Arquivo da Tag: jardins

G Burger aposta em universo geek e hambúrguer grelhado com menos gordura

OFERECIMENTO

Em novembro de 2016, a G Burger foi inaugurada na R. Augusta (lado dos Jardins) – bem pertinho da padaria Galeria dos Pães. A hamburgueria traz uma proposta diferenciada para o tema da casa e também para o hambúrguer.

Fachada- G Burger

Assim que chegamos, notamos o ambiente super bem produzido e decorado. E está aí a primeira forma que a hamburgueria G Burger chama a atenção.

Quadros na parede - G Burger

A ideia é que o ambiente seja uma imersão no universo geek, mergulhando na paixão pelas séries de TV, filmes de ação, quadrinhos de super-herois, games e outros. Mesmo que você não viva cem por cento neste universo, todo mundo tem sua série favorita, filme inesquecível ou super-heroi preferido.

Ambiente - G Burger

O espaço é bem amplo, logo na entrada, existe um balcão e algumas mesinhas para duas pessoas. Cada uma das mesas tem um toque personalizado. Algumas com frases temáticas e outras com os conhecidos bonecos Funko Pop, tem muitos por lá…inclusive algumas raridades!

Bonecos Funko Pop! - G Burger

Mais para o fundo, o escudo do Capitão América e o martelo do Thor ficam pendurados nas paredes. Os mínimos detalhes foram pensados para montarem um clima realmente divertido e agradável.

Escudo do Capitão América e martelo do Thor - G Burger

Os grupos maiores podem se acomodar em mesas mais amplas no fundo do salão. Ou optarem pelo espaço exclusivo no ambiente que fica em uma área “externa”, mas totalmente coberta e climatizada.

Ambiente

A intenção é que o pessoal se reúna para os jogos, trocas de colecionáveis e tenha momentos agradáveis. Tudo isso acompanhado de muito hambúrguer, batatas fritas e milkshakes.

Espaço com chafariz, como se fosse uma praça pública - G Burger

O modelo de atendimento e cardápio são super simples. Assim que você entrar na G Burger, passa pela praça de preparação com os equipamentos e os hambúrgueres sendo grelhados. Com certeza é pra deixar todo mundo com água na boca.

Você faz o seu pedido direto no caixa. O cardápio tem preço único de R$ 19,00 por hambúrguer e você pode colocar qualquer ingrediente que preferir. Escolhe o pão com ou sem gergelim; queijos cheddar, prato, muçarela ou gorgonzola; o ponto do hambúrguer: mal passado, ao ponto ou bem passado; e os ingredientes como alface, tomate, cebola caramelizada, picles e bacon.

Cardápio na parede - G Burger

Pode também acrescentar mais um hambúrguer por R$ 6,00 ou pedir o dobro de queijo por mais R$ 3,00.

Cardápio - G Burger

Os vegetarianos e veganos não precisam se preocupar, a G Burger criou uma receita exclusiva de hambúrguer vegano à base de arroz integral, abobrinha e vagem, muito bem temperado e feito na chapa. Esta opção pode ser pedida no prato, pois o pão leva ingredientes de origem animal, mas se for vegetariano, peça no pão.

Todo o cardápio foi criado pela chef Cecília Aguiar, que tinha um desafio muito grande pela frente. A proprietária gostaria que o hambúrguer fosse mais leve, que pudesse ser comido todos os dias, sem preocupações com o excesso de gordura.

A proposta inicial era criar um hambúrguer sem gordura nenhuma para ser grelhado, mas não foi possível. Sabemos que a gordura tem seu papel fundamental na liga da carne e também no sabor do hambúrguer.

Depois de inúmeros testes, a chef Cecília Aguiar junto com a proprietária, chegaram no blend ideal com 10% de gordura. A mesma porcentagem de gordura usada pelos hambúrgueres clássicos de São Paulo.

Hambúrgueres na grelha - G Burger

A diferença é que na hamburgueria G Burger os burgers são preparados na churrasqueira a gás (o char broil), que acrescenta um sabor de churrasco inconfundível.

Cheddar derretendo sobre o hambúrguer - G Burger

Para o restante dos ingredientes, a G Burger também escolheu a dedo cada um deles e também com a preocupação que se combinassem entre si. O xodó é o pão. Testaram muitos pães que combinassem com o hambúrguer e que fossem feitos artesanalmente. Chegaram em uma padaria que fez duas opções: com e sem gergelim.

Hambúrguer pronto para ser embrulhado - G Burger

Nós experimentamos duas opções por lá, além do cheese burger. A primeira, nós combinamos bacon, cebola caramelizada, alface, tomate e queijo cheddar no pão com gergelim.

Batatas fritas na hora de servir - G Burger

Pedimos o combo com batatas fritas para mostrar a vocês como são servidos os burgers para os clientes.

Combo - G Burger

Veja como é o combo e os ingredientes em detalhe.

Combo depois de desembrulhar o burger - G Burger

Close no hambúrguer - G Burger

Ah, uma dica é pedir a batata frita no cone por R$ 12,00. Vem uma porção bem generosa, impossível sair com fome de lá. Mas se não quiser comer muito, peça a convencional por R$ 10,00, mas lembre que a gente avisou!

