Arquivo da Tag: cheddar

Mustang Sally – Batel: onde comer hambúrguer em Curitiba

Visitamos o Mustang Sally em Curitiba, fica na região central da cidade, próximo a outras hamburguerias conhecidas. O nome da casa é uma homenagem à conhecida música tema do filme The Commitments – Loucos pela Fama, de Wilson Picket, músico americano dos anos 60.

A fachada foi inspirada na arquitetura do bairro do Soho em Nova York. O ambiente é muito bem decorado e temático, dividido em três espaços: salão principal que comporta 120 pessoas sentadas, um mezanino com 50 lugares e um deck externo coberto com 80 lugares.

Vista da entrada da casa - Mustang Sally
Vista da entrada da casa

Ambiente bem decorado e luz mais baixa - Mustang Sally
Ambiente bem decorado e luz mais baixa

Painel com a logomarca da casa - Mustang Sally
Painel com a logomarca do Mustang Sally

Inaugurada em 2003, o Mustang Sally tem foco em um cardápio Tex-Mex e em hambúrgueres. Para começar, existem 4 porções diferentes de nachos e pelo que vimos são porções bem servidas. Outras entradas variam da culinária Tex-Mex às porções tradicionais de fritas e onion rings ou, até mesmo, uma porção chamada de Little Italy, nome de bairro em Nova Iorque, que é uma porção de polenta frita coberta com queijo e acompanhada de molho barbecue por R$ R$ 23,90. Ah, de segunda à sexta até às 20h as bebidas do cardápio de Happy Hour vêm em dobro e os pratos têm até 50% de desconto – muito bom!

Cardápio de Happy Hour - Mustang Sally
Cardápio de Happy Hour

Nachos, Starters e Wraps - Mustang Sally
Nachos, Starters e Wraps

Salads, Sandwiches e Hamburgers - Mustang Sally
Salads, Sandwiches e Hamburgers

Nachos em 4 versões - Mustang Sally
Nachos em 4 versões

Entradas variadas com direito a porções tradicionalmente mexicanas - Mustang Sally
Entradas variadas com direito a porções tradicionalmente mexicanas

O cardápio é bem variado, existem também os sanduíches tradicionais, como o Pastrami por R$ 21,90 que leva pão ciabatta, pastrami, mussarela de búfalo, tomate seco e rúcula. Quem for mais light, pode optar entre as saladas e wraps, que vão de R$ 19,90 a R$ 32,90 (preço sem os descontos).

Dos sanduíches o que mais chamou a atenção foi o Pastrami - Mustang Sally
Dos sanduíches o que mais chamou a atenção foi o Pastrami

Os hambúrgueres são servidos em 13 opções especiais e alguns complementos à parte. Os que chamaram nossa atenção foram:

Buddy’s Favorite, pão de hambúrguer, hambúrguer coberto com uma camada cremosa de cheddar, cebola caramelizada e maionese por R$ 28,90.
Guiness Burger, pão de hambúrguer, hambúrguer temperado com cerveja, queijo, maionese e molho à base de cerveja Stout por R$ 28,90.
Jack Daniel’s Burger, pão de hambúrguer, hambúrguer preparado com Jack Daniel’s Whiskey, queijo prato, cebola caramelizada e maionese por R$ 28,90.
Fastback Burger, pão de hambúrguer, hambúrguer de picanha recheado com mussarela de búfala, rúcula e tomate com maionese especial por R$ 30,90.

Muitas opções de hambúrgueres - Mustang Sally
Muitas opções de hambúrgueres

Mais hambúrgueres... - Mustang Sally
Mais hambúrgueres…

Cardápio sem desconto - Mustang Sally
Cardápio sem desconto

Hambúrgueres em seus preços convencionais - Mustang Sally
Hambúrgueres em seus preços convencionais

+ hambúrguer! - Mustang Sally
+ hambúrguer!

Os extras para completar seu hambúrguer - Mustang Sally
Os extras para completar seu hambúrguer

Como todos os hambúrgueres acompanham fritas, fomos de Buddy’s Favorite e Fastback Burger porque adoramos hambúrguer recheado, um com fritas e o outro com onion rings.

Percebemos que o atendimento não é o ponto forte da casa, demoraram um pouco para conseguirmos fazer o pedido e mesmo a casa não estando muito cheia demorou por volta de 20 minutos para chegarem os hambúrgueres.

Pra começar fomos de frozen marguerita - Mustang Sally
Pra começar fomos de frozen marguerita

Assim que foram servidos, notamos que a apresentação não impressionou. Principalmente a do FastBack Burger estava com uma aparência meio desleixada.

