Arquivo da Tag: cheddar

Underdog – Pinheiros, São Paulo – SP

oferecimento

O Underdog não é uma hamburgueria. Aliás, eles não gostam de ser chamados de hamburgueria, a ideia lá é ser uma casa de parrilla e carnes assadas na lenha.

Como eles mesmo dizem, hambúrguer também é carne e por mais que relutem sobre rankings ou qualquer tipo de classificação e crítica, nós fomos para avaliar, custe o que custar.

Por outro lado, sabemos que todo mundo que trabalha em uma cozinha fica feliz por ter seu trabalho reconhecido e no Underdog não seria diferente. Cozinhar é um ato de fazer o outro feliz.

Muito famoso pelas polêmicas nas redes sociais e pelas placas “mal educadas”, o parrilleiro Santi Roig começou com uma casa minúscula, pouquíssimos lugares no balcão. Foi assim que visitamos a primeira vez, veja nossa avaliação anterior.

Balcão Underdog original - Underdog

Agora, a casa ampliou, tem um salão espaçoso na casa ao lado e até um espaço externo onde tem uma segunda parrilla. Lugar agrádavel e descolado, sem muitas formalidades.

Ampliação na casa ao lado - Underdog

O ambiente interno é meio sombrio e bem diferente, gostamos disso – é personalidade.

Ambiente - Underdog

Nas paredes rola até uma cabeça de veado, então não é um bom lugar para levar pessoas que se impressionam por pouco.

Ambiente - Underdog

Formalidades não são o ponto forte da casa. Já na entrada eles exibem uma destas placas cheias de regra, mas que nós levamos para o lado do humor.

Avisos e regras da casa - Underdog

Fomos até o fundo para fotografar a segunda parrilla. É de lá que saem todas as carnes, exceto os hambúrgueres que são feitso exclusivamente na parrilla que fica na casa ao lado.

Parrilleiros trabalhando, só escutam o fogo - Underdog

Muito prazer, esse é Santi Roig, parece que ele não gostou das fotos:

Cara de mau, só a cara mesmo- Underdog

A real é que o Underdog é uma boa pedida para quem procura uma comida autoral e um ambiente descontraído. É por isso que o cliente não escolhe o ponto da carne, nem mesmo do hambúrguer. Se você é do time #tacru, melhor nem aparecer por lá ou pedir uns cogumelos.

Os pratos são servidos conforme desenvolvidos e não são apenas para agradar todos os paladares. Isso é legítimo, agradar a todos é o segredo para o fracasso, porque no fim das contas, não agrada ninguém.

Isso faz toda a diferença, assim a casa recebe os clientes que estão interessados no Underdog com sua própria personalidade.

Assim como todos os clientes, esperamos aproximadamente 1h na fila, correndo o risco de não conseguirmos entrar antes da cozinha fechar. Deu tudo certo.

Antes de entrar no cardápio, divirta-se com algumas das polêmicas das redes sociais, eles fazem questão de imprimir no verso do cardápio:

Curiosidades - Underdog

O cardápio em si ;e muito simples e ocupa uma página. É fácil escolher, para entradas pedimos uma porção de fritas por R$ 16. Precisa ser avaliada. E também o mix de cogumelos por R$ 42, que já provamos antes.

Cardápio - Underdog

Fomos avisados que as fritas demorariam, por volta de 30 minutos e os burgers poderiam chegar antes. Topamos.

Primeiro mesmo chegou o mix de cogumelos. Servido em um prato branco de louça, cogumelos no centro do prato rodeados de fatias de pão francês.

Mix de cogumelos assados na parrilla - Underdog

A apresentação não é o forte, mas o sabor, esse sim é demais. Cogumelos com gosto de churrasco e temperados com molho chimichanga da casa. Vale cada centavo.

Não sobrou nada daqui - Underdog

As fritas chegaram antes dos burgers. Porção serve 2 pessoas. Só de bater o olho, percebemos que estavam oleosas. Experimentamos e estavam super quentes. Mas não estavam legais. Apesar de terem gosto de batatas e parecessem ser artesanais, não foram bem executadas.

Fritas da casa - Underdog

A maionese que vem à parte estava gostosa e cremosa. Tinha um toque de alho na medida, sem sobrecarregar o sabor.

Fritas de perto - Underdog

Um tempo depois, chegaram os burgers. Servidos em uma tábua de madeira, logo que você pede, não há o direito de escolha do ponto. Isso é importante frisar, os burgers são servidos ponto do parrilleiro, traduzindo “ao ponto para mal passado”.

Hambúrgueres na tábua - Underdog

Vamos começar com algumas explicações. Já sentamos no balcão em frente à parrilla e observamos como o parrilleiro de hambúrguer trabalha. Todos os burgers do Underdog são congelados, pois é isso mesmo que vocês estão lendo. O que eles alegam é que a alta temperatura da parrilla poderia “queimar” o hambúrguer e por isso colocam os burgers na parte mais fria da parrilla, mais longe do calor e depois levam o disco de carne à parte mais quente.

Teoricamente seria o procedimento mais errado possível, mas que no fim das contas dá certo por lá. Um dia testaremos nas mesmas condições e contamos o resultado a vocês. E o que importa numa avaliação é o resultado.

O hambúrguer é alto, pedimos um cheese bacon que saiu por R$ 29 e outro com queijo prato, sour cream e picles que ficou R$ 32. Ambos estavam no mesmo padrão, tanto de ponto como de montagem.

Hambúrguer, queijo prato, sour cream e picles- Underdog

Usam o pão de hambúrguer tradicional e já mandam maionese à parte. Desde a primeira mordida já sentimos o sabor de churrasco, evidente e delicioso.

Cheesebacon - Underdog

O ponto estava perfeito, bem vermelho, selado por fora e bem suculento por dentro. Experimentamos a carne separadamente, só sentimos falta de um pouco de sal, o que não aconteceu dentro do hambúrguer porque o bacon completava.

Cheesebacon pronto para ser devorado - Underdog

A textura da carne pareceu um pouco mais compacta do que deveria, mas sinceramente, não atrapalhou e provavelmente é devido ao congelamento.

O pão estava macio e gostoso, suportou bem o hambúrguer suculento até o final. E estava levemente selado.

Um ponto que chama a atenção é a temperatura do hambúrguer, vem super quente e isso é um ponto muito positivo. O hambúrguer, apesar de estar vermelho dentro, vem totalmente quente, a gordura do blend derreteu e se misturou à carne. Fazendo um hambúrguer muito suculento.

Ponto da carne - Underdog

O Underdog é menos under do que a pessoas imaginam. Desta vez, o atendimento foi super solicito e educado. Fomos muito bem tratados, nÃo tivemos do que reclamar.

O fato é que a casa é lotada de placas e “regras” do parrilleiro, mas nada demais. No fundo no fundo, o Santiago é um puta cara legal e com personalidade – essa é a nossa opinião. Dificilmente uma pessoa que cozinha tão bem e tem prazer no que faz pode ser uma má pessoa.

E se você curte um churrasco e um hambúrguer autoral, não pode perder a oportunidade de conhecer o Underdog. Ah, o “hostess” da casa é o Jão do Ratos de Porão – sócio da casa.

Avaliação do Guia do Hambúrguer

    • hambúrguer3 estrelas
    • maionese2 estrelas
    • porção2 estrelas
    • atendimento3 estrelas
    • espera mais de 1h
    • cheese burgerR$ 24,00
    • preçoacima de R$ 50,00 (acima de R$ 50,00 por pessoa)

As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Underdog

R. João Moura, 541 – Pinheiros
São Paulo, SP
Telefone não tem
delivery não

Hamburguinho Moema o clássico que se renova desde 1974

oferecimento

O Hamburguinho Moema é uma casa sempre cheia de novidades. Já fomos convidados antes para explicar um pouco sobre a história do Hamburguinho (leia aqui) e agora voltamos para contar algumas novidades.

