, eu recomendo que você vá conhecer o Joakin’s. O endereço é Rua Joaquim Floriano, 163.

Se você gostou deste post, me faz uma visita lá no meu blog, o It Yourself, e confira a sessão “food stuff” (aqui) em que dou dicas de restaurantes dos mais variados tipos de gastronomia.

Beijinhos,
Lelê

Este post reflete exclusivamente a opinião de nossa colunista Lelê Gianetti do blog It Yourself. Respeitamos a opinião de todos e publicamos o texto produzido pela Lelê na íntegra, garantindo imparcialidade em relação a experiência relatada por ela. Lembrando que esta NÃO é uma resenha ou avaliação do Guia do Hambúrguer, portanto não tem qualquer relação com nosso Ranking das melhores hamburguerias.

Joakin’s

R. Joaquim Floriano, 163 – Itaim Bibi
São Paulo, SP
Telefone (11) 3168-0030
delivery sim

Wendy’s – Itaim por Lelê Gianetti, blogueira do It Yourself

OFERECIMENTO

Oi gente,

Aqui é a Lelê do It Yourself mais uma vez escrevendo pro Guia do Hambúrguer e hoje vou falar sobre um clássico americano que chegou ao Brasil recentemente: o Wendy’s.

Fachada - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

Uma das coisas que eu mais gosto de fazer quando vou para os EUA é enfiar o pé na jaca e comer nos tradicionais fast foods americanos. E um dos meus favoritos de lá é o Wendy’s.

Então, estava louca para conhecer a versão brasileira deste clássico, desde que as 2 unidades foram inauguradas em São Paulo, no meio do mês de julho. Já comi em lojas deles em Los Angeles, Miami, Washington e Nova York, então posso dizer que sou uma cliente fiel. 😛

Aqui no Brasil, logo que batemos o olho na hamburgueria, dá para ver que a pegada é diferente, com uma arquitetura muito mais sofisticada que as lojas americanas. A decoração segue o mesmo padrão, tudo muito bonitinho, parecendo bastante as hamburgueria artesanais.

Lema do Wendy's - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

Café no andar térreo - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

O sistema de funcionamento da loja também é diferente. Nos Estados Unidos, você faz seu pedido como no McDonald’s ou no Burger King. Vai até o balcão, pede e recebe na bandeja ou leva para viagem.

Já em São Paulo, você faz o pedido nos caixas (que são uma espécie de totem) na entrada da loja (pelo menos na do Itaim Bibi é assim). Há uma atendente para cada caixa e ela anota seu pedido e te dá um número. Aí, você escolhe uma mesa e eles levam o pedido até lá, ou seja, há garçons que levam o pedido onde o cliente estiver.

Por falar nas mesas, todas elas têm um “kit” com ketchup, mostarda, maionese e molhos de pimenta, tudo de qualidade.

Molhos De Cabrón - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

Kit de molhos Heinz - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

Além do ambiente, olhando o cardápio, temos a impressão de que os hambúrgueres são como artesanais. E, na minha opinião, é aí que está a falha do Wendy’s no Brasil, pois a expectativa gerada em torno dos burgers não se concretiza. Mas falarei mais sobre isso daqui a pouco.

Bom, assim como nas outras redes de fast food, temos a opção de pedir somente o hambúrguer ou o combo, que eles chamam de “pack”, com batatas fritas e refrigerante.

O carro chefe é o Baconator, em que o pack custa R$ 32,00. Porém, eu pedi para trocar as fritas tradicionais pelas Fritas com Cheddar e Bacon (a grande). Com isso, o valor subiu para R$ 42,00.

Baconator - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

O Baconator vem embrulhado em um papel (assim como no Burger King) e leva dois burgers de Angus, maionese, ketchup, bacon premium defumado e queijo cheddar.

Ainda dá para escolher o tipo de pão e a minha escolha foi pelo pão francês, que é o mais tradicional do Wendy’s.

Baconator - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

Baconator com batatas cheddar e bacon - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

A batata frita com bacon e cheddar é bem gostosa e o tamanho grande é bem servido. Na verdade, foi a primeira vez que eu gostei de uma batata frita assim em um fast food.

O curioso é que eu só pedi as fritas desse jeito por não saber que o Wendy’s daqui era um fast food. 😛

Batatas fritas com cheddar e bacon - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

O hambúrguer também é bom, nada demais, mas bom… especialmente considerando que se trata de um fast food.

