Arquivo da Tag: consolação

Hamburgueria do Sujinho, Consolação – São Paulo

OFERECIMENTO

Após algum tempo, voltamos à Hamburgueria do Sujinho na Consolação. A hamburgueria não é tão tradicional quanto o restaurante do Sujinho, inaugurado nos anos 60 e famoso pela sua bisteca com osso.

Fachada - Hamburgueria do Sujinho

Por incrível que pareça, assim que entramos à Hamburgueria do Sujinho, notamos que nada mudou por lá. Depois de 7 anos de existência, encontramos tudo da mesma forma que nossa primeira visita – logo após a inauguração.

Entrada - Hamburgueria do Sujinho

Parece que o negócio parou no tempo, os garçons se vestem da mesma maneira, o ambiente sofreu pouquíssimas mudanças e nem o cardápio não mudou. Mas os hambúrgueres no Brasil evoluíram muito desde 2009, vamos ver se a receita da Hamburgueria do Sujinho continua entre as melhores?

Ambiente - Hamburgueria do Sujinho

O cardápio oferece duas formas de escolher seu hambúrguer. Você pode optar entre uma das combinações da hamburgueria ou montar seu próprio hambúrguer, combinando os 36 ingredientes disponíveis que custam de R$ 1,30 a R$ 6,50 cada.

Cardápio - Hamburgueria do Sujinho

Cardápio - Hamburgueria do Sujinho

Cardápio - Hamburgueria do Sujinho

Nosso pedido foi uma porção de polenta frita por R$ 14,50, uma porção pequena de batatas fritas e o hambúrguer Mathias, hambúrguer de 160g, cebola assada em pedaços e cheddar no pão tradicional por R$ 24,64 + bacon por R$ 4,75, totalizando R$ 29,39. Antes de confirmar o pedido, questionamos o garçom se o cheddar era de bisnaga, como não era pedimos este.

A primeira a chegar e super rápido foi a porção de polenta. É bastante farta e serve facilmente até três pessoas. A aparência não era das melhores, algumas pareciam que tinham passado do ponto, estavam escuras demais.

Polenta - Hamburgueria do Sujinho

Em geral, estavam crocantes e gostosas, mas nada demais – já comemos polentas melhores. A aparência acabou não influenciando o sabor, em nenhum momento sentimos gosto de queimado.

Polenta - Hamburgueria do Sujinho

Os destaques foram direto aos dois molhos, uma maionese temperada incrível, consistência perfeita, aerada e tudo que uma maionese deve ser. O molho rosè tinha as mesmas características e muito equilibrado, levemente adocicado por conta do ketchup. Dá vontade de comer sempre mais.

Maionese verde e molho rosè - Hamburgueria do Sujinho

As batatas fritas estavam muito crocantes e bem fritas. Saborosas e artesanais, recomendamos muito que sigam nesta opção, típica batata frita de restaurante antigo (isso sim é um elogio!).

Batatas fritas - Hamburgueria do Sujinho

Pouco tempo depois, chegou o hambúrguer, servido em um prato de sobremesa e dentro de um saquinho. Assim como as tradicionais hamburguerias e lanchonetes da cidade.

Mathias Burger, hambúrguer de 160g, lascas de cebola assada, cheddar e adicional de bacon - Hamburgueria do Sujinho

Logo em seguida retiramos do saquinho apenas para ficar mais fácil de vocês verem. O hambúrguer era do tamanho do pão, o bacon veio em boa quantidade e, para completar a receita, o cheddar derretido e a cebola assada.

O pão tradicional é aquecido e prensado, como se faz desde antigamente. O queijo estava derretido sobre a cebola, era um cheddar processado, mas estava bom. A cebola tinha sabor delicado e adocicado. Inclusive esta forma de fazer a cebola está muito ligada à grelha a carvão e ao churrasco e é uma das melhores maneiras de ter uma cebola docinha e crocante.

Mathias burger sem saquinho - Hamburgueria do Sujinho

O bacon, apesar de sabor gostoso, estava “borrachudo”, assim que mordemos vinha todo o resto e acabou bagunçando um pouco na cora de comer o hambúrguer.

A carne estava ao ponto, um pouco superior ao que pedimos: ao ponto para mal passado. Bem rosada e suculenta por dentro. A textura é de uma carne moída mais fina e um hambúrguer com consistência mais compacta que o ideal.

Notamos que também faltou um pouco de gordura no blend, o que prejudicou o sabor no momento de avaliarmos a carne separadamente.

Ponto do hambúrguer - Hamburgueria do Sujinho

O sabor de grelhado não se destacou, diferente de outras vezes que comemos lá e foi nítido o sabor de defumado.

E, por último, o pão tradicional, prensado, que sustentou bem o hambúrguer do início ao fim. Porém não foi destaque, sabor neutro, acabou como um coadjuvante.

