Arquivo da Tag: ipiranga

Depot4 Hamburgueria – Ipiranga, São Paulo – SP

OFERECIMENTO

Após um ano de casa aberta no bairro do Ipiranga e tempo suficiente para a hamburgueria Depot4 Grilled Burger amadurecer e até abrir uma segunda casa no Tatuapé, voltamos para fazer a nossa avaliação.

Não é a primeira vez que visitamos a casa, na primeira oportunidade, fomos à noite, simplesmente para conhecer o que a hamburgueria podia oferecer. Levando tudo em consideração, o saldo foi positivo e retornamos.

Fachada - Depot4

Desta vez, resolvemos avaliar a hamburgueria Depot4 no almoço, normalmente um horário mais tranquilo, porém pode ser bastante traiçoeiro em questão de qualidade. Principalmente, se houver falta de atenção. Mas nosso objetivo era comer um hambúrguer realmente muito bom. E esta era a chance da hamburgueria Depot4 mostrar do que seria capaz.

A fachada é bem simples, na verdade, é um sobrado que foi transformado em uma hamburgueria. Ao lado da porta de entrada, o pessoal abriu o espaço e colocou um balcão com vista para a rua.

Assim que entramos, vimos o caixa e mais ao fundo a grelha e chapa, onde os hambúrgueres são preparados.

Balcão na entrada - Depot4

O ambiente é pequeno, mas existe a opção de pegar seu hambúrguer e ir para as mesas no andar superior. Aliás, o serviço da casa é o sistema em que o cliente pede e paga o hambúrguer no caixa. Assim que for chamado pela senha, retira seu pedido e vai para as mesas. Não há garçons e nem a cobrança da taxa de 10% de serviço.

Caixa ao lado e grelha ao fundo - Depot4

Seguindo esse conceito, o pessoal bolou um cardápio simples e com hambúrgueres a preço único. Primeiro, você escolhe o tipo de carne: regular beef (hambúrguer bovino de 180g) por R$ 24,90, white meat (hambúrguer de frango) por R$ 22 ou o spicy veggie (hamburguer vegetariano) por R$ 22.

Cardápio para montar seu hambúrguer - Depot4

O segundo passo é escolher o tipo de queijo: cheddar, prato ou gorgonzola; e o tipo de pão: brioche, clássico ou preto. E, para finalizar, adicionar os ingredientes que quiser: bacon, cebola caramelizada, alface, tomate, cebola roxa e picles. Tudo isso já está incluído no valor do hambúrguer escolhido no início – preço sem surpresas.

Aos que procuram hambúrgueres que vão além dos ingredientes clássicos, a Depot4 hamburgueria oferece quatro opções de hambúrgueres mais sofisticados no verso do cardápio. O que mais se destacou, sem dúvida, foi o The Tasty Jalapeño, que pode ser preparado com hambúrguer bovino por R$ 32 ou de frango por R$ 30 e leva jalapeño na carne e por cima ovo frito, bacon e queijo provolone no pão brioche.

Cardápio com as opções especiais - Depot4

Como acompanhamento, a hamburgueria Depot4 tem disponível as french fries (batatas rústicas com molho da casa) ou as onion rings (aneis de cebola empanados). Ambos custam R$ 8 meia porção, R$ 15 inteira ou mix.

Acompanhamentos

Nosso pedido foi um hambúrguer bovino (é lógico”!), queijo prato mais cheddar extra por + R$ 3, bacon, alface, tomate, picles, cebola roxa e maionese à parte. Como acompanhamento, uma porção individual de onion rings e um refrigerante, total de R$ 35,90.

Sentamos em uma mesa grande que ficava no piso térreo para esperar que nosso pedido estivesse pronto, bem em frente ao balcão na porta. Vista bem legal. Foi o tempo de fritarem as onion rings e terminarem o hambúrguer para que nosso pedido fosse entregue – bem rápido.

Vista da nossa mesa - Depot4

Começamos pelas onion rings, estavam quentinhas e crocantes. Não dá para negar que foram bem executadas, mas não é uma receita da casa. São onion rings industrializadas, assim como as batatas rústicas da casa. É uma forma de praticidade para as hamburguerias, mas gostamos mais quando comemos produtos artesanais e exclusivos.

Porç ão individual de onion rings - Depot4

Achamos também que a porção é um pouco pequena, podia vir um pouquinho mais. O molho que acompanhou era um tipo de maionese e achamos bem gostoso. Consistência aerada e bem saboroso.

Onion rongs com molho de acompanhamento - Depot4

O hambúrguer veio servido em uma cestinha forrada de papel personalizado, bem no estilo norte americano, com a maionese à parte ao lado. A apresentação é bem caprichada. Os dois queijos vieram derretidos em cima da carne, que estava sobre uma cama de bacon crocante. O pão brioche também é bem bonito e dá o toque final ao visual.

