Lanchonete da Cidade faz revolução dos hambúrgueres ao conceito

oferecimento

A Lanchonete da Cidade é uma casa que admiramos há muito tempo. Foi campeã do primeiro Ranking Guia do Hambúrguer 2012 quando ainda fazia seus hambúrgueres na churrasqueira a carvão. Muitos burgers se passaram, quatro novos endereços foram inaugurados e este ano a Lanchonete da Cidade decidiu que precisava repaginar-se.

Fachada com novo logo - Lanchonete da Cidade em nova fase

A primeira mudança aconteceu de dentro para fora e tudo começou com o desenvolvimento de uma nova marca e identidade visual das casas. Mais moderna, atualizada e antenada com o mercado, a Lanchonete da Cidade assumiu que o carro-chefe é realmente o hambúrguer. Antes, eles eram uma lanchonete, muitos pratos, sanduíches e também hambúrgueres. Agora, o foco é o hambúrguer. Não deixando dedatendidos seus bons e velhos clientes que buscavam pratos além do hambúrguer nosso de cada dia.

Balcão da entrada com novo visual - Lanchonete da Cidade em nova fase

O ambiente também mudou, o clima retrô de lanchonete deu lugar à uma decoração puxada pro industrial. Detalhes lembrando a tradição da marca para manter a referência. Até o atendimento passou por mudanças e atualizações.

Salão em clima mais aconchegante - Lanchonete da Cidade em nova fase

A primeira loja a receber as mudanças foi a de Pinheiros, mas a nossa visita aconteceu na primeira e nosso endereço preferido da Lanchonete da Cidade: Alameda Tietê, 110 – Jardim Paulista.

Ambiente renovado  - Lanchonete da Cidade em nova fase

O cardápio e as receitas foram o epicentro de tudo. Antes, a casa oferecia algumas receitas de hambúrgueres fininhos ou o tradicional Bombom, com carne mais alta e suculenta. Nós confessamos que sempre pedíamos o Bombom, imbatível entre os burgers da Lanchonete da Cidade.

Cardápio - Lanchonete da Cidade em nova fase

Agora, os hambúrgueres fininhos foram transformados em smash burgers com 110g, prensados na chapa e com muito mais sabor vindo da crostinha formada na carne. Você pode pedir simples, duplo ou do tamanho que sua fome quiser.

O Bombom, que sempre foi preparado com carnes ainda mais nobres, recebe agora um blend 100% Angus da grife de carnes 481 Prime Cater, uma das marcas mais consagradas de carne do Brasil e idealizada por Marcelo Shimbo. Outra característica marcante do Bombom é o pão chamado de Bossa Nova, com a casca semelhante a um pão francês, combina muito bem com o disco de carne, molho de tomate e queijo.

Cardápio - Lanchonete da Cidade em nova fase

Uma das inspirações da Lanchonete da Cidade sempre foi o Hambúrguer do Seu Oswaldo. Eles mantém no cardápio, lá no rodapé a frase: “Dica, aprendemos a preparar nossos hamburgers com carinho quando conhecemos o Seu Oswaldo – R. Bom Pastor, 1657, no Ipiranga. Vale a Visita!

A curiosidade de tudo isso é que a Lanchonete da Cidade, apesar de parecer uma jovem senhora cinquentona, tem apenas 14 anos. Mesmo assim, a quase debutante é pioneira perto da maioria das hamburguerias que temos hoje abrindo a todo o momento no Brasil.

Para conhecer a revolução feita no cardápio, pedimos um clássico da casa, o Amarelinho que custa R$ 26 em versão simples e com hambúrguer adicional mais R$ 8.

Amarelinho - Lanchonete da Cidade em nova fase

É o cheese egg da casa, montado com queijo Canastra, tomate, ovo caipira frito na manteiga Aviação, pimenta do reino e flor de sal.

Que baita cheese egg - Lanchonete da Cidade em nova fase

Nós gostamos da gema bem molinha, então não esqueçam de avisar o atendimento que gostam de como a gente. O molhadinho da gema dá um sabor especial ao conjunto e o queijo Canastra um pico de sabor.