Buddy’s Favorite, pão de hambúrguer, hambúrguer coberto com uma camada cremosa de cheddar, cebola caramelizada e maionese  - Mustang Sally
Buddy’s Favorite, pão de hambúrguer, hambúrguer coberto com uma camada cremosa de cheddar, cebola caramelizada e maionese

Buddy’s Favorite, pão de hambúrguer, hambúrguer coberto com uma camada cremosa de cheddar, cebola caramelizada e maionese - Mustang Sally
Buddy’s Favorite, pão de hambúrguer, hambúrguer coberto com uma camada cremosa de cheddar, cebola caramelizada e maionese

O tamanho dos hambúrgueres são médios, apesar da carne ser de 180g – segundo o site do Mustang Sally. Esperávamos um hambúrguer maior.

Fastback Burger, pão de hambúrguer, hambúrguer de picanha recheado com mussarela de búfala, rúcula e tomate com maionese especial - Mustang Sally
Fastback Burger, pão de hambúrguer, hambúrguer de picanha recheado com mussarela de búfala, rúcula e tomate com maionese especial

As onion rings são grossas e empanadas. Estavam crocantes mas passaram um pouco do ponto da fritura, mas estavam bem sequinhas. O gosto estava bom e suave.

Fastback e onion rings - Mustang Sally
Fastback e onion rings

Antes mesmo de morder o hambúrguer já dava para perceber que erraram no ponto. Pedimos ao ponto para mal passado e ainda frisamos que queríamos o hambúrguer vermelho por dentro. Sem chance, o hambúrguer estava bem passado. A carne achamos muito compacta e com pouco gordura. Comer só a carne não dava para sentir um hambúrguer saboroso como esperávamos de 180g de carne de picanha. Quando chegamos ao recheio, estava derretido corretamente, mas muito pouca quantidade de queijo.

A salada de rúcula e tomate estavam boas, sem diferencial. O bacon que adicionamos estava saboroso e gostoso, foi o ponto alto do burger.

Bastante tomate e rúcula - Mustang Sally
Bastante tomate e rúcula

A maionese tinha gosto de defumado, boa mas em consistência bem líquida, acompanhou mas não estava excelente. Era mais para um molho.

Cardápio das sobremesas - Mustang Sally
Cardápio das sobremesas

Para encerrar, que a fome estava bastante grande, escolhemos a sobremesa chamada de Sizzling Apple Pie, uma torta de maçã sobre uma leve massa folhada servida em uma chapa quente, acompanhada de sorvete de creme e calda de caramelo. O garçom chega na mesa com a chapa e a calda em um pequeno potinho. Como a chapa está bem quente, quando ele coloca a calda de caramelo por cima do sovete, ela escorre e ferve com o calor e carameliza ainda mais. Cheiro delicioso e sobremesa também. Uma das nossas preferidas.

Sizzling Apple Pie com calda de carameo fervendo - Mustang Sally
Sizzling Apple Pie com calda de carameo fervendo

O Mustang Sally apesar de ter uma proposta bem legal com cardápio de comida mexicana e também vários tipos de hambúrguer nos decepcionou. A carne que é o ingrediente principal deveria ter sido bem melhor. O ambiente é bem bacana, mas o atendimento também deixa a desejar. Pouca atenção e cuidado, inclusive na apresentação dos pratos. Exceto pela sobremesa que estava impecável. O preço é razoável, principalmente com os descontos do happy hour.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer1 estrela
  • maionese3 estrelas
  • porção2,5 estrelas
  • atendimento2 estrelas
  • espera (nenhuma)
  • estacionamento Estacionamento na rua ou a partir de R$ 20,00.
  • preçode R$ 40,00 a R$ 50,00 (de R$ 40,00 a R$ 50,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Mustang Sally

Cel. Dulcídio, 517 (esq. com D. Pedro II) – Batel
Curitiba, PR
Telefone (41) 3018-8118
delivery não

America, três novos hambúrgueres em cardápio especial a partir de 18 de setembro: Imperador, Soberano e El Nacho

Fomos convidados pela equipe do América e pelo chef responsável Marcelo Fávaro paraa experimentar em primeira mão as três deliciosas novidades que eles oferecerão no cardápio. Todos grelhados em chair-broiler, os hambúrgueres estreiam em setembro em cardápio especial e por tempo limitado.

Segundo o chef Marcelo Fávaro, o criador das receitas, eles quiseram unir em três únicos burgers a essência do America. Entitulado de “Permita-se”, os hambúrgueres traz uma porção generosa de batatas fritas para acompanhar. E não esqueceram de caprichar nos toppings dos hambúrgueres, com mais queijo, mais molho e mais maionese.

