Quem comanda a chapa são elas: mulheres brilham na linha de frente de hamburguerias

oferecimento

O mercado de hamburguerias tornou-se um dos mais competitivos e crescentes Brasil afora, tanto é que, por ano, diversos estabelecimentos abrem suas portas com o propósito de “se destacar entre o público que curte um bom burger” – ou melhor, aqueles que não negam um blend escolhido a dedo, combinado com bons complementos e um pão de qualidade.

Todos sabemos que apesar daquele velho ditado “lugar de mulher é na cozinha”, os homens ainda dominam e ocupam as linhas de frente das chapas por aí, sem considerar todo o universo American Barbecue ainda, infelizmente, tomado pelos altos níveis de testosterona.

Fragilidade? Fraqueza? Delicadeza? Esses adjetivos que um dia foram usados para inviabilizar a competência das mulheres, não combinam mais com o empoderamento feminino adquirido ao longo dos anos. Graças a luta e a discursos de igualdade, elas estão cada vez mais ocupando posições de destaque nos mais diversos nichos profissionais.

Sabendo disso, para comemorar o Dia Mundial do Hambúrguer (28/05), resolvemos contar histórias inspiradoras de mulheres que transformaram e transformam esse universo “hamburgueiro” e provam diariamente que para se fazer um bom burger não é preciso deixar a barba crescer.

Há cinco anos, três irmãs resolveram se aventurar por aí e seguir o sonho de abrir uma hamburgueria. Foi depois de uma viagem enriquecedora, que o Texas Prime Burger abriu suas portas e tornou-se a primeira casa especializada em hambúrguer do Espírito Santo totalmente comandada por mulheres. Batemos um papo com a Daniela, Júlia e Mariana, proprietárias do Texas e trouxemos na íntegra para você, seguidor do Guia, essa entrevista inspiradora:

1- Como surgiu a ideia de abrir uma hamburgueria e qual a história do Texas?

R: Eu (Dani) e minhas irmãs sempre fomos muito apaixonadas por hambúrgueres e sempre gostei dessa área de gastronomia. Assim que me formei em administração, pude contar com a ajuda delas e do meu pai, que sempre deu todo suporte necessário nessa aventura. A partir daí surgiu a ideia de fazermos algo temático e como meu pai viajava bastante para o Texas, ficamos com essa coisa do faroeste na cabeça! Além de adotarmos o nome, viajamos para o estado americano também para absorvermos o máximo de conhecimento.

 

2- Vocês já tinham na família alguma essência que fizeram vocês se interessarem pela culinária ou pelo nicho de hamburgueiro?

R: Nossa família é italiana e temos como tradição sempre nos reunir para comer e beber muito bem. Temos como exemplo nossas avós e nossa mãe que também são apaixonadas por gastronomia. Sempre foi muito comum nos reunirmos para fazer alguma receita diferente tanto de massa, frutos do mar, carne ou hambúrguer antes mesmo de abrimos o Texas.

3- Como foi a viagem para o Texas, o que vocês aprenderam, o que mais gostaram, o que menos gostaram etc.

R: Fomos com o intuito de conhecer a cidade e a cultura, mas com o foco maior na culinária. Logo nos encantamos pelo clima da cidade e organização, sem falar da fartura e o tempero inigualável.

Naquele momento sabíamos que queríamos levar para o nosso Texas tudo aquilo que vivenciamos e que nossos clientes tivessem essa mesma sensação.

Nos inspiramos em 2 restaurantes: Texas RoadHouse e Longhorn Steakhouse. Visitamos suas cozinhas, conhecemos os processos, cortes de carnes, temperos e tudo foi de extrema importância. Levamos o conhecimento para testar no Brasil até que a adaptação estivesse perfeita.

4- Como funciona a dinâmica no Texas sendo comandada só por mulheres? Na sua opinião, o que muda no trabalho, na forma de tratar o cliente ou no carinho com os ingredientes?

