Arquivo da Tag: x-bacon

Butcher’s Market – Itaim Bibi

Depois de muito tempo, voltamos ao Butcher’s Market que fica no Itaim Bibi, já tínhamos feito uma avaliação na hamburgueria no passado, mas é hora de reavaliar (veja também a avaliação anterior). Desta vez, estivemos em um sábado à noite e a casa estava bem cheia. A espera era em torno de 1 hora, foi a parte negativa. Pior do que isso, foi conseguir uma vaga na rua, uma vaga com o manobrista teria sido bem mais rápido.

Fachada - Butcher's Market

Finalmente entramos. A decoração e o ambiente não mudaram nada em relação à visita anterior.

Bar na entrada - Butcher's Market

Ambiente suoer cheio - Butcher's Market

Cortes de carne desenhados nas paredes, mesas de madeira rústicas, luz moderada e elementos que remetem ao tema da casa: açougue.

Ambiente - Butcher's Market

A cozinha fica de frente para o salão - Butcher's Market

O cardápio também não mudou, tudo igualzinho. Os que chamam mais a atenção são:

  • Smokehouse Burger, hambúrguer de 180g, cebola caramelizada com bacon, rúcula fresca e mussarela ou queijo gorgonzola por R$ 37,00.
  • OT Burger, hambúrguer de 180g em cama de picles, queijo gorgonzola, bacon defumado, onion rings e molho doce apimentado por R$ 35,00.
  • Joint Burgerhambúrguer de 180g, alface, queijo muçarela, cebola roxa caramelizada, servido com maionese de rabanete da casa (levemente apimentada) por R$ 31,00

Cardápio de burgers - Butcher's Market

Cardápio de burgers - Butcher's MarketOs sócios da hamburgueria são coreanos, o que traz algumas particularidades ao cardápio, principalmente em relação à pimenta que está presente em muitas das receitas. Algumas entradas também levam uma inspiração clara na culinária coreana. O que achamos bem legal como diferencial.

Cardápio de porções - Butcher's Market

Cardápio de porções - Butcher's Market

Fizemos o pedido e não demorou quase nada para ficarem prontos, muito rápido mesmo – lembrando que a casa estava lotada, ponto para a cozinha. Segundo o garçon, o ponto dos burgers é bem vermelho por dentro, mesmo assim pedimos ao ponto para mal passado.

oint Burger, hambúrguer de 180g, alface, queijo muçarela, cebola roxa caramelizada, servido com maionese de rabanete da casa (levemente apimentada) por R$ 31,00

oint Burger, hambúrguer de 180g, alface, queijo muçarela, cebola roxa caramelizada, servido com maionese de rabanete da casa (levemente apimentada) por R$ 31,00

A aparência e apresentação dos burgers é super bacana, servidos no prato e acompanhados de um molho ou maionese. Todos com tamanho de médio a grande, exibindo os ingredientes da combinação. É fácil identificar que os pães são bem selados antes de serem servidos, ponto positivo e essencial.

Mushroom Burger, hamburguer de 180g, cogumelos paris frescos salteados no saquê, queijo muçarela e ketchup da casa levemente apimentado - Butcher's Market

Mushroom Burger, hamburguer de 180g, cogumelos paris frescos salteados no saquê, queijo muçarela e ketchup da casa levemente apimentado - Butcher's Market

Apenas olhando nosso hambúrguer, percebemos que o ponto estava como gostamos. O OT Burger é imponente, maior que os outros. As onion rings gigantes que fazem esse diferença. Na hora de comer, precisamos tirar duas delas e deixamos apenas uma sobre o hambúrguer.

OT Burger, hambúrguer de 180g em cama de picles, queijo gorgonzola, bacon defumado, onion rings e molho doce apimentado por R$ 35,00 - Butcher's Market

OT Burger, hambúrguer de 180g em cama de picles, queijo gorgonzola, bacon defumado, onion rings e molho doce apimentado por R$ 35,00 - Butcher's Market

Mordemos o hambúrguer e sentimos a crocância da cebola empanada e o sabor do gorgonzola. Foram os ingredientes mais marcantes da combinação. O bacon vem em pouca quantidade, é nítido e em todos os burgers o mesmo problema de racionamento de bacon.

OT Burger, hambúrguer de 180g em cama de picles, queijo gorgonzola, bacon defumado, onion rings e molho doce apimentado por R$ 35,00 - Butcher's Market

O molho apimentado e levemente doce completou o hambúrguer, super saboroso e levemente picante. A maionese decepcionou completamente,  pedimos à parte e infelizmente era industrializada – imperdoável.

A carne é definitivamente o ingrediente principal. Tamanho exato para o pão, fica levemente para fora. Hambúrguer de 180g, altura mediana facilita na hora de dar o ponto certo no bife. O ponto estava exato, acertaram em cheio, hambúrguer suculento e gostoso. Sentimos um pouco de falta de sal, apagou um pouco o sabor quando experimentamos apenas o hambúrguer – fazemos isso em todas as avaliações. Calibramos o sal do jeito que preferimos e o conjunto melhorou muito.

OT Burger, hambúrguer de 180g em cama de picles, queijo gorgonzola, bacon defumado, onion rings e molho doce apimentado por R$ 35,00 - Butcher's Market

A suculência e quantidade de gordura também estava equilibradas, garantiram uma boa experiência e um hambúrguer bem saboroso. O pão, além de selado, estava leve e não brigou com os outros ingredientes – fez o seu papel.

Finalizamos pedindo uma sobremesa de cookies, sorvete de macâdamia e calda alcoólica de chocolate. Tudo muito bom e harmonizado. Sem exagero ou excesso de açúcar.