Fachada - Hamburguinho Moema

O Hamburguinho é uma casa tradicional que foi inaugurada em 1974 na AV. Brigadeiro Faria Lima. Hambúrguer fininho, estilo tradicional e que tinha como diferencial o molho especial feito com tomates, pimentões e cebola crua (veja aqui). Mas que só está disponível na loja da Faria Lima.

O tempo passou e a marca acabou abrindo novas casas, uma delas a de Moema, que ficou sob responsabilidade do neto do fundador por muito tempo. Mas agora está sob nova direção, cheia de vontade de inovar e de se modernizar, mas mantendo a essência da marca.

Piso térreo - Hamburguinho Moema

Em um cenário em que novas hamburguerias são inauguradas a cada semana e o paladar dos clientes está cada vez mais exigente, é justa a preocupação em fazer um hambúrguer cada vez melhor. E é essa a intenção do Hamburguinho Moema. Inclusive eles participaram do nosso Curso de Hambúrguer Artesanal que aconteceu em março, para uma reciclagem e aprimoramento das técnicas. Uma hamburgueria com mais de 40 anos de história precisa se renovar.

Piso superior - Hamburguinho Moema

A primeira impressão que tivemos foi que o ambiente foi totalmente renovado. Agora a casa está com um ar mais atual, confortável e muito mais bem decorada. O ambiente é muito importante sim.

Além do piso térreo, há um salão bem amplo no segundo andar bem confortável e já ostentando essa nova cara da loja.

Piso superior - Hamburguinho Moema

O cardápio não sofreu tantas alterações ainda, busca sempre as receitas clássicas e algumas diferentes. Vamos mostrar tudo por aqui.

Cardápio - Hamburguinho Moema

Além dos burgers, a casa também oferece hot dogs, milkshakes e sobremesas. Confira:

Cardápio - Hamburguinho Moema

Não poderíamos começar com nada mais clássico que o cheese salada, acompanhado de uma porção de batatas canoas e um milkshake de paçoca.

Cheese salada - Hamburguinho Moema

O cheese salada da casa tem 120g de carne, queijo prato, alface, tomate e maionese artesanal por R$ 20. Preço mais do que justo, né?

Cheese salada tradicional - Hamburguinho Moema

A porção de fritas canoa são bem generosas, dá para dividir sem medo e custam R$ 14.

Porção de fritas canoa - Hamburguinho Moema

Um dos pontos fortes da casa é a maionese, cremosa, saborosa e que vale a pedida. A tradição da maionese artesanal nas hamburguerias clássicas é uma exclusividade do hambúrguer no Brasil e nós adoramos.

Batatas com maionese - Hamburguinho Moema

Uma combinação que sai do tradicional, mas que é simples e gostosa é a do Cheddar Onion.

Cheddar Onion - Hamburguinho Moema

Um hambúrguer de 120g, queijo cheddar, dois aneis de cebola e a maionese artesanal que não podia faltar custa R$ 25.

Cheddar onion - Hamburguinho Moema

E a gente combinou esse burger com uma porção de batatas fritas com cheddar e bacon que custam R$ 16.

Batatas fritas com cheddar e bacon - Hamburguinho Moema

Ainda na linha da cebola, uma variação da mesma combinação de cebola e cheddar vem o Crispy.

Crispy - Hamburguinho Moema

Junto com este hambúrguer pedimos a porção de onion rings que também serve 2 pessoas e custa R$ 20.

Onion rings - Hamburguinho Moema

O Crispy É o mesmo hambúrguer tradicional de 120g, queijo cheddar derretido e crispy de cebola e maionese artesanal por R$ 26.

Crispy - Hamburguinho Moema

Ah, todos os burgers são servidos assim, no saquinho, como nos velhos tempos. Em algumas fotos acabamos tirando e deixando só o prato apenas para facilitar a visualização dos ingredientes. Mas essa foi uma dos nossos registros preferidos.

Crispy - Hamburguinho Moema

Provamos também o milkshake de Nutella com 500ml feito de sorvete de creme e chocolate combinados, Nutella e chantilly por cima por R$ 26. Sinceramente, estava realmente muito gostoso, pode pedir tranquilo.

Milkshake de Nutella - Hamburguinho Moema

Vamos com um pouquinho mais de Crispy, só pra dar água na boca.

Quer uma mordida? - Hamburguinho Moema

Outra dica no Hamburguinho Moema é o Ovo Burger, que pedimos com a gema mole, como gostamos.

Ovo Burger - Hamburguinho Moema

E ainda dá para dar aquela “xuxada” da batatinha na gema, e aí, voc6e também ama?

Aquela

E nossa visita estava no finalzinho, mas antes disso quisemos fazer uma combinação clássica montando nosso próprio hambúrguer.

Primeiro é hora de chapear - Hamburguinho Moema

Mas não podeia ser um hamburguer simples né, fomos logo de duplo burger e duplo queijo prato.

Duplo burger - Hamburguinho Moema

Acrescentamos bacon e cebola frita, uma das nossas combinações favoritas nas clássicas de São Paulo.

Bacon e cebola frita  - Hamburguinho Moema

E o resultado foi esse:

Cheeseburger duplo com bacon e cebola frita ao ponto - Hamburguinho Moema

E é claro que a cada mordida, uma passadinha de maionese da casa.

Duplo cheeseburger - Hamburguinho Moema

E foi essa combinação que custa R$ 35 foi que encerramos nossa visita.

E aí, topa? - Hamburguinho Moema

O Hamburguinho Moema começou com algumas mudanças, mas que a gente aposta que não para por aí. O clima da casa é de melhorar sempre, fazer aquele hambúrguer gostoso e tradicional de encantar os clientes. E achamos que estão no caminho certo. Pra gente, o próximo passo é eles começarem a fazer as porções artesanais, isso seria um diferencial muito importante em nossa opinião. Mesmo sabendo que eles servem porções de batatas e aneis de cebola bem executadas.


* * * * * RODÍZIO DE MINI BURGER por R$ 39,90 * * * * *

Rodízio de Hambúrguer - HamburguinhoQuem mostrar este post ao garçom na Hamburguinho Moema:

  • Coma à vontade no rodízio de mini-burger com entradas (fritas, fritas cheddar e bacon e onion rings) por R$ 39,90
  • Mostrou o post do Guia do Hambúrguer, GANHOU SOBREMESA: porção de mini-churros

obs. promoção válida até 31/7 ou até o término dos estoques na compra do Rodízio de mini-burger para consumo na casa – não é válida para delivery. Não acumulativa com outras promoções vigentes. Apenas no Hamburguinho Moema.


 

ou


* * * * * G R Á T I S: HAMBÚRGUER DUPLO * * * * *

Quem mostrar este post ao garçom na Hamburguinho Moema:

  • Transforma qualquer hambúrguer do cardápio em duplo sem pagar nada a mais por isso!

obs. promoção válida até 31/7 ou até o término dos estoques na compra de um hambúrguer para consumo na casa – não é válida para delivery. Não acumulativa com outras promoções vigentes. Apenas no Hamburguinho Moema.


 

Hamburguinho Moema – tradicional desde 1974

Al. Arapanés, nº 1184 – Moema
São Paulo, SP
Horário de funcionamento: de segunda à quinta-feira das 12h às 23h | sexta e sábado da 12h às 0h | domingo da 12h às 23h30
Telefone (11) 2339-6006
delivery sim

Este post é um publieditorial em que a qualidade do hambúrguer foi testada e aprovada. Nos comprometemos com a verdade em TODAS as nossas matérias – só falamos a verdade. Para convidar o Guia do Hambúrguer a conhecer e apresentar seu negócio, envie uma mensagem pelo nosso formulário ou para o e-email contato@guiadohamburguer.com.