Hambúrguer e sua aionese à parte - Depot4

Assim que demos a primeira mordida, percebemos que todos os ingredientes estavam bem equilibrados, a alface, o tomate, a cebola e o picles muito fresquinhos. As fatias de bacon bem crocantes e saborosas, valem super a pena estarem lá. O pão é muito macio, selado na grelha e exibindo as marquinhas.

Hora de morder - Depot4

A carne estava no ponto exato. Quando fomos fazer nosso pedido, só poderíamos escolher mal passado, ao ponto ou bem passado – política da casa segundo o cardápio. Pedimos para a atendente explicar como seria um hambúrguer mal passado e um ao ponto. Segundo ela, o mal passado era apenas selado, a carne estaria crua dentro e o hambúrguer ao ponto seria rosadinho, “sangraria” um pouco. Na verdade, queríamos o “ao ponto para mal passado”, então explicamos que podiam tirar nosso hambúrguer um pouco depois do mal passado que estaria bom.

Pelo jeito eles entenderem direitinho como a gente queria, a carne veio bem vermelha por dentro, estava saborosa e com o o gostinho de churrasco. A hamburgueria Depot4 usa a churrasqueira à gás com pedras vulcânicas para preparar seus burgers.

Ponto da carne - Depot4

A textura estava correta, hambúrguer suculento e na medida, sendo o sabor principal do conjunto.

Outra surpresa boa foi a maionese da casa, em nossa primeira visita, mal conseguimos comer a maionese que veio junto com a porção. Foi nítida a melhora, desta vez, a maionese estava bem cremosa, aerada e temperada.

A hamburgueria Depot4 realmente evoluiu desde que abriu suas portas. Mostrou que sabe fazer um hambúrguer equilibrado, cobra preço justo e capricha no sabor. O principal ponto a melhorar são os acompanhamentos que, depois de 1 ano de casa e uma filial, já deveriam ser feitos artesanalmente pela hamburgueria. A maionese que antes era um dos pontos mais fracos, virou destaque, então se você não dispensa uma boa maionese no hambúrguer, vai se dar bem por lá.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3,5 estrelas
  • maionese3 estrelas
  • porção2 estrelas
  • atendimento2 estrelas
  • espera nenhuma
  • cheese burgerR$ 24,90
  • preçode R$ 30,00 a R$ 40,00 (de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Depot4 Grilled Burgers

Rua Costa Aguiar, 1421 – Ipiranga
São Paulo, SP
Telefone (11) 3294-1849
delivery sim

Busger, o ônibus escolar americano especializado em hambúrguer – Ipiranga, São Paulo

OFERECIMENTO

Fomos convidados a conhecer o Busger e experimentar os hambúrgueres grelhados que eles preparam no Ipiranga, mais especificamente na Av. Nazaré. O que mais chama a atenção é, sem dúvida, o tamanho do ônibus adaptado para se transformar em um enorme food truck, ou melhor um food bus.

Fachada - Busger

O projeto foi criado em 2014, com a união de dois amigos, os sócios Rodrigo Arjonas e Luciano Oberle. Desde 2015, com a ajuda de patrocinadores, o Busger foi criado e tem capacidade para estocar 2.000 hambúrgueres, sem contar batatas, refrigerantes e tudo mais.

Mesas e cadeiras - Busger

Inicialmente, a ideia era rodar e fazer vários eventos itinerantes por São Paulo, mas os sócios acabaram encontrando um bom ponto no Ipiranga e decidiram ficar por lá. A vantagem é que eles tem uma estrutura muito próxima de uma hamburgueria para seus clientes. Com mesas, cadeiras, cobertura e alguns confortos que um food truck estacionado na rua não tem como oferecer.

Ambiente - Busger

O visual é bem legal, fica dentro de um estacionamento, eles colocaram um piso de madeira e alguns ombrelones para ajudar na sombra. Tem capacidade para acomodar 90 pessoas.

O cardápio é até grande para um food truck, uma das vantagens de ter mais espaço é oferecer uma maior variedade. Mas é indispensável ter uma cozinha de apoio para a produção, como qualquer outro caminhão. O próprio sócio Rodrigo foi quem idealizou o cardápio com a ajuda de uma chef de cozinha, eles fizeram muitos testes para chegar no resultado que gostariam. Hoje o cardápio é bem diferente da inauguração, com mais opções.

Cardápio - Busger

No almoço, o Busger têm a promoção do combo por R$ 28,00 com hambúrguer (exceto o Bacon Supreme), batata pequena e refrigerante.

Combo - Busger

Os preços dos burgers variam entre R$ 18,00, como o Calabrês, hambúrguer de calabresa artesanal, vinagrete e queijo prato. O Shrek com bacon leva o título de mais caro, do tamanho certo da fome dos que gostam de um bom burger duplo de 160g, 2 fatias de queijo cheddar, 2 fatias de queijo prato, cebola roxa, tomate e maionese verde por R$ 32,00.

Já que estávamos lá para conhecer, acompanhamos a preparação dos burgers. Escolhemos os mais populares para mostrar o passo-a-passo para todos.

Primeiro, o chapeiro do Busger grelha o hambúrguer na churrasqueira com pedras vulcânicas, sempre usando sal grosso. Em seguida, acrescenta o cheddar para derreter.