Sobremesa de cookies, sorvete de macâdamia e calda alcoólica de chocolate - Butcher's Market

E o cheesecake da casa, muito bem feito e gostoso. Também valeu a pena.

Cheesecake - Butcher's Market

O Butcher’s Market é uma das primeiras hamburguerias que abriram e se focaram na carne. É óbvio que continua dando muito certo, apesar de pouco falada na mídia há algum tempo, estava lotada. O hambúrguer é gostoso e suculento, resultado do ponto da carne super correto. Hoje em dia é comum pedirmos hambúrguer e o ponto vir conforme o pedido, normalmente vem mais passado do que deveria.

Na nossa opinião, poderiam ter novidades no cardápio, mas por outro lado estão executando muito bem as combinações que já existem. Se não conhece ainda, vá e saiba que o ingrediente principal do Butcher’s Market é o hambúrguer, especificamente a carne.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3,5 estrelas
  • maionese(não avaliada – industrializada)
  • porção(não avaliada)
  • atendimento3,5 estrelas
  • esperapor volta de 1h
  • cheese burgerR$ 27,00
  • preçode R$ 50,00 a R$ 60,00 (de R$ 50,00 a R$ 60,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Butcher’s Market – Itaim Bibi

R. Bandeira Paulista, 164 – Itaim Bibi
São Paulo, SP
Telefone (11) 2367-1043
delivery não

Chip’s Burger ganha novo cardápio assinado pelo chef Greigor Caisley e reabre em novo endereço

A Chip’s Burger sempre foi uma hamburgueria tradicional, mas que gostava de inovar em seu cardápio. Arriscou em diversas receitas diferentes, mas chegou a hora de transformar um clássico em uma hamburgueria moderna. O chef Greigor Caisley foi o responsável por criar um novo menu com 6 novas receitas de hambúrguer harmonizados com cerveja.

O conceito é de um hambúrguer com 180g feito com um blend de carnes escolhidos pelo chef. Os ingredientes também estão super sofisticados, mas quem quiser comer o bom e velho cheese salada, não precisa se preocupar, ele está lá te esperando.

Apesar do novo endereço, a Chip’s Burger reabre a poucos metros do endereço original, ainda na mesma rua. Agora com ambiente menor e mais intimista, ficou aconchegante e charmoso, harmonizando o retrô e o moderno.

Começamos provando a Chips Rústica com maionese de páprica que custa R$ 19,00. As batatas estavam bem crocantes por fora e macias por dentro, a maionese de páprica agradou bastante.

Chips Rústica com maionese de páprica que custa R$ 19,00

Não podíamos deixar de provar a Big Onion, um pouco mais cara R$ 39,99 vem empanada em massa gostosa e temperada. O molho poderia ser a própria maionese de páprica, combinaria muito mais.

Big Onion, um pouco mais cara R$ 39,99

Os hambúrgueres, provamos todos, quer dizer, o de frango acabou passando despercebido rs

Cardápio de hambúrguer harmonizado com cerveja

 

Bronx Burger, hambúrguer de 180g, cheddar inglês, cebola caramelizada, bacon, picles, tomate e alface por R$ 27,99Bronx Burger, hambúrguer de 180g, cheddar inglês, cebola caramelizada, bacon, picles, tomate e alface por R$ 27,99

 

Blue Burger, hambúrguer de 180g, gorgonzola, pasta de alcachofra, cebola grelhada e manjericão por R$ 27,99Blue Burger, hambúrguer de 180g, gorgonzola, pasta de alcachofra, cebola grelhada e manjericão por R$ 27,99

 

Tuscany Burger, hambúrguer de 180g,cheddar inglês, linguiça artesanal fatiada de erva-doce e crispy de cebola por R$ 23,99Tuscany Burger, hambúrguer de 180g, cheddar inglês, linguiça artesanal fatiada de erva-doce e crispy de cebola por R$ 23,99

 

Osaka Burger, hambúrguer de 180g,cheddar ingl6es, cogumelos salteados com mel e shoyu, tomate e maionese de alho negro por R$ 33,99Osaka Burger, hambúrguer de 180g,cheddar inglês, cogumelos salteados com mel e shoyu, tomate e maionese de alho negro por R$ 33,99

 

The Piggy, hambúrguer de porco com relish de pera, bacon, tomate, rúcula e maionese por R$ 25,99The Piggy, hambúrguer de porco com relish de pera, bacon, tomate, rúcula e maionese por R$ 25,99

Realmente é difícil escolher nossos preferidos, o destaque vai para a linguiça artesanal e o relish de pera, que foram os ingredientes que mais chamaram nossa atenção.

Os burgers foram entregues impecavelmente no ponto, carne suculenta e com uma boa textura. Vale a pena fazer uma visita e conhecer tudo de novo que a Chip’s Burger tem a oferecer.

Chip’s Burger

Rua Dr. César, 718 – Santana
domingo à quinta das 11h30 à 0h e sexta e sábado das 11h30 às 2h
São Paulo, SP
Telefone (11) 2099-2803

2ª Burger Crawl – Hamburguerias clássicas de São Paulo: Hambúrguer do Seu Oswaldo, Osnir, Ypê, Joakin’s e New Dog

2ª Burger Crawl: hamburgurerias clássicas de São Paulo

O tema escolhido para esta nossa 2ª Burger Crawl foi os burgers clássicos de São Paulo. Só hamburgueria que está na estrada desde o início da cena hamburguística podia entrar no roteiro. Nosso pedido seria o mais tradicional e clássico dos burgers “O Cheese salada”.

Quando pensamos em clássico, o que vem na cabeça é aquela carne fininha e a maionese que é o grande diferencial de cada lugar. Não que o hambúrguer seja igual em todas, mas são muito parecidos.

