Arquivo da Tag: pinheiros

Meats – Pinheiros, São Paulo

O Meats é uma das lendas do hambúrguer em São Paulo. Quando o chef Paulo Yoller abriu o Meats, foi uma das primeiras hamburguerias que trouxe para o hambúrguer ingredientes da gastronomia contemporânea. Esse é o estilo da casa.

Fachada - Meats

Essa mistura deu muito certo, foi uma evolução na passagem do Paulo do Butcher’s Market para o Meats.

Cardápio - Meats

Hoje, o Meats continua na mesma linha, em seu cardápio há os hambúrgueres tradicionais, chamados de Back to Basics:

  • Hamburger, pão de forma, hambúrguer, cebola roxa e picles por R$ 22,00.
  • Cheeseburger, pão de hambúrguer, hambúrguer, cheddar inglês, acompanha maionese e picles por R$ 27,50.
  • BLT, pão de hambúrguer, hambúrguer, cheddar inglês, alface, tomate e bacon por R$ 31,00.

Cardápio - Meats

E o Chef’s Choice, com opções mais sofisticadas entre os ingredientes e as combinações:

  • Big Apple, pão de hambúrguer, hambúrguer, muçarela, honey-wasabi sauce e ma;cão verde laminada por R$ 31,00.
  • Palha, Pão de Hambúrguer, hambúrguer em cama de talo de coentro e pancetta, catupiry e mandioquinha palha por R$ 32,00.

Cardápio - Meats

E ainda tem um display de mesa que ajuda a escolher o ponto do hambúrguer, sensacional:

Display de mesa ilustrando o ponto dos burgers - Meats

Nossa visita foi à casa onde tudo começou, na rua dos Pinheiros. Hoje, existe o segundo endereço que fica na Al Lorena, na mesma casa onde antes era o Rockets.

Ambiente - Meats

O ambiente das duas casas são muito parecidos, luz baixa, teto em madeira, mesas, sofás e alguns desenhos que tem como personagem o porco, quase um símbolo da casa.

Ambiente - Meats

Ambiente - Meats

Fizemos nosso pedido, o garçom avisou que o hambúrguer ao ponto já viria sangrando. Ponto positivo, é assim que gostamos.

Um dos eleitos foi o BLT e o outro o EAT, Meats Mario! Como acompanhamento, a clássica porção de fritas e sweet fries por R$ 25,00.

A porção foi a primeira à chegar. Quantidade suficiente para até 3 pessoas, a apresentação não foi o forte. As batatas estavam quentes, mas não muito crocantes. Apesar de gostarmos da mistura das batatas tradicionais com as doces, decepcionaram. Faltaram sabor e principalmente crocância. Precisam corrigir urgente, ainda mais pelo preço cobrado.

Sweet Fries - Meats

Os burgers chegaram pouco tempo depois. O EAT, Meats Mario é servido em um prato. A apresentação lembra pratos da cozinha contemporânea. Mas não estava impecável como deveria.

Eat, Meats Mario - Meats

A coroa do pão, parte de cima, estava enrugada, parecia que o pão havia sido embalado quente e umedeceu.

Eat, Meats Mario - Meats

O hambúrguer veio sob um disco de parmesão e o molho por cima de tudo. Segundo o cardápio, é o melhor molho da sua vida, mas não tínhamos esta expectativa. Estava muito gostoso, mas não cumpriu o prometido. 😉

O BLT veio servido em uma cestinha, assim como muitos burgers em Nova Iorque. Vem aberto e com três tiras de bacon crocantes por cima.

BLT - Meats

O bacon realmente estava muito bom, crocante e saboroso, pra ninguém botar defeito.

BLT - Meats

O ponto da carne estava perfeito, bem vermelho e sangrando por dentro. Todas as hamburguerias deveriam servir desta forma. Quem quiser, pode pedir ao ponto para bem passado ou bem passado. Mas não faça isso, se está acostumado a pedir bem passado, experimente ao ponto para bem passado e veja a diferença no sabor e suculência. Logo se acostuma e vai querer o ao ponto, vermelhinho. Pode acreditar.

BLT - Meats

A carne estava com a textura bem correta, suculenta e com a quantidade de gordura boa. Não estava tão saborosa como esperávamos, mas estava boa.

O queijo e os demais ingredientes vieram em boa quantidade. O que decepcionou mesmo foi o pão. Mesmo sendo selado, a parte de baixo encharcou bastante com o suco da carne. No final, o pão estava totalmente molhado. O sabor do pão era bem neutro, mas não comportou o hambúrguer como deveria. Precisam melhorar urgente.

O Meats já foi o campeão do nosso ranking em 2013. Continua servindo um bom hambúrguer, mas não é como no início.

A casa está na hora de trazer novidades no cardápio e voltar à excelência que sempre teve. Caprichar na apresentação e prestar mais atenção ao detalhes, fazem toda a diferença.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3,5 estrelas
  • maionese3 estrelas
  • porção2 estrelas
  • atendimento2,5 estrelas
  • espera 10 minutos
  • cheese burgerR$ 27,50
  • preçode R$ 40,00 a R$ 50,00 (de R$ 40,00 a R$ 50,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Meats

R. dos Pinheiros, 320 – Pinheiros em São Paulo, SP em São Paulo, SP
Telefone 2679-6323 – delivery: não

Sailor Burgers & Beers é inaugurada após sucesso dos hambúrgueres em pubs e eventos

Na quinta, dia 3 de dezembro, os proprietários do The Sailor Legendary PUB inauguraram a hamburgueria Sailor Burgers & Beers em Pinheiros, na famosinha rua Vupabussu.