O hambúrguer chamado de Imperador é uma mistura de influências da gastronomia paulistana. Escolheram um queijo tipicamente brasileiro, o queijo do Reino que se parece com um queijo prato com maior tempo de cura e sabor acentuado. E o molho vinagrete preparado com tomate, cebola, pimentão, sempre presente nos churrascos, pasteis e sanduíches da cidade.

Imperador: hambúrguer de 150g, servido com queijo do Reino, alface, maionese, vinagrete especial e molho chimichurri no pão sem gergelim - AmericaImperador: hambúrguer de 150g, servido com queijo do Reino, alface, maionese, vinagrete especial e molho chimichurri no pão sem gergelim

Este foi certamente nosso hambúrguer preferido da noite. Mistura de sabores marcantes, queijo em abundância faz o hambúrguer ter personalidade. O pão estava super macio e sustentou bem os ingredientes.

O segundo foi o Soberano, um hambúrguer tradicionalmente americano, com muito cheddar, bacon e molho barbecue. A combinação é feita com um hambúrguer de 150g, servido com cheddar picante, alface, maionese, bacon em tiras e molho barbecue, no pão sem gergelim

Soberano: hambúrguer de 150g, servido com cheddar picante, alface, maionese, bacon em tiras e molho barbecue, no pão sem gergelim - AmericaSoberano: hambúrguer de 150g, servido com cheddar picante, alface, maionese, bacon em tiras e molho barbecue, no pão sem gergelim

Esse chamou atenção pelo bacon para fora do burger, crocante e bem bonito. O cheddar picante deu o diferencial em tudo e apesar disso a combinação é suave e harmônica, sem muita explosão de sabores, no bom sentido da frase.

E por fim o El Nacho, que traz a cultura tex-mex. Preparado com um hambúrguer de 150g, servido com queijo cheddar, maionese, pico de gallo, nachos e relish de milho no pão sem gergelim.

El Nacho: hambúrguer de 150g, servido com queijo cheddar, maionese, pico de gallo, nachos e relish de milho no pão sem gergelim - AmericaEl Nacho: hambúrguer de 150g, servido com queijo cheddar, maionese, pico de gallo, nachos e relish de milho no pão sem gergelim

O que mais chama atenção no El Nacho são os próprios nachos crocantes e visíveis logo de cara no burger. O relish de milho é o velho conhecido no America, suave e gostoso. Para temperar o pico de gallo e o queijo cheddar dando o toque final.

Para encerrar a noite com uma clássica sobremesa, escolhemos o Farofino com sorvete Haagen Dasz de doce de leite acompanhado da mais gostosa farofa crocante.

Farofino com sorvete Haagen Dasz  - AmericaFarofino com sorvete Haagen Dasz

Os hambúrgueres serão servidos até 3 de novembro e custam R$ 32,90 cada incluindo uma porção extra grande de batatas fritas. Todas as unidades do America são participantes exceto o do endereço da Alameda Santos que estará em reforma. Confira os endereços

[fechado] Casa Nero – Jardins

A Casa Nero localizada na Alameda Lorena, substituiu o antigo Chez Burger (pronuncia-se Chê Burger) que foi reinaugurado em ao lado do Bar Secreto em Pinheiros. Todas estas casas fazem parte do grupo franco-brasileiro chamado Chez, uma palavra francesa que significa “na casa de”.

Fachada - Casa Nero
Fachada da Casa Nero

Fomos almoçar em um domingo, por volta de 16h. Nesse momento não é tão difícil estacionar na região, mas normalmente não há vagas nas ruas e os estacionamentos cobram acima de R$ 15,00. Uma opção é deixar com o vallet do prórpio restaurante.

Fachada em detalhe - Casa Nero

Fachada em detalhes

Chegamos e sentamos, a casa estava com poucas mesas ocupadas. Escolhemos um lugar no sofazinho, nossa preferência. O ambiente tem uma decoração super diferente e bem bonita. As mesas são de madeira, os sofás pretos e a iluminação é baixa e quente. Tudo pensando nos mínimos detalhes, utensílios de cozinha pendurados, velas em um suporte de vidro sobre a mesa, parede de azulejos pretos ou de tijolos aparentes pintados de branco.

Ambiente na entrada - Casa Nero
Ambiente na entrada

Ambiente - Casa Nero
Ambiente

Tudo isso faz o ambiente ser rústico e agradável, sofisticado e sombrio, com um leve toque de matadouro e móveis antigos. Até os garçons entram no clima com os uniformes todo preto.