R: Pertencemos a mesma família, mas possuímos características bem diferentes, além do fato de que cada uma de nós se especializou em uma área distinta.

A Mari, por ser uma pessoa mais extrovertida e comunicativa lida com os clientes e está sempre nos feedbacks. A Jú já é mais introvertida, então ela toma conta da parte administrativa. Eu (Dani) sou responsável por tudo que envolve a cozinha, que chamo de coração do Texas. Participo do processo de escolha e compra de cada ingrediente, cada fornecedor, cada foto e cada cardápio novo elaborado.

5- Apesar de ainda existir aquela velha frase “lugar de mulher é na cozinha”, o mundo do hambúrguer e american bbq ainda é bem machista. Como vocês encaram isso?

R: Sempre soubemos como mulheres que abrir uma hamburgueria seria um desafio e tanto, mas sempre acreditamos na nossa proposta, garra, vontade de ser melhor, trazer o melhor produto e a melhor experiência para o nosso cliente. O toque feminino faz toda a diferença sim. É o que nos motiva!

6- Em meio essa pandemia, o que vocês têm feito para driblar a situação? Como acha que o mercado vai reagir daqui para frente?

R: Quando abrimos o Texas, nossa ideia era fazer com que o cliente tivesse a mesma experiência que tivemos nos Estados Unidos, já que tudo aqui remete a uma temática de faroeste, por isso fomos tão prejudicadas em tempos de isolamento social.

Nosso maior desafio foi nos reinventarmos para fazer com que o nosso cliente ao receber em casa o seu pedido relembrasse os bons momentos que teve aqui.

Refizemos planilhas de custos, prazos com fornecedores, negociamos com empresas de delivery e tivemos que fazer uma readequação ao cardápio a essa nova ordem, mas tudo se encaixou.

Esperamos um futuro bastante desafiador e com muitas incertezas, porém acreditamos que novas oportunidades vão surgir por acreditar na força de trabalho da nossa equipe.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ᴛᴇxᴀs ᴘʀɪᴍᴇ ʙᴜʀɢᴇʀ | ᴄʟᴀssɪᴄ (@texasprimeburger) em

Endereço: Rua Quinze de Novembro, 371 – Centro, Vila Velha – ES

Telefone: (27) 3077-3131 ou iFood

Podemos citar mais alguns grandes exemplos de hamburguerias comandadas por mulheres ao redor do Brasil, como por exemplo:

Comarella Pizza e Burger

A casa existe desde 1994 e sempre trabalhou com pizza e burguer. Em 2015 a hamburgueria surgiu em um local separado e mais gourmetizada, com propostas criativas e legais de hambúrguer e petiscos.

Gabriela Comarella, proprietária, é formada em direito e, além de gerenciar a empresa, atua também como advogada na área trabalhista. A empresa foi criada pelo seu pai Ademir e pela mãe Martha e desde novinha a Gabriela vivia a rotina da Comarela. Em 2012 assumiu os negócios e começou ativamente a se envolver no processo criativo dos hambúrgueres!

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Comarella Pizza & Burger (@comarellapizzaeburger) em

Endereço: Rua Santa Terezinha, 850 – Cristóvão Colombo, Vila Velha – ES

Telefone: (27) 3340-5600, Uber Eats ou iFood

Matilda Lanches

Quem é Matilda? Essa é a frase que dá as boas-vindas aos clientes que visitam o pequeno endereço no bairro dos Jardins. Comandado por Renata Vanzetto, o empreendimento é o quarto da renomada chefe, que está a frente do Ema, Marakuthai e MeGusta Bar.

A proposta do Matilda Lanches é levar um cardápio gostoso, descomplicado e diferenciado, fugindo do modelo fast-food gorduroso. Com opções veganas e vegetarianas, a casa conquista por seu charme e qualidade dos produtos.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Matilda Lanches (@matildalanches) em

Endereço: Rua Bela Cintra, 1541 – Cerqueira César, São Paulo – SP

Telefone: (11) 3064-9161