Fachada - Sailor Burgers & Beers

Segundo o chef Felipe Bellim, eles começaram fazendo hambúrguer no The Sailor Legendary PUB, onde os burgers faziam muito sucesso. Então iniciaram o Burger Day, preparando os hambúrgueres na churrasqueira.

Expandiram e iniciaram outros eventos apenas com os já conhecidos burgers em lugares diferentes e de forma itinerante, até que decidiram que os burgers deveriam ter uma casa, a Sailor Burgers & Beers.

O cardápio não é dos mais simples, várias opções deentradas, burgers, hot dogs, saladas e sobremesas. A carta de bebida também é muito reforçada, sendo um dos diferenciais é que os clientes contam com um somelier de cerveja dando dicas constantes de harmonizações, além das que já foram definidas no cardápio.

Experimentamos a porção de chips de batata doce roxa com lemon pepper. Estavam bem crocantes e ainda acompanhavam molho ranch, por R$ 19,00.

Chips de batata doce - Sailor Burgers & Beers

A segunda entrada do almoço foram os sticks de tapioca acompanhados de geleia de tomate com pimenta. Super gostosos e diferentes. E o que mais chamou nossa atenção foi a geleia de tomate, imperdível por R$ 21,00.

Sticks de tapioca - Sailor Burgers & Beers

O primeiro burger escolhido foi o Our Basic por R$ 18,00 com hambúrguer Angus de 180g, alface americana, tomate caqui e maionese caseira. Acrescentamos queijo prato por R$ 5,00 e Beer Bacon por R$ 4,50.

Our Basic por R$ 18,00 com hambúrguer Angus de 180g, alface americana, tomate caqui e maionese caseira. Acrescentamos queijo prato por R$ 5,00 e Beer Bacon por R$ 4,50 - Sailor Burgers & Beers

Aliás, o Beer Bacon e um caso à parte, segundo o chef eles produzem o próprio bacon pela A Table Charcutaria Fina, utilizando a cerveja Paulistânia Escura. E vão além, todos os molhos da casa são produzidos na própria casa, exceto o ketchup e maionese que ficam na mesa.

O segundo burger foi o Royal Naim por R$ 29,00 com hambúrguer Angus de 180g, queijo gruyère, sofrito de tomate, e broto de rúcula, acompanhado de maionese de trufa.

Royal Naim por R$ 29,00 com hambúrguer Angus de 180g, queijo gruyère, sofrito de tomate, e broto de rúcula, acompanhado de maionese de trufa - Sailor Burgers & Beers

Para encerrar, fomos de B&B Burger por 32,00 com queijo Minas da Serra da Canastra, alface roxa, tomate confit defumdo a frio, crocante de presunto parma e maionese de pimenta biquinho. Foi o nosso favorito.

B&B Burger por 32,00 com queijo Minas da Serra da Canastra, alface roxa, tomate confit defumdo a frio, crocante de presunto parma e maionese de pimenta biquinho - Sailor Burgers & Beers

Terminamos com uma sobremesa, sorvete de cerveja com duas bolas por R$ 16,00 (Frida & Mina).

O Sailor Bugers & Beers é uma hamburgueria que abre com muitos ingredientes diferentes e produzidos na casa, como é o caso do ketchup de açaí. As combinações são bastante inspiradas na gastronomia mediterrânea e contemporânea.

Um caso à parte é a decoração, toda inspirada em elementos náuticos. Ficou super diferente, pois não conhecíamos nenhuma neste estilo.

Sailor Burgers & Beers

R. Vupabussu, 309 – Pinheiros

São Paulo, SP
Telefone (11) 3813-0036
delivery não

Oui Restaurante – Pinheiros, São Paulo

O Oui Restaurante francês foi aberto em agosto de 2014 e, desde o início, é comandado pelo Chef Caio Ottoboni. A pergunta principal é “Por que avaliar um hambúrguer em um restaurante francês?”

Fachada - Oui Restaurante

A resposta é bem simples, o potencial de um restaurante em preparar hambúrguer perfeito é altíssimo. Usando as técnicas da tradicional cozinha francesa e um chef experiente disponível, facilita e aumenta o nível dos pratos pela casa.

Nossa visita aconteceu em um dia de semana à noite, o Oui Restaurante estava bem cheio. Não havíamos feito reserva e estávamos em 5 pessoas desta vez. O funcionário disse que havia uma mesa disponível que outros clientes haviam reservado, mas que estavam muito atrasados. Nós reforçamos que não havíamos feito reserva e ele insistiu. Sentamos.

Passados 10 minutos, os clientes que haviam reservado chegaram e, ao invés de providenciarem uma nova mesa para eles, pediram para nós voltarmos à espera. Que pena, não começamos com uma boa impressão do atendimento. Ah, estas fotos do ambiente foram feitas em nossa saída, quando muitos clientes já haviam ido embora.

Ambiente - Oui Restaurante

Sentados em uma mesa de quatro pessoas, nossa acomodação ficou um pouco apertada e atrapalhava a passagem estreita dos garçons. Mas não íamos desistir de provar os hambúrgueres do Oui Restaurante por isso.

O ambiente é bem aconchegante, a decoração é elegante e o clima gostoso. Um restaurante mais formal que as hamburguerias que frequentamos, seguindo o estilo de bistrôs franceses.

Ambiente - Oui Restaurante

O cardápio dedica apenas duas receitas de hambúrguer aos seus clientes:
Cardápio - Oui Restaurante

  • Oui Burguer – pão brioche, hambúrguer de 160g, ovo 63 (cozido a 63˚C para deixar a gema perfeita e mole), molho hollandaise (molho semelhante à maionese feito com gema de ovos e manteiga), salada, picles e fritas por R$ 33,00
  • Moonburguer – pão brioche, hambúrguer de 160g, tutano e manteiga de salsa a bordelaise (molho tradicional da culinária francesa feito com vinho e tutano), salada, picles e fritas por R$ 45,00

Cardápio - Oui Restaurante

Pedimos ambas as receitas, para conhecermos as opções de hambúrguer da casa por completo. Demorou um pouquinho para chegarem.