Big Kahuna Burger – Jardim Paulista, São Paulo – SP

oferecimento

Nem o “Templo do Bacon” pode escapar das nossas avaliações. O tempo passa e precisamos voltar às hamburguerias conhecidas para sabermos como estão os burgers por lá e oficializar as novas avaliações. Chegou a vez do Big Kahuna Burger, a hamburgueria especializada em hambúrgueres pornográficos.

Fachada - Big Kahuna Burger

Aproveitamos o horário do finalzinho do almoço, após as 14h, para fazer nossa visita. Só assim você consegue dar uma fugidinha das constantes e enormes filas do Big Kahuna. Chegamos e sentamos, a casa estava com poucas mesas ocupadas. Nas fotos a seguir, que foram tiradas apenas no final da avaliação, a casa já estava fechada e completamente vazia.

Entrada - Big Kahuna Burger

O ambiente no Big Kahuna vem evoluindo gradativamente, ano após ano. Atualmente, a decoração está bem caprichada e completa – veja como era a casa antes.

Ambiente - Big Kahuna Burger

O filme “Pulp Fiction” é exibido ininterruptamente na TV desde sempre. Agora, eles também têm uma playlist personalizada que completa a experiência na casa. Ah, você pode ouvir em casa se quiser.

Ambiente - Big Kahuna Burger

Ainda falando sobre o ambiente, sentimos apenas que falta um pouco de conforto nas mesas e cadeiras de madeira, que acabam ficando um pouco apertadas. Um misto de falta de espaço e aproveitamento para que caiba o máximo de clientes e alivie a espera. A gente entende.

Ambiente - Big Kahuna Burger

O cardápio permanece o mesmo desde nossa última visita informal, não é difícil escolher entre as opções mais do que ogras da casa. Outra certeza é que vai ter bacon sim, como não comer bacon estando no “Templo do Bacon”.

Cardápio - Big Kahuna Burger

Atualmente, na maioria das combinações oferecidas pela casa, você escolhe entre um hambúrguer de 140g ou de 220g. Algumas delas só estão disponíveis na versão de 220g. Uma das mais famosas receitas é o Ezequiel 25:17, também o maior hambúrguer da casa que leva 5 discos de carne de 140g, 10 fatias de bacon, queijo cheddar ou muçarela, crispy onions, picles de pepino, fatias finas de cebola roxa, tomate caqui, alface crespa e maionese da casa no pão brioche por R$ 99,80.

Cardápio - Big Kahuna Burger

Para a visita de hoje pedimos algo mais modesto.

O Royale with cheese com hambúrguer de 140g é o clássico cheeseburger com maionese da casa no pão brioche por R$ 20,80. Caso escolha o hambúrguer de 220g fica por R$ 24,80, preço bem honesto em nossa opinião.

A nossa outra escolha foi o hambúrguer que leva o nome da casa, o Big Kahuna Burger com 220g, trocamos a muçarela por cheddar maturado com um acréscimo de R$ 3,50, bacon, fatias finas de cebola roxa, picles de pepino, tomate caqui, alface americana e maionese da casa completam a combinação que custa R$ 31,80. Se fosse o hambúrguer de 140g, o preço seria R$ 27,80.

De entrada, fomos de Double Shot, porção metade batatas fritas e metade onion rings por R$ 24,80. Foi a primeira a chegar, aproximadamente 15 minutos depois.

Double Shot - Big Kahuna Burger

As fritas não são artesanais, apesar de terem sido bem executadas, crocantes e quentes, são dispensáveis. Achamos que tá na hora da Big Kahuna Burger produzir suas próprias batatas. As onion rings são feitas na casa, aneis grandes de cebola empanada, muito crocantes e quentes também.

Double Shot, porção meia onion rings artesanais e meia fritas - Big Kahuna Burger

Estavam levemente oleosas, mas não chegou a prejudicar nem atrapalhar. Gostamos deste estilo de cebola, pois dá para sentir nitidamente o sabor e textura original, além da casca crocante. Pedimos uma maionese à parte para comer junto.

A maionese é muito…muito cremosa e suave. Levemente temperada, se experimentada sozinha, sabor bem leve, para que seja combinada com os outros ingredientes e complete a combinação.

Maionese - Big Kahuna Burger

Logo em seguida chegaram os hambúrgueres. Todos os burgers da casa são preparados na churrasqueira a carvão, desde a inauguração.

O Royal With Cheese, tem uma carne mais fina, parece mesmo um hambúrguer pequeno.

Royal with Cheese de 140g - Big Kahuna Burger

Queijo bem derretido e maionese na medida certa. O sabor de churrasco é nítido e traz toda a diferença da casa. Simples e gostoso.

Royal with Cheese - Big Kahuna Burger

Royal with Cheese - Big Kahuna Burger

O ponto foi um pouquinho prejudicado, pela altura da carne, mas tinha a faixa rosada no centro, então não consideramos que houve um erro.

Ponto da carene do Royal with Cheese - Big Kahuna Burger

O Big Kahuna Burger é um hambúrguer bem maior, tanto pelos ingredientes, quanto pela altura da carne. Tamanho ideal para a churrasqueira. A combinação é clássica e permite a carne ser o ingrediente principal. Destaque para o bacon artesanal que eles usam, crocante, saboroso e equilibrado, podia vir o dobro!

Hambúrguer que leva o nome da casa - Big Kahuna Burger

A carne estava no ponto que pedimos, ao ponto para mal, muito suculenta e saborosa. Quantidade equilibrada de gordura, bem vermelha e com sabor de churrasco. A textura é perfeita, carne macia por dentro e selada por fora. O cheddar maturado veio derretido por cima da carne.

Big Kahuna Burger - Big Kahuna Burger

O pão estava macio e gostoso, pão brioche levemente adocicado, muito gostoso. Mas passou um pouco do ponto na chapa, já estava com as beiradas um pouco escuras demais. Outro ponto negativo que notamos foi a montagem, poderia vir mais caprichada, assim como acompanhamos nas fotos dasd redes sociais.

Big Kahuna Burger - Big Kahuna Burger

Ponto do Big Kahuna Burger - Big Kahuna Burger

É impossível ir até o Big Kahuna e não fechar a visita com o milkshake de bacon. Nossa sobremesa foi o Porky Shake pequeno que custa R$ 21,80. Sorvete de creme, maple syrup, farofa de bacon crocante e Chantily. Se quiser a versão mais turbinada, sai por R$ 26,80.

Além de bonito, o Porky Shake é muito gostoso, não é doce demais e vem com uma fatia generosa de bacon. O chantilly é leve, gostoso e o milkshake também, você intercala o doce com a farofa crocante de bacon, fica uma delícia, isso a gente pode garantir.

Porky Shake - Big Kahuna Burger

O Big Kahuna Burger é uma das hamburguerias que admiramos o trabalho e acompanhamos há muito tempo. É uma das marcas mais fortes de hambúrguer que conhecemos e não é à toa. Quem vai lá, vira fã, não só pela comida, mas pela experiência. As pessoas normalmente tem suas expectativas superadas e não pagam a mais por isso. Sinal de honestidade.

Se você não curtir ficar em filas muito grandes como a gente, escolha horários alternativos. Se não se importar de ficar mais de 1 hora na fila, aproveite, o fato é que não vai se arrepender.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3 estrelas
  • maionese3 estrelas
  • porção2 estrelas
  • atendimento3 estrelas
  • espera nenhuma
  • cheese burgerR$ 20,80
  • preçode R$ 30,00 a R$ 40,00 width= (acima de R$ 50,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Big Kahuna Burger

Alameda Lorena, 53 – Jardim Paulista
São Paulo, SP
Telefone (11) 3051-6268
delivery sim

St. Louis Burger – Jardim Paulista, São Paulo – SP

oferecimento

O St.Louis Burger é uma das hamburguerias lendárias da cidade de São Paulo. Localizada na esquina da R. Batataes desde 2006, a hamburgueria tem inspiração clara nas casas norte americanas. Após 7 anos, o chef Luiz Cintra, idealizador da St. Louis, abriu uma segunda loja com um conceito um pouquinho diferente (veja aqui).