Fritas no cone, dá pra passar lá pegar uma dessa e curtir - G Burger

Depois é só aproveitar…

Bora abocanhar esse burger? - G Burger

O segundo combo que provamos foi o hambúrguer com muçarela, tomate, picles e bacon (não pode faltar pra gente) no pão sem gergelim. Nós sempre preferimos pedir ao ponto para mal, fique atento que a G Burger realmente entrega mal passado se você pedir.

Combo II - G Burger

Veja só o hambúrguer de pertinho:

Hambúrguer com muçarela, tomate, picles e bacon - G Burger

Nosso hambúrguer veio vermelhinho por dentro e manteve a suculência. O pão vem sempre chapeado e quentinho. Bem leve e claramente artesanal. Muito macio e gostoso. E a combinação cada um escolhe a sua com os ingredientes preferidos.

Ponto da carne - G Burger

A G Burger abriu as portas oferecendo um mega ambiente em uma casa espaçosa e confortável. É ótima para o almoço durante a semana, prática e rápida. E agradável para o jantar e finais de semana, quando você tem mais tempo para comer um hambúrguer e bater papo com os amigos.

Aliás, a proposta é que haja muitas reuniões entre amigos, o espaço é livre e ninguém vai se preocupar se estão há muito tempo se divertindo com jogos ou outras atividades. É essa a ideia da casa. Ser um ponto de encontro para os jovens que gostam de hambúrguer, milkshake e batatas fritas e gostam de estar sempre bem acompanhados fazendo o que gostam.

G Burger

Rua Augusta, 2931 – Jardins
São Paulo, SP
Horário de funcionamento: Terça e Quarta das 11h30 às 16h | Quarta a sábado das 12h às 22h e Domingo das 13h às 19h
Telefone (11) 3062-7502
delivery não

Este post é um publieditorial em que a qualidade do hambúrguer foi testada e aprovada. Nos comprometemos com a verdade em TODAS as nossas matérias – só falamos a verdade. Para convidar o Guia do Hambúrguer a conhecer e apresentar seu negócio, envie uma mensagem pelo nosso formulário ou para o e-email contato@guiadohamburguer.com.

ICI Brasserie – Jardins, São Paulo

OFERECIMENTO

Voltamos ao restaurante francês ICI Brasserie, que prepara uma receita única de hambúrguer em seu cardápio. Desde a última avaliação, comemos algumas vezes no ICI Brasserie e testemunhamos hambúrgueres ainda melhores.

Fachada - ICI Brasserie

A casa é do mesmo grupo de proprietários da Lanchonete da Cidade, Pirajá, Bar Astor, Bráz Pizzaria e outras casas. Muito bem decorada, imponente e agradável.

Bar - ICI Brasserie

Na entrada, avistamos o bar e um ambiente de espera, o salão é bem amplo, com mesas e sofás. O ambiente é muito bonito, decorado com estantes enormes, copos, cervejas e a marca registrada da casa, o barril de chopp vermelho. A música ambiente completa o clima de restaurante, um pouco mais formal que uma hamburgueria. Mas não se preocupe, nada que saia do comum.

Ambiente do salão principal - ICI Brasserie

A especialidade do ICI Brasserie são os pratos made in France, cervejas e sanduíches.

Entradas - ICI Brasserie

E um dos “sanduíches” é o ICI Burger, um hambúrguer de carne alta, queijo, cebola caramelizada e picles de pepino. Acompanhado de fritas custa R$ 41,00.

Cardápio de sanduíches - ICI Brasserie

Não será o hambúrguer mais barato da sua vida. Se quiser gastar menos, a opção é o cheese burger servido no balcão (nas mesas também) por R$ 25,00 – vale super a pena.

Cheese burger - ICI Brasserie

Fizemos o pedido de dois ICI Burger, um ao ponto e outro ao ponto para mal passado. Acompanhados de aioli, um tipo de maionese feita com alho.

Não demorou para ficarem prontos, foram servidos após uns 15 minutos depois do pedido.

ICI Burger - ICI Brasserie

A apresentação é muito boa, dispostos em uma pequena panela aquecida Staub, acompanhado de uma porção generosa de fritas. Ah, e vem um picles à parte.

As fritas são cortadas em palito bem finas, muito crocantes e gostosas. São artesanais e combinaram bem com o molho aioli.

Fritas - ICI Brasserie

Esta receita do aioli é um pouco diferente de outros que comemos, pois era um pouco rosado.

Aioli - ICI Brasserie

O hambúrguer é de tamanho médio com o queijo bem derretido por cima.

ICI Burger - ICI Brasserie

Embaixo da carne, há uma cama de cebola caramelizada. Tá aí um erro na montagem, porque a cebola molha o pão e faz com que ele não suporte o hambúrguer do começo ao fim. Além disso, quando você segura o hambúrguer, o peso da cebola faz com que o pão fique abrindo com o peso.

ICI Burger - ICI Brasserie

O pão em si é o mais neutro possível, quase não aparece no conjunto. Mas foi prejudicado pela cebola, mesmo selado corretamente e bem quentinho, ficou úmido na parte de baixo.

A cebola estava bem dourada, doce na medida certa, muito bem preparada e ainda com uma boa textura. O picles, provavelmente feito na casa, era levemente azedo e muito bem equilibrado, bom para comer com uma mordida do hambúrguer.