A Hamburgueria do Sujinho, apesar de não apresentar muitos erros de execução, apresenta um hambúrguer essencialmente tradicional. O que não é um defeito, mas poderia ter evoluído o blend da carne e quantidade de gordura. Se fizessem isso, usando a grelha a carvão e a maionese espetacular, teriam um produto bem superior.

O ponto mais negativo de todos é que continuam não aceitando qualquer tipo de cartão de crédito e débito, com a justificativa de não quererem repassar as taxas aos clientes. De qualquer forma, não é a hamburgueria mais barata que conhecemos, apesar de terem um preço razoável. O difícil é pagar a conta em dinheiro ou cheque, sim eles aceitam cheque.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer2,5 estrelas
  • maionese4,5 estrelas
  • porção3 estrela
  • atendimento2,5 estrelas
  • espera(nenhuma)
  • cheese burgerR$ 17,59
  • preço(de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa) (de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Hamburgueria do Sujinho

R. da Consolação, 2063 – Consolação
São Paulo, SP
Telefone (11) 3231-5207
delivery sim

Burger Joint finalmente abre as portas na Consolação – São Paulo

OFERECIMENTO

É, demorou, mas agora podemos falar que a famosíssima rede norte americana de hambúrgueres Burger Joint abre suas portas na segunda (21). Mas quem sabe se você passar por lá despretenciosamente a partir de sábado (19) você não possa dar uma entradinha para experimentar?

Porta de entrada - Burger Joint São Paulo

A verdade é que depois de seis meses da nossa primeira matéria anunciando a abertura da hamburgueria tudo se concretizou.

Salão - Burger Joint São Paulo

Relembrando um pouquinho, a Burger Joint é aquela hamburgueria famosa de Nova Iorque que mora dentro do hotel Le Parker Meridian.

Ambiente - Burger Joint São Paulo

Eles quase conseguiram remontar o clima da unidade norte americana, a portinha pequena na entrada, as cortinas bordô e as mesas de madeira. A diferença é que a casa de São Paulo é um pouco mais iluminada e ainda não tem as assinaturas na parede, que em breve serão feitas pelos visitantes. Na nossa visita a casa estava novinha em folha!

mesinhas na lateral, mais aconchegantes - Burger Joint São Paulo

Quem estiver sozinho ou preferir um lugar mais rápido para comer seu hambúrguer, pode usar o balcão do lado esquerdo do espaço.

Balcão para clientes - Burger Joint São Paulo

Antes de mais nada, você chega e vai direto ao balcão para fazer o pedido.

Atendimento - Burger Joint São Paulo

O cardápio é super simples, hambúrguer R$ 23,00 ou duplo R$ 35,00 e cheeseburger R$ 25,00 ou duplo R$ 39,00. Todos os outros ingredientes já estão inclusos: alface, tomate, cebola crua, picles, ketchup, mostarda e maionese. A batata custa R$ 9,00 e o refrigerante R$ 5,00.

Cardápio - Burger Joint São Paulo

Enquanto esperávamos, demos uma conferida na grelha. Lá todos os burgers são grelhados no char broil e os queijos derretidos na salamandra. Aliás, são dois tipos de queijo exclusivos e juntos: o cheddar branco e o colby bem amarelo. Não adianta procurar para comprar, aqui no Brasil não tem à venda ao público, é receita da Burger Joint diretamente com seu mestre queijeiro.

Começamos pelo cheeseburger, nada mais justo. Vem embrulhadinho e as batatas fritas dentro do saquinho pardo.

Cheeseburger com batatas fritas - Burger Joint São Paulo

O hambúrguer apesar de ser razoavelmente pequeno, dá para escolher o ponto. Pedimos ao ponto e veio muito rosadinho, perfeito. Pão do tamanho ideal e bem suculento. A mistura do cheddar com sabor mais acentuado e o colby mais suave deu muito certo.

Cheeseburger - Burger Joint São Paulo

E para testar como é o hambúrguer completinho do Burger Joint pedimos o “The Works”, acompanhado de alface, tomate, picles, cebola roxa, ketchup, mostarda e maionese.

That Works- Burger Joint São Paulo

Burger Joint

Rua Bela Cintra, 2116/2122 – Consolação
São Paulo, SP

Frank & Charles dá 20% de desconto para comemorar o SP Burger Fest 7ª edição

OFERECIMENTO

O diner Frank & Charles que faz um dos melhores hambúrgueres do Brasil, confira em nosso Ranking as melhores hamburguerias, estará aberto até 22h aos sábados.

E para comemorar o início do SP Burger Fest, o Frank & Charles criou a promoção para o sábado dia 14/11 com 20% de desconto: um dos hambúrgueres do festival + um dos drinks abaixo.