E já sabemos que cada uma das casas que visitamos tem fãs fervorosos, que juram que o hambúrguer que eles mais gostam são os melhores de São Paulo, do Brasil e da vida. Mas fiquem tranquilos e segurem as emoções, a 2ª Burger Crawl Clássicos de São Paulo começa agora.

Ah, não podemos deixar de esquecer de nossos parceiros @clubedohamburguer, @burgerfestoficial e convidados especiais do @hamburgeiros

Hambúrguer do Seu Oswaldo

Desta vez tínhamos um ônibus que levaria os convidados a fazer o trajeto, atrasamos um pouco e começamos a pedir por volta de 20h30. O plano inicial era de 6 hamburguerias, como na 1ª Burger Crawl que fizemos, não sabíamos mais se daria tempo.

Fomos para o pedido, sem espera chegaram nossos clássicos cortados ao meio. Hambúrguer fininho, bem passado, alface lisa, queijo derretido e muito molho de tomate fresco e maionese branquinha. Aliás, precisamos contar um segredo, no Hambúrguer do Seu Oswaldo, a combinação da maionese com o molho é que faz com que o conjunto fique espetacular. Um foi feito para o outro e não vivem sozinhos.

Hambúrguer do Seu Oswaldo - 2ª Burger Crawl

O pão quentinho e chapeado, eles nem mesmo usam manteiga para isso. O importante é que o conjunto faz toda a diferença, não pode ficar faltando nem a maionese nem o molho. Outros burgers que são imperdíveis por lá são o Cheese Bacon Salada e o Cheese Calabresa Salada, o último não é com hambúrguer de calabresa não, as calabresas vem fatiadas por cima do hambúrguer, experimentem.

Hambúrguer do Seu Oswaldo - 2ª Burger Crawl

Não precisa dizer que o que cria a magia dos burgers do Hambúrguer do Seu Oswaldo é a combinação da maionese super leve e branquinha, não espere temperos complicados e sabores complexos, junto com o molho fresco de tomates, que é apenas tomate no estado líquido fazem a dupla perfeita. Quando for até lá, não se espante com o clima de boteco dos anos 50 e peça logo qualquer um dos burgers que indicamos e não vai se arrepender.

Não perca e leia nossa avaliação do Hambúrguer do Seu Oswaldo.

Osnir

A segunda parada foi o conhecido Osnir Hamburger, que fica na Av. Jabaquara e está lá há 45 anos pelo menos. Depois de várias reformas, a casa hoje está enorme, tem até dois andares. O cardápio foi atualizado e além de hambúrguer de picanha com 150g, criaram uma linha de hambúrguer tradicional mais alto e pesado. Voltaremos para experimentar.

Mas na nossa 2ª Burger Crawl, o negócio é o cheese salada, que rapidinho ficou pronto. Vem com duas fatias de tomate por baixo junto com a maionese, o hambúrguer por cima e uma porção generosa de queijo, alface crespa e o pão.

Osnir - 2ª Burger Crawl

A carne estava muito boa, ótima consistência e até rosada por dentro, super ponto positivo. A maionese do Osnir Hamburger é muito gostosa e leve, segue a mesma linha do Seu Oswaldo, sabor discreto mas que combina perfeitamente no conjunto.

Osnir - 2ª Burger Crawl

Pode ir tranquilo e não vai se arrepender, se quiser ver nossa avaliação acesse Osnir – Jabaquara.

Sorveteria e Lanchonete Ypê

Estranho um dos clássicos de São Paulo ser uma sorveteria e lanchonete né? Pois é, mais uma pro nosso roteiro. Para quem gosta, dá para pedir até um sorvete feito na casa depois do hambúrguer.

Partimos logo para o cheesesalada e o garçom já foi falando que a maionese de lá é deliciosa. Já conhecíamos, deem uma olhada em nossa avaliação da Sorveteria e Lanchonete Ypê (não reparem, já fizeram uma reforma que melhorou a fachada).

O clima também é de um bar antigo, o pessoal vai muito para tomar cerveja de garrafa e curtir a noite. E lógico que os mais espertos comem um hambúrguer e fecham com o sorvete.

Sorveteria e Lanchonete Ypê - 2ª Burger Crawl

O cheese salada da Sorveteria e Lanchonete Ypê veio com uma superdosagem de queijo derretido por cima. A carne estava gostosa e fininha. A alface crespa e o tomate completaram o burger.

A maionese foi o ponto alto sem dúvida, é bem mais temperada e ressalta o sabor sobre o conjunto. Quem é fã de uma boa maionese, não pode perder. Pena que hoje não deu para tomar aquele sorvetinho de pistache no final, como manda a tradição.

Joakin’s

Fomos embora para o cinquentão Joakin’s, por um milagre a casa não estava cheia. Mas foi apenas uma circunstância do dia da semana. Nos finais de semana costuma lotar, fila o tempo todo. É mais do que clássico sair da balada e mandar um cheese salada. Para outros é lembrança de infância, iam comer depois da escola ou nos finais de semana com os pais.

Pedimos nossos cheese saladas e logo fomos para o combate. No Joakin’s, a maionese vem por baixo, depois a carne, queijo no capricho, tomate, mais maionese e alface.

Joakin's - 2ª Burger Crawl

Ponto negativo foi que percebemos que o pão que estava esfarelando um pouco e o queijo não estava totalmente derretido, provavelmente pela quantidade.  A carne estava muito boa e levemente rosada, consistência correta. Mas achamos também que vem muito tomate, uma fatia seria o suficiente.