Hambúrguer na grelha - Busger

Assim coloca o hambúrguer sobre o pão, nesta combinação o pão australiano, ele usa o maçarico para gratinar o queijo e deixar aquela crostinha por cima, um detalhe que eles não abrem mão.

Gratinando o cheddar - Busger

Esse é o resultado do hambúrguer chamado Busger, pão australiano, hambúrguer de 160g Angus, cheddar duplo gratinado, cebola caramelizada, tomate, agrião e maionese apimentada por R$ 20,00.

Esse é o hambúrguer que leva o nome do truck - Busger

Você pode também pedir uma porção de Mozzarela Sticks, porção com 10 palitos de muçarela fritos e crocantes por R$ 20,00. Nós colocamos alguns para acompanhar este burger.

Busger com mozzarela sticks - Busger

O segundo hambúrguer que provamos foi o lançamento chamado de Gourmezão, um dos mais vendidos segundo o pessoal. Este hambúrguer é montado no pão brioche, carne de 160g de Angus, geleia de pimenta, relish de pepino, queijo gouda derretido e cream cheese por R$ 25,00.

Hambúrguer com queijo gouda - Busger

O processo de montagem do hambúrguer é o mesmo, dá uma olhada no queijo gouda por cima da carne. Para quem não conhece, o queijo Gouda é aquele com a casquinha rosa, derrete muito bem e tem um sabor super suave.

Gourmezão, hambúrguer de 160g de Angus, geleia de pimenta, relish de pepino, queijo gouda derretido e cream cheese por R$ 25,00 - Busger

O Gourmezão combina o sabor azedinho do relish de pepino com o adocicado da geleia de pimenta. O cream cheese dá o toque final.

Gourmezão - Busger

Por último, o mais famoso e esperado Shrek, que começa com dois burgers grelhados, um com queijo prato e outro com queijo cheddar duplos.

Dois burgers com queijo prato e cheddar - Busger

Em seguida é acrescentado o bacon grelhado por cima de um dos burgers e a porção é generosa.

Dois burgers com bacon - Busger

Esse merece ser visto com zoom.

Zoom no bacon por favor - Busger

E, no final, você se depara com este monstro, apetitoso e que leva dois burgers, queijos cheddar, queijo prato, bacon, cebola roxa, tomate, maionese verde e custa R$ 32,00.

Shrek em carne e bacon - Busger

Conheça e aproveitem o Busger quando quiserem comer um hambúrguer grelhado, descontraído com os amigos, tomarem um chopp Baden Baden sem gastar muito. Tem bastante hambúrguer para agradar todos os paladares, inclusive vegetariano.

E vem novidade por aí, o pessoal do Busger já está montando um novo projeto que usará de base um ônibus londrino de dois andares. SERÁ INAUGURADO EM JUNHO de 2016 quando o Busger completa 1 ano.

Busger 2 andares - Busger

No segundo andar será a área em que os clientes sentam e fazem os pedidos, assim como uma hamburgueria tradicional. Super confortável né?

Segundo andar - Busger

Veja todos os lançamentos do Busger na página oficial no Facebook facebook.com/busger.official

Redes sociais - Busger

Busger – Ipiranga

Av. Nazaré, 1.765 – Ipiranga (de terça à quinta-feira das 12h às 23h | Sextas e Sábados das 12h à meia noite | Domingo das 12h às 23h | Segunda não abre)
São Paulo, SP
Telefone (11) 99553-2008
delivery não

Este post é um publieditorial em que a qualidade do hambúrguer foi testada e aprovada. Nos comprometemos com a verdade em TODAS as matérias que publicamos. Para convidar o Guia do Hambúrguer para conhecer e falar sobre seu estabelecimento, entre em contato ou por e-email escreva@guiadohamburguer.com.

Casa da Mortadela – Ipiranga, São Paulo

OFERECIMENTO

Existe uma lenda que diz que o hambúrguer que mora ao lado do Hambúrguer do Seu Oswaldo, o da Casa da Mortadela, é melhor que o do nosso velho conhecido. Resolvemos provar e contar nossa experiência.

Só pelo nome, fica difícil acreditar que em uma casa especializada em mortadela poderíamos encontrar um hambúrguer mais gostoso que o do Seu Oswaldo. Mas queremos muito ser surpreendidos.

Fizemos nossa visita em uma segunda-feira à noite, movimento até que razoável. O Hambúrguer do Seu Oswaldo estava em férias coletivas. Enquanto estávamos na Casa da Mortadela, ouvimos um casal que veio procurando o Hambúrguer do Seu Oswaldo e acabou ficando por lá.

Ambiente - Casa da Mortadela

Escolhemos um lugar no balcão, lá não tem mesas. O cardápio é super simples e enxuto. Cinco são as opções de hambúrguer bovino, há também o hambúrguer suíno e os lanches de calabresa e mortadela.