Fachada - St. Louis Burger

O chef Luiz Cintra, nascido nos EUA, mantém-se fiel ao conceito original até hoje. Pioneira nos burgers de carne alta, grelhados e ao estilo norte americano são a tradição da casa desde a inauguração.

Ambiente - St. Louis Burger

Já havia um bom tempo que não visitávamos a casa (veja a última visita), apesar de toda a fama e a tradição, não tivemos experiências incríveis por lá, apesar de achar o hambúrguer gostoso. Na St. Louis Burger Shop, a segunda loja, não fomos felizes com seu esquema de auto atendimento e uma experiência mais descontraída. Não acertaram no hambúrguer.

Ambiente - St. Louis Burger

Desta vez, visitamos a St. Louis pioneira, no horário do almoço. A casa estava bem cheia, ficamos com a última mesa disponível. Mas só tiramos as fotos do ambiente no final, como é de costume. Por isso as mesas já estão todas vazias.

Ambiente - St. Louis Burger

O ambiente é idêntico às hamburguerias e restaurantes norte americanos. Não parece nem que estamos no Brasil. E parece que nada mudou por lá, sempre foi assim. Faltou só o rolo de papel toalha em cima das mesas, antes era um diferencial e fez falta.

Cardápio - St. Louis Burger

Escolhemos primeiro as bebidas, fomos de Berry Lemonade, uma limonada com frutas vermelhas que custa R$ 9 e é uma delicia. Dá uma olhada:

Berrie Lemonade - St. Louis Burger

Como entrada, estávamos em dúvida entre as batatas fritas e as onion rings e acabamos escolhendo as duas.

Cardápio - St. Louis Burger

Ficamos com a Half n Half que leva as Onion Rings e batatas fritas. Mas a gente queria mais, então pedimos cheddar e bacon por cima das batatas para completar. Tudo ficou por R$ 34, o preço normal sem o cheddar e bacon é de R$ 25. Meio cara a modificação.

O tamanho da porção é generoso, serve duas pessoas tranquilamente. O queijo de cima da batata é gratinado, não é o tradicional cheddar cremoso. O bacon é realmente uma delicia, caramelizado na medida certa, saboroso e crocante.

Half n Half - St. Louis Burger

As batatas estavam bem corretas, crocantes por fora e macias por dentro. Mas não nos chamaram a atenção, sinceramente não deu para ter certeza se eram ou não artesanais. Provavelmente não.

Half n Half - St. Louis Burger

Já as onion rings estavam muito gostosas, massa muito crocante e bem temperada. Super saborosas, anel de cebola perfeito dentro da fritura. Muito sequinha e perfeita.

Cardápio - St. Louis Burger

O cardápio de hambúrguer é um pouquinho confuso. Primeiro você precisa saber se vai querer um hambúrguer com 200g ou 150g – dá uma olhada nos burgers que estão na foto acima, junto com as porções. O problema é que as combinações são completamente diferentes. Então querer um hambúrguer maior ou menor, determina quais receitas você terá disponível – bem estranho.

Para os hambúrgueres de 200g, opções mais clássicas como o Classic, burger de 200g, alface, tomate, picles, cebola grelhada e maionese verde. O queijo você pode escolher entre cheddar, prato, suíço ou gorgonzola e custa R$ 32.

O Juicy Lucy, uma de nossas receitas prediletas, leva um hambúrguer de 200g recheado com queijo prato e um toque de manteiga Aviação que derrete sobre a carne por R$ 30,50. Não são preços altos levando em conta a gramatura do hambúrguer.

Entre as opções de 150g, chamou nossa atenção o Truffle & Egg, hambúrguer de 150g, queijo gruyere, bacon assado, ovo, alface e a maionese grudada por R$ 31,50.
Mas por ser uma avaliação, normalmente escolhemos combinações menos arriscadas, para não prejudicar a nota final e deixar o pão, carne e queijo serem o principal. Então fomos de Good Stuff, hambúrguer de 150g, queijo gruyere, bacon assado, cebola roxa agridoce, rúcula e dijonese (maionese de mostarda Dijon) por R$ 30,50. E um Classic de 200g por R$ 32.

Enquanto comíamos nossa entrada, os burgers ficaram prontos. Ambos bem servidos em um prato de louça branco. É fácil ver a diferença de altura entre os hambúrgueres de 150g e os de 200g.

Classic - St. Louis Burger

Esse é o Classic, hambúrguer de 200g, pedido ao ponto. Eles usam o pão tradicional de hambúrguer tostado na grelha, são visíveis as marcas.

Classic - St. Louis Burger

Bastante queijo prato derretido por cima, mal conseguimos ver a carne. E vem bastante maionese por cima também.

O burger chegou no ponto correto, cebola grelhada por cima do queijo. Mas foi difícil chegar até o final sem o burger desmontar.

O Good Stuff é um pouco menor e mais fácil de comer. Os ingredientes estavam ótimos e bem combinados entre si. A cebola contrastava com o sabor agridoce, o bacon carnudo e crocante estava muito saboroso e o queijo gruyère super derretido. Aliás, uma observação, o queijo gruyère é perfeito para o hambúrguer, realmente delicioso.

Good Stuff - St. Louis Burger

Em questões estéticas, não são os hambúrgueres mais bonitos que comemos. Mas eram simples e bem feitos. Pedimos o Good Stuff ao ponto para menos, erraram. O burger veio apenas rosado no centro, pudemos considerar no máximo ao ponto – uma pena.

Good Stuff - St. Louis Burger

A carne estava grelhada, boa consistência, mas podia estar mais suculenta e saborosa. Não era questão de sal. É um hambúrguer gostoso, mas não muito acima da média em nossa opinião.

Goof Stuff - St. Louis Burger

A dijonese estava cremosa e gostosa, mas quase nem precisamos colocá-la no burger que já estava completo de ingredientes.

Ponto da carne - St. Louis Burger

Assim que terminamos, escolhemos como sobremesa a Apple Pie. A tradicional torta de maçã servida com sorvete de creme e chantilly.

A torta de maçã vem em pedaço generoso, quentinho e muito gostoso. Dá para dizer que estava espetacular. Massa gostosa, recheio doce sem ser enjoativo, uma delicia em forma de torta. O sorvete e o chantilly estavam muito gostosos, mas foram apenas os coadjuvantes, combinando bem entre si e com a torta.

Apple Pie - St. Louis Burger

O St. Louis é uma das mais tradicionais hamburguerias de São Paulo. Não pelo tempo, existem outras muito mais antigas, mas pelo pioneirismo do hambúrguer tradicional norte americano que não havia opr aqui.

Os hambúrgueres da casa continuam seguindo a linha tradicional, bem feitos e gostosos. Apesar de o blend da carne não ter sido espetacular, tem seu valor e importância no cenário do hambúrguer que temos hoje.

Caso ainda não tenha visitado a St. Louis, não perca tempo, porque a casa é parada obrigatória para qualquer hamburgueiro que se preze. Ah, não deixe de provar a torta de maçã, é sensacional e te leva direto aos Estados Unidos em uma mordida, assim como o ambiente decorado nos mínimos detalhes.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer2 estrelas
  • maionese3 estrelas
  • porção2 estrelas
  • atendimento3 estrelas
  • espera nenhuma
  • cheese burgerR$ 23,80
  • preçoacima de R$ 50,00 (acima de R$ 50,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

St. Louis Burger

Rua Batataes, 242 – Jardim Paulista
São Paulo, SP
Telefone (11) 3051-3435
delivery não

Blend Burger Bar – Boqueirão, Santos – SP

oferecimento

O Blend Burger Bar é uma hamburgueria que fica em Santos, no Boqueirão e já completou um ano de existência. Então fomos avaliar e saber se eles conseguem entrar para o RANKING GUIA DO HAMBÚRGUER (confira).