La Rambla Burger: Hambúrguer de 140g com cortes de carnes especiais do Chef, bacon canadense picado na ponta da faca misturado na carne, uma camada de finas batatas rústicas fritas, queijo mozzarella, molho especial com Ketchup Hellmann's e temperos espanhóis e ovo orgânico frito no pão artesanal de brioche. -  R$ 28  - SP Burger FestLa Rambla Burger R$ 28,00
Hambúrguer de 140g com cortes de carnes especiais do Chef, bacon canadense picado na ponta da faca misturado na carne, uma camada de finas batatas rústicas fritas, queijo mozzarella, molho especial com Ketchup Hellmann’s e temperos espanhóis e ovo orgânico frito no pão artesanal de brioche.

Cheese and Burger: Hambúrguer de 140g com cortes de carnes especiais do chef no meio de dois sanduíches de queijo quente, um de mozzarella e outro de cheddar, grelhados com manteiga artesanal e acompanhado de barbecue da casa. -  R$ 27  - SP Burger FestCheese and Burger R$ 27,00
Hambúrguer de 140g com cortes de carnes especiais do chef no meio de dois sanduíches de queijo quente, um de mozzarella e outro de cheddar, grelhados com manteiga artesanal e acompanhado de barbecue da casa.

Wild Lemon: delicioso drink com Wild Turkey Bourbon, limão tahiti, limão siciliano, xarope de açúcar e gelo - R$ 16 - Frank & CharlesWild Lemon: delicioso drink com Wild Turkey Bourbon, limão tahiti, limão siciliano, xarope de açúcar e gelo – R$ 16

Pink Perrier: drink não alcóolico com Perrier, limão, morangos, xarope de açúcar e gelo. – R$ 8 - SP Burger FestPink Perrier: drink não alcóolico com Perrier, limão, morangos, xarope de açúcar e gelo. – R$ 8

Para ganhar o desconto é bem fácil, faça o check-in pelo Facebook ou marque o Instagram @frankcharles1885 e ganhou!

Não perca tempo, a promoção tem uma quantidade limitada. FAÇA UMA RESERVA:

Confira a posição do Frank & Charles em nosso ranking das melhores hamburguerias do Brasil.

Frank & Charles – Higienópolis

Rua Tinhorão, 130 – Higienópolis

São Paulo, SP
Horário de funcionamento: Segunda das 9h às 16h | Terça e quarta 9h às 22h | Quinta e sexta das 9h às 23h e Sábado das 10h às 22h
Telefone (11) 98142-3544 ou (11) 3624 8763
delivery não

Riviera Bar – Consolação, São Paulo

OFERECIMENTO

Inaugurado em 1949 na esquina da Rua Consolação com a Av. Paulista, já se tratava de um ponto estratégico da cidade de São Paulo. O sanduíche clássico da casa é o famoso Royal, um pão de forma recheado com rosbife e queijo, embebido em ovo e frito. O Bar viveu seu auge quando tinha por vota de 20 anos e acabou fechando as portas em 2006.

Hambúrguer do Riviera</strong>, queijo gruyère, cebola roxa, tomate, rúcula e 150 gramas de carne - Riviera Bar

Sete anos depois, ano de 2013, o Rivera Bar reabre em São Paulo sob a liderança de ninguém menos que o chef mais famoso do Brasil: Alex Atala. Ele criou o cardápio que mantém os lanches e pratos que eram servidos no antigo Riviera Bar, mas com atualizações e releituras mais modernas. O chef Luciano Nardelli do restaurante D.O.M. foi quem assumiu a cozinha do Riviera e fez acontecer.

Por todas estas histórias e nomes envolvidos, escolhemos o Riviera Bar para ser avaliado. Seria uma oportunidade de comermos um hambúrguer idealizado pelo chef Alex Atala.

Cardápio - Riviera Bar

O cardápio é bem extenso e inclui entradas tradicionais como fritas e aipim (mandioca frita), mais os pratos principais. E como especialidades das casas os muitos sanduíches mais 4 receitas de hambúrguer:

  • Hambúrguer do Riviera, queijo gruyère, cebola roxa, tomate, rúcula e 150 gramas de carne por R$ 32,00.
  • Hambúrguer do Riva, queijo prato, tomate e 120 gramas de carne por R$ 27,00.
  • Hambúrguer Barrabrava, hambúrguer de 150g, queijo cheddar inglês e cebola roxa por R$ 32,00
  • Hambúrguer Vegetariano, Pão integral com gergelim, pesto, cogumelo portobello assado, queijo minas na chapa, rúcula e tomate

Cardápio - Riviera Bar

Adicionais por mais R$ 3,00 cada: bacon, salada e cebola roxa.

Nossa escolha foi um Riviera tradicional, outro com adicional de bacon e uma porção de mandioca frita. Segundo quem nos atendeu, o ponto da casa é avermelhado então pedimos ao ponto desta vez.