Cardápio - Casa da Mortadela

Todos os burgers vêm com molho de tomate, igualzinho ao seu vizinho famoso. Sentamos bem em frente à chapa para acompanhar tudo de perto.

Os burgers são bem finos, carne bem vermelhinha – o nosso velho conhecido hambúrguer tradicional. Não há ponto, nem arriscamos pedir. Mesmo porque já sabemos que dar ponto em hambúrguer fininho não dá certo.

Nossa escolha foram dois cheesesaladas, lógico que com molho e maionese, completinhos.

Na mesma hora do pedido, os burgers foram para a chapa.

Chapa com burgers - Casa da Mortadela

O pão é prensado e quentinho. Visualizamos o molho de tomate bem vermelhinho que vai por cima do queijo derretido. A alface vai por baixo do hambúrguer e a maionese no pão de baixo.

Chapa com os cheesesaladas prontos - Casa da Mortadela

A montagem faz bastante diferença no resultado final, até mesmo usando os mesmos ingredientes.

Os burgers chegaram, são servidos no prato de plástico e dentro de um saquinho de papel. Não precisa dizer onde também são servidos assim, né?

Cheesesalada servido no pratinho de plástico - Casa da Mortadela

Partimos para as mordidas. Hambúrguer super quente e fininho – bem passado. Começamos a morder e foi aí que a montagem interferiu. Lembra quando dissemos que a maionese estava no pão de baixo, sob a alface? Então, um dos “truques” que o Hambúrguer do Seu Oswaldo usa é deixar a maionese e o tomate juntinhos. O sabor dos dois combinados, além de deixar o hambúrguer “mais molhadinho”, é uma combinação perfeita.

Cheesesalada servido no pratinho de plástico - Casa da Mortadela

Na Casa da Mortadela fizeram esta mudança e acabou prejudicando o conjunto. A carne estava um pouco compacta, até mesmo devido ao ponto. Mas não atrapalhou. Não tem um sabor característico, mas estava razoavelmente suculenta.

O queijo estava derretido por cima do hambúrguer, uma fatia grossa de queijo prato. A alface acabou cozinhando um pouco embaixo do hambúrguer.

Cheesesalada - Casa da Mortadela

Ainda estávamos com fome, o hambúrguer realmente é bem fininho, é preciso comer pelo menos um e meio. Foi o que fizemos, pedimos um cheesemaionese, só para não ter o inconveniente da alface cozida.

Ficou pronto bem rápido e a montagem segue os mesmos padrões. Neste burger, sentimos melhor o sabor da maionese, a grande e marcante diferença com a versão original. A consistência é bem correta, sabor neutro, nenhum ponto que chamou nossa atenção.

Cheese maionese - Casa da Mortadela

A Casa da Mortadela, apesar de fazer um hambúrguer honesto, comete o grande erro de tentar fazer igual ao vizinho. Se você leu o texto desde o início, percebeu que é impossível comer lá e não comparar.

O problema da comparação é simples, não existe imitação tão boa quanto ao original. Enquanto você come o hambúrguer da Casa da Mortadela, fica esperando que seja o do Seu Oswaldo – mas não é e nem será. Nossa opinião é que a Casa da Mortadela poderia pensar em um diferencial para atrair e conquistar seus próprios clientes.

Apesar do hambúrguer da Casa da Mortadela se parecer com o do Seu Oswaldo em alguns momentos em sabor e visualmente, faltou personalidade. Foi esse o grande problema que notamos, gostamos de originalidade, de surpresas, de alma e personalidade em todos os hambúrgueres que comemos. Mas se pensarmos no custo x benefício, pode ser uma boa opção no Ipiranga.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer2 estrelas
  • maionese2 estrelas
  • porção(não tem)
  • atendimento2 estrelas
  • espera(nenhuma)
  • cheese burgerR$ 12,50
  • preçode R$ 20,00 a R$ 30,00 (de R$ 20,00 a R$ 30,00)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Casa da Mortadela

R. Bom Pastor, 1665 – Ipiranga
São Paulo, SP
Telefone (11) 2063-7004
delivery não
(não tem site)

2ª Burger Crawl – Hamburguerias clássicas de São Paulo: Hambúrguer do Seu Oswaldo, Osnir, Ypê, Joakin’s e New Dog

OFERECIMENTO

2ª Burger Crawl: hamburgurerias clássicas de São Paulo

O tema escolhido para esta nossa 2ª Burger Crawl foi os burgers clássicos de São Paulo. Só hamburgueria que está na estrada desde o início da cena hamburguística podia entrar no roteiro. Nosso pedido seria o mais tradicional e clássico dos burgers “O Cheese salada”.

Quando pensamos em clássico, o que vem na cabeça é aquela carne fininha e a maionese que é o grande diferencial de cada lugar. Não que o hambúrguer seja igual em todas, mas são muito parecidos.

E já sabemos que cada uma das casas que visitamos tem fãs fervorosos, que juram que o hambúrguer que eles mais gostam são os melhores de São Paulo, do Brasil e da vida. Mas fiquem tranquilos e segurem as emoções, a 2ª Burger Crawl Clássicos de São Paulo começa agora.