Mais uma vez a maionese destacou a personalidade da casa, em todos os clássicos é o que mais faz a diferença.

New Dog

Atravessando a rua, entramos no concorrente número um do Joakin’s, o New Dog. Dois anos mais novo que o Joakin’s, o New Dog não tem nome de hamburgueria, mas sim de casa de cachorro quente. Mas é mesmo conhecida pelos burgers e adivinha? A maionese, claro.

Não ia mais dar tempo de partirmos para a 6ª hamburgueria naquele noite de Burger Crawl, então resolvemos finalizar com um milk shake de chocolate, especialidade da casa. Enquanto o hambúrguer não chegava, fomos bebendo. Muito gostoso, não estava muito doce e tinha bastante calda – super recomendamos.

O cheese salada desta vez se transformou em cheese salada bacon! É, não resistimos e pedimos um bacon extra. Foi uma boa escolha, vem crocante e saboroso.

Não gostamos muito da carne do hambúrguer, estava compacta demais, não foi uma boa experiência. O resto estava na medida, alface, tomate e maionese fizeram o cheese salada que fechou a noite. Destaque para a maionese verde que estava bem gostosa.

Quer participar das próximas Burger Crawls? Aguarde que teremos novidades.

[vídeo] Receita de hambúrguer caseiro com bacon jam (geleia de bacon) – Sanduba Insano

Hoje teremos uma receita de hambúrguer com queijo prato, bacon jam (geleia de bacon) no pão de brioche.

Bacon jam ou geleia de bacon

Ingredientes

  • 500g de bacon
  • 1 xícara de cebola roxa picada
  • 1/2 xícara de cebola picada
  • 2 dentes de alho picado
  • 1/2 colher de chá de pimenta em pó
  • 1/4 de colher de chá de páprica defumada
  • 1/2 xícara de Jack Daniels
  • 1/4 de xícara de xarope de bordo (Mapple Syrup) ou açúcar mascavo
  • 1/4 de xícara de vinagre balsâmico

Modo de fazer

  1. Corte os 500g de bacon em cubinhos e leve a uma frigideira/li>
  2. Frite o bacon até que fique super crocante, mas cuidado para não queimar
  3. Se o bacon soltar muito óleo, coe para retirar o excesso e deixe o bacon sobre papel toalha para descansar e secar
  4. Pique as cebolas que vão na receita em cubos pequenos
  5. Frite as cebolas em 2 colheres de sopa do óleo do próprio bacon por 1 minuto
  6. Acrescente o alho picado e o vinagre balsâmico
  7. Coloque a 1/2 xícara de Jack Daniels
  8. Compete com o Mapple Syrup ou se preferir açúcar mascavo
  9. Coloque a pimenta em pó e a páprica defumada e eixe caramelizar, sempre usando fogo médio
  10. Para finalizar adicione o bacon que estava reservado e deixe mais um pouco em fogo médio baixo para caramelizar tudo junto

Blend do hambúrguer

Ingredientes

  • Contra-filé, patinho e pescoço

Quer saber como fazer um hambúrguer? Acesse nossa receita de hambúrguer artesanal

Kharina – Batel, Curitiba – PR

Pousamos em Curitiba e avaliamos o Kharina, já conhecido em outra visita, mas nunca avaliado.

O Kharina possui 4 lojas na cidade de Curitiba e foi inaugurado em 1975, quando colocou o hambúrguer em seu cardápio. Até aquela época, o que era forte como sanduíche era o hot dog.

Com o tempo, o Kharina foi crescendo, partiu de um simples drive-thru para lojas com foco em serviços de mesa até chegar no que é atualmente.

Fachada - Kharina

O endereço que visitamos é bem grande e fica no Batel. Tem três ambientes espaçosos, decoração moderna e ambiente super iluminado.

Ambiente - Kharina

Fomos em um sábado na hora do almoço, tinha bastante gente, mas ainda com mesas disponíveis. Sentamos na parte interna, mas se preferir, há duas áreas externas como se fossem varandas. Se vier de carro, não esqueça que o estacionamento é cobrado R$ 2,00 para as primeiras 2h.

Ambiente - Kharina

Ambiente - Kharina

Pedimos o cardápio, mas já havíamos escolhido qual hambúrguer pediríamos.

Cardápio - Kharina

Em todo caso varremos as opções, vai que encontramos outra malhor ainda. Em primeiro lugar, notamos que eles servem muitos tipos de refeições e até prato do dia. No cardápio, tem também porções como fritas de 500g por R$ 23,50, nachos Monster por R$ 36,80 ou 1/2 porção por R$ 23,80 que é feita com nachos, coberta com molho especial de cheddar e pimenta jalapeño.

Cardápio - Kharina

Cardápio - Kharina

Há também outras entradas, mas que não combinam bem com hambúrguer em nossa opinião. Para o time da salada, há 6 opções partindo de R$ 15,90 a R$ 19,50.

Cardápio - Kharina

Cardápio - Kharina

Na parte dos burgers, os que mais chamaram nossa atenção foram:

Kharina Blue Cheese com creme de gorgonzola, cebola caramelizada e geleia especial de pimenta por R$26,50

Kharina Cheddar Burger com queijo cheddar, bacon tostado, cebola crispy e maionese por R$ 25,80

Esses burgers são todos com 160g de carne, grelhados e no pão francês – acompanhados de fritas.

Aos fãs dos velhos clássicos, o Kharina oferece os tradicionais cheese saladas ou hambúrguer nas versões de 110g a preços a partir de R$ 12,80.

Cardápio - Kharina

O nosso pedido já estava escolhido desde o in;icio, o The Handyman, 2 hambúrgueres, queijo cheddar, emmenthal, bacon e maionese Kharina no pão francês por R$ 24,90.