Sei que estou batendo muito na tecla do fast food, mas na verdade, o que eu quero dizer é que, além do ambiente ser super bonitinho, olha só a foto oficial do Baconator (veja abaixo).

Inclusive, esta foto é a capa do cardápio. Aliás, também não me lembro de ter visto um fast food com um cardápio sofisticado como esse do Wendy’s.

Cardápio - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

Gente, vendo essa foto, eu achei que iria encontrar um outro tipo de hambúrguer.

O engraçado é que tudo lá é feito para te fazer pensar que se trata de uma hamburgueria artesanal. Até os copos (todos eles!) são de vidro, super fofos por sinal!

Lelê tomando refrigerante - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

Entenderam agora o porquê dessa confusão? O ambiente, a decoração, o cardápio, as louças que servem os hambúrgueres (copos de vidro, pratos e potes de acrílico), o guardanapo de boa qualidade, a forma como os molhos ficam em cima das mesas, os garçons, etc… e no final, vem um hambúrguer embrulhado no papel que concorre com o McDonald’s.

Não estou menosprezando o McDonald’s de forma alguma, mas é que neste caso do Wendy’s, eles pareciam que seriam diferentes da versão americana e mandaram um burger no mesmo estilo. As aparências enganaram e, pelo menos para mim, geraram uma certa frustração.

Bom, continuando a falar das comidas, meu noivo optou pelo Bacon & Blue com fritas normais. Porém, ele pediu um hambúrguer extra e o preço final do pack ficou em R$ 32,50.

Bacon and Blue embrulhado - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

Bacon and Blue com fritas - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

Além do hambúrguer, o Bacon & Blue traz molho de alho, cebolas salteadas, tomate, alface, bacon premium defumado e queijo gorgonzola. O pão também foi o francês.

Se você gosta de gorgonzola, esta é uma boa pedida. Apesar do sabor do queijo não ser dos mais marcantes, o casamento com o bacon e com os outros ingredientes ficou bom.

Bacon and Blue - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

Entre os dois burgers, com certeza eu preferi o Baconator. E quanto à batata, ambas são gostosas, mas as fritas especiais com bacon e cheddar realmente me surpreenderam.

Na comparação com o Wendy’s dos Estados Unidos, prefiro a versão americana. Apesar do sabor ser próximo, o hambúrguer da terra do Tio Sam é mais suculento e saboroso.

Enfim amores, apesar da confusão entre gourmet e fast food, valeu a experiência. 😀

Lelê mostrando a decoração - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

A conclusão que eu cheguei é que, para os padrões de um fast food, o lema deles faz sentido, pois a qualidade dos ingredientes realmente é boa.

Acho que o melhor termo para definir o Wendy’s brasileiro seria um “fast food sofisticado”. Pode isso, Arnaldo? 😛

Missão do Wendy's - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

Wendy's nunca pega atalhos - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

Com todos esses comentários, vocês devem estar se perguntando se eu voltaria no Wendy’s aqui de São Paulo… e a resposta é: SIM!

Porém, voltarei totalmente ciente de que se trata de um lugar para comer algo rápido, um concorrente do McDonald’s, do Burger King e por aí vai.

De novo gente, não estou menosprezando o McDonald’s ou o Burger King, pelo contrário… adoro o Big Tasty e o Whopper! #lelegordinha

Wendy's Café Logo - Wendy's por Lelê Gianetti do blog It Yourself

Ficou com vontade de conhecer? É só ir até a Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1201 – Itaim Bibi ou na R. Funchal, 500 – Vila Olímpia, ambas na zona sul de SP.

Para conhecer mais hamburguerias e ver dicas de restaurantes e de gastronomia em geral, também não deixe de dar um pulinho no meu blog, o It Yourself, e conheça a sessão “food stuff”. É só clicar aqui.

Beijinhos,
Lelê

Este post reflete exclusivamente a opinião de nossa colunista Lelê Gianetti do blog It Yourself. Respeitamos a opinião de todos e publicamos o texto produzido pela Lelê na íntegra, garantindo imparcialidade em relação a experiência relatada por ela. Lembrando que esta NÃO é uma resenha ou avaliação do Guia do Hambúrguer, portanto não tem qualquer relação com nosso Ranking das melhores hamburguerias.

Wendy’s

Rua Pres. Juscelino Kubitscheck, 1201 – Itaim Bibi (esquina com a Rua Prof. Atílio Innocenti)
São Paulo, SP
Funcionamento: todos os dias das 7h às 22h (até o final de julho ficará aberto até às 0h)
delivery não