Parede com azulejos pretos ao fundo - Casa Nero
Parede com azulejos pretos ao fundo

Detalhe da iluminação com velas sobre a mesa - Casa Nero
Detalhe da iluminação com velas sobre a mesa

O cardápio é bem focado, como o próprio nome da casa já diz: “Casa Nero – carne, fogo e carvão”. E essa é a ideia da casa, servindo porções com destaque para a batata doce frita por R$ 12,00, batata frita da casa por R$ 10,00, pão artesanal com alho na grelha por R$ 8,00 e outras menos comuns em hamburguerias como coração de galinha por R$ 12,00, costelinha de porco por R$ 16,00.

Cardápio de porções e saladas - Casa Nero
Cardápio de porções e saladas

Continuação do cardápio de porções - Casa Nero
Continuação do cardápio de porções

Outras opções são as saladas, pasteis e cortes na grelha como Picanha, bife de chorizo, bife de ancho de Kobe Tropical e outros.

Mas o que importa mesmo para gente são os hambúrgueres e esses são feitos no carvão, o que faz toda a diferença. São seis variações definidas pela casa. Um cheese burger com hambúrguer de 160g, queijo gruyère, relish de pepino e cebola confitada por R$ 24,00. O cheese salada com hambúrguer de 160g, picles, cebola, alface, mussarela e molho especial, o Nero Burger com hambúrguer de 180g de Kobe Tropical, picles, cebola, tomate na chapa e ketchup caseiro por R$ 29,00. Quem não lembrar o que é Kobe Beef, é a carne de mais alta qualidade do mundo, originalmente da raça japonesa chamada Wagyu. Com o grande sucesso desta carne pela maciez e grau de gordura entremeado na carne, produtores dos Estados Unidos, Austrália e Brasil também começaram a produzir, dando origem ao chamado Kobe Tropical, que não é criado exatamente igual ao gado japonês, mas com certeza oferece um nível de qualidade superior na carne. E o que mais nos chamou a atenção foi o The Black Burger, com hambúrguer de 200g, cheddar inglês, pão preto orgânico, molho caseiro, cebola confitada e picles por R$ 29,00. Lembrando que os burgers vêm acompanhados de uma porção individual de fritas da casa.

Cardápio de hambúrgueres - Casa Nero
Cardápio de hambúrgueres

Contiuação do cardápio de hambúrgueres - Casa Nero
Contiuação do cardápio de hambúrgueres

Cardápio de milkshakes - Casa Nero
Cardápio de milkshakes

Como a fome estava grande, aceitamos a sugestão de entrada de chorizo espanhol e azeitonas pretas. Estava muito gostoso, quantidade moderada mas que serviu como tira gosto e também para aguardar nosso pedido.

Entrada com chorizo espanhol e azeitonas - Casa Nero
Entrada com chorizo espanhol e azeitonas

Os pratos principais foram uma porção de batatas doces fritas, uma de nossas porções preferidas, o Black Burger com hambúrguer de 200g, o Nero Burger com 180g de carne e dois milkshakes: um de pistache e outro de gianduia.

Os primeiros a chegarem foram os milkshakes. O de pistache estava simplesmente perfeito, sensação de que estamos comendo o pistache de verdade, levemente adoçado sem ficar enjoativo. A textura é bem lisa, ideal para um milkshake. A quantidade é de 500ml aproximadamente e vem servido num copo de vidro bem legal, pois é o modelo usado tradicionalmente em bares para café com leite em tamanho família. O milkshake de Gianduia não ficou atrás, gostoso e com sabor inconfundível de gianduia trouxe pequenos pedaços misturados enquanto bebíamos.

Milkshake de pistache - Casa Nero
Milkshake de pistache

Milkshake de gianduia - Casa Nero
Milkshake de gianduia

Em seguida foi a batata doce. A porção é pequena, mas o preço justo. Deu exatamente para duas pessoas contando que os hambúrguereses já acompanham fritas da casa. Estavam cortadas em pedaços médios e grossos, foram cozidas previamente e depois fritas o que deixa a consistência cremosa no centro. Todas servidas em porcelana branca com papel manteiga personalizado – ótima apresentação.

Porção de batatas doces e alecrim - Casa Nero
Porção de batatas doces e alecrim

Depois de uns 15 a 20 minutos, os hambúrguereses chegaram. Apesar da quantidade de carne, são de tamanho médio, servidos em uma tigela de alumínio e obedecendo a decoração com ar rústico e ao mesmo tempo moderno.

Junto com o hambúrguer embrulhado no papel manteiga, são servidas as batatas fritas de acompanhamento, a maionese e outros acompanhamentos.

