Casa da Mortadela – Ipiranga, São Paulo

Existe uma lenda que diz que o hambúrguer que mora ao lado do Hambúrguer do Seu Oswaldo, o da Casa da Mortadela, é melhor que o do nosso velho conhecido. Resolvemos provar e contar nossa experiência.

Só pelo nome, fica difícil acreditar que em uma casa especializada em mortadela poderíamos encontrar um hambúrguer mais gostoso que o do Seu Oswaldo. Mas queremos muito ser surpreendidos.

Fizemos nossa visita em uma segunda-feira à noite, movimento até que razoável. O Hambúrguer do Seu Oswaldo estava em férias coletivas. Enquanto estávamos na Casa da Mortadela, ouvimos um casal que veio procurando o Hambúrguer do Seu Oswaldo e acabou ficando por lá.

Ambiente - Casa da Mortadela

Escolhemos um lugar no balcão, lá não tem mesas. O cardápio é super simples e enxuto. Cinco são as opções de hambúrguer bovino, há também o hambúrguer suíno e os lanches de calabresa e mortadela.

Cardápio - Casa da Mortadela

 

 

 

 

Todos os burgers vêm com molho de tomate, igualzinho ao seu vizinho famoso. Sentamos bem em frente à chapa para acompanhar tudo de perto.

Os burgers são bem finos, carne bem vermelhinha – o nosso velho conhecido hambúrguer tradicional. Não há ponto, nem arriscamos pedir. Mesmo porque já sabemos que dar ponto em hambúrguer fininho não dá certo.

Nossa escolha foram dois cheesesaladas, lógico que com molho e maionese, completinhos.

Na mesma hora do pedido, os burgers foram para a chapa.

Chapa com burgers - Casa da Mortadela

O pão é prensado e quentinho. Visualizamos o molho de tomate bem vermelhinho que vai por cima do queijo derretido. A alface vai por baixo do hambúrguer e a maionese no pão de baixo.

Chapa com os cheesesaladas prontos - Casa da Mortadela

A montagem faz bastante diferença no resultado final, até mesmo usando os mesmos ingredientes.

Os burgers chegaram, são servidos no prato de plástico e dentro de um saquinho de papel. Não precisa dizer onde também são servidos assim, né?

Cheesesalada servido no pratinho de plástico - Casa da Mortadela

Partimos para as mordidas. Hambúrguer super quente e fininho – bem passado. Começamos a morder e foi aí que a montagem interferiu. Lembra quando dissemos que a maionese estava no pão de baixo, sob a alface? Então, um dos “truques” que o Hambúrguer do Seu Oswaldo usa é deixar a maionese e o tomate juntinhos. O sabor dos dois combinados, além de deixar o hambúrguer “mais molhadinho”, é uma combinação perfeita.

Cheesesalada servido no pratinho de plástico - Casa da Mortadela

Na Casa da Mortadela fizeram esta mudança e acabou prejudicando o conjunto. A carne estava um pouco compacta, até mesmo devido ao ponto. Mas não atrapalhou. Não tem um sabor característico, mas estava razoavelmente suculenta.

O queijo estava derretido por cima do hambúrguer, uma fatia grossa de queijo prato. A alface acabou cozinhando um pouco embaixo do hambúrguer.

Cheesesalada - Casa da Mortadela

Ainda estávamos com fome, o hambúrguer realmente é bem fininho, é preciso comer pelo menos um e meio. Foi o que fizemos, pedimos um cheesemaionese, só para não ter o inconveniente da alface cozida.

Ficou pronto bem rápido e a montagem segue os mesmos padrões. Neste burger, sentimos melhor o sabor da maionese, a grande e marcante diferença com a versão original. A consistência é bem correta, sabor neutro, nenhum ponto que chamou nossa atenção.

Cheese maionese - Casa da Mortadela

A Casa da Mortadela, apesar de fazer um hambúrguer honesto, comete o grande erro de tentar fazer igual ao vizinho. Se você leu o texto desde o início, percebeu que é impossível comer lá e não comparar.

O problema da comparação é simples, não existe imitação tão boa quanto ao original. Enquanto você come o hambúrguer da Casa da Mortadela, fica esperando que seja o do Seu Oswaldo – mas não é e nem será. Nossa opinião é que a Casa da Mortadela poderia pensar em um diferencial para atrair e conquistar seus próprios clientes.

Apesar do hambúrguer da Casa da Mortadela se parecer com o do Seu Oswaldo em alguns momentos em sabor e visualmente, faltou personalidade. Foi esse o grande problema que notamos, gostamos de originalidade, de surpresas, de alma e personalidade em todos os hambúrgueres que comemos. Mas se pensarmos no custo x benefício, pode ser uma boa opção no Ipiranga.

    Avaliação do Guia do Hambúrguer

  • hambúrguer2 estrelas
  • maionese2 estrelas
  • porção(não tem)
  • atendimento2 estrelas
  • espera(nenhuma)
  • cheese burgerR$ 12,50
  • preçode R$ 20,00 a R$ 30,00 (de R$ 20,00 a R$ 30,00)
  • As avaliações do Guia do Hambúrguer são feitas sem aviso e sem conhecimento do estabelecimento, pagamos nossa conta e assim podemos falar a verdade.

Casa da Mortadela

R. Bom Pastor, 1665 – Ipiranga
São Paulo, SP
Telefone (11) 2063-7004
delivery não
(não tem site)