Por fim, a carne estava no ponto exato em ambos os burgers. Suculenta, macia, aerada e saborosa. Podia ter um pouquinho mais de sal, mas não consideramos um erro. Estava do tamanho do pão, alta e valia cada mordida, simplesmente impressionante.

Ponto do hambúrguer - ICI Brasserie

O ICI Brasserie não é uma hamburgueria, mas provou que evoluiu e faz um hambúrguer quase impecável. Com clima agradável e sofisticado, é ótimo para um jantar ou um almoço mais requintado. O preço não é dos mais baratos, mas lembre-se que qualidade maior exige um preço acima da média. Como opção, sugerimos o cheese burger de R$ 25,00 é tão bom quanto, mas não vem com as fritas.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3,5 estrelas
  • maionese(não avaliada)
  • porção3,5 estrelas
  • atendimento2,5 estrelas
  • espera (nenhuma)
  • cheese burgerR$ 25,00
  • preço(de R$ 40,00 a R$ 50,00 por pessoa) (de R$ 40,00 a R$ 50,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

ICI Brasserie

Rua Bela Cintra, 2203 – Jardins
São Paulo, SP
Telefone (11) 2883.5063 ou (11) 2883.5064
delivery sim

Burger Joint – Jardins, São Paulo

OFERECIMENTO

Depois de todo o alvoroço feito na época da inauguração do Burger Joint no Brasil, chegou a hora de avaliá-los.

Fachada - Burger Joint

Uns odeiam, outros amam, mas a fama do Burger Joint foi criada pelos brasileiros que viajam pra Nova Iorque e visitam a unidade hospedada pelo Le Park Meridien. Muitos piram ao entrar no hotel luxuoso, encontram uma hamburgueria secreta e clima underground atrás das cortinas vermelhas.

Entrada - Burger Joint

Lá, sempre tem uma uma fila de espera, você faz o pedido, paga e aguarda ficar pronto – já visitamos e gostamos. Mas nunca saímos por aí gritando que é o melhor hambúrguer do mundo. Nossa teoria é que o pessoal se impressiona pela viagem, pelo ambiente, pelo clima e acaba potencializando os sentimentos. Aliás, visitamos outros em Nova Iorque, como o Minetta Tavern e o Spotted Pig e consideramos melhores.

Ambiente - Burger Joint

Pelo que sabemos, Burger Joint não pretende ser o melhor hambúrguer do mundo. Segundo o fundador, o Steven Pipes, a ideia é servir um hambúrguer de qualidade que possa ser comido todos os dias, sem enjoar. É lógico que sabendo desta premissa, fica fácil de deduzir que trata-se de um hambúrguer com receita simples.

Ambiente - Burger Joint

A ideia era ter um único tipo de hambúrguer, que você possa tirar ingredientes. Nesta visita, percebemos que a estratégia para a loja do Brasil mudou um pouco. E com certeza a motivação foi o preço, muitos reclamavam.

Balcão - Burger Joint

Na prática, um cheese burger com 140g Angus agora custa R$ 20,00, o cheese salada (com alface, tomate, picles da casa, cebola roxa, ketchup, maionese e mostarda Dijon) custa R$ 22,00 e se adicionar bacon fica R$ 25,00. Um preço razoável, levando em consideração preço x qualidade dos produtos. Se optar por um burger duplo fica um pouco mais caro, um cheese burger duplo com 280g de carne e queijo duplo sai por R$ 33,00.

Na época da inauguração era mais caro, o hambúrguer custava R$ 23,00 e o cheese burger custava R$ 25,00. Que bom que o preço foi adequado.

Cardápio - Burger Joint

Uma porção de fritas para acompanhar o hambúrguer fica R$ 8,00. E o refrigerante R$ 5,00. O combo com o cheese salada custa um total de R$ 38,00, que na nossa opinião não é caro, pois não tem 10% de serviço – ainda levando em consideração o preço dos combos das redes de fast food – e não dá para comparar os produtos.

Cardápio de hambúrguer - Burger Joint

Nosso pedido foi um cheese bacon por R$ 23,00 e um refrigerante. Deixamos a batata pra lá, pois não são artesanais (as de Nova Iorque também não são). Outro detalhe é que o ketchup, mostarda e maionese não são artesanais, assim como fazem em todas as lojas do Burger Joint. Aos desavisados, a maionese é Hellmann’s, o Ketchup Heinz e a Mostarda Dijon Grey Poupon.

Pedimos ao ponto para mal passado, porém o atendente disse que eles trabalham apenas com “mal passado”, “ao ponto” e “bem passado”. Perguntamos como era o “ao ponto” e o “mal passado”, a resposta foi que “ao ponto” era rosado por dentro e “mal passado” era apenas selado – pedimos “ao ponto”.

Sentamos e aguardamos uns 10 minutos até nos chamarem. Pegamos o pedido no balcão e sentamos para comer. O hambúrguer vem embrulhadinho em papel branco, o tamanho é médio.

Hambúrguer e refrogerante - Burger Joint

O bacon é bem visível, assim como as duas fatias de queijo (Colby e cheddar branco) que eles usam. A realidade é que o Burger Joint ocupa a categoria de fast food premium, você consegue fazer uma refeição rápida, comendo um hambúrguer artesanal, sem muita frescura.