Amarelinho pronto para ser devorado - Lanchonete da Cidade em nova fase

Entre os lançamentos, a maior novidade e estrela da vez é, sem dúvida, o Paris. Hambúrguer que leva o queijo Brie Serra das Antas, cogumelos shitake e
molho poivre (molho à base de pimenta do reino) no pão de brioche caramelizado e com dois cortes no meio por R$ 38. O visual lembra muito os pães de pretzel dos Estados Unidos, porém a massa é bem leve e macia.

Paris - Lanchonete da Cidade em nova fase

É uma combinação bem marcante também, os cogumelos marcam presença e o queijo brie traz a potência do sal no conjunto. O pão é bem leve e gostoso, dá o toque final no visual do hambúrguer.

Paris - Lanchonete da Cidade em nova fase

O Bombom, que antes era o nome de uma das opções de hambúrguer, agora passa a nomear todos os hambúrgueres de 180g do cardápio. Então, qualquer opção de hambúrguer pode ser feita com a carne do Bombom 180g ou smash com 110g.

Nosso pedido foi o clássico que custa R$ 26 e adicionamos o queijo da casa por R$ 4 e o bacon por R$ 5. A combinação é a que nos remete ao tempo que conhecemos os burgers da Lanchonete da Cidade.

Clássico com bombom - Lanchonete da Cidade em nova fase

Essa é nossa receita favorita, pão com casca crocante, hambúrguer no ponto certo, queijo derretido, molho de tomate e o bacon da casa.

Clássicom com bacon - Lanchonete da Cidade em nova fase

E vem embrulhado como um bombom.

Clássico - Lanchonete da Cidade em nova fase

Para acompanhar, pedimos uma nova versão de batatas rústicas, cortadas em rodelas, macias por dentro e crocantes por fora. Agora, em versão com páprica por R$ 19 e serve facilmente duas a três pessoas.

Rústicas na versão spicy - Lanchonete da Cidade em nova fase

Provamos também o antigo Black Power e agora nomeado de Black, ganhou um extra de bacon caramel e gorgonzola dinamarquesa por R$ 27 na versão smash ou R$ 37 com 180g.

Black com bacon caramel e gorgonzola dinamarquesa - Lanchonete da Cidade em nova fase

E pedimos no ponto que mais gostamos, ao ponto para mal passado, onde o hambúrguer tem o ápice da suculência. Mas se você não gostar, não se preocupe, eles preparam do jeito que você preferir.

Super suculência - Lanchonete da Cidade em nova fase

A porção que combinamos com o Black foram as novíssimas batatas doces. Mas não é batata industrializada não, é a nossa batata nacional bem caramelizada por fora e super, super macia por dentro por R$ 19.

Batata doce - Lanchonete da Cidade em nova fase

E se você tem um amigo que não come carne vermelha ou até é vegetariano, a Lanchonete da Cidade tem opções vegetarianas de falafel e tem o hambúrguer de salmão para dar aquela variada.

Tokyo - Lanchonete da Cidade em nova fase

A combinação é inspirada nas receitas orientais e leva hambúrguer de salmão fresco, pepino agridoce, molho tarê, maionese de wasabi, crispy de salmão e rúcula selvagem por R$ 42.

Tokyo - Lanchonete da Cidade em nova fase

A Lanchonete da Cidade prova que as hamburguerias podem evoluir sim e acompanhar o mercado de hambúgueres atual, por mais que já estejam estabelecidas no mercado. Nós estamos vivendo uma verdadeira revolução do hambúrguer no Brasil e as casas que não acompanharem vão ficar para trás.

Outro ponto fortíssimo da marca é que tudo é preparado lá artesanalmente. Não é porque a casa entrega alto volume que precisa comprar os insumos todos semi-prontos, esquecer da qualidade e só focar no lucro e no giro. Reforçaram há um certo tempo a equipe com a figura forte e conhecida do chef Benny Novak, apostaram na qualidade e inovação. Veremos que as hamburguerias preocupadas com inovação e qulidade vão permanecer e terão vida longa.

Lanchonete da Cidade

Al. Tietê, 110 – Jardim Paulista – SP
São Paulo, SP
Telefone (11) 3086-3399
delivery sim