A apresentação é impecável, hambúrguer servido com a coroa do pão de lado, mostrando todos os ingredientes e o cuidado na montagem. Tudo impecável.

Moonburguer - pão brioche, hambúrguer de 160g, tutano e manteiga de salsa a bordelaise (molho tradicional da culinária francesa feito com vinho e tutano), salada, picles e fritas por R$ 45,00 - Oui Restaurante

A salada vem à parte junto com as batatas fritas. É uma boa estratégia para não esquentar os vegetais que podem ser colocado no momento de comer o hambúrguer.

Oui Burguer - pão brioche, hambúrguer de 160g, ovo 63 (cozido a 63˚C para deixar a gema perfeita e mole), molho hollandaise (molho semelhante à maionese feito com gema de ovos e manteiga), salada, picles e fritas por R$ 33,00 - Oui Restaurante

As batatas estavam bem gostosas e sequinhas, estilo batatas rústicas com casca e cortadas em palitos grossos.

Batatas fritas - Oui Restaurante

O hambúrguer com tutano vem montado no pão brioche e com o tutano por cima do hambúrguer e o molho de salsa cobrindo tudo. Pão tostadinho e brioche com uma casquinha bem interessante.

Moonburguer - pão brioche, hambúrguer de 160g, tutano e manteiga de salsa a bordelaise (molho tradicional da culinária francesa feito com vinho e tutano), salada, picles e fritas por R$ 45,00 - Oui Restaurante

O Oui Burguer exibe o queijo derretido sobre a carne e o ovo 63 perfeito por cima e decorado com cebolinha. Ambos muito bonitos. Montamos nosso hambúrguer, estávamos ansiosos por sentir os sabores.

Oui Burguer - pão brioche, hambúrguer de 160g, ovo 63 (cozido a 63˚C para deixar a gema perfeita e mole), molho hollandaise (molho semelhante à maionese feito com gema de ovos e manteiga), salada, picles e fritas por R$ 33,00 - Oui Restaurante

O pão estava gostoso, brioche com uma casquinha sustentou bem o burger de 160g. Podiam fazer um hambúrguer de 180g, a carne ficaria mais alta.

O ovo estava muito gostoso, gema molinha e quentinho. Combinou perfeitamente e deu aquela escorrida quando mordemos.

Mas a carne decepcionou um pouco, na verdade foi o ponto da carne que estava quase bem passado. Seria um crime comermos o burger deste jeito. Então pedimos ao garçon para trocar, nosso ponto é ao ponto para mal passado – sempre.

Ponto do hambúrguer - Oui Restaurante

Ao contrário da demora para servir, o hambúrguer veio muito rápido. Sinal de cuidado com o cliente que pediu um prato, recebeu errado e já havia esperado o suficiente.

O segundo veio exatamente nos mesmos padrões de apresentação e montagem do primeiro. Sinal de consistência do restaurante, ponto positivo.

Oui Burguer - pão brioche, hambúrguer de 160g, ovo 63 (cozido a 63˚C para deixar a gema perfeita e mole), molho hollandaise (molho semelhante à maionese feito com gema de ovos e manteiga), salada, picles e fritas por R$ 33,00 - Oui Restaurante

Desta vez, realmente acertaram o ponto vermelhinho por dentro, como deve ser. A carne estava gostosa, faltou um pouquinho de sal, mas nós corrigimos na hora. A textura estava correta, mas sentimos falta de um pouco mais de gordura no blend. Deixaria o hambúrguer mais suculento e saboroso.

Ponto do segundo hambúrguer - Oui Restaurante

Terminado o hambúrguer, pedimos a sobremesa, um mousse de chocolate – caramelo souflè por R$ 19,00. Mais uma vez a apresentação é impecável, decoração do prato muito bonita.

O mousse estava doce na medida certa, muito equilibrado e com várias texturas na sobremesa. Esse tipo de construção faz a gente perceber que os ingredientes não são escolhidos por acaso. Além disso, a mistura e combinação de sabores confirmam nossa teoria que a técnica em um restaurante acaba sendo uma vantagem grande na entrega dos pratos e sobremesas.

Mousse de chocolate - Oui Restaurante

O Oui Restaurante usou todas as armas que tem para construir um bom hambúrguer. O ponto alto foi a apresentação e consistência da cozinha. Tudo muito bem preparado, mas cometeu um erro no ponto da carne. Além disso, precisa revisitar a quantidade de gordura e tamanho do hambúrguer. Mas isso é nossa opinião e sugestão.

Gostamos da experiência, da comida e das opções, mas esperávamos mais do que encontramos. Quem sabe em uma próxima visita.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3 estrelas
  • maionese(não avaliada)
  • porção3,5 estrelas
  • atendimento2,5 estrelas
  • espera40 minutos
  • cheese burgerR$ 33,00
  • preçoacima de R$ 50,00 (acima de R$ 50,00)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Oui Restaurante

R. Vupabussu, 71 – Pinheiros

São Paulo, SP
Telefone (11) 3360-4491
delivery não

Conferimos o #EsquentaMcDia com o chef Bruno Alves do Kød Burgers Artesanais e experimentamos a releitura do Big Mac

Fachada - #EsquentaMcDia  McDia Feliz 2015

Depois divulgar o #EsquentaMcDia, que são eventos que acontecem nos dois sábados antes do McDia Feliz 2015, nossa obrigação era experimentar a releitura do Big Mac da vez. No dia 8 de agosto o chef Bruno Alves da hamburgueria itinerante Kød Burgers Artesanais preparou sua versão.