Enquanto aguardávamos o pedido observamos o ambiente, muito sofisticado e com vários detalhes que remetem aos anos 50. Quem gostar de um drink e quiser apenas algo para comer do cardápio, pode ficar no andar térreo, acomodado no balcão.

Ambiente - Riviera Bar

Foi o que nós fizemos. No andar superior estava rolando um show e o Couvert Artístico que seria cobrado era de R$ 35,00 por pessoa – desnecessário. Para gente não sentido, estávamos lá para comer o hambúrguer e acabamos ouvindo a música do bar embaixo mesmo. A melhor escolha e ainda econômica.

Ambiente - Riviera Bar

Em mais ou menos 15 minutos a porção de mandioca chegou. Quantidade que serve bem duas pessoas e uma porção generosa do molho aioli.

Aipim - Riviera Bar

As mandiocas estavam bem sequinhas, crocantes por fora e cremosas por dentro. Ótima opção, super recomendadas. O molho aioli, que é quase a mesma coisa que uma maionese (na prática) estava muito saboroso e bem temperado. Consistência cremosa e sabor que temperou bem a mandioca e depois completaram o sabor dos hambúrgueres. Vale a pena pedir.

Ambiente - Riviera Bar

Aioli - Riviera Bar

Um pouco depois chegaram os burgers. O Riviera tradicional veio servido em um prato pequeno que acomodou bem o hambúrguer. É um burger de tamanho mediano, carne, tomate, cebola e rúcula bem evidentes e o queijo derretido sobre a carne.

Hambúrguer Riviera - Riviera Bar

O Riviera com adicional de bacon veio cortado ao meio, mesmo não tendo pedido nada. O bartender disse que havia observado que tiramos foto e que pediu para partir um deles para vermos como era por dentro. Ponto positivo para o atendimento super atencioso, que se mostrou super prestativo e explicativo durante nossa visita. E lógico, sem saber nada sobre a avaliação.

Hambúrguer Riviera - Riviera Bar

A carne realmente não é muito alta e o ponto é menos rosado do que esperávamos, o ideal era termos pedido ao ponto para mal passado. Mas não veio errado. A carne é gostosa, mas tinha uma textura um pouco mais compacta que o desejado. Poderia ser mais aerada e leve. O sabor estava bom e temperado apenas com sal.

Ponto da carne do Hambúrguer Riviera - Riviera Bar

O resto dos ingredientes combinaram bem e a montagem estava impecável, é só dar uma olhada nas fotos e confirmar que a aparência estava muito boa. A quantidade dos ingredientes estava a ideal, em algumas mordidas colocamos um pouco de molho aioli extra.

Hambúrguer Riviera - Riviera Bar

Sentimos falta de um pão selado, nem que fosse quente apenas. Faz falta um pão de hambúrguer estar quentinho.

O Riviera Bar como o próprio nome diz não é uma hamburgueria, preparou um hambúrguer razoável em nossa opinião. Poderia melhorar em alguns pontos. Levando em conta que temos chefs de responsabilidade comandando a casa, esperávamos bem mais sim.

O molho aioli foi a estrela dos ingredientes e acompanha bem qualquer porção ou hambúrguer, vale a pena para quem não vive sem uma maionese. Outro ponto positivo são os drinks e o ambiente, muitas opções e gente super bem vestida na sexta-feira à noite, uma pré-balada bem caprichada ou um lugar agradável para ir beber com os amigos ou a dois. Mas a gente quer mesmo hambúrguer incrível.

Até Breve - Riviera Bar

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer2,5 estrelas
  • molho aioli4 estrelas
  • porção4 estrelas
  • atendimento3,5 estrelas
  • esperanenhuma
  • cheese burgerR$ 27,00
  • preçode R$ 50,00 a R$ 60,00 (de R$ 50,00 a R$ 60,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Riviera Bar – Consolação

Av. Paulista, 2584 – Consolação/div>

São Paulo, SP
Telefone (11) 3258-1268
delivery não

Holy Burger: nova hamburgueria é inaugurada no centro de São Paulo

OFERECIMENTO
Fachada  - Holy Burger

Fachada – Holy Burger

O nome da hamburgueriaHoly Burger” foi feito sob medida pelo grupo de jovens que começou em Feirinhas Gastronômicas e inauguraram seu primeiro endereço fixo na região da Consolação. Eles são cristãos e chamam a hamburgueria de “social”, acreditam que a gastronomia pode ajudar na transformação do ser humano. Mas lá na chapa, o hambúrguer é quem foi santificado.