Cheese bacon - Burger Joint

A carne é alta, preparada no broiler. Assim que mordemos ficou nítido o sabor da grelha, muito gostoso. O ponto estava mais para bem passado do que para rosado, mas o hambúrguer ainda estava suculento. A carne estava macia, bem selada e no tamanho do pão.

Ponto do hambúrguer - Burger Joint

O pão é bem levinho, super neutro, ocupa apenas o papel do coadjuvante no conjunto. Vem selado, quentinho e na medida. O bacon poderia ser mais crocante, apesar de saboroso, poderia ser finalizado no momento do hambúrguer e acrescentaria uma textura diferente ao conjunto.

Os queijos são suaves, trazem um pouco de sabor e estavam bem derretidos. No Burger Joint, o queijo é derretido em um tipo de forno chamado de salamandra, para ganhar tempo. Só que esse processo atrapalha um pouco o ponto da carne, porque o calor é alto e o hambúrguer pode passar mais. E foi isso que aconteceu.

Apenas um cheese bacon não foi capaz de matar a fome. E queríamos testar o ponto “mal passado”, então pedimos mais um cheese burger. Sem demora ficou pronto.

Hambúrguer no broiler - Burger Joint

Entregue no mesmo padrão, mas neste, o queijo ficou bem mais bonito para a foto. A diferença mesmo foi o ponto, muito mais vermelho dentro, tava realmente bem mais suculento e saboroso. Na realidade, o ponto servido era ao ponto para menos, como gostamos e por isso ficou perfeito.

Cheese burger - Burger Joint

Então agora já saiba, se gosta do hambúrguer mais vermelho como nós, peça mal passado. Senão, peça ao ponto que não vem nada de carne vermelha.

Ponto do cheese burger - Burger Joint

O Burger Joint se mostrou uma ótima opção para um hambúrguer rápido e descontraído. O ponto forte de tudo foi o sabor de grelhado na carne, que é o ingrediente mais gostoso do conjunto – sem dúvidas. Se ainda não experimentou, vale a visita, mas alinhe as expectativas e seja realista, pois em São Paulo temos muitos hambúrgueres até melhores que o dos gringos.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3 estrelas
  • maionese(não avaliada)
  • porção(não avaliada)
  • atendimento2,5 estrelas
  • espera (nenhuma)
  • cheese burgerR$ 20,00
  • preço(de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa) (de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Burger Joint

R. Bela Cintra, 2116 – Jardins
São Paulo, SP
Telefone 2495-1019
delivery não

Meats – Pinheiros, São Paulo

OFERECIMENTO

De volta ao Meats, que já foi campeão do Ranking dos Melhores Hambúrgueres e, na última avaliação, deu uma caída nas posições.

O chef da casa é o famoso Paulo Yoller, que já esteve no comando do Butcher’s Market e há 4 anos abriu o Meats em Pinheiros – estourou. Nossa visita aconteceu justamente nesta unidade.

Entrada e o bar à esquerda - Meats

O horário era relativamente alternativo, domingo por volta de 16h30. Chegamos e tinha mesa disponível.

Detalhe do bar e do balcão - Meats

Demoramos um pouco para receber o cardápio. Não mudou quase nada desde a última vez que tivemos lá. Nem no ambiente, nem no cardápio. Exceto pelo cheddar, que não é mais o inglês – foi substituído pelo nacional.

Ambiente - Meats

O Meats tem o cardápio dos burgers básicos (Back to Basics), que oferece do cheese burger ao cheese salada bacon por valores entre R$ 22,00 a R$ 31,00.

Hambúrgueres básicos - Meats

Mas o diferencial da hamburgueria mora nas especialidades da casa, criações do chef Paulo Yoller. Estes burgers levam ingredientes e combinações não convencionais e acabam sendo bem interessantes. Hambúrguer não precisa ser só cheese salada ou cebola caramelizada com bacon. Mesmo tendo o cheese burger como nosso eterno favorito.

Cardápio dos burgers especiais - Meats

Fugimos do convencional e pedimos duas receitas do Chef’s Choice:

  • Double Trouble, pão de hambúrguer de mandioquinha, hambúrguer, cebola roxa caramelizada no chipotle, stracciatela (queijo de búfala) e picles doce de cebola roxa por R$ 37,00
  • Palha, pão de hambúrguer de mandioquinha, hambúrguer em cama de talo de coentro e pancetta, catupiry e mandioquinha palha por R$ 32,00

É, achamos os preços um pouco salgados, por outro lado, os ingredientes são mais complexos e com um custo mais alto, não dá para criticar, é uma questão de escolha.

Pedimos a tradicional porção de sweet fries por R$ 25,00 (inteira, tem a meia que custa R$ 16,00) uma mistura de batatas palito e batata doce frita – esse não tem desculpa, caro.

Entradas e saladas - Meats

Lógico que a primeira a ser servida foi a porção de fritas, não demorou quase nada. Percebemos que foi a porção mais correta que comemos por lá. Nenhuma batata havia passado do ponto e estavam muito bem servidas.