Fachada - #EsquentaMcDia McDia Feliz 2015

A receita era composta de dois burgers de 100g, molho cheddar, cheddar em fatia, molho especial, pedaços crocantes de bacon, picles empanados na farinha de pão de Big Mac e fritos e cebola no shoyu. Para acompanhar, uma porção grande de batatas fritas temperadas com curry e páprica, mais uma bebida e tudo por R$ 25,00.

Cardápio - #EsquentaMcDia McDia Feliz 2015 McDia Feliz 2015

Chegamos por volta de 13h, ainda no início do evento. Não estava lotado como imaginávamos, foi tranquilo fazer o pedido e aguardamos sermos chamados, nada de filas.

Ambiente - #EsquentaMcDia McDia Feliz 2015

A decoração foi feita especialmente para o evento, bem bacana, desde a fachada até o ambiente interno. Cinco minutos mais tarde nos chamaram. Ah, até perguntamos se dava para escolher o ponto da carne, mas Big Mac é Big Mac, não pode. Tudo bem.

Ambiente - #EsquentaMcDia McDia Feliz 2015

Ambiente - #EsquentaMcDia McDia Feliz 2015

Enquanto isso espiamos a cozinha e como era feita a preparação dos burgers.

Cozinha - #EsquentaMcDia McDia Feliz 2015

Sentamos para devorar esse “novo” Big Mac do Bruno Alves. É realmente bem maior do que a versão original. Os burgers mal cabem dentro do pão.

Big Mac - #EsquentaMcDia McDia Feliz 2015

As fritas são as mesmas servidas no Mc Donald’s temperadas com páprica e curry – estavam bem picantes. Se não gostar, melhor pedir sem tempero.

Big Mac - #EsquentaMcDia McDia Feliz 2015

Assim que demos a primeira mordida e e sentimos os dois hambúrgueres, alface, queijo, molho especial, cebola, picles no pão com gergelim, notamos os cubos crocantes de bacon nessa mistura. Estavam bem gostosos. Legal né? Foi diferente experimentar uma receita que sempre é executada da mesma forma mas que tinha algumas novidades escondidas.

Big Mac - #EsquentaMcDia McDia Feliz 2015

O que mais chamou atenção foi o molho marcante e inconfundível. Era óbvio. Big Mac é sinônimo de molho especial. A carne, apesar de mais alta, não estava suculenta. O hambúrguer estava bem passado e não tinha a quantidade de gordura suficiente. Mas no conjunto, o molho trouxe a umidade para compensar um pouco a carne.

O evento #EsquentaMcDia foi uma ótima ideia e um primeiro passo para aproximar o Mc Donald’s do público que cada vez mais ama e é fã de hambúrguer. Não só de fast food, mas o hambúrguer que está em um food truck, na hamburgueria e é preparado por chefs ou mesmo hamburgueiros profissionais ou amadores.

Nós do Guia do Hambúrguer apoiamos totalmente a ideia e fomos conferir. Se você também é fã de hambúrguer como nós, vá lá e prestigie o evento, experimente e diga o que achou.

Olha, quando saímos a fila começou a se formar:

Fila se formando - #EsquentaMcDia McDia Feliz 2015

Semana que vem tem Carlos Bertolazzi comandando a cozinha, estaremos lá novamente. Aguardem…

House of Food – Pinheiros

Rua Dr. Virgílio de carvalho Pinto, 47 – Pinheiros
Dias 8 e 15 de agosto (sábados) das 11h às 23h ou até o fim do estoque
São Paulo, SP
Telefone (11) 2366-4287

Burger Crawl: 1 noite, 6 hamburguerias e muitos burgers em São Paulo

Burger Crawl
Tudo foi inspirado no conceito inglês de pub crawl, que significa um tipo de passeio ou tour por vários pubs ou bares com a finalidade de beber bastante em apenas uma noite. Pode ser feito por uma ou mais pessoas e usando transporte público ou próprio.

Quem acompanha nosso Instagram @guiadohamburguer ou nosso Facebook www.facebook.com/guiadohamburguer deve ter visto os posts sobre nossa mais nova loucura: visitar 6 hamburguerias em uma noite, um burger crawl.

Junto com nossos parceiros do @clubedohamburguer e @burgerfestoficial, montamos um roteiro do nosso burger crawl que fosse possível ser feito em São Paulo e só com hambúrgueres que realmente gostamos. Elegemos 5 hamburguerias e para finalizar fomos convidados a experimentar o hambúrguer preparado pelo @joaogferraz feito com dry aged, carne maturada a seco em que o sabor e a gordura se concentram mais do que uma carne fresca.

Holy Burger

Começamos nosso roteiro às 19h30 no Holy Burger (veja a matéria que fizemos na inauguraçãohamburgueria que fica no centro da cidade e que vem representando muito bem o hambúrguer paulistano.

A regra que definimos era pedirmos sempre um cheeseburger, sabe por que? Cheeseburger não mente. Conseguimos saborear a verdadeira combinação de pão, carne e queijo oferecida pela casa. A segunda e última regra era pedir um hambúrguer com o nome da casa ou que fosse uma especialidade, queríamos os melhores.

No Holy Burger o escolhido foi o que leva o nome da hamburgueria, Holy Burger com hambúrguer de 160g, queijo, molho de tomates frescos, bacon e maionese no pão tradicional por R$ 25,00. O ponto também era uma unanimidade, ao ponto para mal passado – nem precisava de regra. 😉

Holy Burger - Burger Crawl

Holy Burger - Burger Crawl

Cheeseburger - Burger Crawl

Cheeseburger - Burger Crawl

Os pontos fortes do Holy Burger são as combinações dos hambúrgueres, preço acessível e ponto da carne. Além do ambiente super descolado.