Ambiente  - Holy Burger

Ambiente

Seguindo uma tendência cada vez mais usada, a casa é super pequena e muito bem decorada. O cardápio oferece apenas 6 receitas diferentes de hambúrguer, usando um blend de três cortes de carne: acém, peito e costela. Ótima escolha em nossa opinião.
Veja a receita do Guia do Hambúrguer para fazer o hambúrguer perfeito em sua casa.
Fomos à festa de inauguração na última quarta-feira 26/11 e o pessoal do Holy Burger estará em soft opening até 6 de dezembro. Na quarta-feira teve até música ao vivo com cerveja e fritas como cortesia da casa.

Decoração - Holy Burger

Decoração

Música ao vivo - Holy Burger

Música ao vivo

A localização é ótima, ali perto da Faculdade Mackenzie, na R. Dr. Cesário Mota – Consolação.

Chapa - Holy Burger

Chapa

O visual e apresentação dos hambúrgueres e porções são bastante atraentes e seguem a linha das casas nos Estados Unidos. As cervejas e bebidas também foram escolhidas a dedo.

Batatas fritas - Holy Burger

Batatas fritas

O que consideramos o ponto mais forte da casa é que tudo é feito artesanalmente, com muito cuidado, valorizando o hambúrguer, os acompanhamentos e a experiência na hamburgueria.
Veja os hambúrgueres que experimentamos:

The Original: hambúrguer de 160g, cheddar, cebola caramelizada, bacon e maionese  - Holy Burger

The Original: hambúrguer de 160g, cheddar, cebola caramelizada, bacon e maionese

The Original: hambúrguer de 160g, cheddar, cebola caramelizada, bacon e  - Holy Burger

The Original: hambúrguer de 160g, cheddar, cebola caramelizada, bacon e maionese

Holy Burger: hambúrguer de 160g, queijo, molho de tomate, alface, tomate, picles e maionese - Holy Burger

Holy Burger: hambúrguer de 160g, queijo, molho de tomate, alface, tomate, picles e maionese

Neste dia não tinha sobremesa, mas o Holy Burger oferecerá um pudim de leite condensado e um Cheese Cake feito pelos integrantes da casa.

Holy Burger

R. Dr. Cesário Mota Júnior, 527 – Consolação em São Paulo
Telefone 4329-9475 – delivery: não

Hamburgueria 162 Station – Consolação

OFERECIMENTO

Depois de avaliarmos a Hamburgueria 162 em 2011, logo após a inauguração, fizemos um novo teste em sua nova unidade a Hamburgueria 162 Station. A uma distância de aproximadamente 1km, a Hamburgueria 162 Station fica localizada também na R. Augusta, mais próxima ao Centro, em frente à conhecidissima balada Inferno.

Fachada - Hamburgueria 162 Station
Fachada da Hamburgueria 162 Station

Nesta unidade, o espaço é bem mais amplo, tem um bar com balcão funcionando na hamburgueria, ideal para o público da região que adora o agito. Fomos em um domingo à noite, porque no sábado deve ser bem mais cheio e queríamos um pouco de calma para experimentar os hambúrgueres.

Desenho na parede de entrada - Hamburgueria 162 Station
Desenho na parede de entrada

Decoração da entrada com sofás e quadros na parede - Hamburgueria 162 Station
Decoração da entrada com sofás e quadros na parede

Balcão do bar e bancos vermelhos - Hamburgueria 162 Station
Balcão do bar e bancos vermelhos

Chegamos e descobrimos uma casa completamente vazia, nenhuma mesa ocupada. Até estranhamos, mas isso não impediria nossa avaliação.

Grafitti inspirado em um baiiro japonês - Hamburgueria 162 Station
Grafitti inspirado em em baiiro japonês

Ambiente espaçoso com mesas e cadeiras vermelhas - Hamburgueria 162 Station
Ambiente espaçoso com mesas e cadeiras vermelhas

A decoração é uma mistura de rústica, com alguns quadros e grafite. Há muitas matérias de revistas e jornais enquadradas espalhadas pela parede verde escuro. As cadeiras vermelhas dão personalidade e cor ao clima de luz baixa.

Ambiente com o bar ao fundo - Hamburgueria 162 Station
Ambiente com o bar ao fundo

Quadro de vidro com a marca da hamburgueria e matérias das revistas expostas na parede - Hamburgueria 162 Station
Quadro de vidro com a marca da hamburgueria e matérias das revistas expostas na parede

O cardápio não está tão diferente da nossa 1ª vez na Hamburgueria 162. Baseado em receitas especiais com ingredientes gourmet e em hambúrgueres clássicos.

Cardápio - Hamburgueria 162 Station
Cardápio

O principal são realmente os hambúrgueres. As receitas da casa são idealizadas pelo chef Allan Prisco. O Hambúrguer 162 é o mais tradicional, à 1ª casa que funciona na R. Luis Coelho 162, esquina com a Augusta. O Hambúrguer 498 é a combinação elaborada para homenagear endereço da versão Station.