Sweetw Fries - Meats

As batatas estavam crocantes por fora e macias por dentro. Muito boas mesmo – surpreendeu. Falamos isso, porque em avaliações passadas o ponto fraco da casa era justamente a porção.

Em seguida, chegaram os hambúrgueres. Quando os burgers são os básicos, o Meats serve em uma cestinha igual a das batatas. Mas os burgers especiais são servidos no prato, mas calma, isso não significa que você deve usar garfo e faca para comer.

Esse é o Double Trouble, ótima apresentação, cuidadosa e bem detalhista. Eles levam bem a sério o ditado que o cliente come com os olhos. Gostamos disso, demonstra cuidado e capricho.

Double Trouble - Meats

Hora de provar. Primeiro o pão, estava macio e muito gostoso. Chapeado e bem selado. Melhorou bastante, suportou bem o hambúrguer e ainda acrescentou sabor ao conjunto.

Double Trouble - Meats

Ambos os burgers pedimos ao ponto, pois sabemos que a carne no Meats vem realmente vermelha. Para quem não sabe, não existe a definição “o ponto da casa” é vermelho ou rosa. Esse é um erro que algumas hamburguerias cometem, até mesmo sem perceber.

Double Trouble - Meats

Por convenção, os pontos de carne são: selado, mal passado, ao ponto e bem passado. É admissível ao ponto para mal passado e ao ponto para bem passado, seriam intermediários. E cada um deles tem uma faixa de temperatura que os definem – veja nossa matéria que explica tudo sobre como fazer um hambúrguer e os pontos da carne.

Já sabem o que aconteceu? Erraram o ponto. E é lógico que isso aconteceria, quando pedimos um hambúrguer ao ponto ele deveria vir rosado no meio e suculento. Em um hambúrguer ao ponto, não há carne crua ainda em hipótese alguma. Os dois hambúrgueres vieram mal passados e com a desculpa de que o “ao ponto” da casa é assim. Como o cliente vai adivinhar? Por isso que ponto de carne é um padrão, precisa ser igual em todos os restaurantes do mundo.

Nós até gostamos de hambúrguer ao ponto para mal passado, mas quando está completamente mal passado a gordura da carne acaba nem deretendo, perde sabor, perde consistência. E foi o que aconteceu.

A carne não estava suculenta, praticamente selado por fora e por dentro a carne estava quente, mas ainda crua.

A combinação do Double Trouble é harmoniosa, a cebola estava picante demais, podia ser mais suave e era equilibrada pelo queijo stracciatela e pelo picles doce que trazia o ácido e o doce ao conjunto.

O Palha era um conhecido nosso, uma receita com coentro, que é o ingrediente que mais se destaca. Nós adoramos. Mais uma vez a montagem estava impecável, dava gosto de olhar e vontade de comer.

Palha - Meats

Palha - Meats

O queijo catupiry é cremoso e quentinho. E a mandioquinha palha dá um toque visual e o crocante ao conjunto. Mas percebemos que poderia estar um pouco mais crocante.

Palha - Meats

O ponto da carne era o mesmo do outro hambúrguer, consequentemente com o mesmo erro. Uma pena.

Ponto dos hambúrgueres - Meats

O Meats já foi uma referência de hambúrguer para gente, mas hoje notamos que têm alguns pontos a melhorar. E sabemos que o chef Paulo Yoller realmente sabe fazer um hambúrguer incrível. Hoje achamos os preços um pouco fora de contexto, principalmente pelo que é entregue. É um hambúrguer bom, mas não encanta.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3 estrelas
  • maionese(não avaliada)
  • porção3 estrelas
  • atendimento2,5 estrelas
  • espera (nenhuma)
  • cheese burgerR$ 27,50
  • preço(de R$ 50,00 a R$ 60,00 por pessoa) (de R$ 50,00 a R$ 60,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Meats

R. dos Pinheiros, 320 – Pinheiros
São Paulo, SP
Telefone 2679-6323
delivery não

Burger Joint abrirá 3 unidades no Brasil, veja onde serão

OFERECIMENTO

Salão - Burger Joint Brasil

No fim de setembro deste ano, demos a notícia que a icônica hamburgueria de Nova Iorque Burger Joint viria para o Brasil abrir uma filial. A verdade é que eles chegaram para abrir três unidades no Brasil, duas em São Paulo e a outra ainda não foi definida.

Bar - Burger Joint Brasil

O plano inicial da rede Burger Joint era abrir a primeira loja no Shopping Top Center na Av. Paulista, mas acharam que não seria o mesmo clima que tinham em Nova Iorque, dentro do Hotel Le Parker Meridien. Então, encontraram um novo ponto para ser a primeira loja do país.

Balcão - Burger Joint Brasil

O endereço, segundo a divulgação, fica no bairro dos Jardins, Rua Bela Cintra, 2.116 – quase esquina da Oscar Freire. A nova previsão de inauguração é fevereiro, mas as obras ainda não começaram, vamos ver se conseguem cumprir este prazo. Achamos muito difícil, já que obras sempre tem seus atrasos. Fora isso, ainda tem a contratação de funcionários, treinamentos de funcionários e tudo mais que é necessário fazer para a abertura de um restaurante.