Ah, não podemos deixar de esquecer de nossos parceiros @clubedohamburguer, @burgerfestoficial e convidados especiais do @hamburgeiros

Hambúrguer do Seu Oswaldo

Desta vez tínhamos um ônibus que levaria os convidados a fazer o trajeto, atrasamos um pouco e começamos a pedir por volta de 20h30. O plano inicial era de 6 hamburguerias, como na 1ª Burger Crawl que fizemos, não sabíamos mais se daria tempo.

Fomos para o pedido, sem espera chegaram nossos clássicos cortados ao meio. Hambúrguer fininho, bem passado, alface lisa, queijo derretido e muito molho de tomate fresco e maionese branquinha. Aliás, precisamos contar um segredo, no Hambúrguer do Seu Oswaldo, a combinação da maionese com o molho é que faz com que o conjunto fique espetacular. Um foi feito para o outro e não vivem sozinhos.

Hambúrguer do Seu Oswaldo - 2ª Burger Crawl

O pão quentinho e chapeado, eles nem mesmo usam manteiga para isso. O importante é que o conjunto faz toda a diferença, não pode ficar faltando nem a maionese nem o molho. Outros burgers que são imperdíveis por lá são o Cheese Bacon Salada e o Cheese Calabresa Salada, o último não é com hambúrguer de calabresa não, as calabresas vem fatiadas por cima do hambúrguer, experimentem.

Hambúrguer do Seu Oswaldo - 2ª Burger Crawl

Não precisa dizer que o que cria a magia dos burgers do Hambúrguer do Seu Oswaldo é a combinação da maionese super leve e branquinha, não espere temperos complicados e sabores complexos, junto com o molho fresco de tomates, que é apenas tomate no estado líquido fazem a dupla perfeita. Quando for até lá, não se espante com o clima de boteco dos anos 50 e peça logo qualquer um dos burgers que indicamos e não vai se arrepender.

Não perca e leia nossa avaliação do Hambúrguer do Seu Oswaldo.

Osnir

A segunda parada foi o conhecido Osnir Hamburger, que fica na Av. Jabaquara e está lá há 45 anos pelo menos. Depois de várias reformas, a casa hoje está enorme, tem até dois andares. O cardápio foi atualizado e além de hambúrguer de picanha com 150g, criaram uma linha de hambúrguer tradicional mais alto e pesado. Voltaremos para experimentar.

Mas na nossa 2ª Burger Crawl, o negócio é o cheese salada, que rapidinho ficou pronto. Vem com duas fatias de tomate por baixo junto com a maionese, o hambúrguer por cima e uma porção generosa de queijo, alface crespa e o pão.

Osnir - 2ª Burger Crawl

A carne estava muito boa, ótima consistência e até rosada por dentro, super ponto positivo. A maionese do Osnir Hamburger é muito gostosa e leve, segue a mesma linha do Seu Oswaldo, sabor discreto mas que combina perfeitamente no conjunto.

Osnir - 2ª Burger Crawl

Pode ir tranquilo e não vai se arrepender, se quiser ver nossa avaliação acesse Osnir – Jabaquara.

Sorveteria e Lanchonete Ypê

Estranho um dos clássicos de São Paulo ser uma sorveteria e lanchonete né? Pois é, mais uma pro nosso roteiro. Para quem gosta, dá para pedir até um sorvete feito na casa depois do hambúrguer.

Partimos logo para o cheesesalada e o garçom já foi falando que a maionese de lá é deliciosa. Já conhecíamos, deem uma olhada em nossa avaliação da Sorveteria e Lanchonete Ypê (não reparem, já fizeram uma reforma que melhorou a fachada).

O clima também é de um bar antigo, o pessoal vai muito para tomar cerveja de garrafa e curtir a noite. E lógico que os mais espertos comem um hambúrguer e fecham com o sorvete.

Sorveteria e Lanchonete Ypê - 2ª Burger Crawl

O cheese salada da Sorveteria e Lanchonete Ypê veio com uma superdosagem de queijo derretido por cima. A carne estava gostosa e fininha. A alface crespa e o tomate completaram o burger.

A maionese foi o ponto alto sem dúvida, é bem mais temperada e ressalta o sabor sobre o conjunto. Quem é fã de uma boa maionese, não pode perder. Pena que hoje não deu para tomar aquele sorvetinho de pistache no final, como manda a tradição.

Joakin’s

Fomos embora para o cinquentão Joakin’s, por um milagre a casa não estava cheia. Mas foi apenas uma circunstância do dia da semana. Nos finais de semana costuma lotar, fila o tempo todo. É mais do que clássico sair da balada e mandar um cheese salada. Para outros é lembrança de infância, iam comer depois da escola ou nos finais de semana com os pais.

Pedimos nossos cheese saladas e logo fomos para o combate. No Joakin’s, a maionese vem por baixo, depois a carne, queijo no capricho, tomate, mais maionese e alface.