Cardápio dos hambúrgueres especiais - Hamburgueria 162 Station
Cardápio dos hambúrgueres especiais

Quem preferir ser mais conservador e escolher os ingredientes clássicos pode montar seu próprio hambúrguer com alface, tomate, bacon e queijo ou até fazer um hambúrguer duplo, do jeito que adoramos.

Lanches clássicos e opções para montar seu hambúrguer - Hamburgueria 162 Station
Lanches clássicos e opções para montar seu hambúrguer

As porções são oferecidas em tamanho individual e normal, para serem compartilhada com mais pessoas. Entre elas as batatas 162, cortadas em gomos com páprica, batatas fritas em palito, onion rings (chamadas de cebolas fritas) e outras que são mais para acompanhar enquanto tomar um drinque, como as asas de frango crocante, croquete da pilar, tábua de embutidos, espeto de queijo coalho e spicy fried chicken.

Opções de porção - Hamburgueria 162 Station
Opções de porção

Nosso pedido foi o hambúrguer que leva o número da casa, chamado de 498 montado no pão de hambúrguer tradicional, hambúrguer bovino, shimeji grelhado, queijo gouda, alface, tomate, picles, cebola grelhada acompanhado de espeto de queijo coalho envolto em pancetta e melaço de cana. O Chicano com pão de hambúrguer tradicional, hambúrguer artesanal bovino, chilli, queijo cheddar, ovo, nachos e pimenta biquinho, uma maionese aioli e outra verde, e as porções individuais foram batatas 162 e onion rings.

Em 10 minutos os hambúrgueres chegaram juntos com nossos acompanhamentos e as maioneses. Não espere que seu pedido chegue tão rápido em um dia normal, ou faça uma visita em um domingo de chuva. 😉

A apresentação é cuidadosa, os burgers vêm bem recheados e com um palito no centro, para sustentar todos os ingredientes. Servidos em um prato de vidro branco, pequeno potinho com a maionese e uma tigela maior com a porção individual, montada de forma minuciosa.

O Chicano veio acompanhado das cebolas fritas, a maionese aioli e a pimenta biquinhu à parte. Ao morder sentimos primeiro o gosto do hambúrguer. O queijo cheddar é de bisnaga, não estava tão saboroso como o verdadeiro cheddar inglês seria. Os nachos vêm dentro do burger e dão crocancia às mordidas.A pimenta biquinho é servida à parte para facilitar a vida de quem não gosta tanto deste ingrediente. Mas não se preoxupe, esta pimenta não traz a ardência e sim o sabor característico, a melhor parte em nossa opinião. A maionese aioli estava bem branquinha, cremosa e com pequenos pedacinhos de alho na mistura. O sabor é bem suave como um todo, acompanhou bem o hambúrguer mas mantivemos nossa opinião de que a maionese casa não é o ponto forte.

Chicano acompanhado de onion rings, maionese aioli e pimenta biquinho - Hamburgueria 162 Station
Chicano acompanhado de onion rings, maionese aioli e pimenta biquinho

As cebolas fritas estavam quentinhas e crocantes, empanadas com farinha de rosca. Mas não pareceram artesanais, aparentemente é uma marca comum usada em outros estabelecimentos que são compradas congeladas. Facilita a operação da casa, já que é um item trabalhoso de preparar. Apesar de estarem boas, para gente conta como ponto negativo pois não são receitas da casa.

Chicano com pão de hambúrguer tradicional, hambúrguer artesanal bovino, chilli, queijo cheddar, ovo, nachos e pimenta biquinho - Hamburgueria 162 Station
Chicano com pão de hambúrguer tradicional, hambúrguer artesanal bovino, chilli, queijo cheddar, ovo, nachos e pimenta biquinho

O Hambúrguer 498 tem aparência imponente e exibe a alface americana, o tomate, o picles e o queijo gouda à primeira vista. Em quantidade generosa, os ingredientes são feitos para serem saboreados sem roubar a cena.

Hambúrguer 498 acompanhado de batatas rústicas, maionese verde e espeto de queijo coalho com pancetta - Hamburgueria 162 Station
Hambúrguer 498 acompanhado de batatas rústicas, maionese verde e espeto de queijo coalho com pancetta

Assim que pegamos o hambúrguer na mão, sentimos a coroa do pão (parte de cima), firme, quente e crocante. O pão estava quentinho e sustentou bem todos os ingredientes com o hambúrguer.

