Receita (parte 1): Como escolher a carne e fazer o hambúrguer perfeito e artesanal

Hambúrguer - Receita do hambúrguer perfeito
Várias são as receitas que encontramos em sites de culinária, gastronomia e até mesmo nos sites sobre hambúrguer. Mas a maioria deles sempre comete os mesmos erros básicos na hora de ensinar como fazer um hambúrguer artesanal.E garantimos que é fácil conseguir um resultado igual ou até melhor dos que os que comemos nas hamburguerias.

Apesar de fazer em casa dar um pouquinho mais de trabalho, fica bem mais barato e a receita vai ficar do seu jeito.

COMO ESCOLHER A CARNE
Então vamos começar ensinando como escolher as carnes para o hambúrguer perfeito.

Vá até um um açougue de confiança. No supermercado, muitas vezes a carne pode até ser boa, mas só podemos comprar a que está cortada e embalada nas prateleiras.

Para fazer um bom hambúrguer artesanal é preciso escolher o tipo de carne e também a mistura que vai moer. É isso mesmo, hambúrguer gostoso não precisa ser feito apenas de um tipo de corte de carne.

Quando forem à uma hamburgueria e pedirem o tradicional hambúrguer de picanha, não se iludam! Nenhuma delas fará um hambúrguer com 100% de carne de picanha – com raríssimas exceções. Para falar a verdade, algumas só usam a gordura da picanha e vendem como tal. Deixando de lado os “desonestos”, a razão para não usar 100% de picanha é simplesmente porque é caro e ficaria inviável vender o hambúrguer a um preço muito alto. E misturar tipos diferentes de carne enriquecem o sabor, pois cada corte tem suas características próprias, quantidade de sangue e consistência. Este é o segredo, o “blend perfeito”, o que faz os hambúrgueres serem diferentes em cada lugar que comemos.

A IMPORTÂNCIA DA GORDURA
Outro ponto essencial é a quantidade de gordura e qual tipo será usado. Já vimos muitas recomendações, mas o ideal é que a porcentagem seja entre 15% e 20% do peso da carne limpa. Fará toda a diferença para montar os hambúrgueres e também no preparo e suculência. O Guia do Hambúrguer usa 20%, fica gostoso tanto na chapa quanto na grelha.

A gordura é essencial no blend do hambúrguer porque será a responsável por trazer sabor ao conjunto. Por isso, dissemos que algumas hamburguerias que põe apenas a gordura da picanha, porque é essa gordura que vai dar um sabor diferenciado à mistura de carne.

Desta vez fizemos 2 tipos:
· Blend 1: 500g de miolo de acém, 500 g de peito e 500g de fraldinha + 300g de gordura do peito (adicionamos 20% de gordura a 1,5kg de carne, totalizando 1,8kg)
· Blend 2: 500g de miolo de acém, 500 g de peito e 500g de baby beef + 300g de gordura do peito (adicionamos 20% de gordura a 1,5kg de carne, totalizando 1,8kg)

TIPOS DE CARNE
Vocês podem usar carnes de 1ª ou de 2ª, o ideal é que não tenham quase nenhum nervo, para que na hora de comer não fiquem mastigando aqueles pedacinhos duros e indesejados. Na escolha do corte, pode variar bastante, mas os mais comuns são: peito, contra filé, fraldinha, maminha, acém, picanha, alcatra e acém. Faremos em breve uma matéria detalhada explicando cada corte de carne para serem usadas na preparação do hambúrguer.

Açougueiro misturando a carne e a gordura em cubos - Receita do hambúrguer perfeito
A gordura deve ser um tipo de “gordura boa”, que dá sabor à carne, dá liga no blend e não compromete a consistência. Mesmo porque para fazer um bom hambúrguer artesanal é PROIBIDO colocar ovos, farinha, sopa de cebola e qualquer outro tipo na mistura. Eles tiram o gosto da carne e descaracterizam a receita. No nosso blend usamos gordura do peito que é uma ótima escolha.

COMO MOER A CARNE
Mas não pense que agora é só moer a carne e tudo terminou. Algumas dicas importantes neste momento é começar pela escolha de uma carne fresca e não congelada, mas que esteja bem gelada. Pedir para o açougueiro limpá-las separadamente e cortá-las em cubos, como se fosse um estrogonofe. Se tiver um moedor de carne, após cortar a carne ponha novamente na geladeira antes de moer.

Depois disso, misture os tipos de carne que escolheu com os cubos de gordura igualmente picados e leve ao moedor.

Carne cortada em cubos  pronta para ser moída - Receita do hambúrghuer perfeito
Nós preferimos a textura da carne mais rústica, então é só pedir para moer só uma vez. Mas tem que tomar um pouco de cuidado para que as carnes levadas ao moedor estejam bem misturadas, alternando carne e gordura. Caso contrário terão partes com mais gordura que outros. O jeito mais simples é pedir para moer a carne duas vezes, ela naturalmente vai se misturar. Mas sem deixar aquela pasta de carne moída, isso deixa o hambúrguer pesado e compacto.

Carne moída - Receita do hambúrghuer perfeito
Pronto, você está com o blend para preparar o hambúrguer perfeito!

No próximos posts desta série ensinaremos como montar os hambúrgueres, definir o tamanho ideal, grelhar ou chapear e deixar no ponto desejado. Aguardem!

Receita (parte 2): Como moldar a carne e fazer o hambúrguer perfeito e artesanal


Continuação: como moldar o hambúrguer