Joakin's - 2ª Burger Crawl

Ponto negativo foi que percebemos que o pão que estava esfarelando um pouco e o queijo não estava totalmente derretido, provavelmente pela quantidade.  A carne estava muito boa e levemente rosada, consistência correta. Mas achamos também que vem muito tomate, uma fatia seria o suficiente.

Mais uma vez a maionese destacou a personalidade da casa, em todos os clássicos é o que mais faz a diferença.

New Dog

Atravessando a rua, entramos no concorrente número um do Joakin’s, o New Dog. Dois anos mais novo que o Joakin’s, o New Dog não tem nome de hamburgueria, mas sim de casa de cachorro quente. Mas é mesmo conhecida pelos burgers e adivinha? A maionese, claro.

Não ia mais dar tempo de partirmos para a 6ª hamburgueria naquele noite de Burger Crawl, então resolvemos finalizar com um milk shake de chocolate, especialidade da casa. Enquanto o hambúrguer não chegava, fomos bebendo. Muito gostoso, não estava muito doce e tinha bastante calda – super recomendamos.

O cheese salada desta vez se transformou em cheese salada bacon! É, não resistimos e pedimos um bacon extra. Foi uma boa escolha, vem crocante e saboroso.

Não gostamos muito da carne do hambúrguer, estava compacta demais, não foi uma boa experiência. O resto estava na medida, alface, tomate e maionese fizeram o cheese salada que fechou a noite. Destaque para a maionese verde que estava bem gostosa.

Quer participar das próximas Burger Crawls? Aguarde que teremos novidades.

Vintage Burger, hambúrguer grelhado no char broil na região da Vila Mariana e Ipiranga

OFERECIMENTO

O Vintage Burger foi inaugurado em setembrode 2012, com a missão de oferecer hambúrgueres artesanais com inspiração nos lanches norte americanos.

Entrada da hamburgueria Vintage BurgerEntrada da hamburgueria Vintage Burger

O ambiente é clean e decorado com elementos específicos dos anos 50 e 60, que remetem desde motocicletas até artistas da época, como Elvis Presley e Marilyn Monroe.

Ambiente decoradoAmbiente decorado

Na entrada encontramos um grande luminoso da Harley Davidson e uma réplica de bomba de gasolina. Há muitos lugares em mesas ou sofás e bastante espaço, dificilmente encontrará longa espera.

Detalhe da decoração e luminoso da Harley-DavidsonDetalhe da decoração e luminoso da Harley-Davidson

A chopeira é personalizada, montada dentro de um motor Sete Galo (750 four Honda) que foi objeto de desejo dos brasileiros e era a queridinha dos “playboys” e as “minas” da época. As serpentinas estão sempre congeladas e seus quatro cilindros despejam Chopp Brahma e Brahma Black super gelados.

Chopperira personalizada em um motor 750 HondaChopperira personalizada em um motor 750 Honda

O conceito da casa é a preparação do hambúrguer artesanalmente, escolhendo o fornecedor de carnes certo para chegar a um produto final de qualidade. Escolheram o boi da raça Angus, por ser de qualidade superior, uma raça europeia originada na Escócia há 200 anos.

A preparação dos hambúrgueres é toda feita em char broil, que reproduz a forma como os norte americanos fazem churrasco. O char broil é uma maneira de ter uma churrasqueira a gás que aquece pedras vulcânicas e deixam a temperatura ideal para grelhar um hambúguer. O sabor fica muito superior aos preparados em chapa, pois deixa a essência do churrasco marcado no lanche.

hambúrguer grelhado em Char BroilHambúrguer grelhado em Char Broil

O cardápio é inpirado nas melhores receitas nova iorquinas, deixando disponíveis desde os lanches tradicionais e muito bem aceitos no Brasil, até receitas especiais.

No cardápio as três porções principais são as tradicionais fritas, servidas em um copo alto que dá uma bela aparência à porção e deixa a apresentação diferenciada.

Porção de fritas servida em copo decorativoPorção de fritas servida em copo decorativo

No prato eles servem as conhecidas onion rings que não podem faltar e também a mandioca creme, que cada vez mais toma espaço no cardápio. São cubos de mandioca cremosa, fritos e servidos em quantidade para 2 pessoas. São crocantes por fora e cremosos por dentro.

Porção de onion rings e mandioca cremosaPorção de onion rings e mandioca cremosa

Para o hambúrguer, experimentamos o tradicional cheese bacon salada com maionese à parte e pedimos a carne ao ponto. O hambúrguer de 200g de picanha veio bem montado, com uma ótima aparência. O hambúrguer vem coberto de cubos de bacon fritos, queijo gruyère em quantidade (podem pedir queijos diferenciados que mesmo não estando no cardápio podem ser usados nos lanches). Bastante alface americana e tomate. O pão já é um velho conhecido nosso, a maioria das boas hamburguerias da região usam esta marca.

A maionese foi um caso à parte, boa consistência e quantidade, estava bem temperada com salsinha e super gostosa. Vale a pena!