A casa é bem bonita e fica de frente para a praia, colada no canal 3. Para quem não está habituado, é desta forma que os santistas se localizam, o número do canal dá uma ideia em que parte da praia estamos falando. O Canal 3 divide as praias do Gonzaga e Boqueirão.

Fachada - Blend Burger Bar

Aproveitamos um dia chuvoso, que não deu praia e chegamos bem cedo na Blend Burger Bar. Desde a fachada notamos que o visual é bem bonito, um grande jardim e letras iluminadas chamam a atenção de quem passa na orla da praia.

Assim que entramos, avistamos o bar bem descolado e todo decorado em preto. O ambiente é dividido em algumas salas.

Bar - Blend Burger Bar

O primeiro salão é próximo ao bar, pé direito alto, decoração industrial e algumas mesas para os clientes.

Ambiente - Blend Burger Bar

Caminhando para a direita do salão principal, existem salas menores e também muito agradáveis.

Ambiente - Blend Burger Bar

Recebemos o cardápio e escolhemos nossa bebida. Pedimos o Orange and Lime Iced Tea, chá mate, suco de laranja e limão por R$ 12. O garçom avisou que demoraria uns 20 minutos, pois o xarope seria finalizado ainda, resolvemos esperar. Confira o cardápio de bebidas da Blend Burger Bar.

Cardápio - Blend Burger Bar

Cardápio- Blend Burger Bar

Bem bonito o drink, estava muito gostoso também, mas precisava estar mais gelado – provavelmente por conta do xarope recém preparado. Pedimos um copo com gelo à parte e o problema foi resolvido.

Orange and Lime Iced Tea - Blend Burger Bar

O cardápio da casa é bem extenso, muitos hambúrgueres, muitas bebidas e muitas entradas. Dá um trabalhinho escolher. Como a Blend Burger Bar é uma hamburgueria e também um bar, além das entradas tradicionais, eles oferecem algumas opções para quem quer petiscar e beber.

Cardápio - Blend Burger Bar

De entrada, pedimos o básico, uma porção de batatas fritas e outra de onion rings. As fritas são temperadas com páprica, sal e pimenta do reino por R$ 19. As onion rings são as cebolas empanadas por R$ 25.

Sem demora, as porções foram servidas. As onion rings são preparadas na casa, bem bonitas e empanadas. Estavam crocantes e gostosas, mas um pouco oleosas. Podiam estar um pouco mais sequinhas. A porção serve duas pessoas.

Onion Rings  - Blend Burger Bar

Onion rings - Blend Burger Bar

As batatas também são muito bem apresentadas. Dentro de uma louca de porcelana, sobre uma tábua de madeira. A apresentação é muito boa, mas em ambas as porções sentimos falta de um molho como acompanhamento. É preciso pedir à parte.

Batatas fritas - Blend Burger Bar

As batatas estavam quentes e crocantes por fora, macias por dentro. São cortadas em palito e estavam bem temperadas.

Porção de fritas  - Blend Burger Bar

Entre os burgers, a Blend Burger Bar oferece 11 receitas da casa, cada uma chamada de Blend. São combinações diferentes e com receitas mais sofisticadas.

Cardápio  - Blend Burger Bar

Escolhemos dois estilos, um mais sofisticado o Blend 6, hambúrguer de 150g ao ponto, queijo emmenthal, cogumelos, rúcula, chutney de tomate cereja e honey mustard por R$ 30.

O outro hambúrguer pedimos um super simples, pão brioche, cheddar inglês, bacon e maionese de alho assado à parte. Como não tinha no cardápio, foi feita modificação no Blend 5 com adicional de bacon por R$ 30. Na nossa opinião, os básicos sempre devem estar disponíveis sem termos que fazer manobras no cardápio e acabar pagando um preço desproporcional para algo trivial.

Cardápio  - Blend Burger Bar

Além dos hambúrgueres, a casa prepara sanduíches como o de Pastrami, muito em alta atualmengte, alguns hotdogs e até de pulled pork (porco desfiado).

Cardápio - Blend Burger Bar

Aproximadamente 20 minutos depois nosso pedido chegou.

Mais uma vez, a apresentação foi muito bem feita. Hambúrguer bem montado e servido sobre uma tábua de madeira.

Esse é o Blend 6, hambúrguer de 150g ao ponto, queijo emmenthal, cogumelos, rúcula, chutney de tomate cereja e honey mustard por R$ 30. O hambúrguer é levemente menor que o pão, que vem marcado em cima.

Blend 6 - Blend Burger Bar

O chutney de tomate é docinho e levemente apimentado. Os cogumelos estavam salteados, mas não são tão percebidos no conjunto. A rúcula da o toque refrescante e picante também.

Ponto da carne - Blend Burger Bar

A carne estava ao ponto para bem passada, bem pouco rosada, apesar de termos pedido ao ponto e rosada. Faltou suculência, mas pode ter sido pelo ponto errado.

Bland 6 - Blend Burger Bar

O cheesebacon no pão brioche veio nos mesmos padrões. É nítida a preocupação da casa com apresentação dos pratos e padrão. Isso é muito positivo.

Não notamos sabor de manteiga no brioche, que mais parecia um pão convencional. Veio levemente selado por dentro, sem manteiga e não chega a ficar douradinho. É bem macio e de sabor neutro, não interfere no conjunto.

Cheesebacon  - Blend Burger Bar

O queijo veio bem derretido, não parecia o autêntico cheddar inglês. O bacon veio em muito boa quantidade, cortado bem fininho e levemente crocante. É gostoso, mas podia ter um sabor mais acentuado.

Cheesebacon

A carne é de altura média, mesmo pedindo ao ponto para mal passado, veio exatamente igual ao outro hamburguerque havíamos pedido ao ponto e também veio errado. Aliás, em nossa mesa tinham outras pessoas e apesar da variação de ponto pedida, todos os burgers estavam iguais. Parece que eles Não sabem preparar pontos de carne.

Cheesebacon - Blend Burger Bar

A carne é macia, boa textura, mas faltou sal e sabor. Suculência também não foi o forte do hambúrguer, apesar de não estar seco, parece que falta gordura no blend. A cor também não agradou, hambúrguer quase nada rosado. Esse problema pode ter sido por erro de ponto ou tipos de carnes usados no blend.

Como o conjunto, consideramos o hambúrguer bem mediano, precisam fazer melhorias na carne, o item mais importante e que dá nome à casa é o ponto fraco.

De sobremesa, escolhemos a Frozen Lemonade Pie, torta de limão com base de biscoito maltado, marshmallow queimado, raspas de limão siciliano e xarope de zimbro por R$ 21.

Cardápio - Blend Burger Bar

A torta é bem grande, vem bem gelada e acompanhada do marshmallow queimado.

Pra gente faltou açúcar no creme de limão, estava azedo demais. O marshmallow deu uma equilibrada no doce, mas esperávamos algo que remetesse melhor a uma torta de limão mais tradicional.

Torta de limão - Blend Burger Bar

A Blend Burger Bar é uma opção considerável para comer hambúrguer em Santos. Ambiente descolado e moderno, cardápio variado e com boas porções. O hambúrguer precisa melhorar, principalmente a carne, mas os acompanhamentos são bem feitos e as combinações criativas e harmoniosas.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer1 estrelas
  • maionese3 estrelas
  • porção3 estrelas
  • atendimento2 estrelas
  • espera nenhuma
  • cheese burgerR$ 20,00
  • preçode R$ 40,00 a R$ 50,00 (de R$ 40,00 a R$ 50,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Blend Burger Bar – Boqueirão

R. Pindorama, 45 – Boqueirão
Santos, SP
Telefone (13) 3286-1857
delivery sim

Pão com Carne – Itaim, São Paulo – SP

oferecimento

Se existe uma hamburgueria pequena e com uma fama enorme é a Pão com Carne que fica no Itaim. Já avaliamos a casa antes (veja aqui), mas chegou a hora de retornarmos e conferirmos o que o pessoal está preparando atualmente.