Mesas - Burger Joint Brasil

Pelas imagens, a decoração será muito bonita, ambiente todo em madeira, aconchegante e com luz baixa – como na matriz nova-iorquina. A ideia é trazer a experiência de Nova Iorque diretamente para o Brasil, mas lá a hamburgueria Burger Joint é muito simples, contrastando com o ambiente grandioso do hotael. Então, optaram por fazer algo grandioso para causar o mesmo impacto que o cliente passa ao entrar no Hotel Le Parker Meridien e depois entrar numa simples hamburgueria com mesas e paredes de madeira.

Cardápio - Burger Joint Brasil

O cardápio será exatamente o mesmo de Nova Iorque, confira:

Hambúrguer e Cheeseburger (simples ou duplo), alface, tomate, cebola, picles, ketchup, mostarda, maionese e batatas fritas. As bebidas serão água e refrigerantes, milkshakes (chocolate, baunilha e morango), cervejas especiais e brownie de sobremesa.

Hambúrguer e milkshake - Burger Joint Brasil

Entre os sócios da hamburgueria, estão o empresário Gui Chueire e o ator Bruno Gagliasso. O investimento segundo Chueire, um dos sócios, foi de 4 milhões de reais para as três unidades, contando infraestrutura e as luvas pagas à marca da Burger Joint.

Balcão - Burger Joint Brasil

Aguarde mais novidades, a primeira loja será na Bela Cintra, a do Top Center fica para ser inaugurada em seguida e o terceiro ponto ainda não foi definido.

Lanchonete da Cidade – Jardim Paulista, São Paulo

OFERECIMENTO

De volta à Lanchonete da Cidade, uma das mais antigas hamburguerias de São Paulo. Aprendeu a fazer hambúrguer como nosso conhecidíssimo Hambúrguer do Seu Oswaldo. E o mais legal é que contam isso no cardápio.

Fachada - Lanchonete da Cidade

Em 2011, a Lanchonete da Cidade ganhou o 1º lugar em nosso ranking, época que não havia tantas hamburguerias como hoje.

O tempo passou, o hambúrguer se modernizou e evoluiu, mas a essência permaneceu. Quem fazia hambúrguer bom, continuou com todas as chances de servir os clássicos deliciosos. Vamos conferir como o tempo contribuiu com a Lanchonete da Cidade.

Visitamos em uma sexta-feira à noite, a casa não estava tão cheia como de costume. Chegamos e sentamos, sem qualquer espera. Logo na entrada vemos o balcão. Preferimos sentar à mesa.

Balcão - Lanchonete da Cidade

O ambiente permanece exatamente o mesmo da resenha passada. Já os garçons, mudaram um pouquinho o visual. Gostávamos mais dos uniformes antigos.

Ambiente - Lanchonete da Cidade

Ao sentar, recebemos o cardápio e o garçon que nos atenderia foi apresentado. Primeiro acontece um pré-atendimento e depois vem o garçom atender realmente.

Ambiente - Lanchonete da Cidade

No cardápio, os clássicos continuam, mas agora com algumas novidades como o Bombom Black feito com carne da Swift Black, mini Bombom, Bombom no prato e outras variações.

Cardápio - Lanchonete da Cidade

Na Lanchonete da Cidade, há duas linhas de hambúrguer: o Bombom é um hambúrguer mais alto montado no pão francês redondo. Antes era apenas uma opção, mas com o tempo eles estão investindo mais na linha do Bombom, justamente porque o público hamburgueiro passou a gostar mais de carnes altas e hambúrguer ao ponto.

Cardápio de hambúrguer - Lanchonete da Cidade

E os burgers clássicos, que são preparados com o hambúrguer mais fininho e receitas da casa.

Cardápio de hambúrguer - Lanchonete da Cidade

Nossa escolha foi o clássico Bombom com queijo da casa e bacon por R$ 35,00. Nosso ponto da carne é ao ponto para mal passado, bem vermelho dentro. O acompanhamento foi a batata rústica, batatas cortadas com casca, alho e alecrim por R$ 18,50.

Entradas - Lanchonete da Cidade

Dez minutos mais tarde, chegaram o hambúrguer e as batatas, juntos. Particularmente gostamos da batata chegando primeiro e depois o hambúrguer.

A apresentação da porção é bem interessante, em um pote de metal e servida com bastante alecrim e alho por cima. As batatas são cortadas em rodelas. O tamanho da porção é suficiente para duas pessoas.

Batatas Rústicas - Lanchonete da Cidade

Não estavam tão crocantes como diz o cardápio, mas dá para perceber que são batatas artesanais e bem saborosas.

Batatas Rústicas - Lanchonete da Cidade

A maionese da casa incrementou bastante, muito gostosa e temperada com salsinha e alho. A consistência estava correta.

O Bombom parece ter diminuído de tamanho, não chega a ocupar o pão por completo. Dá para ver apenas o bacon, o queijo e o molho.

Bombom com a maionese à parte - Lanchonete da Cidade

Ah, lembrando que o pão tradicional do Bombom é o francês redondo, que estava crocante e fresquinho. Detalhe que não é um pão selado, então na parte de baixo encharcou bem.

Bombom com a maionese à parte - Lanchonete da Cidade

Começamos a comer e percebemos que o ponto estava exatamente como pedimos, consideramos este item fundamental.

