Arquivo da Tag: burger

BACON DAY ou DIA DO BACON: conheça a história e a ascensão do bacon como um dos ingredientes mais consumidos do mundo

oferecimento

Toucinho defumado, barriga de porco, lombo defumado e até tofu, maaaasss…quando comemoramos o Bacon Day ou Dia do Bacon?

Já que estamos chegando perto do dia escolhido para comemorar o nascimento desse ingrediente, nada mais justo do que conhecermos a história para aquecer os motores da nossa comemoração.

Afinal, você sabe como nasceu o bacon? Você sabia que existe o bacon day ou dia do bacon?

dia do bacon

Podemos considerar que a história do bacon começa com a domesticação dos porcos. A origem do cultivo é datada na China em 4.900a.C e também na Europa por volta de 1500 a.C, eles curavam barriga de porco com sal, criando uma forma inicial desse ingrediente.

Especula-se que os romanos e gregos aprenderam a produzir e curar bacon por meio de conquistas no Oriente Médio. Os romanos melhoraram a criação de porcos e espalharam a produção de suínos por todo o império.

É importante falar que a popularização e domesticação dos porcos aconteceu com os chineses também, apesar de que recentemente foram registrados o consumo do porco há 10mil anos atrás:

Durante a Idade Média, a palavra BACON (ou bacoun) era usada para descrever o porco como um todo.

Apesar de associarmos sua origem como alimento aos Estados Unidos ou Inglaterra, foram os alemães da época medieval que utilizavam o termo “bak” para se referirem ao corte das costas do animal.

Os franceses, que também adotaram a palavra em seu vocabulário, acabaram levando-a para a Inglaterra por intermédio da nobreza.

Mas foi somente no século XVII que os ingleses aprimoraram o método que usado até hoje para se produzir nosso venerado: carne do porco desidratada com sal de cura e defumada.

dia do bacon

A receita foi até registrada pela Oxford Company to Food, ou seja, apesar de não ser uma invenção inglesa, ela acabou ganhando o crédito e toda a patente da terra da rainha.

Mas afinal, o que é bacon?

É um corte de carne de porco, geralmente da barriga ou de outras partes menos gordurosas curada com sal de cura e temperos e posteriormente defumada. A ideia inicial era fazer a preservação da carne, já que não havia geladeira nessa época.

Mesmo sendo possível fazer o processo de cura e defumação em carnes de outros animais e até usar tofu para dar o mesmo efeito, consideramos bacon apenas aquilo que vem do porco.

Basicamente para ser denominado dessa forma a barriga do porco deve passar pela cura de sal e temperos por alguns dias e para depois ser defumado de verdade.

No mundo moderno as indústrias não fazem esse processo como antigamente.

O uso de injeções de produtos para fazer a cura da carne quase que instantaneamente, o uso de aromatizantes como fumaça líquida e em pó para dar o sabor do defumado, acabam dando uma característica industrial ao produto, que por outro lado barateiam o custo e encurtam o tempo de produção.

Quando obtemos o ingrediente da forma tradicional ele fica muito mais saboroso, podendo até comê-lo direto do pacote, pois a carne já foi cozida e está super saborosa.

O bacon está nos hambúrgueres, em sanduíches, em pratos refinados, sobremesas e até estampado em artigos como camisetas e bonés, mas nem sempre foi tão amado assim.

Na década de 1980 o bacon que fazia parte do famoso estilo de vida americano e era muito consumido no café da manhã e vendido na parte de varejo, enfrentou resistência.

Nessa época as evidências de que gordura saturada e colesterol eram as causas de problemas no coração, obesidade e câncer começaram a assustar a população.

Comer gordura magra virou moda, refrigerantes diet ganharam o mercado, a margarina substituiu a manteiga e embalagens de alimentos passaram a estampar em seus rótulos as palavras “fat free”.