Meat Choppers

Próxima parada era o Meat Choppers em Pinheiros –  veja nossa avaliação. Chegamos e sentamos, sem espera. Uma das nossas preocupações era ter que esperar para comer, isso poderia estragar a noite.

Escolhemos o burger chamado Original BBQ Burger com hambúrguer, queijo cheddar, molho barbecue, bacon e uma torre de onion rings por R$ 31,00. Chegou razoavelmente rápido, partimos para as fotos e bora destruir o burger.

Original BBQ Burger - Burger Crawl

Cheeseburger - Burger Crawl

No Meat Chopper consideramos os pontos fortes o tamanho do hambúrguer, maionese deliciosa e as onion rings muito bem temperadas.

Meats

Ao lado, mora uma hamburgueria conhecida do público e tem quase o mesmo nome Meats veja nossa avaliação. Esta é idealizada pelo chef famoso por seus burgers, Paulo Yoller.

Assim que chegamos demos de cara com o Paulo, que já perguntou se gostaríamos de provar as novidades. Lógico, por que não? Então a sugestão foi um novo burger chamado PBBB Peanut Butter Bacon Burger, hambúrguer de 180g, manteiga de amendoim, bacon e picles. A primeira vista parece estranho, mas já havíamos feito uma receita com manteiga de amendoim e tínhamos gostado bastante.

PBBB Burger - Burger Crawl

PBBB Burger - Burger Crawl

O mais legal desta combinação é o contraste do picles com a manteiga de amendoim e bacon. Ficou muito bom e super diferentes – aprovadíssimo.

O que mais gostamos no Meats é a inovação nos burgers, carne alta e sempre com ponto muito correto.

AÉ Sagarana

De Pinheiros para a Vila Madalena, próxima parada é o AÉ Sagarana. Além das muitas cervejas, a casa é famosa pelos burgers, principalmente o chulé, feito com crispy de couve. Esse foi o escolhido, hambúrguer, queijo blue cheese, crispy de couve e bacon.

Chulé - Burger Crawl

Chegou e o ponto estava perfeito, suculento, vermelho por dentro – realmente uma delícia. O mais divertido é que chama muito a atenção.

Simplão - Burger Crawl

O AÉ Sagarana se destaca pela apresentação dos burgers, carne saborosa e enorme carta de cervejas.

12 Burguer & Bistrô

O 12 Burguer e Bistrô era a última hamburgueria, mas não o último hambúrguer veja nossa avaliação. Um dos nossos burgers preferidos, confira a posição no ranking. O cardápio não é grande, mas é suficiente, fomos de English Breakfast, hambúrguer, queijo cheddar inglês, tomate, bacon e maionese.

English Breakfast - Burger Crawl

Cheeseburger - Burger Crawl

Sem dúvida o hambúrguer é muito saboroso e grelhado, pra gente faz toda a diferença. A combinação também é ótima e tradicional, não precisa inventar muito para fazer um hambúrguer gostoso e com ponto perfeito. Voltaremos para comer o hambúrguer com ragu de rabada, delicioso também.

Casa Carbonara

É, nossa noite estava chegando ao fim, faltava o último hambúrguer na #casacarbonara preparado pelo @joaogferraz. Super gente boa e nos recebeu muito bem. O blend da carne estava pronto, foi o tempo de bater o hambúrguer (veja como fazer um hambúrguer), moldar e levar para a chapa.

O truque é fazer com que a carne em contato com a chapa bem quente crie uma crosta crocante com a caramelização do hambúrguer. Por cima, só o cheddar inglês que derreteu perfeitamente. Aqui não fazia o menor sentido colocarmos outros ingredientes, a ideia era sentir o sabor da carne dry aged.

Dry Aged por @joaogferraz - Burger Crawl

Dry Aged por @joaogferraz - Burger Crawl

Conclusão, na nossa opinião estava perfeito. Precisa de mais algum comentário?

Quer fazer um burger crawl? Convide seus amigos, convide o Guia do Hambúrguer, estamos dentro. Os ingredientes são fome, hambúrguer e boas conversas.

Vapor Burger – Pinheiros por Lelê Gianetti, blogueira do It Yourself

Oi gente,

Aqui é a Lelê do blog It Yourself novamente. Estou super feliz de fazer mais um post aqui no Guia do Hambúrguer. Hoje vou escrever sobre um lugar mega diferente, o Vapor Burger.

Fachada - Vapor Burger

Antes de falar dos hambúrgueres, vou explicar um pouco sobre o conceito e o lugar.

Por que este nome “Vapor Burger”? Acho que melhor do que eu escrever aqui, é esse texto que está presente na parede deles.

Conceito  - Vapor Burger

Suuuuuper interessante né?! Aliás, por falar no restaurante, é tudo uma graça lá. A decoração tem um toque bem moderno, rock’n’roll e urbano, além da localização ser excelente, em um dos bairros mais legais de São Paulo.

Parede - Vapor Burger

Fui almoçar com meu noivo lá em um sábado. Chegamos super tarde, por volta das 15h30, o que foi ótimo, pois o lugar estava completamente vazio.

Antes de falar das comidas, deixo uma super dica: o Vapor Burger tem uma parceria com os cartões Visa Platinum e Visa Infitine. Então, fazendo reservas via o site Restorando e pagando com seu cartão Visa, você ganha 30% de desconto no final da conta!! Sensacional né?!

Ambiente - Vapor Burger

Olhando o cardápio, dá pra ver que tudo é diferente. Conforme está escrito na parede da hamburgueria, os burgers não são grelhados, mas sim feitos no vapor. Então, o que esperar do sabor deles?

Há ainda vários tipos de cerveja, inclusive artesanais, que casam com os diferentes tipos de hambúrguer.