Bombom com a maionese à parte - Lanchonete da Cidade

O queijo da casa é o estepe e vem em boa quantidade, super derretido. Por cima, o molho de tomates frescos e o bacon.

Achamos o bacon um pouco salgado demais e também não estava crocante. :/

Bombom com a maionese à parte - Lanchonete da Cidade

A carne estava suculenta e saborosa. Esse foi o ponto forte do hambúrguer. Textura boa, blend com quantidade de gordura proporcional, formando um bom conjunto. Estava com um leve sabor de grelhado também.

O atendimento foi bastante atencioso, perguntou se estava tudo correto e cumpriu seu papel.

Quando conhecemos a Lanchonete da Cidade, só havia um endereço, na Al. Tietê, onde visitamos desta vez. Hoje possui mais 4 endereços e sabemos que não é nada fácil manter o mesmo padrão em todos os endereços.

Nesta avaliação, o hambúrguer foi considerado bom, mas nem tanto quanto o da resenha anterior.

A Lanchonete da Cidade é um dos clássicos de São Paulo, ambiente bonito e retrô. Vale a pena experimentar e lembre-se, o hambúrguer avaliado foi o Bombom. Eles possuem outras versões de hambúrguer que não serão iguais a este.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3 estrelas
  • maionese4 estrelas
  • porção3 estrelas
  • atendimento4 estrelas
  • esperanenhuma
  • cheese burgerR$ 20,50 o clássico e R$ 29,50 o Bombom
  • preçode R$ 50,00 a R$ 60,00 (de R$ 50,00 a R$ 60,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Lanchonete da Cidade – Jardim Paulista

Alameda Tietê, 110 – Jardim Paulista

São Paulo, SP
Telefone (11) 3086-3399
delivery sim

Big Kahuna Burger – SP Burger Fest 4ª edição de 16 a 31 de maio

OFERECIMENTO

O Big Kahuna apresentou uma das melhores fotos do evento. E apesar de ainda não termos feito uma avaliação oficial da casa, sabemos muito bem o que eles oferecem. O ambiente não é grande, dividido em três, há dois salões internos e uma parte na varanda, onde ficamos.

Big Kahuna - SP Burger Fest 4ª edição
Balcão na entrada e geladeira com cervejas especiais

Big Kahuna - SP Burger Fest 4ª edição
Ambiente interno decorado com inspiração no filme Pulp Fiction de Quentin Tarantino

O cardápio tem foco no hambúrguer e não são poucos. Tem até o chamado Ezequiel, desafio de 5 hambúrgueres de 140g cada (700g no total), 10 fatias de bacon, 4 fatias de cheddar, 4 fatias de muçarela, 2 fatias de queijo estepe, alface, tomate, cebola roxa crua, crispy onions e maionese da casa no pão de hambúrguer por R$ 89,80 e ganha uma camiseta exclusiva.

Big Kahuna - SP Burger Fest 4ª edição
Cardápio parte I

Big Kahuna - SP Burger Fest 4ª edição
Cardápio parte II

Para o SP Burger Fest 4ª edição eles prepararam duas receitas:

1. Little Bastard por R$ 29,00
Dois hambúrgueres de 140g, queijo american cheese, fatia grossa de tomate caqui, alface, 2 fatias de bacon de costela, cebola grelhada e maionese de jalapeño no pão de hambúrguer.

2. Zed is Dead, baby por R$ 32,00
hambúrguer de 220g feito na manteiga trufada, cogumelo shitake, disco chocante de parmesão, tomates picantes salteados em azeite no pão de hambúrguer.

Big Kahuna - SP Burger Fest 4ª edição
Quadro com as receitas do 4º SP Burger Fest

Big Kahuna - SP Burger Fest 4ª edição
Mini cardápio com os hambúrgueres do 4º SP Burger Fest

Começamos com uma porção de Freaking Fries, batatas fritas onduladas cobertas com cheddar e bacon por R$ 20,80. Foram as primeiras a chegar. Porção ideal para duas pessoas, muito bacon e cheddar que são o diferencial desta porção.

Big Kahuna - SP Burger Fest 4ª edição
Freaking Fries com cheddar e bacon

Big Kahuna - SP Burger Fest 4ª edição
Veja esta delícia de perto

O pedido para os hambúrgueres foi um de cada, não dava para deixar de experimentar os dois hambúrgueres especais. Sem muita demora eles chegaram.

Primeiro o Zed is Dead, baby. Apresentação super bonita, hambúrguer grande aberto e exibindo os ingredientes que cobrem a carne. Apesar da manteiga trufada, o que nos causou um pouco de receio, estava com sabor leve, disco de parmesão crocante de verdade e tomates levemente apimentados. Muito gostoso o conjunto, completado pelos cogumelos shitake, pode pedir que não terá decepção.

Big Kahuna - SP Burger Fest 4ª edição
Zed is Dead, baby

Big Kahuna - SP Burger Fest 4ª edição
Hambúrguer de 220g, disco crocante de parmesão, shitake e tomates picantes salteados no azeite

O Little Bastard é um exagero de hambúrguer. Totaliza 280g de carne e mais bacon. hambúrguer de respeito, bacon estava crocante e super saboroso. Os protagonistas são estes, a salada e a cebola apenas acompanham. O toque final é a maionese de jalapeño, suave e muito saborosa, tivemos que pedir um pouco mais à parte de tão gostosa.