Fachada - Pão com Carne

Aos que não conhecem ainda, a hamburgueria Pão com Carne é uma pequena portinha na R. Joaquim Floriano com 9 lugares e que prepara seus burgers grelhados na churrasqueira a gás.

Ambiente - Pão com Carne

A micro hamburgueria duela com gigantes em um endereço onde a clientela hamburgueira pode escolher entre Joakin’s, New Dog, General Prime Burger e Moo Hamburgueria. Sem contar o Classic Burger Haus, Katz Burger e The Fifties que ficam nas imediações. E, lógico, que agora mesmo deve ter uma nova hamburgueria inaugurando por lá, então não dá para colocar todas aqui.

Mas qual seria o segredo do sucesso da Pão com Carne? Na nossa opinião, o maior trunfo da casa foi diferenciar-se de todos os concorrentes, sendo uma ótima opção no quesito custo-benefício. Leia-se “custo-benefício” como o melhor produto possível dentro de um preço pré-estabelecido.

E o cardápio oferece um hambúrguer de aproximadamente 180g de carne a R$ 16 grelhado na churrasqueira, cheeseburger a R$ 18 e a mais cara das opções é o cheese bacon que custa R$ 22 e já vem com cebola caramelizada. Esses preços fixam na cabeça dos clientes, dando a impressão de ser um produto barato. Por outro lado, a porção de fritas custa R$ 9.

Cardápio - Pão com Carne

Mas não basta ser barato, tem que ser realmente bom. E o Pão com Carne caiu nas graças do público porque entrega um produto de encher os olhos, sabor de churrasco e artesanal.

O charme do lugarzinho pequeno, escondido e muito bem decorado, aproveitando cada espacinho também é parte determinante da experiência.

O sócio fundador da casa, o argentino Pedro Valsas, antes de ser hamburgueiro profissional era arquiteto. Então tá aí a explicação para muita coisa em relação ao cuidado no ambiente e nos mínimos detalhes, embalagens e design.

Apesar de que todos os elementos fazem parte, o que interessa pra gente é realmente o hambúrguer, na nossa nota que leva as hamburguerias para o Ranking Guia do Hambúrguer é apenas isso que conta.

Nosso pedido foi um cheesebacon sem cebola caramelizada, o padrão da casa leva cebola. A carne foi pedida ao ponto para mal passada e acompanhada de uma porção de fritas e refrigerante – Coca KS por R$ 5. O total da conta deu R$ 34. Um pouco mais caro que as redes de fast-food mais conhecidas, por conta da batata principalmente.

Tudo é pedido no balcão e depois você aguarda ficar pronto. A prioridade para sentar-se é de quem está com o hambúrguer na mão, vale o bom senso.

Balcão - Pão com Carne

Para cada ponto, existe um tempo médio esperado, pro pessoal ter uma ideia da saída dos pedidos.

Tempos dos pontos - Pão com Carne

Enquanto esperávamos o hambúrguer, assistíamos o pessoal numa cozinha muito pequena moldando os burgers. A coisa lá é bem, mas bem apertada mesmo.

Por volta de 15 minutos depois, chegou nosso “combo”. Apresentação impecável, burger ostentando a carne, queijo derretido e bacon por cima.

Visual é muito importante - Pão com Carne

A porção de batatas fritas são mais do que suficientes para uma pessoa, dá até para dividir. Estavam razoavelmente crocantes, palitos finos, mas não são artesanais. Faltou sabor. Estão no mesmo nível das batatas servidas nos fast-foods mais populares.

Porção de fritas - Pão com Carne

O hambúrguer vem embrulhado em um papel personalizado e dentro de uma caixinha de papelão em pé. O que facilita muito na hora de comer.

Mais um foco no pedido - Pão com Carne

Nem todos têm o privilégio de sentar dentro da hamburgueria. Na hora que o almoço, horário de muito movimento, tem gente se amontoando até na porta. Qualquer cantinho é útil para devorar o hambúrguer.

Cheesebacon - Pão com Carne

Desde a primeira mordida, sentimos o sabor de grelhado do hambúrguer, a carne não é muito alta, mas conseguem preparar no ponto que pedir.

Hora de devorar - Pão com Carne

Sentimos uma textura mais grossa na moagem, provavelmente o hambúrguer é feito com carne moída apenas uma vez. O ponto estava muito mais próximo do ao ponto, carne bem rosada no centro. Mas não dá para considerar o erro.

Ponto da carne - Pão com Carne

O hambúrguer estava macio, gostoso de comer e saboroso. Poderia ser uma carne mais suculenta, mas não chega a ser um defeito. O sabor da carne é bom, típico hambúrguer de fraldinha ou com blend que leve esse corte em sua maior parte, uma carne com bastante irrigação de sangue e marcante no sabor.

O pão é levemente aquecido, não chega a ser tostado por dentro. Sabor muito neutro e bem estruturado, suportou bem o hambúrguer até o fim. Um ponto bem positivo do conjunto, pois permanece firme sem desmontar.

O bacon vem em quantidade suficiente, é suave e levemente crocante. Podia ter mais, confessamos.

A Pão com Carne Hamburgueria mostrou-se uma hamburgueria que supera as expectativas. Focada no público apressado do Itaim que precisa comer rápido e sem gastar muito. Oferece um super hambúrguer em comparação a qualquer fast food conhecido que entrega rapidamente seus combos “mágicos”. A qualidade e o tamanho do hambúrguer são o grande sucesso da hamburgueria.

Consegue agradar também os amantes de hambúrguer como a gente, principalmente por ser uma ótima opção em custo-beneficio com hambúrguer artesanal. O conforto não é o ponto forte da casa e as filas nos horários do almoço são gigantes. Então, se estiver com a intenção de conhecer a casa e provar o hambúrguer apenas, fuja dos horários de pico e vai comer hambúrguer gostoso e descomplicado.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3 estrelas
  • maionese3 estrelas
  • porção1 estrelas
  • atendimento2 estrelas
  • espera nenhuma
  • cheese burgerR$ 19,00
  • preçode R$ 30,00 a R$ 40,00 (de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Pão com Carne

R. Joaquim Floriano, 595 – Itaim Bibi
São Paulo, SP
Telefone (11) 3589-6626
delivery não

Frank & Charles Sandwich Bar é a nova casa especializada em sanduíches e hambúrguer

oferecimento

Todo mundo sabe que o Frank & Charles faz um hambúrguer incrível e venceu nosso Ranking Guia do Hambúrguer 2016/2017. E eles não param nunca, criaram uma casa completamente nova, em frente ao endereço original: o Frank & Charles Sandwich Bar.

Fachada - Frank & Charles Sandwich Bar

O chef Marcelo Campos, proprietário e responsável pelas criações e conceito de ambas as casas, estudou gastronomia em Londres e por lá trabalhou na área de eventos durante 6 anos, aonde teve contato com a alta gastronomia, inclusive trabalhando dentro do Palácio de Buckingham. Quando voltou ao Brasil, após um tempo longe da gastronomia, abriu uma empresa de catering fazendo eventos de diversos portes e comida contemporânea chamada Soul Kitchen, participou de feiras gastronômicas e, após 3 anos, abriu o Frank & Charles.

A ideia original do Frank & Charles era ser um diner. Aqueles pequenos restaurantes típicos dos Estados Unidos que servem diferentes tipos de comida em um ambiente descontraído. E foi com os hambúrgueres que o Frank & Charles se projetou. Depois do título, eles ampliaram de 26 para 38 lugares e mesmo assim a casa vive lotada. Efeito Guia do Hambúrguer e o melhor é que tudo por mérito deles.

Ambiente - Frank & Charles Sandwich Bar

E então, eles inauguraram o Frank & Charles Sandwich Bar em dezembro de 2017. Uma casa especializada em sanduíches, o que eles fazem muito bem e nós somos apaixonados.