Nero Burger: hambúrguer de 180g de Kobe Tropical, picles, cebola, tomate na chapa e ketchup caseiro por R$ 29,00 - Casa Nero
Nero Burger: hambúrguer de 180g de Kobe Tropical, picles, cebola, tomate na chapa e ketchup caseiro por R$ 29,00

O Nero burguer vem montado em pão de hambúrguer tradicional, molho espalhado na parte inferior do pão e a carne por cima. Estava no ponto certo. O molho com picles, cebola, tomate na chapa e ketchup caseiro estava levemente ácido. A carne estava boa, mas não foi tão diferenciada como esperávamos de um Kobe, talvez faltou um pouco de gordura no blend.

Nero Burger: hambúrguer de 180g de Kobe Tropical, picles, cebola, tomate na chapa e ketchup caseiro por R$ 29,00 - Casa Nero
Nero Burger: hambúrguer de 180g de Kobe Tropical, picles, cebola, tomate na chapa e ketchup caseiro por R$ 29,00

O Black Burger vem servido no mesmo padrão, a cebola confitada e o molho de tomates são servidos à parte junto com o burger e a batata. A cebola estava suave e adocicada, mantendo o sabor seu sabor e consistência essenciais. O molho de tomates estava surpreendente. Associado e levemente apimentado trouxe pedaços de tomate e combinou perfeitamente com o hambúrguer.

The Black Burger: hambúrguer de 200g, cheddar inglês, pão preto orgânico, molho caseiro, cebola confitada e picles por R$ 29,00 - Casa Nero
Ambiente na entrada

O burger exibe o cheddar inglês. A carne é alta, ao ponto para mal passado e com a consistência correta – moída grossa preservando as características da carne original. Podia ter um pouco mais de sal na carne no tempero. O queijo cheddar poderia estar melhor, estava com uma consistência diferente de todos os cheddar ingleses que comemos, mantendo um sabor e consistência mais próximo das marcas nacionais, o que faz muita diferença.

The Black Burger: hambúrguer de 200g, cheddar inglês, pão preto orgânico, molho caseiro, cebola confitada e picles por R$ 29,00 - Casa Nero
The Black Burger: hambúrguer de 200g, cheddar inglês, pão preto orgânico, molho caseiro, cebola confitada e picles por R$ 29,00

Batata frita, molho de tomate, cebola confitada e picles - Casa Nero
Batata frita, molho de tomate, cebola confitada e picles

The Black Burger, carne ao ponto e avermelhada no centro  - Casa Nero
The Black Burger, carne ao ponto e avermelhada no centro

O pão estava uma delicia, tamanho perfeito para deixar o hambúrguer ser sentido e acompanhou bem o conjunto. Casquinha levemente crocante e interior macio, estava ótimo e levemente adocicado.

E por fim a maionese que estava gostosa e branquinha, consistência leve e em porção pequena. No final sentimos um leve sabor azedinho.

Maionese branquinha servida à parte - Casa Nero
Maionese branquinha servida à parte

A batata que vem nos hambúrguereses é no formato palito, só que cortadas mais fininhas. O que fez muita diferença, deixando as batatas mais crocantes e gostosas.

A Casa Nero é uma casa de carnes que vende hambúrguereses grelhados no carvão. O que dá quase que exclusividade nesse ramo. O cardápio é enxuto mas suficiente. O ambiente é moderno, rústico e sofisticado, tudo ao mesmo tempo. Ideal para levar a namorada ou para se reunir entre amigos, com opções que agradariam diversos tipos de paladar. O hambúrguer é gostoso e vale a pena, assim com as porções bem preparadas e gostosas. E ainda destacamos os milkshakes, incríveis!

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer2,5 estrelas
  • maionese4 estrelas
  • porção4,5 estrelas
  • atendimento4 estrelas
  • espera (nenhuma)
  • estacionamento Estacionamentos particulares custam a partir de R$ 15,00. Estacionar na rua é possível aos finais de semana ou à noite.
  • preçode R$ 30,00 a R$ 40,00 (de R$ 30,00 a R$ 40,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Casa Nero

Alameda Lorena, 2101 – Jardins
São Paulo, SP
Telefone 3081-2966
delivery não

Z Deli Sanduíches – Cerqueira César

Finalmente voltamos ao Z Deli Sanduíches especialmente para uma avaliação. Fomos à casa outras vezes, durante o SP Burger Fest, mas chegou a hora de testarmos o cardápio regular.

Resolvemos jantar na sexta feira à noite, por volta de 22h, quando normalmente o chef Júlio Raw está na casa.