Big Kahuna - SP Burger Fest 4ª edição
E o grande Little Bastard

Big Kahuna - SP Burger Fest 4ª edição
Sao 280g de carne, fora o bacon e os demais ingredientes.

O ponto de ambas as carnes vieram perfeitos, bem vermelhos por dentro como gostamos, carne de qualidade. A única ressalva é que podia ser um pouco mais areada, para dar leveza ao burger.

Infelizmente não teve espaço para a sobremesa. Quem for conhecer o Big Kahuna tem que estar com a fome preparada, muitos itens que dispensam qualquer regime. O melhor é que não teve a decepção da foto com o que é apresentado na casa, montagem perfeita, podem conferir.

Big Kahuna

Alameda Lorena, 53 – Jd. Paulista
São Paulo, SP
Telefone (11) 3051-6268 ou 4561-6770
delivery não

Chez Oscar – SP Burger Fest 4ª edição de 16 a 31 de maio

OFERECIMENTO

Iniciando nossos posts do maior festival de hambúrgueres do Brasil, o SP Burger Fest escolhemos o Chez Oscar.

Do mesmo grupo do extinto Casa Nero e Chez Lorena, Bar de Cima, Bar Secreto, Chez Burger, Chez Mis e o Chez Oscar. Esta é a maior de todas as casas.

Surpreendentemente encontramos a casa cheia em plena segunda-feira à noite. Esperamos uns 10 minutos na varanda e entramos, estava uma noite fria.

Decoração e ambientes aconchegantes, iluminado com muitas velas. Super gostoso para curtir um jantar ou alguns drinks.

Chez Oscar - SP Burger Fest 4ª edição
Ambiente bem deorado e à meio luz

Chez Oscar - SP Burger Fest 4ª edição
Detalhes da decoração do Chez Oscar

Chez Oscar - SP Burger Fest 4ª edição
Mesas iluminadas à luz de vela

Eles possuem dois tipos de hambúrguer no cardápio regular:

1. Cheeseburger
hambúrguer caseiro de 180g, queijo gruyère ou muçarela, rúcula, tomate, cebola roxa, pepino, batata frita e maionese por R$ 42,00

2. The Black Burger
Pão preto australiano orgânico com hambúrguer caseiro de 180g, queijo cheddar, moho preto caseiro, cebola roxa caramelizada, picles e batata frita por R$ 45,00

Chez Oscar - SP Burger Fest 4ª edição
Cardápio regular

Mas hoje é dia de provar o cardápio especial do SP Burger Fest no Chez Oscar, que oferece mais duas receitas além das do cardápio:

1. Duo Mini
hambúrguer à milanesa e cheeseburger. Acompanha batata frita e aionses caseira por R$ 44,00

2. Kobe Burger
hambúrguer de Kobe de 200g, queijo gruyère, relish de pepino e cebola caramelizada. Acompanha batata frita e molho preto por R$ 48,00.

Chez Oscar - SP Burger Fest 4ª edição
Cardápio SP Burger Fest

Escolhemos um de cada, ao ponto. A idéia era experimentar o cardápio especia apenas.

Em pouco tempo estávamos servidos. O Duo Mini realmente é Mini. São dois pequenos hambúrgueres servidos com batatas fritas e maioneses da casa.

Chez Oscar - SP Burger Fest 4ª edição
Duo mini servido com batatas fritas

Um é um tradicional cheeseburger com bastante queijo derretido, super gostoso e ao ponto, bem vermelho por dentro. O outro um hambúrguer à milanesa, bem crocante por fora e com a mesma carne do cheeseburger. Tambem ao ponto. Bem servido em um pão de Mini burger com tomate e rúcula.

Chez Oscar - SP Burger Fest 4ª edição
Duo mini em detalhes

O Kobe Burger tem uma ótima e diferente apresentação, por conta do pão software roll e gergelim negro. O hambúrguer é alto e vem coberto de queijo gruyère. O relish de pepino e a cebola caramelizada ficaram em segundo plano.

Chez Oscar - SP Burger Fest 4ª edição
Kobe Burger servido com molho preto

O pão estava macio e com uma leve casquinha crocante na parte de cima. A carne no ponto exato estava correta, podia ser um pouquinho mais aerada, mas muito boa.

Chez Oscar - SP Burger Fest 4ª edição
Kobe Burger com queijo gruyère, cebolas caramelizadas, relish de pepinos no pão soft roll coberto de gergelim negro

As fritas que acompanharam os burgers são servidas em boa quantidade e completam o prato. Estavam sequinhas e quentes, podiam estar mais crocantes apenas. São cortadas em palitos bem fininhas.

Chez Oscar - SP Burger Fest 4ª edição
Ponto da carne bem vermelho garante suculência

O Chez Oscar é estreante no SP Burger Fest e foi um ótimo começo de festival. Lugar confortável, atendimento atencioso e bebidas diferentes. Experimente o chá tropical de limão siciliano e capim limão. Se gostar dele doce peça para adoçar, por padrão vem sem açúcar.

Chez Oscar

Rua Oscar Freire, 1128 – Jardins
São Paulo, SP
Telefone (11) 3081-2966
delivery não