Cervejas - Vapor Burger

Mas como eu não sou a maior fã de cervejas, pedi uma Coca-Cola mesmo e, pra minha sorte, olha a latinha que veio… que demais! Agora só falta uma latinha escrito “Lelê”.

Lelê Gianetti - Vapor Burger

Bom, vamos às comidas! De entrada, pedimos as Steamed Potatoes, que são batatas bolinha sem casca no vapor, com molho de cebola, gorgonzola ou mostarda.

Como pedimos a maionese da casa para acompanhar a batata, nenhum dos molhos foi colocado por cima.

Porção de batatas com maionese - Vapor Burger

As steamed potatos são gostosas e a maionese da casa é beeeeeem saborosa! Está super aprovada!

Porém, se houvesse a opção de pedir as clássicas batatas fritas, acho que eu acabaria optando por elas…

Batatas com maionese - Vapor Burger

Na hora de escolher os burgers, escolhemos 2 opções diferentes.

Eu optei pelo Cheddar Burger que consiste de hambúrguer de entrocôte, queijo cheddar, cebola confitada e farofa de bacon com spicy curry ketchup no pão australiano.

Cheddar - Vapor Burger

Cheddar - Vapor Burger

Gente, o hambúrguer tem muiiiiiiiiiiito cheddar… será que pelas fotos dá pra ter uma ideia? Se você não é apaixonado por cheddar, escolha outra opção do cardápio.

Particularmente, eu gosto bastante, então aprovei o meu pedido.

Cheddar - Vapor Burger

Gostei da combinação de ingredientes e especialmente quando acrescentei a maionese.

Já meu noivo optou pelo #Hashtag Bacon que consiste de hambúrguer de entrecôte no vapor, mas com queijo da casa derretido, alface, tomate e 4 fatias de bacon (também no vapor), com maionese verde.

Hashtag Bacon - Vapor Burger

Não preciso nem dizer por que o burger chama hashtag bacon né?! O bacon é bem crocante, mas o sabor aqui é mais convencional. Mesmo por que os ingredientes também são mais comuns.

Hashtag Bacon - Vapor Burger

E a minha opinião final sobre o Vapor Burger? Olha, realmente é tudo super diferente. Eu achei a experiência interessante e acho que vale a pena ir conhecer o lugar.

Agora, confesso que em alguns momentos, senti falta daquele gostinho tradicional de hambúrguer, sabe?! Não sei se eu consegui me explicar direito.

Bar - Vapor Burger

Fazendo um balanço geral, com certeza prefiro os hambúrgueres tradicionais, grelhados. Me parece que eles têm mais sabor, mais suculência… e isso faltou no Vapor Burger.

Não que os 2 burgers que eu provei estivessem ruins, muito pelo contrário. Estavam bons, mas como eu disse, são muito diferentes dos hambúrgueres clássicos… é difícil até comparar.

Ambiente - Vapor Burger

Ahh… e lembram da dica que eu dei lá no começo do post sobre pagar com o cartão Visa? Gente, nossa conta deu R$ 66,00 já com serviço incluso… R$ 33,00 por pessoa, um excelente custo benefício!

Então, meu veredicto final é que se você não conhece como são os burgers feitos no vapor, vá lá conhecer o Vapor Burger… a experiência com certeza compensa!

Cheddar - Vapor Burger

Hashtag Bacon - Vapor Burger

E pra ver mais dicas de hamburguerias e restaurantes de vários outros estilos, dá um pulinho lá no meu blog, o It Yourself, e conheça a sessão “food stuff” aqui.

Beijinhos,
Lelê Gianetti

======> Veja a posição do Vapor Burger no ranking do Guia do Hambúrguer.

Vapor Burger – Pinheiros

R. Fradique Coutinho, 1464 – Pinheiros
São Paulo, SP
Telefone (11) 3811-9718
delivery não

Este post representa a opinião de nossa colunista LeLê Gianetti, blogueira do It Yourself que escreve a coluna “Coma você mesmo” Para participar do Guia do Hambúrguer, envie um e-mail para gente e agende uma entrevista.

‘O’Burguer o nome do hambúrguer recheado em São Paulo invadiu o Panela na Rua

01-oburguerO Chef Cadu sempre cozinhou para os amigos e é um apaixonado por gastronomia. Gostava de assistir os programas do canal TLC sobre chefs de cozinha e desafios gastronômicos. Se inspirava e montava jantares para seus amigos e conhecidos, sua “cobaias”. Sempre recebia e sempre uma super aprovação de quem provava o que deixava o chef e os convidados muito satisfeitos.

Mesmo com sua formação e paixão por comida e hambúrgueres, trabalhava em um banco. E acabava praticando o que havia aprendido nestes eventos particulares, em casa e com amigos.

Até que começou a se especializar em hambúrgueres e a coisa começou a ficar mais séria. Gostava muito de harmonizar os burgers com vinho e cerveja, até que teve a chance de fazer pela primeira vez o evento gastronômico de domingo o “Panela na Rua”. Foi um sucesso!

02-oburguer

Depois da primeira, percebeu que era aquilo que queria fazer como profissão. E finalmente viu uma chance de colocar tudo que aprendeu em prática e abrir seu próprio negócio.

Resolveu batizar sua hamburgueria itinerante de ‘O’ Burguer, nome que remete à uma expressão muito usada quando gostamos de dizer que é algo único e diferenciado. Assim surgiu o ‘O’ Burguer, que hoje serve acompanhamento e bebidas, além de hambúrguer. E ele reuniu 2 sócios o Felipe Correia (primo) e Marcelo Alves (irmão).