O bacon, cuja carne é dois terços composta de gordura, foi condenado.

dia do bacon

Com pilhas de carnes de porco congeladas e estocadas, o governo americano passou a vender o produto por preços bem mais baixos para a União Soviética e países africanos.

Foi só a partir de 1990 que os produtores de carne de porco começaram a cobrar o governo por alternativas para solucionar aquela desvalorização.

O plano era então posicionar o bacon como um “intensificador de sabor” para tentar ganhar os consumidores novamente.

Colocar uma única tira de bacon nas receitas dos fast-foods começou a virar febre.

McDonald´s e Burger King desde então estavam focando sua produção em hambúrgueres de carne magra devido à herança da tendência low fat.

O fast-food Hardee’s, hoje sem muita força nos Estados Unidos e desconhecido por brasileiros, foi o primeiro a acrescentar o bacon em seu cardápio.

Em 1992 a Frisco Burger lançou sua primeira linha de lanches com bacon, mas não foi bem aceito, até porque a fritura ainda causava muita sujeira e fumaça.

A solução dos produtores foi inteligente: vendê-lo pré-cozido.

Com o problema resolvido, a indústria do bacon inciou o lobby para convencer grandes companhias de food service a colocá-lo no cardápio.

Empadas, bolinhas e até tirinhas de bacon tentaram substituir as batatas fritas, mas o que pegou mesmo foi o acréscimo nos burgers.

Bacon Double Cheeseburger são vendidos até hoje por McDonald’s e Burger Kings em todo o mundo.

dia do bacon

Em 2000, quando o bacon já estava estabelecido como ingrediente queridinho em lojas de fast-food, ele foi inserido em receitas de chefs renomados como Mario Batali e David Chang.

Foi no auge da sua história que o bacon ganhou um dia só pra ele, na cidade de Craig em Massachusetts.

Ele sempre é comemorado no sábado antes do Labour Day dos Estados Unidos, o feriado do dia do trabalho lá, que acontece na primeira segunda-feira do mês de setembro.

Em várias cidades do país, as pessoas comemoram com feiras e eventos onde só podem ser servidos pratos de comida que levem bacon em suas receitas.

Não demorou muito para que ele virasse meme na internet, acabasse em camisetas “I love bacon”, além de ser tema de livros, sites e até um programa de TV chamado United States of Bacon.

Tem até lojas que vendem tudo de bacon, dá uma conferida nessas: Bacon Freek e Bacon Scouts

As vendas crescem mundialmente e o ingrediente faz parte dos mais food porns por aí!

Hoje com a tendência da comida artesanal e a valorização do porco, o bacon também está ganhando espaço no mercado em suas versões artesanais e feitos à moda antiga. Já não é difícil empresas pequenas e especializadas em charcutaria e defumação fazerem o próprio bacon pra vender.

Até hamburguerias têm seu próprio bacon artesanal para servir com hambúrguer ou em porções onde o bacon é o ingrediente principal.

Curtiu esse post? Comente o que achou e não esqueça de seguir o Guia do Hambúrguer nas redes sociais e ficar ligado nas novidades e em mais conteúdo! Se quiser artigos relacionados a esta matéria, clique aqui.

Receita de maionese caseira: aprenda duas maneiras simples e infalíveis de como fazer maionese artesanal

oferecimento

A maionese caseira é o acompanhamento preferido da maioria das pessoas que comem hambúrguer e outros sanduíches. É bem versátil, pode ser feita em diversos sabores e vai bem no seu hambúrguer, porção ou qualquer outra receita.

Na história das hamburguerias paulistanas a maionese caseira é o ingrediente considerado o diferencial e o que destacava uma casa da outra. Mesmo com a popularização dos hambúrgueres artesanais sejam eles quais forem, a maionese é o molho que nunca pode faltar.

Receita de maionese caseira: aprenda duas maneiras simples e infalíveis de como fazer maionese artesanal

Maionese verde (veja nossa receita), de páprica, de bacon, são inúmeras versões e por isso, na receita de hoje, vamos te ensinar uma receita caseira tradicional e você nunca mais vai errar ou fazer feio com os amigos.