Display de mesa - Kharina

Assim que pedimos, fomos avisados que demoraria 20 a 25 minutos.

Surpreenderam, em menos de quinze minutos o hambúrguer estava servido. Mas pera, tá bem diferente do da foto né? Pois é, a aparência definitivamente decepcionou. 🙁

The Handyman - Kharina

O hambúrguer é muito, muito pequeno. Acompanha uma porção individual de batatas e também molho barbecue.

The Handyman - Kharina

Demos a primeira mordida e ao invés de vir mal passado, estava super bem passado. Esquecido na grelha. Não tivemos dúvidas e pedimos para trocar.

A garçonete até me mostrou que fez o pedido certo e que o erro foi na cozinha – como se isso salvasse alguma coisa. Sem problemas, pedimos a troca. Ela avisou que ia demorar e concordamos, melhor demorar e vir certo, afinal é hora do almoço e a cozinha deve estar uma correria.

The Handyman - Kharina

Menos de 5 minutos depoisestava na mesa. Surpreenderam novamente, um senhor veio nos trazer, pois nosso pedido havia sido trocado.
Este estava com uma aparência melhor, dava para ver os hambúrgueres, mas ainda sim tava muito diferente da foto – que tristeza.

Começamos a comer, primeira mordida quase não vem carne, só o pão. O primeiro erro foi esse, os hambúrgueres são muito menores que o pão, dando uma sensação de que um não foi feito para o outro.

The Handyman - Kharina

Apesar do pão estar super gostoso e crocante, tem que ter hambúrguer desde a primeira mordida, concordam?

As carnes são pequenas e finas, provavelmente são os burgers de 110g usados nos clássicos. A cebola e o bacon vem em muito pouca quantidade, dá para sentir muito pouco. O bacon foi um pouco mais perceptível e estava gostoso.

A carne não estava mal passada, até dá para entender que um hambúrguer naquela altura seria difícil acertar o ponto, mas é possível. Nestes casos, o ideal é que o atendimento avise que eles não conseguem fazer mal passado, fica honesto. Mas a carne veio ao ponto para bem passado, ainda melhor que o anterior.

The Handyman - Kharina

Se esforçando um pouco, deu para ver o rosadinho no meio do hambúrguer. \o/

A textura estava boa, carne saborosa e com certeza por ser grelhada tinha um sabor bem mais interessante, o sabor de churrasco estava super presente. Esse foi o ponto positivo.

Os queijos infelizmente eram processados, tirando o cheddar que é perfeitamente aceitável pelo preço praticado no cheddar inglês (o original), o emmental não era de verdade. E não sabemos por que os queijos não vêm derretidos, só são colocado sobre o hambúrguer e derretem com o calor do conjunto. Na verdade sabemos sim, isso se chama tempo sendo mais importante que qualidade.

A maionese veio em pouquíssima quantidade, mal deu para sentir, pelo pouco que sentimos, percebemos uma maionese boa e só.
As batatas fritas estavam bem feitas, sequinhas e crocantes. Mas nada de artesanal aí, sem diferencial.

O molho barbecue que acompanhou estava gostoso, um pouco líquido.

O Kharina, apesar de tanto tempo trabalhando com hambúrguer comete erros primários de montagem e combinação de ingredientes. Tem uma carne boa e foi o que salvou o conjunto com a ajuda do pão. Mas que podia entregar um produto super gostoso, vemos muito potencial na casa, mas que pode estar se perdendo pelo volume de refeições e tamanho do salão. É perfeitamente possível fazer hambúrguer clássico e fininho gostoso, acertar no ponto e ter qualidade.

Mas o foco parece estar no volume de vendas, preço acessível e por se tratar de um hambúrguer já com uma porção pode ser considerado abaixo da média.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3 estrelas
  • maionese4 estrelas
  • porção2,5 estrelas
  • atendimento2,5 estrelas
  • espera (não houve)
  • cheese burger R$ 12,00
  • preçode R$ 20,00 a R$ 30,00 (de R$ 20,00 a R$ 30,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Kharina – Batel

R. Benjamin Lins, 851 – Batel, Curitiba
Curitiba, PR
Telefone (41) 3024-1253
delivery não

Burger Table faz hambúrguer na churrasqueira a carvão em Campo Belo

O chef Manuel Coelho é conhecido pela gastronomia do Sensi, restaurante italiano que fica exatamente ao lado da nova hamburgueria Burger Table. Inaugurado em março de 2015, o Burger Table traz um conceito diferente para os burgers.

Fachada - Burger Table

O primeiro deles é a mesa comunitária, isso significa que existe uma mesa grande em que todos os clientes compartilham o espaço para comer. O outro é que eles preparam o hambúrguer em uma churrasqueira a carvão, que na nossa opinião é a melhor maneira de fazer um verdadeiro hambúrguer.

Já havíamos feito uma visita a convite da casa em sua inauguração, gostamos muito e resolvemos voltar despretenciosamente para saber como estava a hamburgueria. Ainda não é hora de avaliar, a casa é muito nova e está começando a se estabelecer, criar sua rotina e ficar mais estável. Deixa nossa avaliação para um futuro breve.

No Burger Table o preço é fixo, R$ 25,00 dá direito a todos os ingredientes: hambúrguer de 180g, queijo cheddar inglês, prato ou gorgonzola, alface ou rúcula, cebola caramelizada ou crua, picles e bacon. Pronto, monte seu hambúrguer.

Mas pedimos um cheeseburger com cheddar inglês ao ponto. Para já dar de cara com a verdade, é a melhor combinação. Em pouco tempo chamaram nosso nome, o cheeseburger estava pronto.