Ambiente - Frank & Charles Sandwich Bar

O cardápio é enxuto, tem entradas surpreendentes e muito autorais. Vão além das tradicionais batatas fritas. Tudo é preparado artesanalmente pela casa, tem alma. Inspiração na alta gastronomia, origem do chef Marcelo Campos.

Prepare-se para descobrir novos sabores, sensações e combinações.

Em nossa visita, provamos um pouco de tudo, para poder contar a vocês.

Começamos com a porção de batata com pastrami que custa R$ 27. Combinação que já está consagrada, mas a do Frank & Charles Sandwich Bar é diferente. As batatas são salteadas com mostarda Dijon Láncienne e maionese de limão siciliano.

Batatas com pastrami - Frank & Charles Sandwich Bar

Por cima, uma porção generosa de pastrami. Ah, se você nunca comeu pastrami, vale provar. O pastrami é uma carne curada e defumada, bem comum nos Estados Unidos, mas que chegou para ficar em nossas terras brasileiras.

Detalhe da batata com pastrami  - Frank & Charles Sandwich Bar

A textura do pastrami pode ser de uma carne desfiada, como você vê na foto, bem condimentada e saborosa com o toque de defumado.

A porção de barriga de porco também leva mostarda Dijon L’ancienne e picles, sai por R$ 28. Ótima escolha para compartilhar e beliscar.

Porçvão de barriga de porcom com um drink - Frank & Charles Sandwich Bar

Os cubos de barriga de porco são bem temperados e suculentos, você come com um pedacinho de pão e mostarda, combinação sensacional.

Barriga de porco - Frank & Charles Sandwich Bar

E como eles também são um bar, o cardápio de bebidas é o outro destaque. Você pode combinar as comidinhas com uma das três torneiras de chopp Gauden Pilsen (refrescante, leve, baixo amargor e aromática) por R$ 13 o half pint. Tem também a Pagan Ipa (inglesa de cor escura, bem lupulada e alcoólica) por R$ 15,50 o half pint ea rotativa, a cada semana uma nova.

Drinks clássicos como Gin Tônica, Dry Martini e Negroni custam entre R$ 26 e 35,50 e são especialidades do Frank & Charles Sandwich Bar.

Agora, nossa porção preferida foi a de camarão, chorizo espanhol, tomate cereja e batata bolinha no azeite de páprica por R$ 56.

Porção de camarão, batata e chorizo espanhol - Frank & Charles Sandwich Bar

Nossa outra paixão além de hambúrguer e carne bovina são os frutos do mar. Essa porção tem sabor marcante, bem temperada, saborosa e diferente de qualquer outra que já comemos antes. Os camarões são cozidos à perfeição, macios e suculentos. Isso é bem importante, qualquer tipo de carne tem seu tempo e método de preparo e, se isso não for respeitado, a qualidade é muito prejudicada.

Porção de camarão - Frank & Charles Sandwich Bar

Antes de falarmos dos burgers, vamos apresentar algumas opções de sanduíches.

O primeiro deles é o Gordy The Pig, sanduíche de barriga de porco, geleia de bacon, rúcula precoce e maionese de sriracha no pão clássico de hambúrguer por R$ 29.

Gordy The Pig - Frank & Charles Sandwich Bar

É uma releitura da porção de barriga de porco em formato de sanduíche. Ótima pedida.

Sanduíche de barriga de porco - Frank & Charles Sandwich Bar

A combinação é saborosa, equilibrada dentro do pão quentinho e macio. Aliás, o pão é um caso à parte. Não é o mesmo que eles usam no Frank & Charles original. Este é mais leve, bem amanteigado e muito bonito – além de gostoso.

Gordy The Pig - Frank & Charles Sandwich Bar

O sanduíche de pastrami, The Original, leva a carne curada e desfiada, mostarda Dijon e picles por R$ 32. Tem que ser simples e ter contraste.

The Original - Frank & Charles Sandwich Bar

E tem, o picles e a mostarda equilibra com o ácido o sabor de defumado e marcante do pastrami. Equilibrio é tudo na gastronomia.

Sanduíche de pastrami, já é um clássico - Frank & Charles Sandwich Bar

O sanduíche que mais chama nossa atenção, mais uma vez é o de camarão. Depois do bacon, camarão é vida!

Prawn Kingdom - Frank & Charles Sandwich Bar

O Prawn Kingdom leva camarão, lardo, maionese de wasabi e crispy de alga no pão de hambúrguer por R$ 44. Até concordamos que o preço fica um pouco acima da média, mas levando em consideração a quantidade e qualidade do camarão é justificável.

Sanduíche de camarão com lardo - Frank & Charles Sandwich Bar

Para quem não conhece o que é lardo explivcaremos. O lardo é a gordura das costas do porco curada por, no mínimo, 6 meses com sal marinho e especiarias dentro de uma caixa de mármore. Isso concentra o sabor pois há um processo de troca de umidade pelo mármore e o resultado final é uma gordura que derrete, muito sabor e textura únicos.

Prawn Kingdom - Frank & Charles Sandwich Bar

Os hot dogs também tem receitas especiais. Esse é o Mexican Dog, salsicha artesanal, cheddar, avocado, tomate, tabasco, cebola roxa e farofa de nachos por R$ 21.

Mexican Dog - Frank & Charles Sandwich Bar

Esqueça as salsichas industrializadas, da mesma forma que existe o hambúrguer vendido no supermercado e o hambúrguer artesanal, a salsicha também pode ser preparada com carnes especiais e temperos específicos.

Hot dog inspirado na culinária mexicana - Frank & Charles Sandwich Bar

O Mexican é servido em um pão amanteigado assim como o dos outros sanduíches, mas em formato adequado para a salsicha.

O ponto tão esperado são os burgers. E a primeira coisa que precisamos revelar é que são diferentes do Frank & Charles que vocês já conhecem.

A primeira mudança é o pão. Nesta casa, eles optaram em usar o mesmo pão dos outros sanduíches, o que muda completamente o conjunto. Como já dissemos, o pão é leve e bem amanteigado. Chega quentinho e chapeado.

The Butcher - Frank & Charles Sandwich Bar

O The Butcher é preparado com um hambúrguer de Wagyu e Angus com 150g, cheddar inglês e maionese da casa no pão de hambúrguer por R$ 33. É o clássico cheeseburger com maionese e ingredientes muito bem escolhidos. Nossa sugestão é pedir ao ponto da casa, chega ao ponto para mal. Você vai aproveitar muito mais a suculência e sabor da carne.

Cheese burger com maionese da casa - Frank & Charles Sandwich Bar

A outra opção é o Meat Lover, hambúrguer de 150g de Wagyu e Angus, cheddar inglês, picles, bacon artesanal e pão de hambúrguer por R$ 36.

Meat Lover - Frank & Charles Sandwich Bar

As fatias de bacon artesanal chegam a ser pornográficas.

Cheese bacon com picles - Frank & Charles Sandwich Bar

Bacon gostoso e saboroso, bem diferente dos bacons que estamos habituados que levam uma defumação química.

Preparado para provar? - Frank & Charles Sandwich Bar

O bacon usado nas duas casas é defumado com lenha e curado por 7 dias – o que jamais acontece com o bacon industrial. O resultado é tão diferente quanto o processo.

Melhor você provar - Frank & Charles Sandwich Bar

Quase não deu para provar a sobremesa, mas acabamos escolhendo o brownie que é coberto com mousse de chocolate e chantilly por R$ 23,50 e dá para dividir em duas pessoas.

Brownie - Frank & Charles Sandwich Bar

A massa do brownie é bem densa e com sabor de chocolate. O mousse é delicado e leve, combina com o chantilly e une três texturas em uma só mordida.