Na primeira versão, vamos usar o mixer de mão e na segunda o liquidificador, ambos eletrodomésticos que todo mundo tem em casa. Dá até pra bater na mão usando o fouet ou batedor de arame.

Chega de papo e partiu mão na massa:

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Guia do Hambúrguer (@guiadohamburguer) em


Confira o passo a passo:

Maionese Caseira no mixer de mão

Ingredientes:

  • 200ml de óleo de canola (outros tipos também são aceitos como girassol e soja)
  • 1 ovo caipira (a gema deixa a cor mais amarelinha)
  • Meia colher de sopa de mostarda
  • Sal e pimenta
  • Limão

Modo de fazer:

  • Em um recipiente de 700ml ou com formato semelhante a este despeje o ovo

em um recipiente de 700ml ou com formato semelhante despeje o ovo

  • Tempere com sal e pimenta

tempere com sal e pimenta

  • Coloque algumas gotinhas de limão a gosto

coloque algumas gotinhas de limão a gosto

  • Coloque meia colher de sopa da mostarda, mas é importante lembrar que esse ingrediente pode também ser colocado a gosto

coloque meia colher de sopa da mostarda

  • Despeje uma pequena quantidade do óleo só para ajudar a bater no início

despeje uma pequena quantidade do óleo só para ajudar a bater

  • Nessa versão usamos o mixer em uma velocidade alta para bater a maionese

nessa versão usamos o mixer em uma velocidade alta para bater a maionese por ser uma quantidade consideravelmente pequena

  • Depois de bater um pouco e deixar a maionese mais esbranquiçada, comece a colocar o óleo em fio e continue batendo

depois de bater um pouco e deixar a maionese mais esbranquiçada, comece a colocar o óleo em fio e continue batendo

  • Continue batendo até chegar no ponto correto

continue batendo até chegar no ponto correto

Como fazer no liquidificador

Ingredientes:

  • 400ml de óleo de canola (outros tipos também são aceitos como girassol e soja)
  • 2 ovos caipira (a cor mais amarelinha)
  • 1 colher de sopa de mostarda
  • Sal e pimenta
  • Limão

Modo de fazer:

  • Despeje os ovos completos ou apenas as gemas no liquidificador

em um recipiente despeje os ovos

  • Adicione algumas gotinhas de limão a gosto

adicione algumas gotinhas de limão a gosto

  • Tempere com sal e pimenta

tempere com sal e pimenta

  • Adicione uma colher de mostarda

adicione uma colher de mostarda a gosto

  • Despeje uma pequena quantidade do óleo só para ajudar a bater

despeje uma pequena quantidade do óleo só para ajudar a bater

  • Nessa versão usamos o liquidificador em uma velocidade média alta para come;car a bater

nessa versão usamos o liquidificador em uma velocidade alta para bater a

  • Depois de bater um pouco e deixar a maionese mais esbranquiçada, comece a colocar o óleo em fio e continue batendo

depois de bater um pouco e deixar a maionese mais esbranquiçada

  • Continue batendo e regule a velocidade para mais ou para menos de acordo com que a maionose vai subindo até chegar no ponto correto

continue batendo até chegar no ponto correto

Curtiu esse post? Comente o que achou e não esqueça de seguir o Guia do Hambúrguer nas redes sociais e ficar ligado nas novidades e em mais receitas!

Conheça a Penny Burger: hamburgueria virtual geek inspirada na série The Big Bang Theory

oferecimento

Já pensou pedir um hambúrguer e ter que escolher entre um Newton, um Einstein, um Galileu ou um Doc Brown? Agora isso é possível na Penny Burger, hamburgueria virtual geek de São Paulo (SP) inspirada na série The Big Bang Theory, que atende exclusivamente pedidos feitos pelo UberEats na capital paulistana.