Cheese bacon salada com queijo gruyère e maionese à parteCheese bacon salada com queijo gruyère e maionese à parte

Além dos hambúrguere que podem ser montados, o Vintage Burger oferece as receitas especiais, que vem servidas em pão diferenciado e acompanhadas de porção de fritas individual.

O Sophia Loren é preparado com hambúrguer, queijo gorgonzola, tomate seco, azeitonas italianas, pancetta, anéis de cebola, rúcula e maionese de alho por R$ 24,80.

Hambúrguer que homenageia Sophia LorenHambúrguer que homenageia Sophia Loren

Detalhes do hambúrguer Sophia Lorem Sophia Loren: hambúrguer, queijo gorgonzola, tomate seco, azeitonas italianas, pancetta, anéis de cebola, rúcula e maionese de alho Detalhes do hambúrguer Sophia Lorem Sophia Loren: hambúrguer, queijo gorgonzola, tomate seco, azeitonas italianas, pancetta, anéis de cebola, rúcula e maionese de alho

O Harley-Davidson leva hambúrguer de picanha de 200g, queijo gruyère, alface americana, tomate, cebola, pickles, maionese temperada por R$ 27,30.

Hambúrguer que leva o nome de marca famosa de motoHambúrguer que leva o nome de marca famosa de moto

Harley-Davidson: hambúrguer de picanha de 200g, queijo gruyère, alface americana, tomate, cebola, pickles, maionese temperadaHarley-Davidson: hambúrguer de picanha de 200g, queijo gruyère, alface americana, tomate, cebola, pickles, maionese temperada

Para quem quiser um lanche maior, com 2 hambúrgueres pode optar pelo John Wayne, que além da dupla carne, leva champignon, shiitake salteado, alecrim, bacon, maionese de alho, alface, pão de gergelim por R$ 23,80.

O lanche é preparadao com 2 hambúrgueres, leva champignon, shiitake salteado, alecrim, bacon, maionese de alho, alface, pão de gergelimJohn Wayne foi um ator famoso nos anos 40 e 50

Detalhes do hambúrguer Sophia Lorem Sophia Loren: hambúrguer, queijo gorgonzola, tomate seco, azeitonas italianas, pancetta, anéis de cebola, rúcula e maionese de alho O lanche é preparadao com 2 hambúrgueres, leva champignon, shiitake salteado, alecrim, bacon, maionese de alho, alface, pão de gergelim

Agora é a vez de vocês experimentarem o Vintage Burger e dizerem o que acham.

Vintage Burger

Av. Dr. Ricardo Jafet, 1889 – Vila Mariana
São Paulo, SP
Telefone 2385-0800
delivery não

Este post é um publieditorial. Saiba que nos comprometemos com a verdade em qualquer matéria que publicamos. Para convidar o Guia do Hambúrguer para conhecer e falar sobre seu estabelecimento, é só entrar em contato.

Nico Hamburgueria – Ipiranga: inauguração marcada para 15 de maio

OFERECIMENTO

O mercado de hambúrguer está maravilhoso. Várias casas novas estão inaugurando e as novidades não faltam. Mais uma hamburgueria será inaugurada em São Paulo: Nico Hamburgueria. Dos mesmos proprietários da rede de pizzarias Sala Vip, do restaurante italiano Nico Pasta & Basta, agora vão inaugurar uma casa de hambúrgueres no bairro do Ipiranga.

Tradicional já no ramo, o bairro do Ipiranga também é o lar de outros nomes tradicionais como o Hambúrguer do Seu Oswaldo, Kaskata`s Lanches, A Hamburgueria e Burguer Place – quase todos já avaliados por nós.

Fachada

Fachada

E pelo jeito a Nico Hamburgueria se diferenciará completamente dos concorrentes do bairro, exibindo um ambiante super sofisticado e divertido com brinquedos de época.

Decoração com brinquedos de época

Salão com grande lustre e mesa para dez pessoas.

Salão com grande lustre e mesa para dez pessoas

Bonecos famosos.

Decoração com bonecos famosos

Decoração com bonecos famosos

A data prevista para a inauguração é 15 de maio. Será que o hambúrguer será um concorrente de peso para o título do melhor hambúrguer.

Nico Hamburgueria

Rua Cisplatina, 31 – Ipiranga em São Paulo, SP em São Paulo, SP
Telefone 2062-8000 – delivery: não informado

Ranking 2011: Os melhores hambúrgueres de São Paulo

OFERECIMENTO

Para começar bem 2012, organizamos o tão esperado ranking dos melhores hambúrgueres de 2011. Classificamos nossa lista apenas com os hambúrgueres avaliados conforme as notas que demos para cada hamburgueria. Claro que o critério mais importante foi o hambúrguer, seguido da maionese e da porção. E não se esqueçam, nossas avaliações são feitas sem que o estabelecimento saiba para não haver qualquer tipo de interferência, queremos compartilhar nossas experiências como clientes comuns e com total veracidade.