Cheeseburger embrulhado - Burger Table

Servido em uma bandeja de metal, o hambúrguer vem embrulhado e acompanhado de maionese e ketchup – ambos artesanais preparados pela casa. Antes que esqueça, o pão também é feito lá, receita exclusiva do chef Manuel Coelho.

Cheeseburger - Burger Table

Pedimos a versão com o pão com amêndoas, aliás sem dúvida é o melhor pão de hambúrguer que já comemos. Não precisa falar mais nada.

Cheeseburger - Burger Table

A carne vem ao ponto, sim eles acertam e a carne vem vermelha por dentro. Então se não gosta de ver seu hambúrguer vermelho peça bem passado, quer dizer, não peça bem passado não, hambúrguer é gostoso ao ponto. 😉

Ponto do Hambúrguer - Burger Table

Ah, tem batatas fritas por lá, porção a R$ 9,00. Preferimos pedir o segundo hambúrguer. Este tinha rúcula, cebola crua e queijo prato. Delicioso, com sabor de churrasco, pão macio. A maionese e o ketchup não são diferentes.

Hambúrguer com rúcula, cebola crua e queio prato - Burger Table

É isso, chega de elogiar, né? Alguém pode se ofender com os elogios, rs. O Burger Table é uma hamburgueria pequena, mesa comunitária, tudo feito lá e artesanalmente. Se mantiver a qualidade poderá ser um candidato a melhor hambúrguer de São Paulo.

Burger Table

Rua Gabriele D’Annunzio, 1331 – Campo Belo
São Paulo, SP
Funcionamento: de quarta a sexta das 19h à 0h | de sábado e domingo das 12h (meio-dia) à 0h (meia-noite)
Telefone (11) 2478-4055
delivery não

Big Kahuna Burger – Jd Paulista São Paulo, SP

Finalmente chegou a vez de avaliar o tão pedido Big Kahuna Burger. Já fizemos várias visitas para comer os burgers criados para o SP Burger Fest e Bacon Day, mas nenhuma destas valia o mais cobiçado ranking das melhores hamburguerias do Brasil.

Fachada - Big Kahuna Burger

O Big Kahuna fica na Al. Lorena com a Av. Brigadeiro Luiz Antônio. Ficou bem famoso por seus grandes burgers como o Bad Mother Fuck e atualmente o Ezequiel 25:17. O último, é um burger, quero dizer 5 burgers de 140g cada (700g de carne), 10 fatias de bacon, 4 fatias de queijo cheddar, 4 de muçarela e 2 de queijo estepe. Leva também alface, tomate, cebola roxa, crispy onions (cebolas empanadas e crocantes) e maionese. Veja:

Bad Mother Fucker - Big Kahuna Burger

Ezequiel 25:17 - Big Kahuna Burger

Além disso, sempre traz criações que caem muito fácil no gosto do público, como o #baconporn criado para o Bacon Day e que chegou para ficar:

Baconporn - Big Kahuna Burger

A casa não é grande, então se aparecer por lá sexta ou sábado à noite, prepare-se para aguardar a espera. Nós fizemos a avaliação em um domingo 18h, então encontramos a casa relativamente calma e com muitos lugares disponíveis.

A decoração é bem peculiar. Na parte externa, quase nem parece uma hamburgueria, os móveis são rústicos e tem um clima de restaurante. Se olhar atentamente no ambiente interno, tem um bar bem ajeitadinho e decoração temática do filme Pulp Fiction, de onde saiu a idéia do nome para a casa.

Bar na parte interna - Big Kahuna Burger

Pôsteres e gravuras do filme estão por toda a parte, tinta vermelha nas paredes, inspirada na grande quantidade de sangue dos filmes do Tarantino. Tudo isso cria um clima bem interessante.

Pôsteres do filme Pulp Fiction - Big Kahuna Burger

Ambiente  - Big Kahuna Burger

Recebemos o cardápio principal e as criações que permaneceram do último Bacon Day

Cardápio baconday - Big Kahuna Burger

Cardápio baconday  - Big Kahuna Burger

No Big Kahuna a escolha é comer um hambúrguer, nem que seja a versão vegetariana. Os mais tímidos, podem escolher a versão de burger com 140g de carne. É claro que a nossa ideia é um hambúrguer de 220g.

Cardápio - Big Kahuna Burger

Cardápio - Big Kahuna Burger

Cardápio - Big Kahuna Burger

Os que mais nos chamaram atenção foram:

Big Kahuna Burger por R$ 23,80 pequeno ou R$ 27,80 grande
Burger de 140g ou 220g, queijo muçarela, fatia de tomate caqui, fatias finas de cebola roxa, pepinos em conserva, bacon crocante e maionese da casa

Lumberjack por R$ 29,80
Burger de 220g recheado de queijo estepe, fatias de bacon crocante, cebolas na chapa, tomate, folhas verdes e maionese da casa

The Nephew por R$ 24,80
Burger de 140g, queijo estepe, tomate caqui, alface, cebola roxa crua, , 1 anel de onion ring e maioneseda casa

Escolhemos de entrada a porção Double shot, que traz metade batatas fritas em palito e metade onion rings por R$ 19,80.

Os hambúrgueres foram o The Nephew com hambúrguer de 140g e o hambúrguer que leva o nome da casa, o Big Kahuna Burger com hambúrguer de 220g. Sempre pedimos as opções mais tradicionais para avaliarmos realmente o potencial do local.

Tempo record e nossa porção já estava na mesa. Porção de tamanho médio com batatas palitos e onion rings bem grandes. Para acompanhar um trio de molhos: maionese da casa, ketchup e barbecue.