04-oburguer

Mas ele não queria ser apenas mais uma hamburgueria, então além de ser a primeira hamburgueria especializada em hambúrgueres recheados, se especializando em fazer hambúrguer recheado, que não é tão popular no Brasil, mas que é uma delícia. O hambúrguer recheado leva queijo e molhos dentro da carne, que vão esquentando à medida que são preparados e deixam a carne ainda mais saborosa, mudando um pouco a experiência de comer um hambúrguer tradicional.

E para ser ainda mais exclusivo, no ‘O’ Burguer as carnes são sempre diferentes e até exóticas. Então dá para experimentar vários tipos de carne e combinações bem particulares.

03-oburguer

No dia em que visitamos, tínhamos duas opções de hambúrguer:

  • Hambúrguer de cordeiro com bacon, recheado com queijo brie, coberto por cebola caramelizada no vinho carmenere, creme de queijo mussarela e rúcula, no pão amanteigado com farinha de fubá.
  • Hambúrguer de costela com bacon, recheado com barbecue e cheddar, coberto por cebola caramelizada no shoyu, creme de cheddar e farofa de bacon, no pão australiano.


05-oburguer

Mas além destes, o Chef Cadu diversifica com mais 7 receitas aproximadamente, que vão variando a cada evento:

  • Hambúrguer de búfalo, recheado com mussarela de búfala, coberto por maionese de presunto parma, cebola marinada no limão e agrião, no pão de ervas.
  • Hambúrguer de baby beef, rechado com maminha marinada na cerveja escura, coberto por farofa de panceta , maionese de cerveja e couve frita, no pão de torresmo.
  • Hambúrguer de picanha, recheado com mussarela de búfalo e tomate seco, com amêndoa defumada, coberto por queijo gruyère, maionese de alho negro e cebola crocante, no pão francês em formato de hambúrguer.
  • Hambúrguer de picanha de porco, recheado com queijo fundido derretido no champanhe, coberto com calda de abacaxi levemente apimentada, maionese de páprica defumada e peperoni, farofa de provolone, creme azedo e agrião, no pão de mel e ervas.
  • Hambúrguer de maminha, recheado com carne seca e creme de queijo, coberto por maionese de limão, farofa de peperoni, queijo gouda e cebola na cerveja escura, no pão caseirinho.
  • Hambúrguer de frango recheado com ricota defumada, coberto por molho pesto cebola roxa marinada levemente adocicada tomate cereja e queijo emental no pão de hambúrguer.
  • Hambúrguer de maminha recheado coe costela de porco frita e creme de queijo coberto por relich picante de picles cebola marinada na mostarda e azeite com ervas, maionse de honey whisk, bacon, chedar inglês e farofa de provolone.

Além dos burgers, o ‘O’ Burguer tem as batatinhas cortadas em espiral e fritas para acompanhar. E as bebidas também são bem criativas como os ices alcoólicos de limão e maracujá que experimentamos, muito gostosos.

13-oburguer

Os hambúrgueres são servidos em boa apresentação em embalagens personalizadas e tudo que tem direito. Há um capricho tanto na montagem quanto na quantidade dos complementos.

06-oburguer

07-oburguer

O hambúrguer tem 180g, recheado e serviram no ponto que pedimos. Carne saborosa e o de cordeiro com sabor característico.

09-oburguer

08-oburguer

Nos surpreendemos com a qualidade que o ‘O’ Burguer consegue entregar, mesmo em um ambiente de Feirinha Gastronômica. Sabemos que é bem mais difícil fazer um hambúrguer caprichado em uma barraca. E eles conseguiram, por isso estão aqui.

10-oburguer

12-oburguer

E vamos contar um segredo, em breve ‘O’Burguer terá um Food Truck e uma casa com endereço fixo, nós vamos conferir, é claro!

11-oburguer

Se quiser provar os hambúrgueres que o Chef Cadu prepara no ‘O’ Burguer, da uma olhada nos endereços:

‘O’Burguer

Praça Benedito Calixto (da 12h às 18h aos domingos)
Pracinha Gourmet – R. Tenerife, 74 (11h às 15h de segunda à sexta)
São Paulo, SP

Este post é um publieditorial em que a qualidade do hambúrguer foi testada e aprovada. Nos comprometemos com a verdade em TODAS as matérias que publicamos. Para convidar o Guia do Hambúrguer para conhecer e falar sobre seu estabelecimento, entre em contato ou por e-email escreva@guiadohamburguer.com.

Meat Chopper – Pinheiros

O Meat Chopper é uma hamburgueria que precisa competir com o famoso Meats e recentemente com o Z Deli Sandwich Shop as três no bairro de Pinheiros e na mesma rua. No início, havia muita confusão com o Meats, do Chef Paulo Yoller, que fica quase em frente na mesma rua dos Pinheiros e ainda com o nome muito parecido. A verdade é que o Meat Chopper já estava lá quando o Meats chegou.

Fachada - Meat Chopper

Fachada - Meat Chopper

Chegamos e a casa não tinha fila de espera, era quase 23h de uma sexta-feita.  Sentamos e recebemos o cardápio.

Ambiente - Meat Chopper

Ambiente - Meat Chopper

O lugar é bem bonitinho, decoração feita com placas antigas, bem ao estilo norte americano. Há alguns sofazinhos, mas a maioria são mesas. Por fora a impressão é que a casa é bem pequena, mas não é bem assim, há dois pisos e tem bastante lugar disponível.

Ambiente - Meat Chopper

Sobre as mesas ficam o ketchup e mostarda Heinz, além da mostarda temperada da casa.

Ambiente - Meat Chopper

Os jogos americanos são feitos um a um com papel kraft e carimbo, super simpático.

Ambiente - Meat Chopper

O cardápio tem foco mesmo nos hambúrgueres, todos já em combinações sugeridas pela casa. Quem quiser, pode adicionar extras como o relish de pepino, molho mix de cogumelos, bacon, cebola caramelizada e outros.

