Hambúrguer e drive-in: a combinação que conquistou a rotina dos brasileiros na quarentena

oferecimento

E lá se foram 5 longos meses de isolamento social no Brasil causados pelo combate ao Novo Corona Vírus (Covid-19) nos quais impactos sociais, culturais e econômicos, inevitavelmente foram sentidos e o drive-in que já fez muito sucesso nos anos cinquenta ressurge nesse novo normal.

Dentro do mercado gastronômico, por exemplo, os estabelecimentos passaram a entender os serviços de delivery como uma alternativa essencial para manter seus negócios ativos.

Em nichos como o do entretenimento, ambientes com pouca circulação de ar foram fechados. Salas de cinema ao redor do mundo se viram obrigadas a encerrar suas atividades e só depois da recente flexibilização da quarentena puderam pensar em planos para suas retomadas.

A saída para este cenário tem sido o retorno dos drive-in’s. Muito populares nos Estados Unidos nas décadas de 50, 60 e 70, os filmes exibidos nos telões em ambientes abertos para telespectadores assistirem dentro dos carros, evita a proximidade e o contato entre pessoas desconhecidas.

Hambúrguer e drive-in: a combinação que conquistou a rotina dos brasileiros na quarentena

É claro que nessa retomada cultural, alguns sistemas de adequações foram pensados para o conforto de todo mundo que resolver dar uma saidinha para esfriar a cabeça nesse momento tão tenso.

Os espaços podem contar com bombonieres e food trucks dos mais variados estilos que estão entrando na parceria e vendendo seus produtos para completar a experiência.

Como não poderia ser diferente, hamburguerias não ficaram de fora e vem dando um show nas chapas. A seguir confira algumas que oferecem seus serviços em drive-in´s em diferentes cantos do Brasil:

Cadillac BBQ, Mooca – São Paulo

O estacionamento ao lado do Cadillac BBQ, na casa dedicada a defumados do mesmo dono da hamburgueria Cadillac Burger, ganhou uma nova função. Às sextas e sábados, quem parar o carro ali e abrir o vidro, pode fazer seu pedido e curtir som embalado por música ao vivo.

O cardápio especial para o drive-in mistura receitas dos dois estabelecimentos. Tem taco recheado de brisket (R$ 21,00 o trio), sanduíche de copa de lombo defumada (R$ 30,00 com fritas) e smash burger´s em três versões: cheeseburger (R$ 14,00), cheese salada (R$ 15,00) e original (R$ 16,00).

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Cadillac Burger (@cadillacburger) em


Tá Doido Burger, Aeroporto de Brasília

Estacionado no Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek, o Festival Drive-in virou o point da quarentena. Com uma programação de filmes e apresentações musicais, o evento inovou no formato, até na hora de pedir os quitutes para acompanhar o filminho.

Aproveitando o sucesso, o grupo Geléia decidiu implementar uma nova operação dentro do drive-in. A novidade é um contêiner com cardápio digital, em que os comensais vão poder conferir as delícias por um QR (disponibilizado na entrada) e o lanche será levado até o carro.

No menu, queridinhos como o original burger, feito com pão australiano, blend de fraldinha e costela, queijo cheddar, cebola caramelizada, maionese caseira e bacon crispy (R$ 25); o cheese bacon, que leva pão branco artesanal, blend de fraldinha e costela, queijo prato mais tradicional maionese caseira e muito bacon crispy (R$ 24); e o brasiliense, que tem pão branco artesanal, blend de fraldinha e costela, queijo prato e cheddar, cebola roxa, alface, tomate e maionese caseira (R$ 26).

A famosa batata da marca também não poderia faltar. No festival, ela sai a R$ 13.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Burger | R$ 10 (@tadoidoburger) em


Geléia no Festival Drive-In: Estacionamento B do Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek. De 23 de junho a 23 de agosto de 2020. Ingressos a partir de R$ 60,00 (por carro) no site.