A hamburgueria homenageia a personagem Penny Hofstadter da série, além de buscar inspiração também no universo geek e nerd para cativar seu público.

Quem acompanha Penny no Instagram, fica sabendo de curiosidades sobre o universo dos hambúrgueres, pode participar de quizes com temáticas geek e conhecer em primeira mão sobre as novidades e promoções da hamburgueria.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Penny Burger (@pennyburgeroficial) em

A Penny Burger é especializada em ultrasmash burgers, que são carnes extremamente finas, inspiradas nos tradicionais american cheeseburguers.

Com carne 100% Angus certificada, as opções do cardápio recebem toques especiais da casa como molhos secretos.

Além de Newton, Einstein, Galileu e Brown – o primeiro smash à base de plantas de São Paulo – também podem ser encontradas no cardápio a Penny e Ada Lovelace.

Os burgers custam a partir de R$ 14.

“São Paulo é a capital mais geek do Brasil. É um público muito fiel, que busca a identificação com marcas que entendem seus gostos pessoais e que dialogam com seus perfis de consumo. E o hambúrguer é uma opção universal. Quem não curte um bom burger para acompanhar aquele filme ou série preferidos?

A proposta da Penny é fornecer uma boa experiência unida aos momentos de lazer dos clientes”, diz Lucas Lanna, sócio da casa.

Recentemente, a Penny Burger expandiu sua operação e também pode ser encontrada pelos geeks da capital mineira, Belo Horizonte.

Mas será que eles vão ficar apenas no mundo dos deliveries? Uma hamburgueria temática pede experiência e com certeza envolver o público no tema e ter aquele contato com seus ídolos potencializaria as vendas e o conceito. Mas, por enquanto esperamos essa fase passar até que a circulação das pessoas voltem à normalidade. E os fãs da hamburgueria vão aguardar por novidades.

Curtiu? Não esquece de deixar seu comentário e seguir o Guia do Hambúrguer nas redes sociais para ficar por dentro dessas e outras novidades do mundo do Hambúrguer.

Receita: aprenda a fazer o Cheese Skirt Burger ou hambúrguer com “saia de queijo”

oferecimento

Muitas vezes fazer o que todo mundo já conhece de uma maneira diferente é suficiente para se chegar a um resultado completamente surpreendente, esse é o Cheese Skirt Burger.

Nada mais é do que um cheeseburger que leva apenas pão, carne e queijo feito com muito queijo ralado sobre a chapa e tostado e que impressiona na hora de servir na hamburgada ou até mesmo numa receita especial da hamburgueria.

Receita: aprenda a fazer o Cheese Skirt Burger ou hambúrguer com "saia de queijo"

E a gente garante que o queijo derretido dessa forma passa a ter um sabor muito mais concentrado e intenso, o que faz com que o conjunto também seja percebido diferente na hora da mordida. Sem contar a crocância que acrescentamos no hambúrguer.

Chega de papo e vamos para a prática?

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Guia do Hambúrguer (@guiadohamburguer) em


Confira o passo a passo:

Ingredientes:

  • Blend de sua preferência – tente sempre respeitar a regra dos 20-25% de gordura, costumamos utilizar as carnes da Beef Boutique
  • Pão brioche, usamos sempre os da Casa Victoriana Pães
  • Queijo de sua preferência, aqui usamos o tipo prato. Para essa receita certifique-se de que o ingrediente seja natural e não processado

Modo de fazer o Cheese Skirt Burger:

1- Comece ralando grosso o queijo queijo prato – pode ser muçarela, cheddar ou outro desde que não seja muito mole ou processado

Comece ralando grosso o queijo queijo prato - pode ser muçarela, cheddar ou outro desde que não seja muito mole ou processado

2- Passe manteiga no pão para chapeá-lo depois

Passe manteiga no pão para chapeá-lo

3- Com o disco de carne moldada na mão, passe um pouco de manteiga clarificada em sua base, isso ajuda selar o pão e também a dar um sabor extra