O queijo gouda estava derretido no ponto certo, sem se desfazer, a alface americana e o tomate também marcaram presença, mesmo nornalmente sendo coadjuvantes. Estavam fresquinhos e crocantes. A cebola é chapeada em uma rodela inteira, fica boa para montar o lanche e também foi frita direitinho, mantendo as características e a crocância, com sabor suave. O shimeji grelhado veio numa quantidade bem correta, aparecia em uma mordida com oo principal, ficava em segundo plano em outra, mas permeou todo o lanche trazendo seu sabor característico e marcante. O coadjuvante foi o picles que pouco apareceu entre os outros.

Hambúrguer 498 feito com pão tradicional, queijo gouda, cebola grelhada, alface, tomate, picles e shimeji - Hamburgueria 162 Station
Hambúrguer 498 feito com pão tradicional, queijo gouda, cebola grelhada, alface, tomate, picles e shimeji

Agora é a vez da análise principal, a carne do hambúrguer. Todos os hambúrgueres têm 162g como dito no cardápio, tende a ser uma carne não tão alta, mas veio no ponto certo que pedimos, suculenta e vermelha por dentro. O sabor é característico da casa, diferenciado e com o mesmo padrão de quando fomos na primeira vez. Estava apenas temperada com sal e na midida correta, deixando o sabor principal ser a pura carne do hambúrguer.

O conjunto ficou muito harmônico e bem construído, certamente é uma receita de sucesso.

A maionese verde estava com sabor melhor do que a aioli, mas a consistência um pouco mais líquida, assim como foi em nossa primeira visita. A quantidade também é pequena, poderiam ser mais generosos. Não é que não gostamos da maionese, elas são boas, mas poderiam ter as características principais de maioneses mais definidas, como a consistência e sabor inconfundível.

Junto com o Hambúrguer 498, a Hamburgueria 162 Station oferece um espetinhos de queijo coalho envolvido em pancetta e temperado com melaço de cana. Deixamos para o final. O espetinhos de queijo coalho é frito e vem bem crocante. A pancetta envolve o queijo e deixa o sabor característico e que é bem próximo ao do bacon. O melaço de cana cobre o conjunto para adoçar e dar o toque final, vale a pena conferir. Realmente uma delícia, ótimo agrado que mistura a gastronomia de restaurantes com os hambúrgueres e que está sendo o caminho trilhado por várias novas hamburguerias.

Espetinho de queijo coalho envolvido em pancetta e com um toque de melaço de cana - Hamburgueria 162 Station
Espetinho de queijo coalho envolvido em pancetta e com um toque de melaço de cana

A batata 162 é o tipo de batata rústica cortada em gomos temperada com páprica. Crocantes e de tamanho ideal, foram pré-cozidas mantendo a cremosidade após serem fritas. Apesar de gostosas, não consideramos uma grande novidade nas porções, simples e gostosas.

Batatas rústicas salpicadas com páprica, crocantes por fora e cremosas por dentro - Hamburgueria 162 Station
Batatas rústicas salpicadas com páprica, crocantes por fora e cremosas por dentro

E na hora da conta ainda ganhamos um presente, que é 50% de desconto nos mesmos hambúrgueres que pedimos para voltarmos durante a semana, de segunda à quarta. = ]

Vale 50% de desconto nos lanches pedidos durante a semana (segunda à quarta) - Hamburgueria 162 Station
Vale 50% de desconto nos lanches pedidos durante a semana (segunda à quarta)

A Hamburgueria 162 Station não apresentou muitas novidades em relação à própria 162 avaliada antes. Mas manteve a essência da casa com ingredientes diferenciados e incomuns. Esse é o principal ponto forte da casa. Outro é a carne do hambúrguer, que por mais que não seja um hambúrguer de 180g ou 200g, faz milagre com um ponto correto e um sabor bem gostoso.

A versatilidade das porções e dos molhos dão o toque final nos hambúrgueres e mesmo não sendo uma casa especializada em maioneses, agrada bastante com algumas surpresinhas, como o espeto de queijo coalho. Como ponto negativo do cardápio é a falta de sobremesa, deviam ter pelo menos o básico.

O atendimento também estava desfalcado, apenas 1 pessoa para recepcionar e fazer os pedidos. Apesar do baixo movimento deveria ao menos ter um garçom, principalmente pelo fato de que enquanto comíamos nossos hambúrgueres outros clientes foram chegando e quebraram o clima de solidão do momento da chegada.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3 estrelas
  • maionese3,5 estrelas
  • porção4 estrelas
  • atendimento2-5 estrelas
  • espera (nenhuma)
  • estacionamento Estacionamentos particulares custam a partir de R$ 15,00. Estacionar na rua é possível aos finais de semana ou à noite.
  • preçode R$ 30,00 a R$ 40,00 (de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Hamburgueria 162 Station

Rua Augusta, 498 – Consolação
São Paulo, SP
Telefone 3294-0162
delivery não

Ranking 2011: Os melhores hambúrgueres de São Paulo

OFERECIMENTO

Para começar bem 2012, organizamos o tão esperado ranking dos melhores hambúrgueres de 2011. Classificamos nossa lista apenas com os hambúrgueres avaliados conforme as notas que demos para cada hamburgueria. Claro que o critério mais importante foi o hambúrguer, seguido da maionese e da porção. E não se esqueçam, nossas avaliações são feitas sem que o estabelecimento saiba para não haver qualquer tipo de interferência, queremos compartilhar nossas experiências como clientes comuns e com total veracidade.