Brownie, mousse de chocolate e chantilly - Frank & Charles Sandwich Bar

O Frank & Charles Sandwich Ba é especializado em sanduíches e possui quatro opções de hambúrguer escolhidos e criados com muito cuidado. Sempre usando os melhores ingredientes artesanais é possível agradar muitos paladares em um lugar só. Aos amantes e apaixonados por hambúrguer como a gente, certamente vão aprovar os burgers da casa, que serão avaliados por nós futuramente e como uma casa separada.

Apesar do mesmo nome e o DNA Frank & Charles, a casa nova arrisca com receitas diferentes e sofisticadas, muito além do básico que encontramos nas hamburguerias. A alma da alta gastronomia aparece ainda mais forte e por preços muito acessíveis. É um lugar para provar novos sabores e se apaixonar pela verdadeira boa comida.


* * * * * P R O M O Ç Ã O: QUALQUER BURGER DO CARDÁPIO R$ 29,90 * * * * *

Mostre este post ao garçom do Frank & Charles Sandwich Bar:

  • Escolha qualquer burger do cardápio e pague o preço promocional R$ 29,90

obs. promoção válida até 21/7 ou até o término dos estoques. Não acumulativa com outras promoções vigentes.


 

Frank & Charles Sandwich Bar e Café – Higienópolis

R. Alagoas, 852 – Higienópolis
São Paulo, SP
Telefone (11) 99331-3594
delivery não

Este post é um publieditorial em que a qualidade do hambúrguer foi testada e aprovada. Nos comprometemos com a verdade em TODAS as nossas matérias – só falamos a verdade. Para convidar o Guia do Hambúrguer a conhecer e apresentar seu negócio, envie uma mensagem pelo nosso formulário ou para o e-email contato@guiadohamburguer.com.

Holy Burger – Vila Buarque, São Paulo – SP

oferecimento

O Holy Burger mudou o blend, passou a produzir o próprio pão e incluiu os smash burgers no cardápio. Então, chegou a hora de reavaliarmos a casa e ver do que ela é capaz atualmente.

Fachada  - Holy Burger

Já provamos as novidades do Holy Burger a convite da casa e tudo nos agradou muito. Mas sabe, nós não avaliamos nada que não seja de forma oculta e não agendada, queremos ter a mesma experiência de um cliente comum, ficamos na fila, fazemos o pedido e pagamos a conta.

Entrada - Holy Burger

Fomos em uma noite durante a semana ao Holy Burger, chegamos às 21h e havia muitas mesas na nossa frente. Esperamos por exatamente 1 hora até nos acomodarmos em uma mesinha dentro da hamburgueria.

Ambiente - Holy Burger

No ambiente e decoração da casa, quase nada mudou desde a última avaliação, a maior novidade mesmo é a pink lemonade que agora fica geladinha dentro de uma suqueira automática. E pedimos logo duas pra começar.

Balcão - Holy Burger

Para as entradas, eles oferecem as tradicionais batata fritas da casa e agora a porção de Galinha Flitadinha, um ótimo trocadilho para chamar os nuggets produzidos na casa. Pedimos uma porção pequena de cada.

Cardápio de entrada - Holy Burger

Tão rápido como a chegada das pink lemonades, que custam R$ 10 por um copo de 500ml, chegou a notícia que eles estavam sem Galinha Fritadinha. Pena, é uma porção muito gostosa, mas que não poderemos mostrar para vocês desta vez.

Ficamos com uma porção grande de fritas, são feitas na casa, acompanham maionese e custam R$ 17. Dentre os burgers, novidade mesmo era o hambúrguer do mês, mas como é uma receita especial, não foi nossa escolha.

Cardápio de hambúrguer - Holy Burger

Os smash burgers, aqueles burgers prensados na chapa chegaram pra ficar em três opções diferentes no cardápio. Escolhemos o Smash, dois Burgers de 100g cada, cheddar, picles caseiro cebola roxa e ketchup de curry no pão de brioche por R$ 27. Já fomos avisados que o Smash é sempre servido ao ponto para bem passado e chega rosado por dentro.

A outra escolha foi nada mais, nada menos que um cheesebacon com maionese por R$ 22.

Pouco tempo depois, chegou a porção enorme de fritas com a maionese. São servidas em uma assadeira de bolo inglês e servem facilmente três pessoas. Desde que o Holy Burger foi inaugurado (veja avaliação anterior) as são assim e acertaram em cheio.

Fritas feitas na casa - Holy Burger

Estavam crocantes e quentinhas. As batatas são feitas na casa, o que consideramos sempre um ponto positivo. Saborosas e acompanhadas da maionese da casa fica uma combinação perfeita.

Aliás, a maionese merece destaque, bem temperada e equilibrada, super cremosa e gostosa. Fez toda a diferença.

Em seguida chegaram os hambúrgueres. O Smash chega a ser alto, as duas carnes fazem esse burger chamar a atenção.

Smash - Holy Burger

Fica visível a porção de queijo cheddar bem derretido sobre a carne, a cebola e o ketchup por cima.

Smash - Holy Burger

Vamos aos sabores. O ketchup de curry é muito gostoso e diferente. Fica clara a presença do curry que é o ingrediente inusitado da combinação. Boa escolha.

A carne estava realmente no ponto que prometeram, rosada por dentro, boa quantidade de gordura e bem selada. O problema é que durante as mordidas pegamos uns cinco ou seis pedaços de cartilagem ou nervo no hambúrguer. O que é bem desagradável. Falha na hora de produzir o blend, que acabou deixando passar esses pedacinhos moídos com a carne. Normalmente isso acontece no momento da limpeza da carne, precisam ter mais atenção.

Ponto do Smash - Holy Burger

O picles merece destaque, levemente adocicado e muito saboroso foi um diferencial no conjunto. Ainda mais para quem ama picles como nós, vale provar, pois eles produzem a própria conserva e isso faz toda a diferença em relação aos que compramos pronto no supermercado.

O pão da casa estava macio e na medida para o conjunto, o sabor do pão não se destaca, mas abraça todos os ingredientes.

O cheesebacon é o hambúrguer clássico do Holy Burger com 160g, um pouco mais alto e ideal para quem gosta de escolher o ponto da carne. O nosso é sempre ao ponto para mal passado, simplesmente porque nessa temperatura as gorduras da carne derreteram e temos o auge da suculência.

Cheesebacon - Holy Burger

O pão brioche é super macio e gostoso, acertaram em cheio, estão com um produto todo produzido na casa. Exceto pelo queijo, óbvio.

Cheesebacon - Holy Burger

O bacon estava crocante e gostoso, na quantidade certa trouxe crocância e sabor na combinação. A maionese dispensa comentários.

Cheesebacon - Holy Burger

E eles acertaram em cheio o ponto, carne macia e sem nenhum tipo de inconvenientes. Parecia que os blends das carnes não eram os mesmos ou tivemos o azar de receber um Smash “premiado”. Perguntamos ao garçom que disse que os blends são os mesmos.

Ponto do cheesebacon - Holy Burger

Lógico que terminamos com o pudim mais famoso da internet, servido na latinha. Estava simplesmente perfeito, lisinho, cremoso e doce na medida certa.

Pudim na latinha - Holy Burger

Desde nossas últimas visitas, é notória a evolução que a casa passou nos últimos tempos. Principalmente no último ano, quando começaram a produzir o próprio pão e valorizaram os ingredientes artesanais. Esse tipo de movimento, traz personalidade e exclusividade à casa. Não é à toa que está sempre lotada.

Mas tivemos uma falha, os nervos encontrados no blend do smash burger. Esse é um ponto que não pode ser desconsiderado, porque toda hamburgueria precisa ficar atenta à carne, o ingrediente principal.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3,5 estrelas
  • maionese3,5 estrelas
  • porção3,5 estrelas
  • atendimento2 estrelas
  • espera 1 hora
  • cheese burgerR$ 19,00
  • preçode R$ 30,00 a R$ 40,00 (de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Holy Burger – Vila Buarque

R. Dr. Cesário Mota Júnior, 527 – Vila Buarque
São Paulo, SP
Telefone (11) 3214-1319
delivery sim