Cardápio - Meat Chopper

É ate um pouco difícil escolher entre 20 combinações diferentes. Os que mais nos chamaram atenção foram:

  • Blue Velvet, hambúrguer, queijo gorgonzola, cebola caramelizada e rúcula no pão preto por R$ 28,00
  • Butter Burger, hambúrguer, queijo suíço, coberto com manteiga especial que derrete sobre a carne por R$ 25,00
  • Garotice Juicy Lucy, hambúrguer de 220g recheado com queijo suíço e coberto com uma suave camada de alho assado por R$ 29,00

Quem quiser provar outros tipos de carne no hambúrguer, pode optar por salmão, calabresa, frango e até um veggie, variam entre R$ 23,00 e R$ 29,00.

Cardápio - Meat Chopper

As entradas são as clássicas batatas fritas, as House Fries, batatas com casca, alho e alecrim e as onion rings todas por R$ 16,00. As batatas com cheddar e bacon saem por R$ 21,00. A porção mais curiosa são os Fries Pickles que são picles empanados e fritos por R$ 14,00 ou o Buffalo Wings, coxinhas e asas de frango.

Cardápio - Meat Chopper

O interessante é que podemos pedir cada uma das opções de batata em quantidade individual junto com o hambúrguer por até R$ 7,00, exceto a com cheddar e bacon. Esta foi nossa escolha desta vez.

Se você for ao Meat Chopper e não quiser comer hambúrguer, pode escolher entre 3 tipos de salada, tortas e omeletes. Voltando ao hambúrguer, existem opções no prato acompanhados de saladas se preferir.

Cardápio - Meat Chopper

Nossa escolha foi um House Burger, o clássico cheese salada por R$ 25,00 com House Fries. E o Garlic Juicy Lucy, porque somos fãs de hambúrguer recheado e pedimos onion rings para acompanhar. Ambos ao ponto para mal passado, o garçom explicou que o ponto da casa vem sem nenhum sangue. Então se preferir ao ponto de verdade melhor avisar.

Não demorou muito e os hambúrgueres chegaram. Boa apresentação e porção individual acompanhando. A maionese caseira vem à parte como padrão.

House Burger - Meat Chopper

O House Burger é de tamanho médio, hambúrguer alto, o que favorece o ponto da carne. Mas não foi desta vez que acertaram. Estava ao ponto para bem passado, quase nem tinha o tom rosado no interior. Os acompanhamentos vêm e quantidade equilibrada.

House Burger - Meat Chopper

A batata estava bem gostosa, crocante, quente e bem cozida por dentro. A quantidade é ótima para uma porção individual – vale a pena.

Batatas fritas - Meat Chopper

Maionese - Meat Chopper

O Garlic Juicy Lucy é mais imponente, honrando seus 220g. Carne super alta, dois dentes de alho assados por cima da carne e pão. Ah, o queijo esta dentro da carne, esta é a surpresa boa.

Garlic Juicy Lucy - Meat Chopper

Demos a primeira mordida e notamos que mais uma vez o ponto não estava correto. Nosso pedido era ao ponto para mal passado, mas a carne estava quase bem passada. Uma pena, porque deixou o hambúrguer sem suculência suficiente, principalmente se tratando de um Juicy Lucy que deve ser campeão neste quesito.

Garlic Juicy Lucy - Meat Chopper

O sabor estava gostoso, carne aerada, saborosa, hambúrguer bem feito. O queijo estava bem derretido dentro, quantidade ótima e nada de vazamentos. É comum o hambúrguer recheado vazar um pouco de queijo caso não seja bem moldado, não foi o caso.

Garlic Juicy Lucy - Meat Chopper

Garlic Juicy Lucy - Meat Chopper

Outro ponto negativo foi a quantidade de sal, muito pouco. Tivemos que dar uma equilibrada para acentuar o sabor. O alho assado é bem suave e adocicado, então não se preocupe que não vai ficar “lembrando” do alho por muito tempo, é realmente super gostoso.

As onion rings eram do tipo super fofas, massa leve e crocantes por fora. Por dentro fofinhas e bem temperadas. Mas estavam levemente oleosas.

Onion Rings - Meat Chopper

A maionese é super gostosa e temperada. Consistência correta, verde e acompanhou muito bem ambos os burgers.

Maionese - Meat Chopper

A sobremesa da noite escolhida foi um NY cheesecake com ganache de chocolate por R$ 15,00. Chegou tão rápido que bem acreditamos.

Cardápio - Meat Chopper

A fatia é bem generosa, ganache por cima. Combinou bem, mas não contrastou como uma calda de frutas vermelhas, nem era tão doce como um chocolate costuma ser. Foi uma boa escolha, mas podia ser melhor.

Cheese Cake - Meat Chopper

Cheese Cake - Meat Chopper

O Meat Chopper faz o tipo de hambúrguer que gostamos, carne alta, acompanhamentos clássicos e alguns ousados. E em todas as combinações percebemos que a idéia é deixar a carne como principal. O ponto negativo foi ponto da carne que acabou causando um efeito de hambúrguer sem suculência. Prejudicou muito a nota final por isso. Em geral é uma casa agradável, atendimento gentil e uma variedade boa tanto de hambúrguer, receitas e acompanhamentos.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer2,5 estrelas
  • maionese3,5 estrelas
  • porção3 estrelas
  • atendimento2,5 estrelas
  • espera (não houve)
  • cheese burgerR$ 20,00
  • preçode R$ 40,00 a R$ 50,00 (de R$ 40,00 a R$ 50,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Meat Chopper

Rua dos Pinheiros, 507 – Pinheiros
São Paulo, SP
Telefone (11) 3081-5369
delivery sim