Organizamos este ranking baseados apenas nas visitas que fizemos em 2011, algumas hamburguerias importantes não apareceram pois ainda não foram avaliadas. Aguardem que estamos criando o ranking geral que será atualizado a cada nova visita e ficará disponível permanentemente. A opinião de todos os leitores é muito importante até mesmo para visitarmos as mais pedidas primeiro.

……………………………………………………………………………………………………………………………

E finalmente os 10 melhores hambúrgueres de São Paulo

Omalley`s – Jardim Paulista

OFERECIMENTO

Fizemos uma visita ao Omalley`s, pub localizado na Alameda Itu, região da Rebouças com a Paulista. Já sabíamos que uma das opções para comer é o hambúrguer, experimentamos.

Fachada - Omalley`s

O atendimento é difícil e confuso, mesmo quem está sentado à mesa tem dificuldades de fazer o pedido, as garçonetes são desatentas e não dão conta de todos ao mesmo tempo.

O cardápio oferece 3 tipos de hambúrguer: o The Little Monster, hambúrguer grande em pão especial por R$ 17,00, o The Big Monster com dois dos hambúrgueres grandes por R$ 24,00 e o Kebab Burger, cordeiro temperado, humous e molho de iogurte com alho por R$ 20,00. Todos os hambúrgueres são servidos com alface, tomate, maionese, coleslaw (saladinha de repolho) e fritas. Se quiser incrementar, pode adicionar os complementos do cardápio que custam R$ 3,00 cada: queijo prato, cheddar, blue cheese, cebole crua, cebola caramelizada, chilli, picles, bacon, ovo frito, tomate assado e baked beans.

Cardápio - Omalley`s

Escolhemos o The Little Monster com queijo prato, bacon e cebola caramelizada com a carne ao ponto e para beber uma limonada suíça.

Primeiro chegou o hambúrguer, a limonada só veio depois de muita insistência e estava tão amarga que nem com muito açúcar foi possível adoçar aquela bebida.

A apresentação do hambúrguer é boa, em um prato oval vemos o alface, duas fatias de tomate, a salada coleslaw, a maionese, as fritas e o hambúrguer montado em um pão de hambúrguer francês.

The Little Monster com queijo prato, bacon e cebola caramelizada com a carne ao ponto - Omalley`s

O pão não estava crocante, então o que seria um ponto positivo acabou sendo o contrário. O tamanho realmente é grande, o hambúrguer é grosso e os complementos vieram em quantidade boa. Mas a carne do hambúrguer foi uma decepção, congelada e compacta. Mesmo tendo acertado o ponto, deixando o interior rosado, a consistência do hambúrguer estava muito compacta e acabou parecendo uma almôndega ou bolo de carne.

O queijo e a cebola caramelizada estavam saborosos, mas o bacon não era crocante e ficou com sabor um pouco despercebido. A maionese é bem suave e estava em consistência correta, a quantidade foi suficiente, mas não impressionou.

The Little Monster com queijo prato, bacon e cebola caramelizada com a carne ao ponto - Omalley`sThe Little Monster com queijo prato, bacon e cebola caramelizada com a carne ao ponto - Omalley`s

As batatas fritas que acompanharam estavam quentes, não muito crocantes mas quentes. Vem em quantidade mais do que suficiente para uma pessoa.

Por ser um pub e o foco principal não ser as refeições, o Omalley`s nos surpreenderia se oferecesse um hambúrguer à altura das hamburguerias e restaurantes. De quaquer forma, poderia prestar um pouco mais atenção na carne e no tipo de pão, seria melhor usarem pão de hambúrguer ou usar pão francês fresco para ficar crocante e deixaria o resultado final muito melhor.

Pelo menos a maionese era caseira, temperou o lanche e acompanhou bem a batata frita. Uma dica importante é que se você for ao Omalley`s apenas para comer, preste atenção no horário, porque se deixar a casa após as 22h, é cobrada a entrada, independente da hora que chegou.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer0,5 estrelas
  • maionese3 estrelas
  • porção3 estrelas
  • atendimento1,5 estrelas
  • espera (não houve)
  • estacionamento Difícil de estacionar na região e estaciomentos custam por volta de R$ 20,00.
  • preçode R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa (de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Omalleys

Alameda Itu, 1529 – Jardim Paulista
São Paulo, SP
Telefone 3086-0780
delivery não