Fachada do Z Deli Sanduíches
Fachada do Z Deli Sanduíches

A espera foi de uns 15 a 20 minutos, a casa é super pequena com 12 lugares ao todo, é comum estar lotada. Sentamos no balcão em frente à lousa que mostra os destaques do cardápio.

Entrada do Z Deli Sanduíches
Entrada do Z Deli Sanduíches

AMBIENTE
O ambiente é bonito e agradável, bem iluminado e decorado. Por outro lado é apertado demais, mas que nos parece a proposta da casa – ser pequeno. A mesa maior comporta 4 pessoas sentadas, então não adianta ir com um grupo maior porque não será uma refeição com todos juntos. O clima é exatamente de uma sanduicheria, balcão em frente aos clientes onde são preparados os sanduíches pelo chef.

Ambiente - Z Deli Sanduíches
Ambiente do Z Deli Sanduíches

Balcão onde são montados os sanduíches e hambúrgueres - Z Deli Sanduíches
Balcão onde são montados os sanduíches e hambúrgueres – Z Deli Sanduíches

CARDÁPIO
O cardápio é super enxuto, 4 tipos de entrada, 2 saladas, 3 sanduíches, 5 tipos de hambúrguer e 1 sobremesa. Para combinar com hambúrguer, a sugestão são as fritas tradicionais por R$ 8,00, fritas Z Deli com casca, salteadas na manteiga, alho e alecrim por R$ 12,00 ou as pastrami fries preparada com as fritas tradicionais, pastrami, jalapeños, cheddar, sour cream e cebolinha por R$ 16,00. Para quem não conhece, pastrami é uma carne curada e temperada. Curar a carne é um método antigo de conservação usado na época que não existia qualquer forma refrigeração, mas que por trazer um resultado gostoso pelo uso dos temperos e sal, continua sendo usado atualmente apenas para aproeitarmos o sabor.

Cardápio com as entradas, saladas e sanduíches - Z Deli Sanduíches
Cardápio com as entradas, saladas e sanduíches – Z Deli Sanduíches

O destaque dos hambúrgueres vai para o Manhattan com um hambúrguer, cheddar inglês, picles, cebola, tomate e ketchup da casa por R$ 25,00 e o Presidente com um hambúrguer, queijo prato e manteiga presidente com ervas por R$ 24,00.

Cardápio com as opções de hambúrguer, sobremesas e bebidas - Z Deli Sanduíches
Cardápio com as opções de hambúrguer, sobremesas e bebidas – Z Deli Sanduíches

O hambúrguer que escolhemos não podia ser outro senão o famoso Minetta: hambúrguer, cheddar e cebola confit por R$ 26,00. Ele não está no cardápio, mas fica na lousa de sugestões. Desde o 1º SP Burger Fest foi sucesso e incorporado no dia a dia. Como acompanhamento, pedimos a Pastrami Fries, novidade que fizemos questão de experimentar.

Lousa com as sugestões da casa - Z Deli Sanduíches
Lousa com as sugestões da casa – Z Deli Sanduíches

PASTRAMI FRIES
A entrada foi a primeira a chegar, super bem apresentadas, cobertas de pastrami desfiado e sour cream. As cebolinhas decoraram o prato e deram o o acabamento final.

Pastrami fries: preparada com as fritas tradicionais, pastrami, jalapeños, cheddar, sour cream e cebolinha - Z Deli Sanduíches
Pastrami fries: preparada com as fritas tradicionais, pastrami, jalapeños, cheddar, sour cream e cebolinha – Z Deli Sanduíches

Apesar de o garçom ter avisado que as batatas tinham um toque de pimenta, não imaginávamos que eram tão picantes. O ponto negativo foi exatamente esse, a pimenta estava forte demais e atrapalhou todo o conjunto. O pastrami estava crocante, gostoso e temperado. O cheddar derretido sobre as batatas combinou perfeitamente e o sour cream trouxe o sabor azedinho característico. As batatas fritas eram artesanais e bem gostosas. Fritas da forma certa e servidas em uma porção para dois. Nossa única recomendação é que se não gostar muito de uma pimenta super forte nem passe perto das pastrami fries. ★ ★ Precisam melhorar!

HAMBÚRGUER
Depois de uns 15 minutos chegou o hambúrguer. Servido em um pequeno prato branco e acompanhados da maionese à parte que pedimos, que aliás esqueceram no primeiro momento, mas imediatamente corrigiram o erro assim que avisamos. Um ponto positivo é que a maionese não é cobrada à parte.