Com o disco de carne moldada na mão, passe um pouco de manteiga clarificada em sua base, isso ajuda selar o pão e também a dar um sabor extra

4- Coloque sal e pimenta a gosto (conheça nosso dispensador de sal)

Coloque sal e pimenta a gosto

5- Hora do hambúrguer ir para a chapa

Hora do hambúrguer ir para a chapa

6- Mais um pouco de manteiga clarificada no outro lado da carne

Mais um pouco de manteiga clarificada do outro lado da carne

7- Tempere o outro lado com sal e pimenta a gosto (conheça nosso dispensador de sal)

Tempere o outro lado com sal e pimenta a gosto

8- Acerte o ponto do seu hambúrguer como preferir e vire (normalmente 2 minutos a 2 minutos e 30 segundos para hambúrgueres de 180g ao ponto)

Acerte o ponto do seu hambúrguer como preferir e vire (normalmente 2 minutos a 2 minutos e 30 segundos para hambúrgueres de 180g ao ponto)

9- Enquanto o burger finaliza, hora de colocar o queijo na chapa. Despeje o produto ralado em forma de disco na chapa

Enquanto o burger finaliza, hora de colocar o queijo na chapa. Despeje o produto ralado em forma de disco na chapa

10- O segredo aqui é não mexer, deixe a crosta formar sozinha

O segredo aqui é não mexer, deixe a crosta formar sozinha

11- Enquanto isso chapeie o pão

Enquanto isso chapeie o pão

12- Coloque a coroa do pão (parte de cima) sobre o queijo derretido

12- Coloque a coroa do pão (parte de cima) sobre o queijo derretido

13- Retire o burger da chapa e deixe-o descansando

Retire o burger da chapa e deixe-o descansando

14- Retire o queijo em formato de saia (skirt) da chapa, ela cobrirá seu hambúrguer

Retire o queijo em formato de saia (skirt) da chapa, ela cobrirá seu hambúrguer

15- Monte seu hambúrguer sobre a base do pão

Monte seu hambúrguer e escolha os acompanhamentos preferidos para um cheeseburger, a gente vai de pão carne e muuuuuito queijo tostado

16- Finalize com o skirt e escolha os acompanhamentos preferidos para um cheeseburger, a gente vai de pão carne e muuuuuito queijo tostado

Finalize com o skirt e escolha os acompanhamentos preferidos para um cheeseburger, a gente vai de pão carne e muuuuuito queijo tostado

17- Agora é só se deliciar! Conte para a gente nos comentários como foi sua experiência com a receita

Não esqueça de seguir o Guia do Hambúrguer nas redes sociais e ficar ligado nas novidades.

Mc Donald’s venderá edição limitada do molho especial do Big Mac

oferecimento

A partir do dia 1º de setembro será possível matar a saudade de Méqui com um dos itens mais cobiçados da rede: o icônico molho especial do Big Mac, que passa a ser vendido separadamente em frascos de 190g ou potes de 23g.

Além disso, a marca também lança uma edição especial do burger, o Duplo Big Mac, que leva quatro hambúrgueres em sua composição.

Essa é a primeira vez que o molho especial será vendido nos restaurantes do país, anteriormente, um lote especial foi vendido durante uma campanha do McDia Feliz. Para esta ação, apenas uma quantidade limitada de cada opção foi produzida e distribuída pelos restaurantes em todo o território nacional.

Méqui venderá edição limitada do molho especial do Big Mac

De uma coisa nós sabemos, o Mc Donald’s sabe fazer bem seus molhos e esse é o ingrediente que acaba diferenciando um hambúrguer do outro, dando aquele gostinho de Méqui que todo mundo conhece.