Double shot - Big Kahuna Burger

onion rings - Big Kahuna Burger

As batatas estava bem quentinhas, sequinhas e crocantes. Bem gostosas. As onions só vêm 3 unidades, porém são bem grandes mesmo. Estavam no padrão da batata com crocância extra. Super aprovadas.

Batatas palito - Big Kahuna Burger

A maionese é suave e branquinha. Consistência perfeita e super leve. O sabor não fica atrás, muito gostosa sem qualquer duvida. O ketchup e o barbecue são apimentados, tome cuidado se não é fã de pimenta. Estavam em boa consistência e gostosos.

Molhos - Big Kahuna Burger

Depois de um tempinho chegaram os burgers. O The Nephew, apesar de ser um hambúrguer menor recebeu uma turbinada com a onion ring.

The Nephew - Big Kahuna Burger

O hambúrguer vem em uma ótima apresentação e com um palito no centro para ajudar o equilíbrio. Apesar de termos pedido ao ponto e o garçon explicou que este vem bem vermelho, não acertaram no ponto da carne, que estava mais para bem passada. Os acompanhamentos vieram em quantidade equilibrada e a cebola roxa passou despercebida.

The Nephew - Big Kahuna Burger

O Big Kahuna Burger é bem maior e chama atenção pelos seus 220g. As fatias de bacon ficam para fora, sobre o queijo derretido do hambúrguer. Neste, o ponto veio exato, vermelho por dentro sem estar com a carne crua. \o/

Bug Kahuna Burger - Big Kahuna Burger

O sabor do bacon é muito bom, mas não é crocante. Vem em boa quantidade e é sentido nitidamente em cada mordida. O tomate caqui vem sob o hambúrguer. Os picles em conserva é muito bom e são um toque final no conjunto.

A carne é alta, saborosa e com uma consistência aerada. Em nossa opinião, poderia ser um pouco mais suculenta. Mas consideramos que é uma característica do hambúrguer e não um erro, já que o ponto estava correto. A maionese foi o toque final e deixou a combinação mais gostosa.

Big Kahuna Burger - Big Kahuna Burger

Outro detalhe que notamos é que o pão não é chapeado, poderiam melhorar neste quesito.

Quem quiser pode aproveitar a saladinha de alface e tomate cereja que acompanha o hambúrguer no prato. Não é para ser desperdiçada.

Encerrando nossa avaliação de hoje, escolhemos o clássico cheese cake, receita tipicamente americana. Não demorou para chegar, mas a apresentação estava um pouco estranha.

Cheesecacke - Big Kahuna Burger

Em compensação o sabor estava ótimo, destaque para a calda de frutas vermelhas que era cheia de pedaços de frutas e muito gostosa. Super azedinha e contrastava com o sabor suave do cheesecake, leve e adocicado.

O Big Kahuna com certeza é um dos destaques das hamburguerias de São Paulo. O cardápio é do jeito que o público adora, muito bacon e burgers gigantes. Além de criar todo o clima lúdico do filme Pulp Fiction.

É perceptível o cuidado com a apresentação dos pratos, forma de servir e lógico com o sabor de tudo. Muito gostoso e caseiro, no melhor sentido da palavra.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3,5 estrelas
  • maionese4 estrelas
  • porção4 estrelas
  • atendimento4 estrelas
  • espera (não houve)
  • cheese burgerR$ 23,80
  • preçode R$ 40,00 a R$ 50,00 (de R$ 40,00 a R$ 50,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Big Kahuna Burger – Jd. Paulista

Alameda Lorena, 53 – Jd. Paulista
São Paulo, SP
delivery não

Let’s Eat combina hambúrguer, steaks e comida mexicana na Vila Madalena

Fachada - Let's Eat Vila MadalenaExperimentamos o Let’s Eat burger ’n’ bar inaugurado no fim de 2014 na Vila Madalena. A proposta do Let’s Eat é oferecer hambúrguer, steaks e comida mexicana em um só lugar. O fundador é o Marcos que começou sua experiência em gastronomia em 1998 no Mississipi – Estados Unidos. Depois de trabalhar por 4 anos lá, mudou-se para Londres e passou por alguns pubs e boates londrinas. Assim que voltou ao Brasil em 2010 idealizou o Let’s Eat que hoje conta com 5 endereços: Cambuí, Indaiatuba, Piracicaba, Itu e Vila Madalena a que visitamos.

No endereço da da Vila Madalena o Let’s Eat tem um salão super amplo, decoração temática em elementos de esportes e muitos televisores. Um sinal? É, em dia de jogo muitas pessoas passam por lá para tomar uma cerveja, comer um hambúrguer e assistir os jogos dos seus times favoritos.

Ambiente - Let's Eat Vila MadalenaAmbiente - Let's Eat Vila Madalena

As mesas e sofás são bem confortáveis e acomodam bem grupos de até 6 pessoas, mas se for com a galera, pode pedir para juntar as mesas e aproveitar com os amigos.

Ambiente - Let's Eat Vila MadalenaAmbiente - Let's Eat Vila Madalena

O cardápio é bem grande e variado. Só para as entradas eles oferecem 16 diferentes opções que variam entre R$ 18,90 e R$ 43,90, sem contar a parte do cardápio dedicada à comida mexicana. Aos fãs da deliciosa comida mexicana, destacamos:

Cardápio - Let's Eat Vila Madalena

Golden tacos (carne temperada – frango margarita – Chilli beans)
Quatro tortillas de milho crocantes, gratinadas com queijo, alface e tomate. Acompanha uma mini quesadilla, chilli beans, vinagrete pico de gallo e sour cream.