Minetta preparado com um hambúrguer, cheddar e cebola confit - Z Deli Sanduíches
Minetta preparado com um hambúrguer, cheddar e cebola confit – Z Deli Sanduíches

O hambúrguer vem bem montado, é de tamanho médio. Uma porção de queijo cheddar derretido perfeitamente por cima da carne e as cebolas por cima do queijo. O pão é sem gergelim, feito para ser o coadjuvante. Mas estava gostoso, macio e sustentou bem a carne.

Minetta preparado com um hambúrguer, cheddar e cebola confit - Z Deli Sanduíches
Minetta preparado com um hambúrguer, cheddar e cebola confit – Z Deli Sanduíches

A carne do hambúrguer é alta, por volta de uns 3cm. O que ajuda muito a acertar o ponto perfeitamente avermelhado por dentro – que é o ponto da casa. E para nossa sorte estava no ponto exato, suculento e bem avermelhado. A carne tem um sabor simplesmente de carne boa e sem nenhum tempero para atrapalhar, além do sal que é essencial.

Ponto da carne avermelhado por dentro - Z Deli Sanduíches
Ponto da carne avermelhado por dentro – Z Deli Sanduíches

O queijo cheddar inglês atualmente é uma raridade, por um problema de mercado está em falta em todos os fornecedores. O Z Deli Sanduíches ainda tem em estoque e faz toda a diferença num lanche como o Minetta. Sabor característico, muito melhor do que os nacionais – não há comparação. Consistência derretida na medida certa e combina muito bem com a carne. A cebola é cortada bem fininha, escurecida e levemente adocicada, mas preservando a consistência naturalmente crocante da cebola. ★ ★ ★ ★ ★ Com certeza recomendamos!

MAIONESE
A maionese é uma verdadeira delícia, pedimos a versão da casa, temperada com salsinha e cebolinha. Consistência muito correta, firme e perfeita para colocar no hambúrguer. Eles servem sempre à parte para evitar que o hambúrguer fique deslizando enquanto comemos. O sabor é suave e ao mesmo tempo bem temperada, não rouba a cena e harmoniza bem com o lanche, como uma boa maionese deve ser. ★ ★ ★ ★ ★ Com certeza recomendamos!

Maionese temperada com cebolinha e salsinha - Z Deli Sanduíches
Maionese temperada com cebolinha e salsinha – Z Deli Sanduíches

Desta vez não comemos a sobremesa, nosso cheesecake preferido, mas para quem quiser conferir vale a pedida.

CONCLUSÃO
O resultado é que o Z Deli Sanduíches é a casa ideal para se saborear um verdadeiro hambúrguer que com certeza está entre os melhores que já comemos. O ambiente realmente deixa a desejar, muito pequeno e apertado. Mesmo sentado no balcão ou na mesa, é difícil ficar confortável com toda a falta de espaço e com outros clientes passando a todo momento.

A melhor parte é que a comida é de primeira, apesar do deslize das batatas muito apimentadas, tudo é feito com capricho e ingredientes de qualidade. Talvez o segredo esteja em oferecer pouca variedade, mas com muita qualidade.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer3,5 estrelas
  • maionese5 estrelas
  • porção2,5 estrelas
  • atendimento3 estrelas
  • espera (15 a 20 minutos)
  • estacionamento Estacionamentos particulares custam a partir de R$ 15,00. Estacionar na rua é possível aos finais de semana ou à noite.
  • preçode R$ 40,00 a R$ 50,00 (de R$ 40,00 a R$ 50,00 por pessoa)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Z Deli Sanduíches

R. Haddock Lobo, 1386 – Cerqueira César em São Paulo, SP em São Paulo, SP
Telefone 3083-0021 – delivery: não

Hambúrguer com cheddar, cebola caramelizada e chips de Jamón – receita passo-a-passo e fotos

O SP Burger Fest foi um sucesso, mas infelizmente só durou duas semanas. Então o George Foreman Grill resolveu presentear 9 sortudos com um grill cada, para fazerem seus hambúrgueres em casa.

Escolhemos a receita do hambúrguer preparado pelo Rock’n’Roll Burger chamado AC/DC – hambúrguer de 200g, queijo cheddar, chips de Jamón (presunto ibérico espanhol) e cebola caramelizada e vamos ensinar a vocês.

É uma receita muito simples de executar e o resultado é uma delícia.