O pessoal do marketing não dá bobeira por lá e aproveitou essa fase difícil com os ânimos baixos para montar uma campanha que mira na nostalgia do público:

“Sabemos que nossos consumidores estão com saudade de frequentar nossos restaurantes e dos bons momentos que estão atrelados ao Méqui. Por isso, decidimos atender um dos principais pedidos que recebemos: oferecer a possibilidade de adquirir o famoso molho especial do Big Mac.”

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por McDonald’s Brasil (@mcdonalds_br) em


Os fãs da marca podem usar e abusar do ingrediente no restaurante ou em casa adicionando o sabor conhecido e que faz parte da memória afetiva de muita gente, tanto nos burgers quanto nos acompanhamentos.

Vejam como serão as possibilidades para adquirir o molho especial do Big Mac:
• McOferta Média com Pote 23g: McFritas, bebida, Duplo Big Mac e pote de 23g – R$ 29.90
• McOferta Média com Frasco 190g: McFritas, 4 unidades de McNuggets, bebida, Duplo Big Mac e frasco 190g – R$ 34.90

Para comunicar a novidade, a marca prepara uma campanha nacional que vai abordar a saudade de Méqui e o amor dos consumidores pelo Número 1 (como era conhecido o combo com o hambúrguer por muito tempo no Brasil), o Big Mac.

Ah, mas se a campanha acabar e mesmo assim você sentir falta do molho, pode deixar que estamos preparando um vídeo da versão caseira.Méqui venderá edição limitada do molho especial do Big Mac

Para acompanhar as novidades do Méqui, acesse www.mcdonalds.com.br .

Curtiu? Não esquece de deixar seu comentário e seguir o Guia do Hambúrguer nas redes sociais para ficar por dentro dessas e outras novidades do mundo do Hambúrguer.

Burger King apresenta até 70% OFF no delivery da madrugada com cenas que parecem irreais!

oferecimento

O Burger King decidiu relembrar com as cenas mais inusitadas das madrugadas em suas lojas e promoveu sua nova campanha “O melhor do BK, sem o pior do BK”.

Todos esses meses de isolamento se passaram e a conclusão é que a saudade de sair de casa está constantemente presente no dia a dia do brasileiro. Saudade do restaurante preferido, de sair com a família e, principalmente, das noites divertidas com os amigos.

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por @burgerkingbrasil em


A campanha, além de reforçar a atuação da marca com os três principais parceiros de delivery, também apresenta seis ofertas especiais, em pedidos feitos pelos aplicativos Rappi, Uber Eats e iFood, com até 70% de desconto entre 00h e 5h da manhã.

Criada pela DAVID, a campanha ressalta o lado inusitado das cenas encontradas na madrugada dos restaurantes da marca. “O filme é um retrato real do que costumava acontecer de madrugada no BK. As cenas são compostas por material encontrado na internet, vídeos enviados por consumidores e vídeos captados por uma equipe de plantão nas lojas antes da pandemia”, explica Rafael Donato, VP de criação da DAVID.

“Buscamos estar sempre antenados no comportamento dos nossos clientes para poder criar ofertas e serviços que atendam suas necessidades. Vimos por meio de nossas redes sociais menções recorrentes sobre a saudade de estar em nossas lojas, e decidimos brincar com nossas próprias ‘situações constrangedoras’ por meio dessa campanha, a fim de trazer mais leveza a nossos consumidores nesse momento de pandemia, afirma Thais Souza Nicolau, Diretora de Comunicação e Inovação de Burger King. A marca foi pioneira em oferecer entregas durante a madrugada, contando com esse serviço desde 2018.

A ação “O melhor do BK, sem o pior do BK” é exclusiva para delivery. Para quem optar por fazer as refeições nos restaurantes da rede, vale lembrar que o Burger King está abrindo gradualmente em algumas regiões, de acordo com as orientações das autoridades e reforçando os protocolos de saúde necessários, e já conta com cerca de 85% de seus restaurantes abertos.

A campanha, que estreou no dia 5 de agosto nos meios digitais, terá duração até 19 de agosto. Consulte os restaurantes participantes no site oficial da marca.