Organizamos este ranking baseados apenas nas visitas que fizemos em 2011, algumas hamburguerias importantes não apareceram pois ainda não foram avaliadas. Aguardem que estamos criando o ranking geral que será atualizado a cada nova visita e ficará disponível permanentemente. A opinião de todos os leitores é muito importante até mesmo para visitarmos as mais pedidas primeiro.

……………………………………………………………………………………………………………………………

E finalmente os 10 melhores hambúrgueres de São Paulo

[fechado] Burdog – Vila Mariana

OFERECIMENTO

Depois de avaliarmos o lanche para viagem do Burdog, voltamos e fizemos a avaliação completa da tão famosa hamburgueria. Com 43 anos de existência, o Burdog já fez parte do Chicohamburger e em 1975 foi rebatizada. Atualmente a rede possui 3 endereços e visitamos o mais novo deles na Ricardo Jafet. Para estacionar, é possível deixar o carro com o vallet ou optar pelas ruas ao redor.

Fachada - Burdog

Chegamos no horário do jantar, em uma quinta feira perto das 21h. Tinham poucas mesas ocupadas, no máximo 3, então chegamos e sentamos para escolher o hamburguer da noite.

O ambiente é todo novo, na cor verde e muito bem iluminado. Nas paredes encontramos alguns quadros com gravuras de lanches e porções.

Ambiente - BurdogAmbiente - Burdog

Dá para escolher em sentar no balcão, bem de frente à chapa e assistir toda a preparação dos lanches. Se preferir, muitas mesas com cadeiras estão disponíveis. O atendimento foi bem rápido, mesmo porque não haviam muitos clientes.

Ambiente - Burdog

O cardápio vai além dos hambúrgueres, podemos escolher pratos rápidos e até um omelete que vem muito bem servido. O Burdog oferece três opções para a carne do hambúrguer: tradicional, de picanha e de frango. Os acompanhamentos são bem diversificados e eles até sugerem algumas combinações. Por exemplo, a Especial, praparada com molho à base de pimentões e tomates cozidos em vinagre e açúcar, servidos com pepino em conserva e cebola crua, Zé Mineiro com maionese Burdog e molho Especial sem pepino e cebola e Burdog com alface, tomate, maionese Burdog, bacon, pepino e cebola crua. Não tivemos dúvida, pedimos um Cheese Burdog (x-Burdog) com a cebola frita e de hambúrguer de picanha que ficou em R$ 23,00 e uma porção de onion rings por R$ 17,30.

Cardápio - BurdogCardápio - Burdog

Cardápio - BurdogCardápio - Burdog

Cardápio - Burdog

Sem demora, a primeira a chegar foi a porção de onion, bem quentes e sequinhas. Estavam douradinhas, saborosas e em quantidade ideal para 2 pessoas. Feitas com massa grossa e tempero suave, consideramos uma porção tradicional e muito gostosa.

Onion Rings - Burdog

O cheese Burdog (x-Burdog) é um lanche grande, muito bem recheado, logo que chega já avistamos todos os ingredientes sem mesmo dar a primeira mordida. Montado com cuidado e preoupado em exibir a imponência de um lanche caprichado, o cheese Burdog (x-Burdog) impressiona à primeira vista.

Cheese Burdog (hambúrguer de picanha, alface, tomate, maionese Burdog, bacon, pepino, cebola frita e maionese à parte) - BurdogCheese Burdog (hambúrguer de picanha, alface, tomate, maionese Burdog, bacon, pepino, cebola frita e maionese à parte) - Burdog

O queijo vem bem derretido, seguido de um bacon com bastante carne, cebola frita, pepino em conserva e a alface no topo. O tomate fica por baixo da carne para não ficar escorregando, a maionese à parte também facilita em não deixar o lanche desmontar enquanto comemos. A carne estava bem temperada, hambúrguer de altura média, não percebemos muita diferença em relação ao hambúrguer tradicional, mas estava muito gostoso.

Os ingredientes fizeram sua parte e sentimos o sabor de todos, sem exceção. O bacon, um dos principais estava suave, ao ponto, não roubou a cena mas não passou desapercebido. O pão estava macio e fresquinho, deu conta de tudo sem molhar ou esfarelar, com certeza era de qualidade.

A maionese do Burdog nunca foi o ponto forte, preferimos maioneses mais temperadas e com gosto mais marcante. A consistência também é um pouco diferente das que preferimos, é mais firme ao invés de cremosa. De qualquer forma, mesmo com o sabor suave não deixamos de lado.

Consideramos o Burdog, de forma geral, hamburgueria tradicional e experiente no ramo. Os lanches e as porções são gostosos e bem servidos, ingredientes de qualidade e bem servidos. Tudo é ideal para quem está procurando um hambúrguer experiente e sem “frescuras”.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer2 estrelas
  • maionese3 estrelas
  • porção3,5 estrelas
  • atendimento3 estrelas
  • espera (não houve)
  • estacionamento Estacionamento próprio em frente à loja.
  • preçode R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa (de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Burdog (Vila Mariana)

Av. Dr. Ricardo Jafet, 3304 – Vila Mariana
São Paulo, SP
Telefone 2366-1038
delivery sim