Quesadilla (carne temperada – frango margarita – picanha grelhada)
Tortilla tostada com queijo derretido, tomate em cubos, azeitonas pretas, coberta por onion crisps e pimenta jalapeño, acompanhada por salsa picante, vinagrete pico de gallo e sour cream.

Além de alguns tipos de burritos e combos para servir grupos. Mas desta vez não atacaremos a parte mexicana do cardápio, vamos às porções e hambúrgueres.

Começamos experimentando a porção tradicional e farta de batatas fritas canoa por R$ 21,80, estavam bem quentinhas e crocantes. O formato ajuda a pegar os molhos que acompanham, como o cheddar, o barbecue e o mostarda e mel – todos estavam bem gostosos.

Batatas Canoa - Let's Eat Vila MadalenaBatatas canoa - Let's Eat Vila Madalena

As onion rings são preparadas com massa média e ideais para duas pessoas por R$ 24,80. Para acompanhar, é servido um molho à base de tomates e pimenta bem suave. Gostamos bastante do tempero e estavam bem crocantes também.

Onion Rings - Let's Eat Vila MadalenaOnion Rings - Let's Eat Vila Madalena

Outro sucesso é a famosa Big Onion por R$ 35,90, cebola gigante empanada e frita com tempero marcante, crocantes e levemente adocicadas. O molho rosé é levemente apimentado e completa o prato. É uma ótima opção para dividir com os amigos enquanto aguarda o prato principal.

Big Onion - Let's Eat Vila MadalenaBig Onion - Let's Eat Vila Madalena

A Cheddar Fries foi a porção que finalizou nossa degustação entre os appetizers. São as tradicionais batatas palito cobertas com muçarela, cheddar e bacon servidas com maionese temperada à parte.

Cheddar Fries- Let's Eat Vila Madalena

Os burgers também não ficam atrás no quesito variedade. Podemos escolher entre 17 combinações do nosso querido pão, carne e queijo. E é lógico que não tínhamos estômago para provar todos depois de tantas fartura. Mas fomos valentes e continuamos nossa missão na Let’s Eat. A primeira dica é que a casa serve sempre ao ponto para bem passado, então se for adepto do hambúrguer vermelho por dentro, enfatize ao atendimento para que venha do jeito que prefere.

O primeiro hambúrguer que comemos foi o The Great 4 por R$ 23,80, feito com 200g de filet mignon, combinação de queijos muçarela, catupiry, gorgonzola e parmesão e coberto de cebolas grelhadas e maionese especial. Esse é perfeito para quem gosta de muuuuuito queijo sobre o hambúrguer. Achamos que a mistura de queijos ficou bem delicada e a maionese sobressaiu com seu tempero mais marcante, combinada com a cebola roxa grelhada.

Great 4 - Let's Eat Vila MadalenaGreat 4 - Let's Eat Vila Madalena

O Steakhouse Burger é montado com um hambúrguer de 200g de de filet mignon e um toque de pimenta do reino moída na hora, molho barbecue, fios de cebola empanados, fatias de queijo americano derretido, maionese especial, alface, tomate, cebola roxa e picles por R$ 22,80. É uma combinação bem interessante pela mistura de picante e adocicado do molho BBQ.

Smoke House - Let's Eat Vila MadalenaSmoke House - Let's Eat Vila Madalena

E a estrela da noite que chama a atenção de todos é o The Great Let’s Eat, segundo eles é o hambúrguer dos guerreiros. São dois bugers de 200g de picanha cada, totalizando 400g de carne. Fatias de bacon crocante, quatro fatias de cheddar, maionese especial, alface, tomate, cebola roxa e picles por R$ 29,80.

The Great Let's Eat - Let's Eat Vila MadalenaThe Great Let's Eat - Let's Eat Vila Madalena

Se ainda não estiver satisfeito e quiser devorar um dos pratos mais pedidos, que fizemos questão de experimentar depois deste banquete, peça a Junior Ribs – as famosas e cobiçadas costelas de porco, são cinco delas regadas ao molho barbecue e acompanhadas de fritas palito, é um dos pratos pratos principais da casa. E o preço é bem convidativo R$ 29,90.

Junior Ribs - Let's Eat Vila MadalenaJunior Ribs - Let's Eat Vila Madalena

Acabamos de apresentar o Let’s Eat burger ’n’ bar, uma opção na Vila Madalena para curtir hambúrguer, steaks e comida mexicana, regada de muitas bebidas e drinks. Lá você não precisa ficar só no chopp e cerveja, há opções de ices e cocktails também. Dá para fazer uma refeição legal ou curtir um happy hour bem animado e com muito hambúrguer.

Let’s Eat burger ‘n’ bar (Vila Madalena)

Rua Inacio Pereira da Rocha, 359 – Vila Madalena
São Paulo, SP
Funcionamento: Terça à quinta das 18h à 0h | Sexta e sábado das 18h às 2h | Domingo das 17h à 0h
delivery não

Outros endereços:

Cambuí Indaiatuba: Av. Presidente Kennedy, 1070 | Cidade Nova | Indaiatuba/SP
Piracicaba: Av. Maria Elisa, 44 | Vila Rezende | Piracicaba/SP
Itu: Av. Dr. Otaviano Pereira Mendes, 199 | Itu/SP
Aracaju: Rua Dr. Osório de Araújo Ramos, 260 (sala 05) – Galeria Denise Goes | Praia 13 de Julho | Aracajú/SE

Este post é um publieditorial em que a qualidade do hambúrguer foi testada e aprovada. Nos comprometemos com a verdade em TODAS as matérias que publicamos. Para convidar o Guia do Hambúrguer para conhecer e falar sobre seu estabelecimento, entre em contato ou por e-email escreva@guiadohamburguer.com.