Reabertura dos restaurantes

Para além do delivery, o Burger King já está em processo de reabertura de seus restaurantes no Brasil. Nesse contexto, a marca conta com uma série de medidas para garantir a segurança de seus colaboradores, bem como de seus consumidores.

Entre elas estão a distribuição kits de máscaras para todos os colaboradores em atividade, o reforço nos procedimentos de lavagem das mãos a cada meia hora e, além disso, o uso das luvas, o reforço no procedimento de limpeza dos caixas, balcões, mesas, entre outros, e álcool em gel disponível para os clientes.

Todas as unidades contaram com a instalação de telas de acrílico em seus caixas, a implementação de material de Trade Marketing exclusivo para distanciamento de pessoas nos salões e nas filas, termômetros para a medição de temperatura nas lojas diariamente e um time de Segurança do Trabalho 100% dedicado a monitorar e auxiliar em todos esses processos.

Curtiu? Não esquece de deixar seu comentário e seguir o Guia do Hambúrguer nas redes sociais para ficar por dentro dessas e outras novidades do mundo do Hambúrguer.

Veterinário se reinventa e cria delivery de hambúrguer para sobreviver à pandemia

oferecimento

O médico veterinário Ricardo Alarcon Santos Filho, formado há oito anos e natural de São João da Boa Vista-SP, é um dos tantos exemplos de pessoas espalhadas pelo Brasil que encontraram na arte de fazer hambúrguer para delivery uma solução para os atuais problemas econômicos que assolaram parte do país durante a pandemia causada pelo novo coronavírus.

Mesmo sendo apaixonado pela sua profissão, o veterinário, que levava como hobby o preparo de carnes, resolveu estudar e de alguma forma se profissionalizar ao fazer diversos cursos nacionais e internacionais que fariam dele um mestre assador.

Diferente de um churrasqueiro tradicional que trabalha somente na churrasqueira e com carnes tradicionais, o mestre assador executa suas técnicas também em fogo de chão, varal, entre vários outros tipos.

O sucesso foi tanto, que Ricardo passou a ser contratado para eventos corporativos, privados e enxergou ali uma oportunidade para elevar sua produção. Depois desse insight de negócio, o veterinário decidiu investir em uma nova ferramenta de trabalho, um defumador amador, conhecido por aplicar a técnica American Barbecue. Infelizmente a ânsia por novos horizontes foi interrompida pela a chegada do novo coronavírus, que decretou quarentena e cancelou todos os eventos.

“Minha fonte de renda principal sempre foi a clínica veterinária, o trabalho de mestre assador era um hobby por eu gostar muito de mexer com carne e em todo tempo deste meu “passatempo”, eu sempre disse que faria de tudo, menos vender hambúrguer por ser tradicional na minha área”, contou Ricardo.

Ricardo Alarcon Santos Filho

A pandemia chegou e junto com ela o desafio para milhares de brasileiros de se reinventar economicamente. Ricardo também não escapou e sofreu com a queda de movimento da sua clínica. Com todos os eventos cancelados pela proibição de aglomeração, sua única saída foi usar a ferramenta novinha em folha para defumar hambúrgueres.

“Foi minha única opção no momento, fiquei preocupado no começo por essa técnica não ser popular em São João, não sabia como os moradores reagiriam e fui muito surpreendido. Meu lanche de hambúrguer defumado foi muito aceito e hoje, a venda deles via delivery passou a ser minha fonte de renda, e o melhor, é que eu estou amando me dedicar ainda mais nesse novo ramo”, contou ele.

 

Ver essa foto no Instagram

 

🍔👊🔥🤘

Uma publicação compartilhada por Ricardo Alarcon (Geléia) (@geleia.bbq) em


O que antes era uma ação inesperada, hoje Ricardo enxerga como um feito para a população de sua cidade, já que agora todos tem a oportunidade de conhecer as técnicas e os sabores de hambúrguer defumado, o que trouxe um diferencial para o mercado de delivery!