AC/DC - hambúrguer de 200g, queijo cheddar, chips de Jamón (presunto ibérico espanhol) e cebola caramelizada

Ingredientes

  • hambúrguer de 200g
  • 1 pão de hambúrguer tipo australiano ou 1 pão preto
  • 2 fatias de queijo cheddar inglês ou nacional (o verdadeiro cheddar é o inglês e fica bem melhor)
  • 2 fatias de Jamón ou presunto de parma
  • 2 cebolas médias
  • 1 colher de sopa de azeite
  • Molho shoyu a gosto
  • 1 colher de sopa de açúcar mascavo

Modo de preparo da cebola caramelizada

1. Pique as cebolas em cubinhos com uma faca afiada até que fiquem desta maneira:

Cebolas picadas

2. Coloque-as na frigideira em gás médio

3. Adicione um fio de azeite para dourar

4. Mexa até que as cebolas fiquem levemente douradas

5. Diminua o gás para uma chama bem baixa

6. Acrescente o shoyu sobre a cebola

7. Mexa mais um pouco e adicione 1 colher sopa de açúcar mascavo

8. Continue mexendo até o açúcar dissolver no shoyu e tampe a frigideira

9. Deixe refogando por uns 15 a 20 minutos e misture tudo a cada 5 minutos (sempre em fogo bem baixo)

10. Destampe a panela depois de 15 a 20 minutos, as cebolas devem estar desta forma (ainda existe bastante líquido)

Cebolas picadas depois de adicionar o shoyu e açúcar mascavo

11. Deixe o molho reduzindo por mais uns 20 a 30 minutos, mas tome cuidado e mexa de tempos em tempos para não queimar o fundo da panela

12. Assim que não houver mais líquido e as cebolas tiverem absorvido quase todo o shoyu e o açúcar, desligue o gás

Modo de preparo dos chips de Jamón ou presunto de parma

1. Pré-aqueça o forno a 180º

2. Pegue uma assadeira e forre com papel manteiga

3. Coloque com cuidado as fatias de presuto uma ao lado da outra, desta forma:

Presunto cru antes de ser levado ao forno

4. Coloque no forno por 12 minutos, virando as fatias após 6 minutos.As fatias estarão asim:

Presunto cru após 6 minutos no forno

5. Depois dos 12 minutos, observe se o presunto está crocante. Senão deixe mais um pouquinho até que fiquem bem crocantes. Elas estarão com esta aparência:

Chips de presunto cru

Modo de preparo do hambúrguer no George Foreman Grill

1. Coloque o George Foreman Grill na tomada e acenderá a luz piloto laranja do aparelho

George Foreman Grill

2. Enquanto a luz estiver acesa o aparelho está pré-aquecendo, não ponha nada enquanto a luz não apagar

3. Enquanto aquece, corte o pão de hambúrguer

4. Assim que a luz apagar o George Foreman Grill está pronto para grelhar seu hambúrguer de 200g

5. Coloque o pão e hambúrguer cortado na estufa, com a parte interna voltada para baixo

George Foreman Grill

6. Coloque o hambúrguer na grelha e tampe cuidadosamente. NUNCA aperte o hambúrguer com a parte de cima do grill, isso fará com que o líquido da carne escorra para fora e não queremos isso

Hambúrguer sendo preparado no George Foreman Grill

7. Para um hambúrguer ao ponto com o miolo rosado deixe por volta de 4 minutos e retire

Hambúrguer sendo preparado no George Foreman Grill

8. Para derreter o queijo, antes de tirar o hambúrguer, coloque as fatias sobre a carne e encoste levemente a parte de cima do grill por uns instantes e retire tudo. Se quiser só aproximar a parte quente para derreter também funciona

Hambúrguer sendo preparado no George Foreman Grill

9. Não esqueça que enquanto o grill estiver na tomada ele permanece aquecendo, se deixar o hambúrguer muito tempo, pode ficar bem passado e até ressecado. O tempo é essencial para que isso não aconteça.

Hambúrguer sendo preparado no George Foreman Grill

Modo de montagem do AC/DC do Rock’n’Roll

1. Coloque o hambúrguer sobre o pão de hambúrguer

2. Pegue 1 ou 2 colheres de sopa da cebola caramelizada e coloque sobre o queijo

AC/DC - hambúrguer de 200g, queijo cheddar, chips de Jamón (presunto ibérico espanhol) e cebola caramelizada

3. Coloque 1 ou 2 fatias de chips de Jamón ou presunto de parma sobre a cebola. Se quiser pode quebrar os chips em pedaços menores para colocá-los no hambúrguer

4. Agora é só tampar e se deliciar!

AC/DC - hambúrguer de 200g, queijo cheddar, chips de Jamón (presunto ibérico espanhol) e cebola caramelizada

Este post é um publieditorial. Saiba que nos comprometemos com a verdade em qualquer matéria que publicamos. Para convidar o Guia do Hambúrguer para conhecer e testar um produto, é só entrar em contato.