E você, gosta de defumar carnes e hambúrgueres em sua casa? Ou no seu restaurante e hamburgueria? O Guia do Hambúrguer testou e aprovou o Pit Ugly Drum Smoker – defumador compacto e poderoso ideal iniciar as atividades. E mesmo que sua demanda cresça é possível expandir comprando novos equipamentos e ter escala na defumação.

Pit Ugly Drum Smoker – defumador compacto e poderoso

Saiba mais clicando ==> a href=”https://guiadohamburguer.com/pit-ugly-drum-smoker-defumador-compacto-e-poderoso/”>Pit Ugly Drum Smoker – defumador compacto e poderoso

Curtiu? Não esquece de deixar seu comentário e seguir o Guia do Hambúrguer nas redes sociais para ficar por dentro dessas e outras novidades do mundo do Hambúrguer.

Receita: Hambúrguer com bacon crocante e cebola caramelizada

oferecimento

Que tal um belo hambúrguer com bacon crocante e cebola caramelizada para você fazer na sua casa ou até para ter esse clássico no cardápio da sua hamburgueria?

Receita hambúrguer bacon crocante e cebola caramelizada

Então vamos parar de papo, pega seu papel e caneta e anota todas as dicas que o The Big Boss, Marcos Vigorito, trouxe para gente!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Guia do Hambúrguer (@guiadohamburguer) em


Confira o passo a passo:

Ingredientes:

  • Blend de sua preferência – tente sempre respeitar a regra dos 20-25% de gordura, costumamos utilizar as carnes da Beef Boutique
  • Pão brioche, usamos sempre os da Casa Victoriana Pães
  • Queijo de sua preferência, aqui usamos chedddar natural
  • Bacon FA Defumados 
  • Cebola caramelizada, a receita você encontra aqui

Modo de fazer:

1- Antes de mais nadapré-aqueça a frigideira ou a chapa em fogo médio, não pode estar muito quente, deposite suas fatias de bacon e deixe-as caramelizar devagar, tem que ter paciência

1- Antes de mais nadapré-aqueça a frigideira ou a chapa em fogo médio, não pode estar muito quente, deposite suas fatias de bacon e deixe-as caramelizar devagar, tem que ter paciência

2- Antes de ficarem douradas por completo, vire e caramelize o outro lado. Assim que estiverem prontos, reserve.

2- Antes de ficarem douradas por completo, vire e caramelize o outro lado. Assim que estiverem prontos, reserve.

3- Unte seu blend com manteiga clarificada

3- Unte seu blend com manteiga clarificada

4- Tempere com sal e pimenta a gosto

4- Tempere com sal e pimenta a gosto

5- Com a chapa bem quente, coloque seu blend e despeje um pouco mais da manteiga clarificada, isso vai agregar mais sabor

5- Com a chapa bem quente, coloque seu blend e despeje um pouco mais da manteiga clarificada, isso vai agregar mais sabor

6- Não se esqueça de temperar o outro lado também

6- Não se esqueça de temperar o outro lado também

7- Depois de 2min30s, viramos o burger. O tempo na chapa vai depender da preferência do ponto.

7- Depois de 2min30s, viramos o burger. O tempo na chapa vai depender da preferência do ponto.

8- Hora de colocar o queijo para derreter

8- Hora de colocar o queijo para derreter

9- Enquanto o queijo derrete, aqueça sua cebola caramelizada. Seja generoso na quantidade

9- Enquanto o queijo derrete, aqueça sua cebola caramelizada. Seja generoso na quantidade

10- Burger pronto, junte com o bacon crocante e a cebola

11- Não esqueça de selar seus pãezinhos

11- Não esqueça de selar seus pãezinhos

12- Monte tudo e finalize seu burger

12- Monte tudo e finalize seu burger

Não esqueça de seguir o Guia do Hambúrguer nas redes sociais e ficar ligado nas novidades.